gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 25 de julho de 2017

Planeamento Desportivo – Época 2017/2018 - V

Provas Nacionais Fixas - Época 2016/2017

Hoje daremos continuidade aos artigos sobre o tema, e conforme já referimos a Federação, com uma antecedência razoável (o que nos apraz) á data de inicio da época divulgou os agora chamados Regulamento Desportivos (antigos Regulamentos Específicos) de todas as provas, feita em simultâneo com o CO o N.º 1 (04-07-17), e o CO N.º 2, na mesma data, procedeu a divulgação das equipas com direito desportivo a participar nas diversas provas Nacionais fixas, segundo o conceito estabelecido na época que agora vai terminar. Não iremos repetir o já foi dito em relação às principais provas de Seniores Masculinos, pois parece-nos que “ainda alguma água vai correr debaixo da ponte”.

No entanto, e respeitando as datas referidas nos respectivos Comunicados Oficiais emitidos até ao momento, em que escrevemos este texto, apenas se poderá ter a confirmação das equipas, após o ultimo dia para confirmação da inscrição, 31-07-17. Veremos então, se não existem desagradáveis surpresas (esperamos que não, pois seria bom sinal).

Hoje apenas iremos abordar a PO06 – Campeonato Nacional de Juvenis Masculinos 1.ª Divisão.
A existência no Regulamento Especifico da manutenção da fase intermédia Chamada de Fase de Apuramento), que apura duas equipas para a fase final, continua a dar todas as hipóteses de participação às equipas das Regiões Autónomas, o que na nossa opinião representa um fator extremamente positivo.

Mantem a sua forma de disputa e pensamos que bem, ao ser disputada em quatro (4) zonas, será uma prova certamente muito mais económica não só para os clubes como certamente para a Federação. Felizmente que o número par de clubes 40, vai permitir uma 1:ª fase com todas as zonas equilibradas (10 equipas em 4 Zonas). Embora nos parece que face às equipas que subiram de divisão, o rearranjo das zonas poderá provocar algumas surpresas, não muito agradáveis, quer do ponto de vista económico, quer do ponto de vista desportivo, pois o mais que provável que o Estrela Vigorosa Sport, seja enquadrado na Zona 1, que a AA Avanca seja enquadrada na Zona 2, que uma equipa da Zona 4, tenha de ir para a zona 3, pensamos que o Benfica, ficando a zona 4 como sendo a zona com maiores custos, na nossa opinião, pois vai de Lisboa a Lagos, e engloba Évora e Serpa. Apesar de a Zona 2, também não ser fácil em termos financeiros. Partindo do princípio que inscrevem todas as equipas com direito desportivo, conforme CO N.º 2.

A Fase final será disputada pelo 1.º de cada Zona, mas os dois (2) primeiros da Fase de apuramento (mais uma concentração), onde participam, além dos segundos classificados das duas zonas da 2.ª Fase, os Representantes da Madeira e dos Açores.

Temos a esperança de que esta época seja dado cumprimento ao que se encontra estabelecido no ponto 1, da alínea f) do Artigo 3.º (Modelo Competitivo), e que diz claramente, “A não existência de Fase de Apuramento, será informada antes do início da prova, através de Comunicado Oficial"

Mantêm-se e bem o texto, onde se diz claramente se as equipas das Regiões Autónomas, não ficarem apuradas para a Fase Final, disputarão na época seguinte a Fase de Apuramento da PO07.
Manteve-se a fórmula de disputa, que na nossa opinião e voltamos a dizê-lo, “representa um profundo retrocesso, para o escalão, pelo desequilíbrio existente entre as diversas equipas participantes”, ou seja duas zonas de 10 equipas, com uma fase final a ser disputada no sistema de TXT, com 6 equipas, 3 de cada Zona, manteve-se e bem no nosso entender, a chamada Fase de Apuramento, a ser disputada pelos não apurados para a Fase Final. O Verdadeiro Campeonato Nacional, na nossa opinião apenas vai começar na Fase Final. Esta é uma prova de grandes desequilíbrios competitivos.

Com as equipas descritas no Comunicado N.º 2, e com o mesmo formato de prova, face às subidas e descidas, é muito provável continue a verificar-se que duas equipas da Região de Aveiro voltem a disputar a prova integrados na zona sul (na nossa opinião e se o critério for geográfico), deverão as mesmas equipas da época anterior o São Bernardo e o Estarreja AC.

Algumas Alterações no Regulamento Desportivo (poucas) mas que merecem alguma reflexão.

Felizmente neste Regulamento Desportivo, não existem exceções, no ponto 3 do Artigo 4.º (Horários dos Jogos), no que diz respeito às últimas jornadas de cada Fase.


Na homologação dos campos, e tal como para as outras provas, criou-se mais uma condicção, que é a obrigatoriedade da existência de Regulamentos de Segurança, estamos completamente de acordo, mas continuamos a levantar a questão e quando os mesmos foram pertença de outras entidades como por exemplo Camaras Municipais, como vai ser?

Quanto aos CROM, agora Oficiais de Mesa dos Clubes, que já estavam regulamentados, agora remete para um Regulamento próprio o que não altera nada de substância ao Regulamento Desportivo.

Existem outras provas no CO N.º 2, que serão comentadas em próximos textos, pois são indicadores preciosos, do planeamento que se seguirá. No entanto apenas a partir de 31-07-17, data limite para confirmação da inscrição, poderemos confirmar todos os dados.

Assim no próximo texto iremos tratar da PO09 – Campeonato Nacional Seniores Femininos 1.º Divisão, cujo sorteio até já se realizou. 

O Banhadas Andebol

Custos de Arbitragem - Época 2017/2018 - IV

CUSTOS DE ARBITRAGEM
Época 2017 / 2018

Depois de termos referido, os aumentos dos custos de arbitragem, que se encontram reflectidos no CO N.º 1 desta época, com o texto que voltamos a transcrever:

A alteração de alguns formatos competitivos, reflectem-se agora nos custos de arbitragem nas respectivas provas, com a PO01, volta a sofrer um agravamento de cerca de 24% (passou de 11.700, para 14.500€), enquanto a PO02 sofreu um aumento de 19% (passou de 4.200, para 5.000€), cabe aqui perguntar, está ou não incluída a Fase Final? Pois desapareceu essa nota da tabela, será que vão todos pagar o mesmo? E na PO09 que passou de 2.700€ para 3.300€, o que significa um aumento de cerca de 11%.

No mesmo texto termos alertado para o conteúdo do ponto 4.1 do mesmo CO, “Por fim teremos de referir o terminus da função de Oficial de Mesa, (é assim que se faz o desenvolvimento da modalidade?), ver notas no ponto 4-1 do CO.” Agora a modalidade é brindada com o CO N.º 10 de 24-07-2017, onde se diz claramente que os clubes têm até dia 11-08-17, de comunicar à Federação, se não pretendem efectuar a inscrição de Oficiais de Mesa, de acordo com o n.º 8 do Artigo 3.º do Regulamento CROM.

Esta não inscrição terá como consequência uma taxa adicional do custo das arbitragens por prova, de 50% ao valor indicado para cada prova, ou seja em termos de PO01, isto significa que um clube poderá só de arbitragem ter de pagar cerca de 21.750 €, um absurdo total, e chamam a isto desenvolvimento da arbitragem. Nós voltamos a perguntar, e se os clubes não apresentar Oficiais de Mesa, quem os fará? Terá a Federação quadro próprio? Responda quem souber, pois até ao momento o que se ouve é um “ruído” de silêncio absoluto.

O Analista

Mundial Sub 21 Masculino – 2017 – XIII

21.º MUNDIAL SUB-21 MASCULINO
 2017

Hoje divulgamos os apuramentos após a conclusão da Fase Preliminar (60 jogos) da Fase Final do Mundial de Sub-21 Masculino, que está a decorrer desde o dia 18 e vai terminar a 30 de Julho de 2017 na Argélia.

Classificação da Fase Preliminar:

Grupo A 1.º Alemanha, 2.º Noruega, 3.º Hungria, 4.º Ilhas Faroé, 5.º Coreia, e 6.º Chile.
Grupo B 1.º França, 2.º Eslovénia, 3.º Dinamarca, 4.º Suécia, 5.º Egipto, e 6.º Qatar.
Grupo C 1.º Espanha, 2.º Macedónia, 3.º Tunísia, 4.º Rússia, 5.º Brasil, e 6.º Burkina Faso.
Grupo D 1.º Croácia, 2.º Islândia, 3.º Argélia, 4.º Argentina, 5.º Arabia Saudita, e 6.º Marrocos.

Apurados os 4 primeiros de cada Grupo para disputar os 1/8 Final, com a curiosidade de nenhuma equipa Europeia ter sido eliminada, nesta fase.

1/8 Final – Dia 26-07-17
França – Ilhas Faroé (14H00)
Tunísia – Islândia (14H00)
Espanha – Argentina (16H15)
Alemanha – Suécia (16H15)
Croácia – Rússia (18H30)
Hungria – Eslovénia (18H30)
Argélia – Macedónia (20H45)
Dinamarca – Noruega (20H45)

Alguns jogos de grande qualidade em prespectiva.

Datas Importantes

1/4 Final e Presidente CUP – 27 de Julho de 2017
1/2 Final de Jogos 5/8 Lugar – 29 de Julho de 2017
Final, 3/4 Lugar, 5/6 Lugar e 7/8 Lugar – 30 de Julho de 2017

Arbitragem

Embora até hoje tenha sido omissa a informação, no Portal da FAP, o que não acontece com outros elementos, Portugal encontra-se representado, através do Delegado IHF António Goulão, que exerceu funções nos seguintes encontros:

Tunísia / Burkina Faso – Grupo C
Macedónia / Rússia – Grupo C
Islândia / Argentina – Grupo D
Eslovénia / Qatar – Grupo B
Brasil / Tunísia – Grupo C
Espanha / Burkina Faso – Grupo C
Islândia / Argélia – Grupo D
Dinamarca / Suécia – Grupo B
Qatar / França – Grupo B
Macedónia / Espanha – Grupo C
Burkina Faso / Brasil – Grupo C
Espanha / Tunísia – Grupo C
Argélia / Arabia Saudita – Grupo D

O Formador

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Duplas Inscrições - 2017

DUPLAS INSCRIÇÕES 

Segundo uma notícia publicada em 21-07-2017, existem pelo menos dois atletas do ABC, com uma provável dupla inscrição (ABC e FC Porto). Isto na nossa opinião significa que a época vai começar mal, e a FAP, têm a primeira grande “bronca” para resolver, pois a ser verdade os factos relatados na notícia referenciada, os mesmos já de extrema gravidade, e podem levar desde sanções aos atletas, em causa, aos clubes e até aos dirigentes envolvidos. No entanto é importante esclarecer o seguinte:

Se uma das razões invocadas pelos atletas é a falta de pagamentos, pergunta-se como assinam uma ficha de inscrição, e se recorreram ou não, à chamada Comissão Arbitral prevista no Regulamento Geral da Federação (Titulo 5) para pedir a anulação das mesmas? Eis uma questão importante que importa esclarecer.

Depois é importante saber que tipo de contrato (Título 6) tinham com o ABC (Contrato de trabalho Desportivo, ou Contrato de formação desportiva), e se os mesmos estavam depositados na Federação?

Ou se pelo contrário tinham somente inscrições desportiva, que regula os atletas sem contrato, mas que pode ser anual ou plurianual? E neste último caso se a mesma estava devidamente qualificada na Federação?

Depois é necessário saber que tipo de inscrição, o FC Porto fez na Federação, se a mesma abrange alguns dos itens descritos nos parágrafos anteriores?

Um dado de extrema importância, é data de entrada na Federação (Título 1), nomeadamente para aplicação dos pontos 2, 3, e 4 do Artigo 12.º deste Titulo. E que transcrevemos:

Artigo 12.º (inscrição)
1…
2. Em cada época desportiva, só é admitida uma inscrição de jogador por clubes diferentes, se o jogador ainda não tiver participado em jogo oficial e houver acordo do clube, e observado o disposto no Título 6 do presente Regulamento Geral (Regulamento de Transferências).
3. No caso de ter sido efectuada, na mesma época desportiva mais do que uma inscrição pelo mesmo jogador, considerar-se-á válida a que primeiro tiver dado entrada nos serviços administrativos competentes e o jogador será sancionado com pena de suspensão de 3 meses a 1 ano.
4. Para efeitos do número anterior, atendar-se-á ao número e data de entrada nos serviços.

Parece-nos que pelo que lê-mos que a confusão e a falta de ética, está instalada, mas para se emitir uma opinião mais concreta teríamos de estar em poder de todos os pressupostos já por nós enunciados.

Mas a época não começa bem.

O Banhadas Andebol

Andebol 4ll – 2.º Europeu de Andebol INAS

Portugal vai realizar o seu 3.º Estágio para preparação da Selecção Nacional no 2.º Campeonato da Europa de Andebol INAS (International Sports Federation for Persons with Intellectual disability), que se realizará em 9 e 10 de Setembro em Vila Nova de Gaia.

2.ª Campeonato da Europa de Andebol INAS, realiza-se de 4 a 8 de Outubro em Cavalaire-sur-mer (França).
A ANDDI- PORTUGAL, vai assim, levar a efeito o seu 3.º Estagio de preparação da Selecção Nacional.

O Seleccionador Nacional Prof. António Costa Pereira convocou os seguintes atletas:

ARCIL-LOUSÃ (1)
Carlos Duarte

C.N.SETUBALENSE/UDI (2)
Dylan Santos
Filipe Ferreira

CLUBE CERCIFAF (1)
José Magalhães

CLUBE GAIA (8)
Adriano Moleiro
António Matos
Diogo Silva
Fábio Moleiro
João Encarnação
João Moleiro
José Teixeira
Miguel Gonçalves

Sítio do INAS – www.inas.org 

O Noticias

Super Taças – Masculina e Feminina – 2017 - III

SUPER TAÇAS MASCULINA E FEMININA

Esta noticia têm por finalidade confirmar a notícia, publicada no sitio da Federação (20-07-17), através dos CO N:º’s 8 e 9 da época 2017/2018, tivemos a confirmação dos locais da realização das Super Taças, e informar dos horários da sua disputa como corrigir um erro nosso acerca das datas, que o fazemos sem qualquer problema, não sendo ainda esclarecido se haverá qualquer Transmissão das mesmas e quem as fará? Aguardemos com serenidade. Recordamos que no mesmo fim-de-semana se realiza igualmente a VII Gala organizada pela Federação. Pois finalmente as provas foram criadas no sistema de informação da Federação.

Calendário das Provas

PO22 – Super Taça Seniores Masculinos – Pavilhão da MEDA
Dia 27-08-17
Sporting – ABC (16H30)

PO24 – Super Taça Seniores Femininos – PAVILHÃO MUNICIPAL DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO
Dia 26-08-17
Colégio Gaia - Madeira SAD (16H00)

Pelo que nos é dado a perceber estas provas mantêm o naming da época anterior.

Temos a esperança que no mínimo, as mesmas sejam igualmente transmitidas na Andebol TV

O Noticias

domingo, 23 de julho de 2017

Andebol de Praia – Fase Final – 2017 - I

FASE FINAL
CARCAVELOS (CASCAIS)

Depois da confirmação não só das datas como do local da realização da Final do Andebol Praia, através do CO n.º 75 de 13-04-2017 Carcavelos). Temos um novo CO, o N.º 116, de 21-07-2017, que nos informa dos apuramentos por associação para a Fase Final. E que na prática é um complemento do seu CO (112, de 16-06-17, onde eram explicitadas as formas de apuramento esta Fase Final do Circuito Nacional de Andebol de Praia, e que sofrem uma forte alteração em relação ao anterior, e que em nossa opinião se conjugam com a evolução que se pretende que a vertente praia venha a ter no panorama do Andebol Nacional (é uma opinião).

No entanto não se entende, por exemplo por que fala (escreve) AA Lisboa, quando o circuito foi uma organização conjunta da AA Lisboa / AA Setúbal, depois dizia-se ainda no CO N.º 112Ao Circuito Lisboa/Setúbal, como entidade organizadora da Fase Final é atribuído um Wild Card por escalão e género. Caso consiga apuramento directo o Wild Card fica sem efeito. “ Após este Comunicado emitido em 21-07-2107, ficamos sem saber se o Wild Card foi ou não atribuído, ou se a referência a Lisboa se deve a um apuramento directo,, era um esclarecimento que se impunha fosse feito de forma clara e transparente, evitando confusões onde deve existir harmonia pura.

Assim a realização da prova será nos dias 28 a 30 em Carcavelos.

Apuramentos:

Seniores Masculinos (12 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 4 equipas
AA Porto – 5 equipas
AA Lisboa – 1 equipa
1.º Classificado Português no Ranking EBT

Seniores Femininos (8 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 3 equipas
AA Porto – 2 equipas
AA Lisboa – 1 equipa
1.º Classificado Português no Ranking EBT

Sub-18 Femininos (8 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 2 equipas
AA Porto – 4 equipas
AA Lisboa – 1 equipa

Sub-18 Masculinos (12 equipas)
AA Aveiro – 2 equipa
AA Leiria – 4 equipas
AA Porto – 5 equipas
AA Lisboa – 1 equipa

Sorteio da Fase Final – Dia 25-07-2017 (o CO diz 2016), mas compreendemos a erro, na sede da FAP em horário a determinar.

Mantemos e reforçamos a pergunta, para que serve a Banner existente no Portal da Federação, no mínimo triste, para não dizer vergonhoso.

O Noticias 

sábado, 22 de julho de 2017

VII Mundial Juvenil Masculino (Sub-19) – 2017 – IX

MUNDIAL DE SUB-19 MASCULINO
2017

Portugal vai realizar mais um estágio para este Mundial, onde estará representado, por direito adquirido no último Europeu de Sub-18.
(Foto FAP)
Este será o VII Campeonato Mundial do Escalão que será disputada em 2017, com 24 equipas em Tibilisi na Geórgia de 8 a 20 de Agosto de 2017.

Este Estágio vai decorrer vau decorrer em Aveiro de 24 a 28 de Julho, com as sessões de treino a decorrerem no pavilhão da Universidade de Aveiro, tendo mais uma vez sido convocados 18 atletas.

Lista de convocados, como de costume sem comentários Adicionais.
Mais uma vez recordamos que a primeira Fase (Fase Preliminar) será disputada por, 4 grupos de 6 equipas, entre as equipas apuradas e os grupos constituídos são:

Grupo A – Egipto, Noruega, Bahrain, Dinamarca, França, e Suécia.
Grupo B – Chile, Argélia, Japão, Islândia, Alemanha, e Geórgia.
Grupo C – Venezuela, Portugal, Coreia Sul, Argentina, Croácia, e Brasil.
Grupo D – México, Tunísia, Rússia, Espanha, Eslovénia, e Sérvia.

Apurando-se os 4 primeiros classificados de cada Grupo, com a curiosidade de Portugal e Brasil pertenceram ao mesmo Grupo.

O Formador

sexta-feira, 21 de julho de 2017

PO09 - Campeonatos Nacionais da 1.ª Divisão Seniores Femininos – Época 2017 / 2018 - Sorteio

Realizou-se hoje (21-07-17), com inicio pelas das 16H45, no auditório do Centro Cultural Casapiano em Lisboa - O sorteio da PO09 (Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos). Não vamos repetir, mas mantemos para este sorteio tudo o que se disse em relação ao sorteio da PO01, relacionado com as datas limite. Igualmente esta prova, pelo que nos é dado observar até ao momento, contínua sem “ Naming”.

Diversas questões podem ser levantadas, mas uma questão é desde já confirmada, e na nossa opinião a mesma não é “famosa” para o Feminino, pois foi a certeza de que mais um clube que embora não tenha desaparecido, tenha suspendido a sua actividade (não é da PO01), mas é um acto que não deve ser esquecido.

Tal como no masculino, confirmaram-se as nossas suspeitas de que não sria entregue como nas últimas épocas os prémios às jogadoras que mais se distinguiram na época de 2016 / 2017, (Melhor Jogadora, Melhor Marcadora, Melhor Guarda-Redes), um retrocesso até ver… Pode ser que na Gala exista alguma surpresa, a ver vamos, inclusive a entrega dos prémios aos melhores marcadores em ambos os géneros

Felizmente que se verificou a transmissão dos sorteios via Andebol TV. Com falhas no nosso entender de falta de atenção pois nunca foi colocada na imagem o andamento gráfico do sorteio, o que é de lamentar. Pensamos que um visionamento dos sorteios da EHF, poderia trazer fortes melhorias.

Realizaram-se os sorteios com os Regulamentos Desportivos devidamente publicados, e com a devida antecedência. O que se saúda.

PO09 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos

Tal como na época anterior, e numa análise, às datas divulgadas no documento (Planeamento De Datas anexo V ao Comunicado Oficial N.º 1, época 2017/2018), as datas de início e de fim previstas, surgem ligeiramente mais apertadas para os clubes, existindo, como é evidente, no entanto a disputa da Taça de Portugal e da Super Taça, bem como dos dias ocupados pelas Seleções Nacionais, e as participações nas competições Europeias, infelizmente esta época com apenas 3 equipas.

Formato competitivo

1.ª Fase - TxT a duas voltas (estando já previsto as jornadas duplas nas deslocações á Madeira e vice versa).

Fase Final – Grupo “A” – Play OFF entre as 8 primeiras classificadas, com as eliminatórias a serem disputadas à melhor de 3 (3.º Jogo, jogo sempre na condição de visitado o clube melhor classificado), com a final será disputada á melhor de cinco (5) jogos, no sistema (Casa, Casa, Fora, Fora e Casa), com início previsto para 31-03-18 e fim previsto para 20-05-18

Fase Final – Grupo “B” – Os restantes 4, jogam uma Fase TxT a duas voltas, transportando 50 % dos pontos obtidos na 1.ª Fase. Descem de divisão os dois últimos classificados do Grupo “B”. Com a previsão de início e fim, igual ao previsto para o Grupo “A”.

A 1.ª Fase tem início previsto para 16-09-17 e o seu términus previsto para 11-03-18.

De relembrar conforme já referido que continuam a verificar-se as jornadas duplas, sempre que intervém as equipas das ilhas. E a primeira será logo na 2.ª e 3.ª jornada.

Resultado do Sorteio

Não de compreendendo como a FAP, realizasse os sorteios, sem ter as provas preparadas no seu sistema, em especial no Portal. Pois apesar do visionamento do sorteio, e face às deficiências da transmissão, é impossível em tempo normal transmitir os resultados do sorteio.

1.ª Jornada – 16-09-17
Começa bem com, como de costume com o dérbi Madeirense (CS Madeira / Madeira SAD) e um encontro entre os primo divisionários (JAC-Alcanena / Assomada), verificando-se logo na 2.ª e 3.ª Jornada uma deslocação do SIR 1.º Maio/CJB á Madeira para jornada dupla, repetindo o que se passou na época anterior, de resto em relação à 1.ª jornada, um jogo que desperta alguma curiosidade o CA Leça / Maiastars.

O Noticias

PO01 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos – Época 2017 / 2018 – II - Sorteio

Realizou-se hoje (21-07-17), com inicio pelas das 17 horas, no auditório do Centro Cultural Casapiano - O sorteio da PO01. Mais uma vez referimos, embora sujeitos a sermos acusados de menoridade intelectual, mas convictos de que a razão nos assiste, conforme já referimos, “estranha-se como se estabelece uma data limite para confirmação das inscrições das provas fixas, ver Comunicado Oficial n.º 2, onde se afirma que 31-07-16 é a data limite para efetivação dos procedimentos administrativos e confirmação da inscrição, E antes de atingido esse limite se marcam sorteios”. A prova, pelo que nos é dado observar até ao momento, continua sem ter “ Naming”.

Confirmaram-se as nossas suspeitas de que não foi entregue como nas últimas épocas os prémios aos jogadores que mais se distinguiram na época de 2016 / 2017, em ambos os géneros, (Melhor Jogador, Melhor Marcador, Melhor Guarda-Redes), um retrocesso até ver… Pode ser que na Gala exista alguma surpresa, a ver vamos, inclusive a entrega dos prémios aos melhores marcadores em ambos os géneros

Felizmente que se verificou a transmissão dos sorteios via Andebol TV, que se realizou com muitas falhas em especial de som, e nunca colocando no visor da camera o resultado do sorteio.

PO01 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos

Esta prova, que sofreu uma forte alteração no seu modelo competitivo, na época finda, mantendo para esta época o mesmo modelo competitivo, e numa análise, às datas divulgadas no documento (Planeamento De Datas anexo V ao Comunicado Oficial N.º 1, época 2017/2018), os clubes se queixaram do apertado calendário, o mesmo vai continuar, face às datas apresentadas, e as diversas participações nas Provas Europeias, além de como é evidente, da disputa da Taça de Portugal e da Super Taça, bem como dos dias ocupados pelas Seleções Nacionais:

1.ª Fase começa praticamente na mesma altura (02-09-17) e terminará na mesma data da última época (11-03-18), com as Competições Europeias de premeio. Recordando que se os 1/16 Final da Taça de Portugal, são disputados em 16-12-17, registando-se entretanto algumas possíveis eliminatórias, para os 1/8 de final serem disputados em 27-01-18 e os 1/4 Final em 17-03-17.

2.ª Fase
Grupo A - Começa em 24-03-18, sendo disputado pelos 6 primeiros da 1.ª Fase, e onde se disputará o titulo de Campeão Nacional, terminará em 20-05-18 (cerca de duas semanas antes da data da época anterior).

Grupo BComeça igualmente em 24-03-18, sendo disputada pelos classificados do 7.º ao 14.º lugar da 1.ª Fase (8 equipas), e irá na pratica definir, quem descerá de Divisão (se não se registar um novo alargamento da Prova, colocamos sempre esta possibilidade, pois tudo é possível nesta modalidade), e terminará em 03-06-18 (cerca de duas semanas antes da data da época anterior).

1.ª Jornada - 02 de Setembro de 2017
A Jornada publicada, é pela tabela publicada como anexo 8 ao CO N.º1, pois até ao momento a FAP, no seu Portal ainda nem criou a prova.
Arsenal – Águas Santas
Ismai - AA Avanca
Boa Hora – Belenenses
São Bernardo – Xico Andebol
FC Porto – ABC
Benfica – Madeira SAD
Sporting - AC Fafe

Início de prova, que terá jogos adiados, devido ás provas Europeias, nomeadamente do Sporting e do Benfica, e que começa desde logo com dois jogos entre equipas de que se espera muito o FC Porto / ABC, e o Benfica / Madeira SAD, e com os primo divisionários a jogarem entre si o São Bernardo / Xico Andebol, existindo em nossa opinião um jogo que vai despertar grande curiosidade, estamos a referir-nos ao Boa Hora / Belenenses.

O Noticias

Super Taças – Masculina e Feminina – 2017 - I

SUPER TAÇAS MASCULINA E FEMININA

Conforme noticia, publicada no sitio da Federação (20-07-17), através dos CO N:º’s 8 e 9 da época 2017/2018, tivemos a confirmação dos locais da realização das Super Taças, não sendo ainda esclarecido se haverá qualquer Transmissão das mesmas e quem as fará? Aguardemos com serenidade. Recordamos que no mesmo fim-de-semana se realiza igualmente a VII Gala organizada pela Federação.

Mas teremos de deixar um reparo, apesar da reunião dos chamados G-14, que em contraponto com a Confederação de Desportos, reuniram com o Secretário do Estado, e embora conscientes da enorme dificuldade que é (em especial financeira) a colocação de jogos em sinal aberto, os chamados de serviço público que continuam a não transmitir andebol.

Calendário das Provas

PO22 – Super Taça Seniores Masculinos – Pavilhão da MEDA
Dia 27-08-17
Com o ABC e o Sporting, ainda não existe indicação de horário.

PO24 – Super Taça Seniores Femininos – PAVILHÃO MUNICIPAL DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO
Dia 27-08-17
Com Colégio Gaia e o Madeira SAD, ainda não existe indicação de horário.

Pelo que nos é dado a perceber estas provas mantêm o naming da época anterior.

Temos a esperança que no mínimo, as mesmas sejam igualmente transmitidas na Andebol TV

O Noticias

Informação – Andebol Praia – 2017

4.ª ETAPA ACTIVOBANK
CRAP LISBOA / SETUBAL
ANDEBOL DE PRAIA

A praia de Carcavelos vai receber em 22 e 23 de Julho, a 4.ª Etapa ActivoBank do circuito Regional Andebol de Praia Lisboa / Setúbal. Curiosamente a uma semana da disputa da Fase Final Nacional que se disputará no mesmo local.

Neste circuito organizado em conjunto pelas Associações de Andebol de Setúbal e de Lisboa, estão reunidas todas as condicções para um grande fim-se-semana de andebol de praia, pois a existência de uma boa infra estritura (igual à da Fase Final), árbitros da EHF, delegado da EHF, e transmissões em live streaming, pontuando para o Ranking Europeu da modalidade com 122 PONTOS EBT, e acima de tudo com o apuramento nacional ainda em aberto nos escalões masculinos.

Notas

Em Seniores Masculinos – Os ALL BLACKS com (24 pontos), lideram seguidos dos Los Primos com (22 pontos), e o pódio termina com os Wolves com (20 pontos).
Em Sub-18 Masculinos – Os ALL BALCKS lideram com 28 pontos, seguidos pelos Red Team com 24 pontos.

Em Seniores Femininos e Sub-18 Femininos, o título regional, já está decidido e o representante do CRAP Lisboa/ Setúbal na Fase Final Nacional, serão as Fortitudo BH em ambos os escalões.

O Noticias  

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Planeamento Desportivo – Época 2017/2018 - IV

Provas Nacionais Fixas - Época 2016/2017

Na continuidade de anteriores artigos sobre o tema, e conforme já referimos a Federação, com uma antecedência razoável (o que nos apraz) á data de inicio da época divulgou os agora chamados Regulamento Desportivos (antigos Regulamentos Específicos) de todas as provas, feita em simultâneo com o CO o N.º 1 (04-07-17), e o CO N.º 2, na mesma data, procedeu a divulgação das equipas com direito desportivo a participar nas diversas provas Nacionais fixas, segundo o conceito estabelecido na época que agora vai terminar. Não iremos repetir o já foi dito em relação ás principais provas de Seniores Masculinos, pois parece-nos que “ainda alguma água vai correr debaixo da ponte”, embora todas as outras mereçam o natural destaque, e serão igualmente analisadas por nós, dando sempre a nossa opinião, e aceitando todas as outras opiniões que contribuam para o melhor andebol. 

Conforme o que escrevemos nos artigos anteriores, “Felizmente imperou algum bom sendo e desta vez não se verificou qualquer aumento de participantes nas provas, e pelo que nos foi dado observar no CO N.º 2, manteve-se tudo o estava definido em termos competitivos.

No entanto, e respeitando as datas referidas nos respectivos Comunicados Oficiais emitidos até ao momento, em que escrevemos este texto, apenas se poderá ter a confirmação das equipas, após o ultimo dia para confirmação da inscrição, 31-07-17. Veremos então, se não existem desagradáveis surpresas (esperamos que não, pois seria bom sinal).

Hoje apenas iremos abordar a PO04 – Campeonato Nacional de Juniores Masculinos 1.ª Divisão.
Manteve-se a fórmula de disputa, que na nossa opinião e voltamos a dizê-lo, “representa um profundo retrocesso, para o escalão, pelo desequilíbrio existente entre as diversas equipas participantes”, ou seja duas zonas de 10 equipas, com uma fase final a ser disputada no sistema de TXT, com 6 equipas, 3 de cada Zona, manteve-se e bem no nosso entender, a chamada Fase de Apuramento, a ser disputada pelos não apurados para a Fase Final. O Verdadeiro Campeonato Nacional, na nossa opinião apenas vai começar na Fase Final. Esta é uma prova de grandes desequilíbrios competitivos.

Com as equipas descritas no Comunicado N.º 2, e com o mesmo formato de prova, face às subidas e descidas, é muito provável continue a verificar-se que duas equipas da Região de Aveiro voltem a disputar a prova integrados na zona sul (na nossa opinião e se o critério for geográfico), deverão as mesmas equipas da época anterior o São Bernardo e o Estarreja AC.

No entanto uma situação permanece estranha, (no nosso entender), mantêm-se a PO05 como Prova Nacional não Fixa, e nós perguntamos, como e com que equipas será disputado? Qual será o seu Regulamento Desportivo, qual o número de subidas previstas será um valor máximo, ou será disputada tal como na época anterior. Pois continua a informar-se de que na PO04, se registam 4 descidas, duas por zona.

Algumas Alterações no Regulamento Desportivo (poucas) mas que merecem alguma reflexão.

Felizmente neste Regulamento Desportivo, não existem excepções, no ponto 3 do Artigo 4.º (Horários dos Jogos), no que diz respeito às últimas jornadas de cada Fase.


Na homologação dos campos, criou-se mais uma condição, que é a obrigatoriedade da existência de Regulamentos de Segurança, estamos completamente de acordo, mas continuamos a levantar a questão e quando os mesmos foram pertença de outras entidades como por exemplo Câmaras Municipais, como vai ser?

Quanto aos CROM, agora Oficiais de Mesa dos Clubes, que já estavam regulamentados, agora remete para um Regulamento próprio o que não altera nada de substância ao Regulamento Desportivo.

Existem outras provas no CO N.º 2, que serão comentadas em próximos textos, pois são indicadores preciosos, do planeamento que se seguirá. No entanto apenas a partir de 31-07-17, data limite para confirmação da inscrição, poderemos confirmar todos os dados.

O Banhadas Andebol

Europeu Sub-20 Masculino (2.ª Divisão) – 2018 – I - Sorteio

EUROPEU SUB-20 MASCULINO
(2.ª Divisão)

Conforme já divulgado em tempo a EHF, estabeleceu duas divisões para os escalões mais jovens, de forma a proporcionar um maior contacto internacional, com algumas das equipas que raramente teriam presença nas Fases Finas das Prova.

Em 18-07-17, procedeu a EHF ao sorteio dos EHF Sun-20 Champoinship que serão disputados por 22 equipas, que foram divididas por dois locais diferentes, colocando 11 equipas em cada lado. Onde foram constituídos dois grupos em cada local, 1 de seis equipas, e outro de 5 equipas.

EHF Sub-20 Championship 1 – Disputado em Skopje (Macedónia) (11 equipas)
Grupo A – Bielorrússia, Ilhas Faroé, Finlândia, Grécia, Estónia, e Lituânia.
Grupo B – Suíça, Itália, Macedónia, Ucrânia, Grã-Bretanha.

EHF Sub-20 Championship 2 – Disputado em Podogorica (Montenegro) (11 equipas)
Grupo A – República Checa, Áustria, Holanda. Moldávia, Kosovo, e Bulgária.
Grupo B – Eslováquia, Turquia, Montenegro, Letónia, e Geórgia.

Ambas as provas serão disputadas de 20 a 29 de Julho de 2018

O Noticias

Competições Europeias 2017 / 2018 – XII – Liga dos Campeões Masculinos

LIGA DOS CAMPEÕES MASCULINA
FASE DE QUALIFICAÇÃO

Depois da realização do sorteio da realização da Fase de Qualificação, onde tal como na época transacta, o representante de Portugal têm de participar, e conforme já informamos, e após a designação por sorteio da ordem de organização do Grupo (4 equipas) para a época 2017/2018, único grupo a disputar este Torneio de Qualificação, conforme já por nós informado, e onde apenas o vencedor será enquadrado num dos Grupos C ou D, da chamada Fase de Grupos, e onde está integrado a equipa portuguesa, que tinha o 2.º lugar na ordem da organização do mesmo.

É completamente incompreensível que a equipa portuguesa tenha recusado a organização do grupo (não houve até ao momento um completo esclarecimento sobre este tema), depois de na época anterior ter organizado em Portugal várias das jornadas da Challenge CUP, esta decisão que leva a que o grupo seja organizado precisamente em casa da principal equipa do grupo (na nossa opinião), o Tatran Presov (Eslováquia), que assim repete a organização de um grupo em duas épocas consecutivas. Mais igualmente em nossa opinião), esta decisão pode fazer perigar e muito a possível qualificação da equipa portuguesa para a Fase de Grupos, o é no mínimo incompreensível.

Qualificação será disputada no Pavilhão do Tatran Presov (4056 lugares no pavilhão)
1/2 Final
Dia 02-09-17
Sporting – Cocks (Finlândia)
Tatran Presov (Eslováquia) – Alpla Hard (Áustria)
Dia 03-09-17
Final, 3/4 Lugar

Ainda não se encontram definidos os horários.

Repetindo, a classificação deste Torneio terá as seguintes consequências:

1.º Classificado, incluído nos sorteios da Fase de Grupos (C e D)
2.º e 3.º Classificados,  incluídos na 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP
4.º Classificado, incluído na 2.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Regras De Andebol - Época 2017/2018 - III

REGRAS 2017 - POSSÍVEIS EXCEPÇÕES
A
APLICAR PELAS FEDERAÇÕES

Normalmente a Federação, através de um CO a que dá o nome de orientações técnicas para a época, onde são esclarecidos alguns dos pontos já aqui mencionados por diversas vezes, no entanto está época como o silêncio têm sido “de ouro”, na continuidade do normal procedimento das entidades responsáveis, decidimos mais uma vez, publicar, as regras onde é permitido as Federações fazerem diferentes aplicações, com limitações impostas pelas próprias, e pela IHF.

Regra 2:1 (Tempo de Jogo)

A IHF, informa, nesta Regra em termos de nota, que as Federações, têm o direito de aplicar nas provas de sua responsabilidade, alterações ao tempo de intervalo, O tempo máximo de intervalo será de 15 minutos.

Regra 2:2 (Prolongamentos)

Não é obrigatório, que num encontro onde seja necessário definir um vencedor, que exista desempate por livres de 7 metros, pois o que a IHF, diz, é caso o jogo continue empatado, o vencedor será determinado de acordo com as Regras particulares para a competição em curso. Pode até definir-se o vencedor através dos chamados Shoots-Outs.

As Regras definem que quando o desempate é feito através de lançamentos de 7 metros, quais os procedimentos a seguir.

Regra 2:10 (Time OUT de equipa)

Na realidade as regras apenas prevêem 2 Time-OUT de equipa de 1 minutos, um em cada metade do tempo.

Mas em Nota a IHF informa, que as Federações nas provas de sua responsabilidade podem alterar o número de Time-Outs, estabelecendo regras para tal:

a)      Cada equipa pode utilizar 3 time-out por jogo, no máximo dois por cada parte (excluindo prolongamentos):
b)      Nos últimos 5 minutos do jogo, cada equipa apenas pode fazer a utilização de 1 Time-out.

Regra 4:1 (Número de jogadores)

A Regra estabelece que uma equipa é constituída até um máximo de 14 jogadores.

A IHF informa em Nota, que as Federações, têm o direito de aplicar nas provas de sua responsabilidade, de alterações ao número de jogadores. No entanto, o número máximo de jogadores não pode ultrapassar os 16 Atletas.

Orientações e Interpretações

 Regra 4:9 - Objectos proibidos,

A IHF, reforça mais uma vez que não é possível ás Federações, ou aos árbitros, fazer excepções e autorizarem que os jogadores actuem usando capacetes, mascaras ou protecções dos joelhos com partes sólidas.

Usando exemplos de forma clara, não havendo excepções a esta Regra (Na parte Final do livro de Regras, em Orientações e Interpretações.

Regra 4:11 (Substituição Obrigatória)

A Nova regra de 2016, indica que se um jogador recebe assistência médica em campo, deve abandonar o mesmo e ser substituído por outro jogador, e só pode voltar ao jogo após se completarem três (3) ataques da sua equipa. Constituindo esta norma o paragrafo 2 da Regra.

A IHF, informa, nesta Regra em termos de nota, que as Federações, podem aplicar regras especiais no âmbito da sua responsabilidade com respeito á suspensão do parágrafo 2 desta Regra, mas somente nas categorias jovens. O Significa de imediato que as categorias de Seniores não têm qualquer exceção.

Regra 17:5 (Lesão de um árbitro)

A Regra estabelece que em princípio, todo o jogo será dirigido pelos mesmos árbitros.

Estabelecendo que se um árbitro ficar incapacitado para terminar o jogo, o outro árbitro continuará o jogo sozinho.

A IHF, informa em termos de nota, que as Federações, podem aplicar regras especiais no âmbito das competições sob a sua responsabilidade com respeito ao indicado anteriormente por nós, relativo a esta Regra. Poder-se-á por exemplo nomear uma dupla de reserva, que substituiria a dupla como existe em grandes provas Internacionais.

Regra 17:8 e 17:9 (responsabilidade da contagem dos golos, anotação de Advertências, exclusões e desqualificação, e o controlo do tempo de Jogo.)

A IHF informa, em termos de nota, que para estas Regras, as Federações, podem aplicar regras especiais no âmbito das competições sob a sua responsabilidade com respeito ao consignado nas Regras 17:8 e 17:9.

Ficamos na expectativa, das orientações que a Federação irá fornecer sobre estas matérias.

O Analista