gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 25 de junho de 2017

Campeonato do Mundo Alemanha 2017 – Femininos – XIII

23.º MUNDIAL DE SENIORES FEMININOS
(ALEMANHA)
QUALIFICAÇÃO PAN-AMERICANA
BRASIL VENCEDOR
Terminaram os jogos de qualificação Pan-Americanos Mundial de 2017 que se disputará na Alemanha de 1 a 17 de Dezembro de 2015. Os jogos disputaram-se na Argentina de 18 a 25-06-17

Já apurados para a Fase Final:
Alemanha – Organizador
Noruega – Campeã Mundial em Titulo
Dinamarca, França e Holanda, que representam as 3 primeiras classificadas no Europeu de 2016, pois encontram-se nas 1/2 Final, juntamente com a já apurada Noruega.
Montenegro, Sérvia, Rússia, Hungria, Roménia, Espanha, Eslovénia, Republica Checa e Suécia – Apuramento Europeu.
Coreia do Sul, Japão, e ChinaRepresentantes da Asia
Angola, Tunísia e Camarões – Representantes de África
Brasil, Argentina e Paraguai - Representantes Pan-americanos
- Wild Card
                                                                                       
Os três (3), primeiros classificados ficam automaticamente apurados para a Fase Final do Mundial.
A prova foi disputada numa 1.ª fase em 2 Grupos de 5 equipas:

Grupo A – Brasil, Porto Rico, Paraguai, Estados Unidos e Colômbia.
Grupo B – Argentina, Uruguai, Chile, Guatemala e República Dominicana.

Os primeiros classificados de cada grupo disputaram as 1/2 Final
Grupo A – Brasil e Paraguai
Grupo B – Argentina e Uruguai

5.º a 8.º lugar (Terceiros e Quartos de cada Grupo)
9.º 10-º Lugar (discutido num único jogo entre os 5.º classificados em cada Grupo)

Com a Final a ser disputada entre o Brasil e Argentina, que terminou com a vitória da equipa brasileira que ao intervalo já vencia por 18-08, dominando o totalmente o entro acabou vencendo por 38-20.

Classificação Final – 1.º Brasil, 2.º Argentina, 3.º Paraguai, 4.º Uruguai, 5.º Estados Unidos, 6.º Porto Rico, 7.º Chile, 8.º República Dominicana, 9.º Colômbia, 10.º Guatemala.

O Noticias

PO14 e PO15 – Encontros Nacionais de Infantis Femininos e Masculinos – 2016 /2017 - IV

ENCONTRO NACIONAL
INFANTIS FEMININOS E MASCULINOS
EM LOULÉ E ALBUFEIRA (22 A 25-06-17)

Os Encontros Nacionais de Infantis. Sendo uma prova não fixa, teve uma primeira fase da responsabilidade das Associações, que assumiram promover nas suas regiões e não só, retirando-se desta forma alguma carga emotiva aos jovens atletas e proporcionando-lhes mais atividade. A federação através do CO’s, indicou as formas de apuramento e restante matéria relacionada com as mesmas, tendo nós dito na altura: “Continuamos a discordar do estabelecimento de um número máximo de equipas por prova, pois consideramos que normalmente esses números acabam sempre por ultrapassados. E assim esperamos que esta época aconteça”. Mas o que verificamos através dos anexos ao CO N.º 107, foi lamentavelmente, a confirmação destas limitações.

Depois informa-se de que a prova, ao contrário das últimas épocas, e onde manifestamos igualmente o nosso desacordo, e passa a realizar-se em dois locais distintos mas com a mesma data, (embora as cerimónias de abertura e encerramento sejam realizadas em conjunto, bem hajam por esta decisão) o que vai piorar ainda mais, pois obriga a dispersão de meios, que certamente muitos dos participantes irão sentir grandes dificuldades. Esperemos que não e que os Encontros sejam um enorme ponto alto para a modalidade e para a sua divulgação.

Temos pena, que não existam boletins de jogo, mas apenas resultados no Portal da FAP, e que nem árbitros nem Oficiais de Mesa designados existam oficialmente, ainda há pouco tempo estes eventos serviam para aferir da qualidade de novos árbitros, que as próprias Associações indicavam, se é este o desenvolvimento de que fala o CA. Mais vale a pena desistir, porque o desenvolvimento é nulo, e tende a piorar, com exemplos como este.

Data da realização das Provas, de 22 a 25-06-17

Nota colocamos fotos iguais nas duas provas onde se encontram as duas equipas. Numa demonstração do Forte desportivismo com que decorreram ambas as provas.

Prova Feminina, PO14 – Participaram 24 equipas (60 Jogos) – ALBUFEIRA (Pavilhão Municipal, Pavilhão da Esc. Básica de Albufeira, e esc. Secundária Albufeira).

VENCEDOR CD FEIRENSE
(Sucede ao ARC Alpendorada)
Teve como vencedor o CD Feirense que venceu na final o Colégio Gaia por 16-12, resultado que só por si diz algum do equilíbrio com que foi disputado, e que assim sucede ao ARC Alpendorada vencedora na época anterior.

Classificação Final – 1.º CD Feirense, 2.º Colégio Gaia, 3.º Maiastars, 4.º CA Leça, 5.º CS Madeira, 6.º AD Sanjoanense, 7.º DIDÁXIS A2D, 8.º ARC Alpendorada, 9.º Gil Eanes, 10.º JAC-Alcanena, 11.º B. Perestrelo, 12.º ARE Porto Alto, 13.º Lagoa AC, 14.º AC Oliveira Frades, 15.º SIR 1.º Maio, 16.º ASCD SM MATO, 17.º CP Valongo Vouga, 18.º Vela Tavira, 19.º LA Aguada Cima, 20.º Macieira AC, 21.º Juventude Lis, 22.º ABC, 23.º Porto Salvo e 24.º AC. Viseu.

Foram ainda premiadas as melhores frases do concurso que a FAP promoveuConstança Ruivo Saias (11 anos – Porto Salvo), Ana Sofia Silva Almeida Cardoso (13 anos – CD Feirense), e Bianca Romão Almeida (13 anos – Gil Eanes). 

Foi vencedor do prémio Fair-Play a equipa do Porto Salvo

Prova Masculina PO15 Participaram de 32 equipas (96 jogos)LOULÉ (Pavilhão Municipal, Pavilhão Municipal Boliqueime, Esc. Secundária Loulé, e Pav. Moniz Pereira - Loulé).

COLÉGIO CARVALHOS VENCEDOR
(Sucede ao Águas Santas)
Teve como vencedor a equipa do Colégio Carvalhos que venceu na final o Benfica, num encontro de grande equilíbrio (21-20), e que assim sucede ao Águas Santas vencedor na época anterior.

Classificação Final – 1.º Colégio Carvalhos, 2.º Benfica, 3.º Samora Correia, 4.º Águas Santas, 5.º Sporting, 6.º Estrela Vigorosa Sport, 7.º Xico Andebol, 8.º CCR Fermentões, 9.º ABC, 10.º SC Horta, 11.º Belenenses, 12.º Alto Moinho, 13.º CD Feirense, 14.º CE Levada, 15.º São Mamede, 16.º CC Loulé, 17.º Lagoa AC, 18.º B. Perestrelo, 19.º Estarreja AC, 20.º Évora AC, 21.º FC Porto, 22.º Os Melros-Germil, 23.º AC Lamego, 24.º CA Portalegre, 25.º vela Tavira, 26.º CP Vacariça, 27.º Batalha AC, 28.º AC Sismaria, 29.º Vitória FC, 30.º AC. Viseu, 31.º CD Marienses e 32.º NA Redondo.

Foram ainda premiadas as melhores frases do concurso que a FAP promoveuJosé Miguel Brasileiro Fonseca (13 anos – AC Lamego), Pedro Daniel Moreira Castro (14 anos – Águas Santas).

Foi vencedor do prémio Fair-Play a equipa do CD Marienses.

Uma referência para o quase total cumprimento de todas as actividades paralelas, e que constituíram um êxito que não pode nem deve ser ignorado, transformando estes encontros em verdadeiras festas do Andebol, bem como para os pavilhões onde segundo as informações recolhidas, se registaram algumas excelentes molduras humanas (Indicações não verificadas por falta de preenchimento dos respectivos boletins de jogo), numa prova inequívoca de que o Andebol é uma modalidade de referência no Desporto Nacional.

Uma última palavra, para as boas reportagens, feitas sobre estes encontros, no sítio da Federação, embora com a omissão natural dos factos menos positivos que tenham ocorrido

O Formador

sábado, 24 de junho de 2017

Competições Europeias 2017 / 2018 – III – Liga dos Campeões Masculinos

LIGA DOS CAMPEÕES MASCULINA
A EHF, divulgou não só o esquema da competição como as equipas que irão estar presentes nas diversas fases, na reunião do seu Comité Executivo da EHF em 24-06-17 em Zagreb.

O Sorteio para os Torneios de qualificação será realizado em 29-06-17, em Viena, por sua vez o sorteio da Fase de Grupos será realizada em 30-06-17, em Ljubljana.

Equipas que constituirão os Grupos A e B, (16 equipas)

Telekom Veszprem (Hungria)
Rhein-Neckar Löwen (Alemanha)
FC Barcelona Lassa (Espanha)
KS Vive Tauron Kielce (Polónia)
Paris Saint Germain HB (França)
HC Vardar (Macedónia)
THW Kiel (Alemanha)
PPD Zagreb (Croácia)
HBC Nantes (França)
Orlen Wisla Plock (Polónia)
Aalborg Handbold (Dinamarca)
HC Meshkov Brest (Bielorrússia)
RK Celje Pivovarna Lasko (Eslovénia)
IFK Kristianstad (Suécia)
SG Flensburg-Handewitt (Alemanha)
MOL-Pick Szeged (Hungria)

Equipas que constituirão os Grupos C e D, (12 equipas)

Skjern Handbold (Dinamarca)
Ademar de Leon (Espanha)
Montpellier HB (França)
HC Metalurg (Macedónia)
Kadetten Schaffhausen (Suíça)
HC “Motor” (Ucrânia)
Besiktas JK (Turquia)
Elverum (Noruega)
Chekhvskie medvedi (Rússia)
Dinamo Bucuresti (Roménia)
RK Gorenje Velenje (Eslovénia)
Vencedor do Grupo de Qualificação.

Equipas que constituirão o Grupo de Qualificação (4 equipas)

Sporting (Portugal)
TATRAN Presov (Eslováquia)
Cocks (Finlândia)
Alpla HC Hard (Áustria)

Daqui poderá verificar-se que não foi aceite o pedido extra da inscrição de uma equipa adicional por Portugal, e que a equipa representativa do Andebol Nacional (Sporting), terá de disputar o torneio de qualificação, que decorrerá de 01 a 03-09-2017. Só o vencedor será apurado.

A Fase de Grupos decorrerá de 13-09-17 a 25-02-2018, desta fase resultará os seguintes apuramentos:

1.º dos Grupos A e B, directamente apurados para os 1/4 Final. (18 a 29-04-2018)
2.º a 6.º dos Grupos A e B Apurados para 1/8 Final. (21-03-2018 a 01-04-2018)
1.º 2.º dos Grupos C e D, disputam um Play OFF (KO Matches), com os vencedores a serem apurados para os 1/8 Final
Final Four (26 e 27-05-2018)

O Banhadas Andebol

VII Gala do Andebol – FAP - 2017

A FAP divulgou alguns dados sobre a realização da VII Gala FAP (Mais uma vez dizemos outras houve e que não devem ser esquecidas repetimos, pois, por vezes a memória é curta), se pretende que seja um dos momentos altos da época, onde se reconhece, agradece, e se premeia, as consideradas figuras da época e não só.

Mais uma vez, e não nos cansamos de repetir, esta realização é uma tarefa singular, que deve conter no seu espirito, além do seu evidente e gratificante significado, deverá ser de agradecimento para com todos, mas mesmo TODOS OS AGENTES DA MODALIDADE.

Repetindo-se de época para época, mais uma vez a informação disponível no sítio da FAP, neste momento destina-se a dar conhecimento da sua realização e do local da mesma (Pinhel em 26-08-17), e na prática apenas se destina a dar conhecimento do início das votações que todos os anos são abertas ao público em geral. Pela nossa parte iremos dando conhecimento de tudo aquilo, que formos tomando conhecimento, como por exemplo que as Super Taças Masculina e Feminina, se realizam em princípio na mesma data em Figueira Castelo Rodrigo, sendo as primeiras provas da nova época.

A apresentação das votações voltou a sofreu uma forte alteração, que nunca é referida na notícia, mas que significa um regresso ao praticado e bem anteriormente, voltando a ser apresentados cinco (5) nomes, dos quais a Federação depois divulga os três (3) mais votados, e apresentado os resultados finais na Gala, propriamente dita.

As votações nas categorias abaixo descriminadas, serão efectuadas,  até ao dia 10 de Julho de 2017, no LINK indicado pela FAP espaço de tempo mais que suficiente para poderem existir excelentes votações em termos percentuais, e tem o tempo mais que suficiente para ser condigna, pois a modalidade assim o merece.

Os vencedores de cada Categoria, serão conhecidos somente na Gala, segundo se depreende do texto da notícia.

A Federação coloca em votação as seguintes nomeações, relativas á época 2016 / 2017

·         Atleta Revelação Masculino
o   Francisco Tavares – Sporting
o   Gonçalo Ribeiro - Belenenses
o   Alexandre Cavalcanti – Benfica
o   Luís Frade – Águas Santas
o   Diogo Oliveira – AA Avanca
·         Atleta Revelação Feminino
o   Sandra Santiago – Colégio Gaia
o   Débora Moreno - Maiastars
o   Carolina Monteiro – Colégio Gaia
o   Mariana Azevedo – Maiastars
o   Cristiana Morgado – CA Leça
·         Melhor Jogador
o   Carlos Ruesga  – Sporting
o   Miguel Martins – FC Porto
o   Fábio Magalhães – Madeira SAD
o   Daymaro Salina – FC Porto
o   Belone Moreira - Benfica
·         Melhor Jogadora
o   Mónica Soares – Alavarium
o   Patrícia Lima – Colégio Gaia
o   Helena Soares – Colégio Gaia
o   Renata Tavares – Madeira SAD
o   Erica Tavares – Madeira SAD
·         Melhor GR (masculino)
o   Alfredo Quintana – FC Porto
o   Hugo Laurentino – FC Porto
o   Hugo Figueira – Benfica
o   Matej Asanin - Sporting
o   Humberto Gomes – ABC
·         Melhor GR (feminino)
o   Valerie Golerova – Madeira SAD
o   Isabel Góis – Alavarium
o   Jessica Ferreira – Colégio Gaia
o   Nádia Nunes – CS Madeira
o   Mariano Agostinho – Passos Manuel
·         Melhor Treinador Provas Masculinas
o   Paulo Fidalgo – Madeira SAD
o   Carlos Resende – ABC
o   Ricardo Costa – FC Porto
o   Carlos Martingo – AA Avanca
o   Hugo Canela - Sporting
·         Melhor Treinador Provas Femininas
o   Sandra Fernandes – Madeira SAD
o   José Carlos Ribas – Maiastars
o   Paula Marisa Castro – Colégio Gaia
o   Marco Freitas – CS Madeira
o   Paulo Félix – SIR 1.º Maio/CJB
·         Melhor dupla de árbitros
o   Eurico Nicolau / Ivan Caçador – AA Leiria
o   Daniel Martins / Roberto Martins – AA Leiria
o   Duarte Santos / Ricardo Fonseca – AA Madeira
o   Ramiro Silva / Mário Coutinho – AA Aveiro
o   Marta Sá / Vânia Sá – AA Porto

Não comentaremos os nomes escolhidos, que se encontram no link de votação. 

O Historiador

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Europeu 2018 Masculino – XV - Sorteio

EURO 2018 MASCULINO NA CROÁCIA

Com todos os apuramentos resolvidos a EHF, realizou hoje (23-06-17), em Zagreb, o sorteio da 1.ª Fase da Fase Final que será é disputada por 16 equipas, de 12 a 28-01-2018, em quatro cidades (Zagreb, Varazdin, Porec e Split) na Croácia, último Europeu a ser disputado por 16 equipas.

Apurados

Croácia – Organizador
Dinamarca, Hungria, Bielorrússia, Sérvia, Espanha, Áustria, Macedónia, República Checa, Alemanha, Eslovénia, Suécia, Montenegro, França, Noruega e Islândia – Apuramentos pela disputa dos Grupos de Qualificação.

Resultados do Sorteio
Grupo A (Split) – Croácia, Suécia, Sérvia e Islândia.
Grupo B (Porec) – França, Bielorrússia, Noruega, e Áustria
Grupo C (Zagreb) - Alemanha, Macedónia, Montenegro e Eslovénia.
Grupo D (Varazdin) - Espanha, Dinamarca, República Checa e Hungria

O Banhadas Andebol

Duplas IHF

DUPLA IHF
Marta Sá e Vânia Sá recebem Insígnias IHF

Quando reportamos o 2.º Torneio IHF/EHF das Nações Emergentes, dissemos:

 “ Este torneio teve a presença da dupla feminina Portuguesa, constituída por Marta Sá e Vânia Sá, que segundo nos é dado a perceber terá estado presente no âmbito da IHF, verificar a possibilidade de a mesma ser incluída nos seus quadros. Temos no entanto de lamentar a falta de informação por parte da FAP, acerca desta nomeação.

Para passados momentos, após a nosso texto, o Portal da FAP, noticiar que a dupla por nós referida, tinha, usando as próprias palavras da notícia da Federação “ … terminou com sucesso a participação no Global Referee Training Proggrammes 2017…. que se a relizou na Bulgária de 12 a 18 de Junho de 2017.”

Sem nunca referir que a dupla participou na referida como dupla na prova já referida, o que se lamenta. Felizmente que os resultados finais foram positivos, e damos desde já os nossos parabéns à dupla, pois foi certamente com o seu trabalho que lá chegaram, ou então entrou em acção mais uma vez a “Diplomacia Desportiva”.

António Marreiros diz nomeadamente, “ Este é um trabalho de equipa e que já provou dar bons frutos ao andebol português e à nossa arbitragem em particular. Creio que todos nós nos sentimos orgulhosos quando ultrapassamos barreiras e provamos capacidade conjunta, para continuar a “fazer acontecer”….

Desta vez não foi Diplomacia Desportiva foi o Fazer Acontecer, pois o desenvolvimento da arbitragem Nacional, não é medido por estes actos, mas sim pela capacidade global, pelo aumento de qualidade global, por cada vez menos contestação nos jogos, por cada vez maior capacidade nas Regiões, e não por exemplo com o acabar com os Oficiais de Mesa, nem com o incumprimento das matérias regulamentares.

Aproveitámos para dizer que Portugal não é o único Pais, com duas duplas IHF Masculinas, e uma Feminina, pois um comentário já existiu, por encomende ou não, existem pelo menos os seguintes Países, em igualdade de circunstâncias – França, Alemanha, Japão, Roménia, Rússia, Sérvia e Tunísia.

O Banhadas Andebol

Europeus Universitários – 2017 - III

EUROPEU UNIVERSITÁRIO 2017
ANTEQUERA (ESPANHA)

Disputam-se os 9.º’s Campeonatos Europeus de Andebol Universitário em Antequera (Espanha – Málaga), de 2 a 8 de Julho de 2017, em Masculino e em Feminino, e que será acompanhado por mais uma ação pata Jovens Árbitros da EHF (Young Referee Programme).

Depois de já termos divulgado as duplas de arbitragem presentes nesta prova, neste texto divulga-se as equipas presentes em ambos os géneros, segundo a ordem de ranking, indicada pela organização:

Masculinos estão presentes 12 equipas

  1. Espanha – Universidade de Maçaga
  2. Portugal – Universidade do Porto
  3. Croácia – Universidade de Split
  4. Alemanha – Universidade de Duisburg-Essen
  5. Espanha – Universidade de Barcelona
  6. França – Universidade de Montpellier
  7. Turquia – Universidade de Marmara
  8. Polónia – Universidade de Rzeszow
  9. Suíça – Universidade de Basel
  10. Roménia – Universidade de Suceava
  11. Portugal – Universidade do Minho
  12. Alemanha – Universidade de Frankfurt
A prova numa primeira fase será dividida em 4 grupos de 3 equipas

Ainda não temos qualquer indicação sobre o sorteio dos grupos.

Femininos estão presentes 10 equipas

  1. Espanha – Universidade de Maçaga
  2. Alemanha – Universidade de Cologne
  3. Portugal – Universidade de Aveiro
  4. Eslovénia – Universidade de Primirska
  5. Holanda – Universidade de Nijmegen
  6. Espanha – Universidade de Valencia
  7. Turquia – Universidade de Aksaray
  8. Noruega – Universidade de Oslo
  9. Roménia – Universidade de Constanta
  10. Turquia – Universidade de Akdeniz
A prova numa primeira fase será dividida em 2 grupos de 5 equipas

Ainda não temos qualquer indicação sobre o sorteio dos grupos.

Estão presentes 22 Universidades, de 12 Países, sendo que Portugal, Alemanha, e Turquia, apresentam-se com 3 equipas, enquanto a Espanha como País organizador, terá quatro equipas.

O Formador

Autocolantes Famosos – Praia

Para recordar, fomos ao "baú das memórias", e verificamos. que já em 1998, se fazia andebol de Praia em Lisboa, e com este fabuloso autocolante demonstra, como várias modalidades podiam trabalhar em conjunto. Bem Hajam.
O Historiador

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Encontros Nacionais de Minis – 2016 / 2017 – III

ENCONTROS NACIONAIS DE MINIS
MASCULINOS (PO37) E FEMININOS (PO38)

A Federação através do Comunicado Oficiais n.º 91 e seu anexo (18-05-17), bem como do N.º 113 e seu anexo (20-06-17) (Divulga todas as equipas inscritas, pode ser consultado através deste link), bem como através uma notícia publicada no seu sítio, confirma não só o local da realização dos Encontros Nacionais de Minis, tanto em Masculino como em Feminino, como a sua estrutura, bem como os Clubes e as equipas definitivamente.

Ambas as provas serão realizadas em Santo Tirso. A data da realização prevista é de 29-06-17 a 02-07-17.

Apesar dos limites que os CO’s anteriores e que mereceram comentário negativos da nossa parte, acerca da existência de números limites (60 equipas como limite máximo é um número completamente desajustado da realidade, pois só em Masculinos na última época tivemos 68 equipas), e mais uma vez se confirmou esta realidade. Pois mais uma vez, e como de costume verificando-se o anexo ao CO 113, se constata que os números finais foram completamente ultrapassados.

Finalmente, e repetimos:

Continua-se a permitir e até se incentiva a participação de equipas mistas, que nestes escalões são perfeitamente admissíveis, conforme se pode verificar os grandes torneios Internacionais.

A continuação da não definição de ”campeonato”, tornando estas provas, mais lúdicas e de divulgação do que em competições que normalmente trazem, na nossa opinião uma forte carga negativa às mesmas, embora tenhamos a consciência plena de que existem opiniões plenamente contrárias á nossa e que as aceitamos e respeitamos.

Um dos factores mais positivos desta organização agora divulgada, foi o esclarecimento sobre a participação de equipas de Andebol de 5, e esclarecidas as condições de participação neste vertente, bem como as idades nos respectivos géneros.”

Continuando-se a não se entender:

E repetindo mais uma vez o que afirmamos na época transacta, a realização dos dois eventos em simultâneo. Será por certamente, se pretender efectuar uma grande acção de divulgação da modalidade, pois como todos sabemos, ao escolher o mesmo local pelo menos, evitam-se dispersão de meios às equipas participantes, deixando de haver este factor que na nossa opinião era limitativo, e provavelmente levava á tomada de opções por um ou outro encontro, no entanto não altera a nossa sensibilidade do princípio de separação dos encontros, permitindo a divulgação da modalidade em outros locais.

Quadro competitivo
Dia 29-06-17 – Jogos de tarde
Dias 30-06-17 e 01-07-17 – Jogos de manhã e de tarde
Dia 02-07-17 – Jogos de manhã

Outras Atividades
Dia 29-06-17 – Reunião Técnica, Cerimónia de Abertura, Atividades Culturais / Desportivas.
Dia 30-06-17 e 01-07-17 - Atividades Culturais / Desportivas.
Dia 02-07-17 – Cerimónia de Encerramento (Hora Prevista 13H30)

Forma de disputa:

Vertentes 7 e 5:
Os clubes serão agrupados em séries no sistema de TxT.

Na Vertente 7 - O Tempo de jogo será de 30 minutos (2x15) com 5 minutos de intervalo (serão excepção os jogos de encerramento, onde o tempo será de 20 minutos “2x10” com 5 minutos de intervalo, não se entende esta opção).

Na Vertente 5 - O Tempo de jogo será de 20 minutos (2x10) com 5 minutos de intervalo.

Nota Importante - Não há Time-OUT em qualquer vertente (aqui não entendemos o objectivo a atingir)

Substituição só em posse de bola;
  • O guarda-redes pode ser substituído aquando dos livres de 7 metros;
  • Em caso de lesão grave, durante o jogo, pode substituir um jogador de campo, mesmo que o Clube não tenha a posse de bola.

Proibição de defesas mistas.

Substituição pedagógica, quando se verificarem exclusões, na versão de Andebol de 5

Em qualquer das variantes, todos os atletas inscritos no Boletim de jogo, devem obrigatoriamente participar no mesmo (uma inovação que vêm da época anterior, e  que se subscreve na totalidade)

Reinicio após GoloNa vertente 5, o jogo é reiniciado pelo guarda-redes no interior da sua área de baliza.

Pensamos embora o texto seja omisso que todas as questões se aplicam nos dois géneros.

Na PO38 – Femininos

Destinado aos nascidos em 2006/2007/2008 e 2009, em Andebol 7
Pelo que nos foi dado ler existem fortes limitações à existência de Andebol de 5 neste género, embora possam existir equipas mistas.

Estão inscritas 22 equipas (18 na vertente 7 e 4 na vertente 5), o significa que no total temos um número praticamente igual ao da época anterior, no entanto, e face ao momento actual o número até poderá ser significativo (não entrando em linha de conta com as equipas mistas. Eis os números verificados nas últimas épocas, para análise, de quem quiser:

Época 2010 / 2011 – 10 equipas
Época 2011 / 2012 – 16 equipas
Época 2012 / 2013 – 21 equipas
Época 2013 / 2014 – 16 equipas
Época 2014 / 2015 – 20 equipas (17 na vertente 7 e 3 na vertente 5)
Época 2015 / 2016 – 21 equipas (17 na vertente 7 e 4 na vertente 5)
Época 2016 / 2017 – 22 equipas (18 na variante 7 e 4 na vertente 5)

Na nossa análise consideramos que existem condições para se igualarem os melhores números verificados nos últimos anos, são números positivos, demonstrando uma evolução significativa a partir de 2010 / 2011.

Na PO37 – Masculinos

Destinado às idades de 2005 / 2006, para o Andebol 7, agora designados por Minis A.
Destinado às idades de 2007, e seguintes, para o Andebol 5, agora designados por Minis B. Aqui poderão existir equipas mistas.

Estão inscritas 77 equipas (56 na vertente 7 e 21 na vertente 5), verificando-se na prática um aumento embora não significativo, mas é sempre um aumento dos inscritos em relação a época anterior onde se tinham inscrito 68 equipas, (entrando em linha de conta com as equipas mistas, na versão de 5, teremos ainda mais 11 equipa). Eis os números verificados nas últimas épocas, para análise, de quem quiser:

Época 2010 / 2011 – 32 equipas
Época 2011 / 2012 – 43 equipas
Época 2012 / 2013 – 41 equipas
Época 2013 / 2014 – 43 equipas
Época 2014 / 2015 – 67 equipas (49 na vertente 7 e 18 na vertente 5)
Época 2015 / 2016 – 73 equipas (54 na vertente 7 e 19 na vertente 5)
Época 2016 / 2017 – 88 equipas (55 na vertente 7, 21 na vertente 5, e 11 Mistas na vertente 5)

Voltamos a referir que na nossa opinião, os números excedem as expectativas, e já se podem considerar significativos, face ao momento actual em que vive, e á notória falta de apoios.

O número de equipas inscritas na opção (equipas mistas), são apenas de 11 e com a novidade de serem limitadas á vertente 5.verifica-se um notório decréscimo, no número de clubes previamente inscritos que baixou de 94, para 66., com total de atletas inscritos de 1446, no entanto o numero total e equipas é significativo (110).

Como nota final, estranhamos a ausência de alguns clubes em abos os géneros que normalmente são clubes de formação, ou que se dizem como tal, como por exemplo, o Colégio Gaia, o Alavarium (no Feminino), o CS Madeira, a Assomada, o Belenenses, a AA Avanca, o Boa Hora, e o Ginásio Sul, estes são alguns dos que nos lembramos pois haverá certamente muitos mais, mas é estranho.

O Noticias