gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 31 de janeiro de 2016

Europeu 2016 Masculino – XXIX

EUROPEU 2016 MASCULINO
POLÓNIA 

Terminou mais um Euro, o 12.º, que se disputou na Polónia até 31-01-16, com 48 jogos realizados nas diversas Fases da Prova. Passando-se diretamente da Main Round para a disputa dos jogos das 1/2 finais e aos jogos classificativos do 5.º ao 8.º lugar, forma usada, para diminuir o numero de jogos, conforme já tínhamos noticiado. 

ALEMANHA CAMPEÃ EUROPEIA
(Sucede á França)
Assim em relação aos apurados para o Play OFF do Mundial de França do 2017, escreveremos em artigo próprio dedicado ao mesmo.  

Os apurados para o Mundial de 2017 em França – Alemanha, Espanha e Croácia. 

Hoje publicamos os últimos resultados, dos jogos que definiram a classificação Final. 

Resultados

1/2 Final
Dia 29-01-16
Noruega 33 – 34 Alemanha (C/Prolongamento)
Espanha 33 – 29 Croácia

Nas 1/2 Finais, tivemos excelentes jogos, na primeira a Alemanha, vence a sensacional Noruega, no prolongamento, num encontro, onde foi fortemente beneficiada pela arbitragem da dupla Francesa, presente, e que terminou com um Protesto devidamente apresentado pela Federação Norueguesa (e que na nossa opinião tem toda a razão), pois faltaram jogar, cerca de 5 segundos após o último golos alemão, e com a equipa alemã quase toda dentro de campo incluindo dois guarda-redes, ficamos na expectativa, de ver a resolução, pois afinal não chegaremos a ver qual a resolução da EHF, a Noruega, retirou o seu protesto de jogo, segundo as últimas informações, a segunda 1/2 Final, tivemos mais um excelente jogo, com bom início da Croácia, e com excelente reação da equipa de Espanha, que assim chega á Final, depois de em 2006, ter perdido a mesma na Suíça diante a França por 31-23, recordando que a Alemanha, já tem um acumulado de 3 medalhas, uma de cada, e que a Espanha, contabiliza até ao momento 5 medalhas (3 de Prata e 2 de Bronze), com a última a ser obtida em 2014 (bronze) na Dinamarca.

5/6 Lugar
Dia 29-01-16
França 29 – 26 Dinamarca
7/8 Lugar
Dia 20-01-16
Polónia 26 – 24 Suécia
3/4 LugarDia 31-01-16
Noruega 24 – 31 Croácia

FinalDia 31-01-16
Alemanha 24 – 17 Espanha

Tivemos uma final, que foi uma repetição do jogo, que se efetuou ainda na Fase Preliminar (Grupo c), onde a Espanha venceu (32/29). Dizer tanto uma como a outra equipa já possuem diversos títulos Mundiais, que no jogo decisivo, venceu justamente a Alemanha, que fez do coletivo, e da defesa a sua principal arma, onde contou com um guarda-redes, que na nossa opinião foi o principal jogador da equipa de nome Andreas Wolf, que foi considerado o melhor guarda-redes do Europeu e ainda com Kai Hafner que foi na nossa opinião a sua principal arma no ataque, regressa assim ao titulo Europeu, que não vencia desde 2004 na Eslovénia. A equipa de Espanha nunca encontrou soluções para entrar na defesa alemão e por vezes foi perdulária, apesar do bom jogo de Raul Entrerios, considerado o MVP do Europeu. Assim como na disputa do 3.º e 4-º lugar, tivemos uma nova repetição de um jogo disputada na Fase Preliminar (Grupo B), e que terminou com a vitória da Noruega (34/31), mas desta vez terminou com a vitória da Croácia, que assim conquista o 3.º lugar na Prova e o apuramento direto para o Mundial de 2017 em França, com a Noruega a conquistar a sua melhor classificação de sempre.

Classificação Final – 1.º Alemanha, 2.º Espanha, 3.º Croácia, 4.º Noruega, 5.º França, 6.º Dinamarca, 7.º Polónia, 8.º Suécia, 9.º Rússia, 10.º Bielorrússia, 11.º Macedónia, 12.º Hungria, 13.º Islândia, 14.º Eslovénia, 15.º Sérvia e 16.º Montenegro.

Foram ainda distinguidos os seguintes atletas:

MVP – Raul Entrerrios (Espanha)
Melhor Marcador Valero Rivera (Espanha)

Melhor Guarda Redes – Andreas Wolff (Alemanha)
Melhor Ponta Esquerdo – Manuel Strlek (Croácia)
Melhor Lateral Esquerdo – Michal Jurecki (Polónia)
Melhor Central – Sander Sagosen (Noruega)
Melhor Pivot – Julien Aguinagalde (Espanha)
Melhor Lateral Direito – Loahan Jakobsson (Suécia)
Melhor Ponta Direito – Tobias Reichmann (Alemanha)

Melhor Defensor – Henrik Mollgaard (Dinamarca)

Arbitragem

Portugal apenas está representado pela dupla Duarte Santos / Ricardo Vieira, e ainda por Rui Coelho, que foi nomeado como um dos 13 Delegados da EHF, no entanto a sua função, foi claramente a de responsável da parte disciplinar da Prova, o que é uma honra para Portugal.

A dupla portuguesa, que dirigiu 2 jogos na Fase preliminar e dois jogos na Main Round, realizando 4 jogos até ao momento, mas que conforme dissemos na altura e repetimos “. Uma nota, para o persistente noticiário que tem sido feito no sítio da Federação, com fotos e tudo, numa desigualdade em termos comparativos com outras duplas que merecem no mínimo o mesmo tratamento.” Confirma-se todas as nossa suspeitas, e não dirigiram mais nenhum jogo até á final. Com a dupla da Macedónia a dirigir ainda um 4 jogo, o do 3/4 lugar, que tal como a dupla da Dinamarca tinham sido salvaguardados, nas anteriores nomeações, sendo nomeados para dirigir a Final, e realizando igualmente 4 jogos, e com os árbitros portugueses, a terminarem as suas atuações em 25-01-16.

O Banhadas Andebol

Campeonato do Mundo França 2017 – XI

25.º MUNDIAL DE SENIORES MASCULINOS – FRANÇA – 2017
PLAY OFF
ISLÂNDIA / PORTUGAL 

Realizou-se (31-01-16) na Polónia o sorteio dos 9 jogos do Play OFF Europeu, para o Mundial de 2017 em França

Equipas apuradas para o Play OFF

Vencedores dos Grupos de Apuramento:
Grupo 1 – Bósnia
Grupo 2 – Áustria
Grupo 3 – Letónia
Grupo 4Portugal
Grupo 5 – República Checa
Grupo 6 – Holanda

Qualificados para o Play OFF

Pote 1 – 4.ºCl no Euro, Dinamarca, Polónia, Islândia, Bielorrússia, Macedónia, Rússia, Hungria e Suécia.
Pote 2 – Sérvia, Eslovénia, Montenegro, Bósnia, Áustria, Letónia, Portugal, República Checa e Holanda.

Resultado do Sorteio:
Os 9 jogos do Play OFF, serão disputados no sistema casa/fora, em 10 a 12 de junho de 2016, a 1.ª Mão, e 14 a 16 junho de 2016, a 2.ª Mão 

A Portugal “tocou-lhe” a conhecida Islândia, que será provavelmente uma das mais acessíveis equipas que faziam parte do Pote 1, será que os jogos que realizamos na Islândia, ainda á pouco tempo, servirão para tirar completas ilações, e será que desta vez iremos estar na final de um grande evento da modalidade, a ver vamos.  

Já apurados: 

França – Organizadora
Qatar – Como 2.ª Classificado no Mundial substituindo o campeão que organiza
Bahrain, Japão e Arabia Saudita – Ásia
Alemanha, Espanha e 3.º Cl. No Euro – 3 (Três) melhores classificadas no Euro 2016.
Egipto, Tunísia e Angola - Africa
Europa - 9 lugares (Play OFF) 
Pan América (3 lugares) – Campeonato Pan-americano de 1 a 9 de Junho de 2016
Torneio de Apuramento – Para um Lugar Adicional 

O Noticias

sábado, 30 de janeiro de 2016

Associação Andebol Madeira – Torneio de Abertura

AA MADEIRA
TORNEIO ABERTURA
SENIORES MASCULINOS 

Recebemos de um leitor perfeitamente identificado o seguinte texto que publicamos com enorme prazer. 

A Associação de Andebol da Madeira orgulha-se de informar que o Torneio de Abertura de Seniores Masculinos, que terminou no passado sábado (9 de janeiro), aliado a alguns jogos da formação regional e aos jogos da 15.ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores Femininos, conseguiu angariar 301,50€ a favor da ACREDITAR (Associação de Pais e Amigos de Crianças co Cancro – Madeira). 

A todos os intervenientes diretos e/ou indiretos de mais esta iniciativa solidária da AAM, queríamos deixar aqui o nosso mais sincero agradecimento! 

O ANDEBOL NA MADEIRA É MUITO MAIS QUE UMA MODALIDADE, É SOLIDÁRIO, E ESPETACULAR!”
O Noticias 

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

17.º Campeonato Asiático de Andebol Seniores Masculinos - III

QATAR RENOVA TITULO ASIÁTICO

Terminou em 28-01-16, em Manama no Bahrain (que repetiu a organização de 2014) o 17.º Campeonato Asiático de Andebol, com a participação de 11 Países, divididos em 2 Grupos, na Fase Preliminar. Esta prova apura não só o Campeão da Ásia, como os seus representantes no Mundial de 2017 em França em Masculinos.

Resultados Finais

Jogo para Apuramento do 11.º (25-01-16)
Síria 24 – 31 China

Main Round (25-01-16) (7.º a 8.º Lugar)
Coreia 32 – 23 Emiratos Árabes Unidos
Irão 32 – 27 Omã

9/10 Lugar - 27-01-16
China 30 – 23 Líbia

7/8 Lugar – 27-01-16
Emiratos Árabes Unidos 31 – 30 Omã

5/6 Lugar – 27-01-16
Coreia 28 – 29 Irão

1/2 Finais – 26-01-16
Qatar 22 – 13 Arabia Saudita
Bahrain 29 – 23 Japão

3/4 Lugar -28-01-16
Arabia Saudita 16 – 25 Japão

Final – 28-01-16
Bahrain 22 – 27 Qatar
Classificação Final – 1.º Qatar, 2.º Bahrain, 3.º Japão, 4.º Arabia Saudita,5.º Irão, 6.º Cooreia,7.º Emiratos Árabes Unidos, 8.º Omã, 9.º China, 10.º Líbia e 11.º Síria.

Apurados para o Mundial, França 2017Bahrain, Arabia Saudita e Japão (Qatar, já estava apurado desde o Mundial de 2015, em virtude de a França como organizadora estar automaticamente apurada).

Verificaram-se algumas grandes surpresas, uma delas foi a Coreia que fica de fora do Mundial de 2017 em França, pois nem apurada para as 1/2 Final foi, facto que já não se verificava á bastante tempo, por outro lado, nos restantes apuramentos para as ½, a grande surpresa reside no apuramento da Arabia Saudita.

O Noticias

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 28 – 2015 / 2016 – I – Atualizada

Cronica relativa á jornada disputada a meio da semana.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados – 1.ª Fase

20.ª Jornada (9.ª Jornada da 2.ª Volta)
Dia 27-01-16
Ismai 31 – 25 Passos Manuel
Sporting 31- 32 ABC
Belenenses 26 – 30 FC Porto
AA Avanca 21 – 25 Águas Santas
AC Fafe 26 – 30 Madeira SAD
Dia 28-01-16
Benfica 38 - 27 SC Horta

Na continuação da última jornada tivemos mais uma jornada completa, e sem jogos adiados o adiado é na prática um adiamento circunstancial. Como um dos factos a salientar e que começa a ser “banal”, que é a 20.ª vitória consecutiva do FC Porto, nesta Fase da Prova, que disputou esta esta jornada já com o 1.º Lugar garantido nesta fase. Podendo desde já afirmar-se de que o AC Fafe, Belenenses e SC Horta (este por diferença de golos com o Passos Manuel), estão confirmados no Grupo B, desde a última jornada. Foi igualmente uma jornada onde com maior ou menor dificuldade, apenas um resultado não foi confirmado em relação ao verificado na 1.ª volta. Sendo de destacar que foi uma jornada sem ocorrências disciplinares.

Já Aparados para o Play OFF – FC Porto, ABC, Benfica, Sporting, Madeira SAD e Águas Santas.

Já Apurados para a Disputa do Grupo B – AC Fafe, Belenenses e SC Horta.

Atualização 

Benfica 38 – 27 SC Horta 

No Pavilhão da luz, com uma assistência, quase nula, disputou-se o Benfica / SC Horta, o a equipa do Benfica venceu, por um resultado dilatado, que não reflete as dificuldades sentidas em alguns momentos do jogo, com esta vitória iguala o ABC no segundo lugar, da classificação, lugar que irá ser bastante disputado até ao final desta fase. Com as equipas a apresentarem os seus reforços do momento, e que em nossa opinião nada de novo acrescentam á modalidade, tanto no Benfica, como no SC Horta. O SC Horta que iniciou o jogo de forma muito decidida, diante um Benfica “adormecido”, e pouco coerente quer em termos defensivos, quer em termos atacantes, permitiu que a equipa insular chegasse nos primeiros 15 minutos de jogo a comandar o marcador com quatro (4) golos de vantagem, quando venciam por 11-7, com o técnico do Benfica a chamar á razão os seus atletas, o Benfica inicia uma recuperação, igualando o marcador aos 21 minutos a 12 golos, passando a partir deste momento a comandar o marcador, atingindo o intervalo a vencer por 18-15. Com forte melhoria competitiva do Benfica nos 10 minutos finais do primeiro tempo, e o SC Horta a equilibrar mais o jogo do que se esperava. Nos segundos 30 minutos o Benfica troca de guarda-redes, saindo Hugo Figueira (35% de eficácia), e entrado Nikola Mitrevski (45% de eficácia) que esteve muito bem, e fazendo rodar todo o seu plantel, que apesar de jovem respondeu muito bem ao solicitado e foi progressivamente, dilatando a sua vantagem, em especial a partir dos 40 minutos, quando o resultado era favorável ao Benfica por 25-20, para se ir largando sucessivamente para por exemplo aos 55 minutos se situar nos 10 golos de vantagem (34-24), com a equipa insular a perder o sentido coletivo, e a demonstrar, falta de frescura física em especial Raifer Noa, que mesmo assim acaba por ser um dos melhores marcadores da equipa com 5 golos. O Benfica chega aos 12 golos de vantagem aos 59 minutos, quando o marcador assinala a seu favor 38-26. Na baliza do SC Horta o jovem Wilson Costa que fez tudo o jogo apenas com 17% de eficácia, eis umadas grandes diferenças registadas ao longo do jogo. Na equipa do Benfica 11 jogadores marcaram golos, com João Pais e Bélone Moreira com 6 golos cada e a mesma eficácia (86%), foram os melhores marcadores do Benfica, onde o seu Pivot Dragan, esteve bem melhor do que lhe temos visto fazer (3 golos, 100% de eficácia). Na equipa insular Fernando Dutra com 6 golos (60% de eficácia), acaba por ser o melhor marcador da equipa. Um pormenor nos chamou a atenção foi que aquando dos time OUT’s de equipa no SC Horta, quem falava e dava instruções era Yuriy Kostetskyy, inscrito como técnico-adjunto na prática. Dirigiu o encontro a dupla aveirense constituída por Nuno Fernandes e João Correia, que num jogo sem problemas, também não os criaram e levaram a tarefa a contento de todos, pois os seus pequenos erros não lhe retiram o positivismo da sua prestação.

No Jogo disputado no Pavilhão Acácio Rosa no Restelo, disputou-se o Belenenses / FC Porto. Que foi um jogo onde a equipa do Belenenses, se estruturou superiormente para este adversário, e iam dando origem á grande surpresa da prova, com um resultado final, que reflete o equilíbrio que ocorreu durante todo o encontro, de tal forma que ao intervalo se registava uma igualdade a 15 golos, isto é um puro reflexo do equilíbrio ocorrido durante os primeiros 30 minutos. Com os seus guarda-redes estiveram bem em especial Henrique Carlota (33% de eficácia), que entrou a poucos minutos do fim o jogo, mais foi dessiso em momentos chave do encontro. O FC Porto, fruto da estratégia do Belenenses, foi uma equipa sem a eficácia a que nos acostumou, sendo por vezes completamente “adormecido” pela equipa do Belenenses e aos 50 minutos de jogo quando vencia por 25-23, entro em completo controlo do marcador e do jogo, de forma a evitar alguma surpresa. Na equipa do Belenenses Vasco Pinto (100% de eficácia), e Ivo Santos (50% de eficácia), ambos com 5 golos cada foram os melhores marcadores da equipa. No FC Porto, com Hugo Laurentino a render Alfredo Quintana que não esteve nos seus dias, ea apresentar uma eficácia de 44%, não deixou dúvidas, de que a sua entrada foi fundamental, na 20.ª vitória da sua equipa Onde, Gilberto Duarte (67% de eficácia)), Hugo Santos (67% de eficácia) e Nuno Roque (100% de eficácia), todos com 6 golos cada marcados foram os marcadores de serviço da equipa do FC Porto. 

Na Maia, disputou o Ismai / Passos Manuel, que foi o único encontro onde foi retificado o resultado ocorrido na 1.ª volta, e que terminou desta feita coma vitória da equipa do Ismai, que luta diretamente com o seu adversário nesta jornada, por um lugar no Play OFF. Foi um encontro com duas partes distintas. No primeiro tempo o Passos Manuel, comando o jogo e o marcador a maior parte do tempo, chegando a ter vantagens de 5 golos como por exemplo aos 18 minutos quando vencia por 13-8, para depois permitir a recuperação segura da equipa maiata, que chegou ao intervalo já a vencer por 16-15. No segundo tempo ainda se registou equilíbrio até cerca dos 43 minutos quando se registava uma igualdade a 21 golos, a partir daqui o Ismai assumiu o comando do jogo e o controlo do mesmo. O Reforço Leandro Semedo, foi a principal figura do Ismai, com 8 golos e 62% de eficácia, no Passos Manuel em contra ponto com Manuel Borges do Ismai, Miguel Moreira este bem com 31% de eficácia, Pedro Sequeira com 6 golos e 86 % de eficácia, foi como de costume o seu melhor marcador. 

No pavilhão da AA Avanca tivemos o AA Avanca / Águas Santas, defrontaram-se duas equipas com objetivos completamente diferentes, uma já com o Play OFF garantido e outra com o “espectro” do grupo B ainda no horizonte, uma que se reforçou nos últimos tempos a AA Avanca, e outra que se manteve inalterável, o Águas Santas. O encontro teve momentos de equilíbrio, embora a equipa do Águas Santas, tivesse mais tempo no comando do marcador no entanto, não evitou que aos 22 minutos de jogo, se registasse uma igualdade a 7 golos, situação que repetiu aos 46 minutos agora com uma igualdade a 17 golos, a partir deste momento, assumiu o comendo marcador que foi dilatando até aos 5 golos a seu favor aos 57 minutos (24-29), para terminar como vencedor incontestável do encontro. Desta a AA Avanca, teve na sua baliza Luis Silva com boa prestação desportiva ao chegar aos 39% de eficácia, contra os 33% de João Moniz nas redes da equipa Maiata. Na AA Avanca, desta feita os seus atletas cubanos estiveram abaixo do que podem e devem fazer, sendo o melhor marcador Miguel Batista com 5 golos (71% de eficácia), enquanto na equipa maiata, Pedro Criz (63% de eficácia), Hugo Rosário (71% de eficácia) e Pedro Peneda (42% de eficácia), foram os seus melhores marcadores com 5 golos, cada.  

No Municipal de Fafe, realizou-se o AC Fafe / Madeira SAD, duas equipas com a sua situação já definida, pois enquanto o Madeira SAD, já garantiu o seu lugar no Play OFF, a equipa minhota, já tem o lugar marcado na disputa do Grupo B, e o seu reforço Sérvio, por o que nos foi dado a observar, não irá fazer grande diferença, no conjunto do AC Fafe, que pensamos se reforçou com este atleta na tentativa de evitar a descida de divisão. Neste encontro, apenas existiu equilíbrio até aos 10 minutos quando se registava uma igualdade a 7 golos, pois a partir deste momento a equipa insular tomou conta do jogo, avançou para 22-13 a seu favor, que era o resultado, que se verificava ao intervalo. No segundo tempo do jogo a equipa do Madeira SAD em gestão e controlo do resultado e do próprio plantel onde Elias António faz bastante falta, foi decaindo de produção e apenas concretizou 8 golos nestes segundos 30 minutos contra os 13 golos conseguidos pela equipa minhota, este excesso de confiança, por vezes provoca dissabores, que por acaso não se registaram, terminando a equipa do Madeira SAD, por vencer o jogo, face ao diferencial que criou nos primeiros 30 minutos de jogo. Desta vez Paulo Fidalgo, não pode dizer que não teve guarda-redes, pois o cubano Yusnier Giron, esteve bem na baliza com 30% de eficácia, tendo os seus melhores marcadores, sido Nuno Silva com 8 golos (67% de eficácia) e mais vez Cláudio Pedroso com 6 golos (50% de eficácia). No AC Fafe total destaque para Bruno Dias com 43% de eficácia na baliza (no pouco tempo em que lá esteve), e para os 6 golos de Dario Andrade (67% de eficácia), acompanhado por Nuno Pimenta com golos (100% de eficácia).  

Sporting 31 – 32 ABC 

No Multiusos de Odivelas, realizou-se o jogo encontro no mínimo mais mediático da jornada e que definia, quem poderia no final desta fase ser 2.º Classificado, estamos a falar do Sporting / ABC, que terminou tal como na primeira volta com a vitória, merecida (na nossa opinião) do ABC, e mais uma vez pela diferença mínima. O Sporting, que no primeiro teve um guarda-redes (que diga-se parecia estar sentado na balia), estamos a referirmos a Cudic, mas no segundo tempo entrou então o novo reforço para a baliza o sueco de seu nome Daniel Svenson (18% de eficácia), que não se esqueceu da cadeira, e teve que ser substituído, novamente por Cudic (28% de eficácia), que desta vez não levou a cadeira, mas sim a vontade de defender e então esteve a grande altura, mas em contra ponto o ABC teve um guarda-redes sempre á altura da equipa, de nome Humberto Gomes e que teve 30% de eficácia. O Jogo só foi equilibrado até aos 11 minutos de jogo quando se registava uma igualdade a 8 golos, a partir deste momento o ABC assumiu o comando do jogo, e do marcador, e nunca permitiu que o Sporting, igualasse sequer o marcador, chegando a ter 5 golos de vantagem aos 48 minutos, quando vencia 29-24, e depois foi permitindo que o sporting se aproximasse, até a diferença mínima. Diga.se que nos surpreendeu pela positiva o novo reforço do Sporting o russo Samvel Aslanian (3 golos e 60% de eficácia), pelo que joga e faz jogar, e até o próprio Carlos Carneiro (2 golos, 50% de eficácia) não esteve mal, e tudo fez para tentar dar a volta ao marcador, mas foi completamente insuficiente, quando uma equipa, não tem soluções atacantes, e não defende com a devida agressividade competitiva, diante uma equipa que como o ABC, que tem várias soluções, táticas, tanto no ataque como na defesa e que se encontra muito bem orientada, tudo se torna mais difícil, ainda por cima, quando existe jogadores que exageram no pouco tempo de ataque e na precipitação no remate, como Fábio Magalhães (4 golos e 67% de eficácia), ou como Pedro Solha e em completamente fora de forma (4 golos e 50% de eficácia), e onde apenas dois jogadores ainda dão tudo, embora por vezes exagerem como o cubano Frankis Carol com 8 golos e 73% de eficácia e Pedro Portela com 7 golos e 70% de eficácia, mas não se concretizam livres de 7 metros em momentos importantes do jogo, está tudo dito. No ABC, além do já dissemos, deve-se ainda salientar o excelente jogo de pedro Seabra Marques, tanto a jogar como a fazer jogar e a marcar (6 golos e 60% de eficácia), além do recente reforço do ABC Pedro Spínola (Ex Sporting), que teve simplesmente intratável no bom sentido, que só foi o melhor marcador da equipa e do jogo com 9 golos e 905 de eficácia (uma pergunta se coloca, Porque saiu? Se juntarmos a tudo isto a experiencia ainda de Hugo Rocha com 6 golos (75% de eficácia), teremos os ingredientes que justificam a vitória da equipa bracarense. Dirigiu o encontro a dupla madeirense constituída por Hugo Fernandes e Gonçalo Aveiro, que não estiveram mal nos primeiros 30 minutos, para depois perderem o critério disciplinar, o critério nos livres de 7 metros, e estarem muito mal na falta do atacante, transformando algumas em livres de 7 metros, e por vezes perderam-se na lei da vantagem.

Classificação atualizada

Classificação após os jogos disputados até ao momento: - 1.º FC Porto (60 pontos), 2.º Benfica e ABC (52 pontos), 4.º Sporting (50 pontos), 5.º Madeira SAD (45 pontos), 6.º Águas Santas (44 pontos), 7.º AA Avanca (34 pontos), 8.º Passos Manuel (32 pontos), 9.º Ismai (31 pontos), 10.º SC Horta (27 pontos), 11.º Belenenses e AC Fafe (26 pontos). 

O Banhadas Andebol

Europeu 2016 Masculino – XXVIII – Main Round

EUROPEU 2016 MASCULINO
POLÓNIA 

No 12.º Europeu que se está a disputar na Polónia até ao dia 31 de Janeiro de 2016, com 16 equipas, terminou a Fase Main Round (18 jogos disputados, num total de 42, até ao momento), passando-se imediatamente á disputa dos jogos das 1/2 finais e aos jogos classificativos do 5.º ao 8.º lugar, forma usada, para diminuir o numero de jogos, conforme já tínhamos noticiado. 

Na nossa opinião têm sido dos melhores Europeus a que assistimos, com grande qualidade nos jogos que vimos, tanto na Sport TV como no EhfTV, ou ainda utilizando o canal próprio do YouTube. 

De destacar a excelente qualidade das transmissões, que só são possíveis na nossa opinião por a modalidade ser uma modalidade de excelência, e em plena expansão na Europa, e neste país não existir uma Televisão Publica como a portuguesa, que de serviço publico e em termos desportivos é praticamente zero, desculpem é futebol. Só permitindo a quem tiver ou internet ou subscrever os canais de desporto, acompanhar na prática outras modalidade. 

Conforme já informamos em anterior texto, além das equipas apuradas através da disputa da chamada Qualificação 1, após a conclusão da Main Round, poderemos dizer, quais as restantes 12 equipas que irão disputar o Play OFF, assim, se tudo correr normalmente é o Pote 1, contará com as seguintes equipas – Dinamarca, Suécia, Rússia, Polonia, Bielorrússia, Macedónia, Hungria e Islândia. O Pote 2 contará comas seguintes equipas – Eslovénia, Sérvia e Montenegro, e as 6 equipas, entre as quais Portugal, vindas da Qualificação 1, para o sorteio do Play OFF, que apura as restantes 9 equipas que representarão a Europa. Dos 4 finalistas sairá mais uma equipa para o Pote 1.

Os apurados para o Mundial de 2017 em França, serão 3 dos 4 finalistas.  

O Sorteio do Play OFF, será realizado no dia 31-01-16, na Polónia. 

Classificações dos Grupos na Main Round 

M1
Apurados para as 1/2 Final – Noruega e Croácia.
Disputa 5/6 Lugar - França
Disputa 7/8 Lugar – Polónia

M2
Apurados para as 1/2 Final – Espanha e Alemanha
Disputa 5/6 Lugar - Dinamarca
Disputa 7/8 Lugar – Suécia

Esta Fase que agora terminou, começou, com dois jogos onde a superioridade da França e da Croácia, nunca esteve em dúvida, vencendo por substanciais diferencias. Continuou com a superioridade da Alemanha sobre a Hungria, e o emotivo encontro entre a Suécia e Rússia, com a equipa nórdica a conseguir a igualdade, nos últimos segundos do encontro. Deve-se dizer que os jogos destes Grupos tem sido disputados em dias alternados, com as equipas a terem sempre um dia de descanso entre os jogos, com a exceção da última jornada, que será disputada em simultâneo, nos dois grupos. Temos ainda destacar superioridade evidenciada pela França diante a Croácia, e no mesmo Grupo a sensacional vitória da Noruega, sobre a Polónia, no Grupo B, tivemos a sensacional vitória da equipa Alemã pela diferença mínima sobre a Rússia, que afastou em definitivo esta das 1/2 Finais, tendo ainda a sensacional vitória da Dinamarca sobre a Espanha. Tivemos uma igualdade entre a Noruega e a Macedónia (único ponto conquistado nesta fase), com a resultado (na nossa opinião) a ser “feito” pela dupla Romena, no mesmo dia a vitória esperada da Polonia sobre a Bielorrússia. Vimos a Espanha ser levado ao “colo” no jogo com a Hungria, e temos tivemos uma sensacional igualdade entre a Suécia e a Dinamarca, com mais uma arbitragem de fraca qualidade. Para na ´jornada jogada no último dia desta ronda decidir tudo ou quase tudo. De destacar a sensacional carreira da Noruega que ao vencer a França de uma forma clara, se apura para as 1/2 Final (pela 1.ª vez), e da Alemanha, que ao vencer a Dinamarca na última jornada, do Grupo M2, também garantiu um lugar nas 1/2 Final, de igual modo sensacional e a clara vitória da Croácia sobre a Polonia, coloca os croatas nas 1/2 Final por diferença de golos, enquanto a Espanha repete a sua presença após uma difícil vitória sobre a equipa russa.

Calendário
1/2 Final
Dia 29-01-16
Noruega – Alemanha (18H30)
Espanha - Croácia (21H00)

5/6 Lugar
Dia 29-01-16
França – Dinamarca (16H00)

7/8 Lugar
Dia 20-01-16
Polónia – Suécia (18H30)

3/4 LugarDia 31-01-16 (15H00)
FinalDia 31-01-16 (17H30)

Nas 1/2 Final, teremos dois jogos de alto risco, e esperamos de grande qualidade, o Espanha / Croácia, e um Noruega / Alemanha, onde irá imperar a forte rivalidade desportiva, pois, não nos poderemos esquecer de estão em jogo, os apuramentos diretos para o mundial de 2017.

Arbitragem

Portugal apenas está representado pela dupla Duarte Santos / Ricardo Vieira, e ainda por Rui Coelho, que foi nomeado um dos 13 Delegados da EHF, no entanto a sua função claramente a de responsável da parte disciplinar da Prova, o que é uma honra para Portugal.

Na Fase preliminar, a dupla portuguesa, esteve presente em dois (2) jogos (Montenegro / Dinamarca, do Grupo D, e no Alemanha / Eslovénia). Realizando nesta fase da prova, o mesmo número de jogos de todas as duplas presentes no Europeu, nesta fase da prova. Na Main Round, as nomeações abrangeram praticamente toda as duplas presentes, cabendo á dupla Portuguesa, dirigir o jogo da 2.ª Jornada Alemanha / Rússia, que foi decisivo, principalmente para a equipa Russa. Voltaram a ser nomeados, na Main Round, para um jogo de alto risco (na nossa opinião), agora no Grupo M1 o Polonia / Bielorrússia. (é uma nomeação estranha no mínimo, pois a mesma poderá ter diversas leituras), terminando por não atuar no último dia como prevíamos mas realizando 4 jogos até ao momento, máximo que algumas duplas fizeram. Uma nota, para o persistente noticiário que tem sido feito no sitio da Federação, com fotos e tudo, numa desigualdade em termos comparativos com outras duplas que merecem no mínimo o mesmo tratamento. 

Notas: 

A Sport TV efetuou a transmissão de vários jogos da Prova, tanto em direto como em diferido. Transmitirá pelo menos as 1/2 Final e Final. 

Os jogos poderão ser acompanhados em direto com comentários em inglês no canal da EHF, no entanto para Portugal poderão não estar disponíveis, em especial aqueles cuja transmissão em direto está prevista pelos canais portugueses. No entanto já experimentamos e todos estavam na EhfTV.  

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

22.º’s Campeonatos Africano de Andebol Seniores – 2016 - I

22.º Campeonato Africano de Andebol Seniores Masculinos 

Está a realizar-se no Egipto de 21 a 30 de Janeiro, o 22.º Campeonato Africano de Seniores Masculinos. 

Terminou a Ronda preliminar dos 22.º’s Campeonatos Africanos de Andebol em Seniores Masculinos, que se estão a disputar no Egipto até 30 de Janeiro, e que irão definir os apuramentos para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro (O Vencedor terá acesso direto, o segundo Classificado, terá acesso aos Torneios de Qualificação) e para o Mundial de 2017 em França (os 3 primeiros Classificados ficam automaticamente apurados). Terminou com as equipas que irão disputar as semifinais a já serem praticamente conhecidas, senão se registarem grandes surpresas.

Campeão em Titulo - Argélia

Participam 12 Países, divididos em duas séries, na Ronda Preliminar, que se disputou até 26-01-16

Classificações – Ronda Preliminar

Notas – Os 4 primeiros de cada Grupo irão jogar os 1/4 Final, e os restantes jogos classificativos

Grupo “A”
1.º Egipto, 2.º Argélia, 3.º Marrocos, 4.º Camarões, 5.º Nigéria, 6.º Gabão.

Grupo “B”
1.º Tunísia, 2.ºAngola, 3.º República Democrática do Congo, 4.º Congo, 5.º Líbia, 6.º Quénia.

A lusófona Angola, que obteve um 4.º Lugar na última edição (2014), nesta edição Angola, nesta Fase apenas sofre uma derrota e foi com a Tunísia por 23-21.
Jogos 1/4 Final – Dia 27-01-14
QF1 - Egipto - Congo
QF2 – Angola 22 – 21 Marrocos
QF3 – Argélia – República Democrática do Congo
QF4 – Tunísia 24 – 20 Camarões

No momento em publicamos esta ligeira crónica, a lusófona Angola já se encontra apurada para as 1/2 Final, o que significa, que no mínimo, irá igualar a classificação verificada na última presença, também sem surpresas a Tunísia se apurou já hoje para as 1/2 Final.

1/2 Final - Dia 29-01-14
QF1 – QF2
QF3 – QF4

Jogos Classificativos – Dia 29-01-14

3/4 Lugar – Dia 30-01-16

Final – Dia 30-01-16

O Noticias

Super Taças – Masculina e Feminina – 2016

SETÚBAL
CIDADE EUROPEIA DO DESPORTO 

Conforme noticia, do Jornal “Comércio do Seixal e Sesimbra” de 15-01-16, onde se informa que Setúbal será Cidade Europeia do Desporto em 2016, tomou-se conhecimento de que as próximas Super Taças Masculina e Feminina, serão disputadas nesta Cidade, fazendo parte dos eventos que serão realizados no âmbito desta atribuição Europeia. Pela nossa parte enviamos desde já os nossos parabéns á Cidade.

Isto significa que as PO22 – Super Taça Seniores Masculinos e a PO24 – Super Taça Seniores Femininos, já respeitantes á época 2016/2017, serão disputadas em Setúbal, estranha-se que a Federação até ao momento nada tenha publicado no seu Sitio. 

O Noticias

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 12 – 2015 / 2016 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04. Que é a prova, com maior regularidade competitiva.

São diretamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase.  

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte

Resultados
13.ª Jornada (4.ª da 2.ª Volta)
Dia 24-01-16
Boavista FC 23 - 23 Ismai
FC Gaia 21 - 38 ABC
GC Santo Tirso 32 - 29 AA Avanca
Xico Andebol 21 - 29 Águas Santas
São Mamede 20 -
29 FC Porto 

Nova jornada sem qualquer problema disciplinar, facto que nos dá prazer salientar, e onde apenas se verificou a retificação de um resultado em relação ao que se tinha passado na 4.ª jornada, da prova, foi o Boavista FC / Ismai. Jornada sem surpresas, e com os favoritos a fazerem valer essa condição. 

O único encontro em que se verificou alteração do resultado em relação á jornada similar da 1.ª volta, que o Ismai tinha vencido pela mínima, desta feita verificou-se uma igualdade, o que significa, que entre estas duas equipas, existe um grande equilíbrio. Foi um encontro de total equilíbrio, pois o resultado ao intervalo já registava uma igualdade a 13 golos. Nuno Serra com 8 golos e Tomas Hall com 5 foram os melhores marcadores da equipa do Bessa, enquanto no Ismai, os seus melhores marcadores foram Hugo Glória igualmente com 8 golos e Mário Carvalho com 5 golos. Em termos de classificação o Ismai, manteve o seu lugar a meio da tabela classificativa, com o Boavista a manter-se nos quatro últimos lugares.

Em Gaia, realizou-se o FC Gaia / ABC, que terminou como era previsível com a vitória do ABC, que assim continua como líder isolado na zona e dos mais fortes candidatos ao apuramento para a Fase Final. No entanto durante os primeiros 30 minutos o FC Gaia ainda tentou equilibrar o jogo e teve momentos em que o conseguiu, chegando ao intervalo a perder por 15-12, com o ABC, a ter um fraco pecúlio neste período. Nos segundos 30 minutos de jogo a história do mesmo resume-se praticamente á produção atacante da equipa bracarense que construiu um resultado bastante folgado. No FC Gaia, onde 10 jogadores marcaram golos, Diogo Feijó com 6 golos e Alvaro Queirós com 5 foram os seus melhores marcadores, no ABC com 13 jogadores a marcarem golos os seus melhores marcadores foram Rui Ferreira com 6 golos e Celso Barbosa e Gonçalo Areias, com 5 golos cada.

No Municipal de Santo Tirso, o GC Santo Tirso defrontou a AA Avanca e voltou a vencer, embora num jogo de algum equilíbrio, e com esta vitória, a equipa tirsense, mantem-se na “luta”, por um dos lugares de acesso á Fase Final da Prova. No final do primeiro tempo de jogo o resultado era de 15-13, o que nos dá uma ideia bastante completa do equilíbrio existente, durante os 60 minutos de jogo. Na equipa do GC Santo Tirso, Tiago Costa com 11 golos e Manuel Lima com 6 golos, foram os melhores marcadores da equipa, por sua vez na AA Avanca, Diogo Oliveira com 9 golos, Jenilson Monteiro e João Ferreira com 6 golos cada, foram os seus melhores marcadores. A equipa da AA Avanca que apresentou neste jogo, os seus jogadores mais experientes, como tentativa de fugir aos últimos lugares da tabela classificativa, onde se encontra.

Em Guimarães, no Pavilhão do F. Holanda disputou o Xico Andebol / Águas Santas, que terminou com nova vitória da equipa maiata, que desta forma, se mantém no segundo lugar da classificação em igualdade com o FC Porto, e consequentemente, é um dos principais favoritos ao apuramento para a Fase Final da Prova. Neste encontro apenas existiu equilíbrio durante os primeiros minutos, para posteriormente a equipa do ´´Aguas Santas, tomar conta do jogo, e chegar ao intervalo já a vencer por 14-10. No segundo tempo, continuou a mesma toada de superioridade da equipa maiata que foi dilatando o resultado, até aos números com que terminou o encontro. Apesar da derrota a equipa de Guimarães continua a ocupar um lugar a meio da tabela classificativa. Francisco Ribeiro com 7 golos e Paulo Abreu com 5 golos, foram os melhores marcadores do Xico Andebol, no Águas Santas os seus melhores marcadores foram, Pedro Sousa com 10 golos, foi igualmente o melhor marcador do jogo, e Luís Frade com 8 golos.

Em São Mamede, no Pavilhão Eduardo Soares, o FC Porto, não sentiu qualquer dificuldade para vencer o “lanterna vermelha” da zona, e manter-se no segundo lugar em igualdade pontual dom o Águas Santas, conforme já referido, e assim manter-se na discussão pelo acesso á Fase Final da Prova, enquanto a equipa do São Mamede, se encontra cada vez mais isolado no último lugar da classificação da zona. Neste encontro o FC Porto, construiu o resultado praticamente nos primeiros 30 minutos, quando chegou ao intervalo a vencer por 16-9, para depois no restante do tempo, fazer uma total gestão do jogo e do controlo do marcador. Alexandre Vale com 7 golos e André costa com 5 golos, foram os melhores marcadores do São Mamede, enquanto Henrique figueiredo com 6 golos, e Diogo Coelho com 5 golos, foram os melhores marcadores do FC Porto.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º ABC (36 pontos), 2.º Águas Santas e FC Porto (35 pontos), 4.º GC Santo Tirso (32 pontos), 5.º Ismai (28 pontos), 6.º Xico Andebol (24 pontos), 7.º Boavista FC (20 pontos), 8.º FC Gaia (18 pontos), 9.º AA Avanca (17 pontos), 10.º São Mamede (15 pontos).

Zona Sul

Resultados
13.ª Jornada (4.ª da 2.ª Volta)
Dia 24-01-16
IFC Torrense 15 -
49 Benfica
Estarreja AC 23 - 24 Belenenses
Ginásio Sul 17 -
29 Sporting
ADC Benavente 21 - 35 Juventude Lis
Alto Moinho 36 - 21 São Bernardo
Mais uma vez, uma jornada com um único jogo, com ocorrências disciplinares, de resto foi uma jornada onde todos os resultados foram uma confirmação do que se tinha verificado na 4.ª jornada. Portante sem qualquer surpresa. Na próxima jornada, já poderá haver pelo menos uma equipa apurada nesta zona.

O jogo mais equilibrado da jornada disputou-se no Municipal de Estarreja, onde a equipa local, perdeu pela margem mínima com a equipa do Belenenses (jogo com ocorrências disciplinares registadas). Com esta vitória, a equipa do Belenenses, ainda poderá discutir um dos lugares de acesso á Fase Final, tal como a equipa do Estarreja AC, apesar da derrota que registou nesta jornada. Este encontro foi disputadíssimo, pois o equilíbrio no jogo e no marcador foi uma constante durante os 60 minutos, com a equipa do Belenenses a chegar ao intervalo a vencer por 13-12, o restante tempo confirma o equilíbrio já enunciado por nós. Tomas Almeida e Tiago Couto, ambos com 7 golos, cada foram os melhores marcadores do Estarreja AC. Ivo Cabral com 6 golos, foi o melhor marcador da equipa do Belenenses.

Na Torre da Marinha, registou-se o resultado mais dilatado da jornada, no encontra que colocou frente a frente o primeiro e o último classificados na zona, ou seja o IFC Torrense / Benfica, que terminou como seria de esperar com a vitória da equipa do Benfica, que com este resulto, quase garantiu o apuramento para a Fase Final da prova, enquanto o IFC Torrense, continua sem conhecer a vitória na prova. Ao intervalo já se registava um esclarecedor 26-7 a favor do Benfica, resultado completamente esclarecedor da superioridade da equipa do Benfica. Renato Neves com 9 golos foi o melhor marcador do IFC Torrense (apenas apresentou 10 jogadores inscritos), e do jogo, na equipa do Benfica com 14 jogadores a marcarem golos, Miguel Xavier com 8 golos e André Oliveira com 6 foram os seus melhores marcadores.

O Alto Moinho, uma das equipas sensação esta época e nesta zona, recebeu e venceu de forma clara, a equipa que tinha sido uma das sensações na última época no escalão o São Bernardo. Com esta vitória, mantêm-se no 2.º lugar da tabela classificativa, e numa equilibrada discussão pelo acesso á Fase Final da Prova, por sua vez a equipa da região de Aveiro, afasta-se cada vez mais dos lugares cimeiros da tabela, colocando nos últimos 4 lugares da classificação. Neste jogo o equilíbrio apenas existiu, durante os 30 minutos iniciais, com o intervalo a chegar com o marcador a assinalar 17-13, a favor do Alto moinho, para nos segundos 30 minutos, a superioridade da equipa do Alto Moinho ser total. Na equipa do Alto Moinho com 10 jogadores a marcarem golos, Ricardo Ferreira com 8 golos e Nuno Nunes com 7 golos foram os seus melhores marcadores, enquanto no São Bernardo, João Vieira com 5 golos foi o seu melhor marcador.

No Pavilhão do Ginásio Sul, realizou-se o jogo Ginásio Sul / Sporting, que tal como na 1.ªvolta, terminou com a vitória do Sporting, desta vez por um maior diferencial, e deste modo uma equipa, que todos (incluindo nós), já tínhamos em principio condenado a não estar presente na luta por um lugar de acesso á Fase Final da Prova, com esta vitória e beneficiando de alguns dos outros resultados, encontra-se em 3.º lugar da Classificação e assim reentra na discussão por um lugar de acesso á Fase Final. Neste encontro de sentido único, o Sporting já vencia ao intervalo, por 15-10, aumentando o diferencial existente no segundo tempo. Vasco Boal com 5 golos foi o melhor marcador da equipa do Ginásio Sul, enquanto Bruno Gaspar com 9 golos, foi o melhor marcador do Sporting e do jogo, acompanhado por Tomas Carolino e Hélder Silva, ambos com 5 golos cada.

Em Benavente realizou-se o ADC Benavente / Juventude Lis, com a equipa do ADC Benavente a efetuar uma prova aquém das expectativas, voltou a sofrer uma derrota por diferencial que não deixa margem para duvidas acerca do comportamento competitivo das duas equipas, e com esta nova derrota a equipa do ADC Benavente, continua a ocupar o penúltimo lugar da classificação da zona, com apenas duas (2) vitórias registadas até ao momento. Por sua vez a Juventude Lis, situa-se num tranquilo lugar a meio da tabela. Neste encontro nos primeiros 30 minutos ainda existiu algum equilíbrio, mas já com os leirienses a chegarem ao intervalo na frente do marcador por 16-12, no segundo tempo tudo foi diferente com a equipa da Juventude de Lis a marcar a sua superioridade. Ruben Monteiro com 7 golos e Fábio Diogo com 6, foram os melhores marcadores do ADC Benavente, por sua vez na equipa do Juventude Lis, onde 10 atletas marcaram golos, Francisco Santos com 9 golos foi o melhor marcador da equipa e do jogo, acompanhado por Pedro Santos a marcar 7 golos.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º Benfica (39 pontos), 2.º Alto Moinho (32 pontos), 3.º Sporting (30 pontos), 4.º Estarreja AC (29 pontos), 5.º Belenenses (28 pontos), 6.º Juventude Lis (26 pontos), 7.º São Bernardo (23 pontos), 8.º Ginásio Sul (21 pontos), 9.º ADC Benavente (18 pontos), 10.º IFC Torrense (14 pontos)

O Noticias

Sorteios – Época 2015 / 2016 - VI

A Federação anunciou através do seu Comunicado Oficial n.º 51 da época 2015 / 2016 em 25-01-16 (com a devida antecedência), as datas da realização de diversos sorteios, de algumas das principais provas Nacionais. Os sorteios são realizadas na FAP. 

PO.01 – CAMPEONATO FIDELIDADE ANDEBOL 1 – FASE FINAL – GRUPO B
Sorteio dia 11.02.2016 pelas 17.00 horas  

PO.23 - TAÇA DE PORTUGAL MULTICARE SENIORES FEMININOS
1/4 Final – Sorteio dia 11.02.2016 pelas 17.15 horas 

PO.20 - TAÇA DE PORTUGAL FIDELIDADE SENIORES MASCULINOS
1/4 Final – Sorteio dia 11.02.2016 pelas 17.30 horas  

Apenas um simples reparo, faltam as datas previstas para o início, das respetivas Fases, ou as datas da realização das eliminatórias, das Taças de Portugal. 

O Noticias

Competições Europeias 2015 / 2016 – LII - Sorteio

EHF CUP FEMININA 
A EHF, procedeu ao sorteio dos 1/4 Final, e das 1/2 Final da EHF CUP Feminina, em 19-01-16, com o seguinte resultado.

1/4 Final

1.ª Mão jogada em 21/22-02-16 e a 2.ª Mão em 27/28-02-16
HC Odense (Dinamarca - ASC Corona 2010 Brasov (Roménia)
Astrakhanochka (Rússia) - Dunaujvarosi Kohasz Kezilabda Akademia (Hungria)
Randers HK (Dinamarca) - H 65 Höörs Handbollsklubb (Suécia)
TuS Metzingen (Alemanha) - HC Leipzig (Alemanha)

1/2 Final

1.ª Mão jogada em 02/03-04-16 e a 2.ª Mão em 09/10-04-16
Vencedor do Randers / Höörs – vencedor do Astrakhanochka / Dunaujvaros
Vencedor do Odense / Brasov – vencedor do Metzingen / Leipzig

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 18 – 2015 / 2016

Crónica exclusivamente dedicada aos jogos desta prova Feminina (PO09), que se disputaram este fim-de-semana, que regressa ao que esperamos, seja o seu ritmo normal.  

Mantemos este texto, pois pode ser que alguém, um dia o leia, “Continuamos com a esperança de que, algum dia, as estatísticas diretas aos jogos se estendam aos jogos a esta prova nacional, contribuindo para o seu desenvolvimento e implementação, e valorização” 

Reafirmam-mos., que é um dos campeonatos mais irregulares (apesar de ser uma prova cem que se está a disputar uma Fase Regular), não temos memória de uma prova com esta irregularidade. Disputarem-se jogos da 1.ª volta, já muito depois se iniciar a 2.ª volta da prova.  

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados

8.ª Jornada
Dia 31-01-16
Maiastars - João Barros (15H00)
10.ª Jornada
Dia 24-01-16
João Barros 32 – 30 Alavarium
13.ª Jornada (2.ª da 2.ª Volta)
Dia 29-01-16
ARC Alpendorada - Colégio Gaia (21H30)
14.ª Jornada (3.ª Da 2.ª Volta)
Dia 24-01-15
Passos Manuel 30 – 30 Juventude Lis
Dia 03-02-15
Colégio Gaia - Maiastars (21H30)
17.ª Jornada (6.ª da 2.ª Volta)
Dia 23-01-16
Juventude Lis 21 – 21 Santa Joana
Assomada 29 – 40 Colégio Gaia
ARC Alpendorada 21 – 24 CS Madeira
João Barros 31 – 25 CA Leça
Passos Manuel 23 – 36 Alavarium
Maiastars 22 - 28 Madeira SAD
18.ª Jornada (7.º da 2.ª Volta)
Dia 24-01-16
ARC Alpendorada 15 – 29 Madeira SAD
Maiastars 28 – 29 CS Madeira

Disputaram-se jogos em atraso, incluindo um da 1.ª volta, e ainda um outro já da 2.ª volta, a 17.ª Jornada completa, e dois jogos da 18.ª Jornada que correspondem, aos jogos das normais jornadas duplas. De referir, que nos jogos disputados em dois (2) deles se verificaram ocorrências disciplinares, e nos jogos que corresponderam a jornadas homólogas da 1.ª volta, ocorreram algumas retificações de resultados.  

Nos jogos disputados este fim-de-semana, o que se verificou foi: 

Vamos começar esta nossa crónica pelo jogo que consideramos mis importante dos que foram realizados o João Barros / Alavarium (jogo disputado no pavilhão do Alavarium), que foi jogo de grande equilíbrios e alternâncias no marcador, verificando-se nos primeiros 30 minutos, que um parcial de 3-o realizado nos minutos finais deste período levaram a que o resultado passasse de 16-14 a favor do João Barros, para um 17-16 a favor do Alavarium que era o resultado que se verificava ao intervalo. Nos segundos 30 minutos, as igualdades, sucederam-se e foram diversas, como por exemplo aos 20-20, e aos 24-24, embora os Campeões Nacionais em título (Alavarium), comandasse mais vezes o jogo, até aos 24-23, a seu favor, para depois um parcial de 3-0, agora do João Barros, colocar esta equipa na frente do marcador por 26-24, e a partir daqui nunca mais deixou de comandar o jogo e o resultado, embora os diferenciais, nunca fossem superiores a três (3) golos. Com este resultado a equipa do Alavarium sofre a sua segunda derrota, e pode vir a servir de incentivo, para uma melhoria do João Barros na discussão do título Nacional, esta época. Na equipa das Meirinhas, Maria Suaré com 10 golos a sua melhor marcadora, bem acompanhada por Neuza Valente com 6 golos, e que se junta as excelentes prestações de Francisca Marques e Inês Pires, por seu lado Mónica Soares com 14 golos foi não só a melhor marcadora da equipa aveirense como do jogo. 

Passos Manuel, disputou um dos jogos em atraso com a Juventude Lis, que terminou numa igualdade a 30 golos, em mais um jogo que se encontrava em atraso (jogo com ocorrências disciplinares), sendo retificado o resultado da primeira volta, onde se tinha registado uma vitória clara da equipa leiriense. Imposta ainda dizer que este foi um segundo jogo do fim-se-semana, para qualquer das equipas, que na prática realizaram uma jornada dupla. Neste encontro durante os 30 minutos iniciais o Passos Manuel, esteve, mis tempo na frente do marcador, terminando o primeiro tempo a vencer por 16.12. A equipa da Juventude Lis, nunca se deu por vencida, e realizou um dos seus melhores jogos da época, foi equilibrando o resultado, e chegou a diferença mínima aos 26-25 a favor da equipa liceal, para nos minutos finais igualar a 29 golos, e depois de sofrer o 30-29, ainda teve força anímica, para voltar a igualar o encontro que se traduziu no resultado final. Neste encontro um facto deve ser destacado que foi a eficácia do Passos Manuel nos livres de 7 metros, onde converteu em golos 8 dos 9 de que dispôs. Mariana Faleiro com 13 golos, foi a melhor marcadora do Passos Manuel e do jogo, sendo acompanhada por Joana Reis com 8 golos, na equipa leiriense Ana Henriques com 8 golos e Vanessa Oliveira com 5 golos foram as suas principais marcadoras. No outro encontro que disputou este fim-de-semana, o Passos Manuel foi amplamente derrotado pelo Alavarium (em mais jogo com a ordem do pavilhão invertido) que dominou na sua totalidade o jogo e o Marcador, confirmando o resultado verificado na 1.ª volta, neste encontro a equipa do Alavarium, chegou ao intervalo já na frente do marcador por 16-12, limitando-se nos segundos 30 minutos a gerir o resultado o plantel, em resumo a controlar o jogo. Na equipa do Passos Manuel Joana Reis com 6 golos e Mónica do Carmo com 5, foram desta feita as suas melhores marcadoras, No Alavarium, com 13 jogadoras a marcarem golos, Ana Moreira com 7 e Maria Coelho com 6, foram as marcadoras de serviço.  

A Juventude Lis no primeiro jogo que realizou neste fim-de-semana, recebeu a neo divisionária do Santa Joana, e também retificou o resultado da 1.ª volta, que tinha perdido, e desta vez obteve uma igualdade, com a curiosidade de ser a primeira de duas igualdades que obteve nesta “espécie” de jornada dupla. Foi um jogo de total equilíbrio, com duas partes distintas, pois nos primeiros 30 minutos, o comando do jogo e do marcador pertenceu á equipa visitada, que chegou ao intervalo a vencer por 12-10, para no segundo tempo termos o inverso, e assim o jogo terminar com uma igualdade, que na nossa opinião não serve em principio os objetivos de nenhuma das equipas, pois continuam em posição que as coloca fora do Play OFF. Ana Carolina Silva, de regresso á equipa foi a sua melhor marcadora da Juventude Lis com 8 golos, enquanto no Santa Joana, Marlene Pinto com 6 golos foi a sua melhor marcadora.  

No Pavilhão de Miraflores, tivemos um encontro, com a equipa da Assomada a receber as favoritas do Colégio Gaia, que derrotaram novamente a equipa da Associação de Lisboa, e por um resultado que não deixa qualquer margem de dúvidas acerca da sua superioridade. No entanto apesar da manifesta superioridade da equipa de Gaia, não invalida a boa réplica que a Assomada deu em especial no primeiro tempo, quando chegou ao intervalo a vencer por 19-17, obrigando o Colégio a entregar-se a fundo ao jogo, a rever processos e acertar o seu jogo, de forma não permitir uma surpresa na jornada. Debora Moreno com 9 golos, Rute Fernandes e Madalena Silva, ambas com 5 golos cada foram as melhores marcadoras da Assomada. No Colégio Gaia, Nair Pinho com 10 golos foi a melhor marcadora da equipa e do jogo, acompanhada por Fernanda Carvalho com 8 golos.  

No Pavilhão das Meirinhas, realizou-se o João Barros / CA Leça, para a jornada corrente, e onde a equipa visitada confirmou o resultado verificado na 1.ª volta, ao vencer novamente o CA Leça, num jogo, onde não existiram Oficiais de Mesa, e onde o Boletim de jogo, também não existe, numa situação que se estranha completamente. No entanto a equipa visitante entrou bem no jogo e criou sérios problemas ao João Barros, que foi obrigado a um esforço que não previa, para dar a volta ao marcador e chegar ao intervalo já na frente do marcador por 15-9. No segundo tempo a equipa das meirinhas já não deu qualquer hipótese ao CA Leça, chegando a desfrutar de substanciais vantagens no marcador. Conforme já se disse este resultado em conjugação coma vitória sobre o Alavarium num jogo de acerto de calendário, coloca a equipa das meirinhas, na discussão dos primeiros lugares, desta 1.ª Fase da prova. 

Em mais uma jornada dupla o Madeira SAD deslocou-se ao Continente, para disputar, dois jogos, sendo o primeiro contar a aguerrida equipa do Maiastars, apesar de confirmar a vitória obtida na 1.ª volta a equipa madeirense, não encontrou facilidades neste encontro, onde a equipa maiata, deu uma excelente réplica, proporcionando um excelente jogo de andebol, e apesar da equipa do Madeira SAD comandar o marcador e o jogo, praticamente desde os minutos iniciais, e ainda durante o primeiro período de jogo, ter chegado aos 5 golos de vantagem (11-6), aos 27 minutos, permitiu sempre a reação da equipa visitada, que chegou ao intervalo a perder por apenas 3 golos de diferença (11-8). No segundo tempo, não se verificaram grandes alterações, e apesar da diferença de estatura existente entre as duas equipas, com a equipa maiata, a sentir grandes dificuldades na 1.ª linha, cerca dos 40 minutos de jogo a diferença no marcador era apenas de 2 golos a favor do Madeira SAD (16-14), e apenas a partir deste momento é que se começou a dilatar o resultado, fruto da experiencia de algumas jogadoras da equipa madeirense, e algumas faltas técnicas cometidas pelo Maiastars, que encontraram ainda em Diana Roque na baliza madeirense um enorme obstáculo, que foi contraposto, pela boa prestação de Marta Soares na baliza maiata. Ana Sofia Sousa no Maiastars com 9 golos foi a sua melhor marcadora e do jogo, com Maria Cerqueira, abaixo do que se podia esperar. A experiente Renata Tavares com 8 golos, foi a melhor marcadora do Madeira SAD, acompanhada pela jovem Erica Tavares com 5 golos. No segundo jogo que disputou, neste fim-de-semana, defrontou o ARC Alpendorada, e voltou a vencer confirmando mais uma vez o resultado verificado na 1.ª volta, confirmando totalmente o seu favoritismo para este encontro, que já vencia ao intervalo por 14-8. No segundo nada se alterou e terminou com uma justa vitória, com este resultados, o Madeira SAD, que têm mais um jogo, isolou-se no 1.º lugar da classificação nesta Fase da prova. Neste jogo de realçar os 9 golos de Mariana Sousa, melhor marcadora madeirense e do jogo, acompanhada mais uma vez por Renata Tavares com 6 golos.  

Igualmente em jornada dupla, tivemos o CS Madeira no continente, onde obteve duas vitórias, a primeira diante a equipa do ARC Alpendorada, onde confirmou o resultado verificado na 1.ª volta, embora com maior dificuldade, pois apenas existiu equilíbrio nos momentos iniciais do encontro, com as madeirenses a assumirem o comando do mesmo e do marcador, atingindo o intervalo já na frente do marcador por 15-9, mas a excelente reação da equipa visitada, levou a que o jogo ganhasse outros contornos no segundo tempo, e a vantagem adquirida, fosse diminuindo, embora nunca colocasse em verdadeiro perigo o resultado final. Zeila Pereira com 6 golos foi a melhor marcadora do ARC Alpendorada, enquanto na equipa madeirense e como de costume, foi a experiente Sara Gonçalves com 9 golos a melhor marcadora da equipa e do jogo. No segundo jogo que disputou, agora frente ao Maiastars (jogo com ocorrências disciplinares), venceu pela diferença mínima, retificando deste modo a derrota que havia sofrido na madeira na jornada homóloga da 1.ª volta. Foi um encontro de equilíbrio e emoção (por vezes demais) permanente, e quase sempre com a incerteza do vencedor. Conforme demonstra o resultado final, foi um encontro onde não houve, grandes preocupações defensivas, e a equipa maiata, diante uma equipa cuja envergadura física, se aproxima mais da sua, comandou o marcador durante grande parte do jogo, chegando ao intervalo a vencer, por 15-12. No segundo tempo, apesar de ainda aumentar a vantagem nos momentos iniciais, permitiu que o CS Madeira, inicia-se uma boa recuperação, e se aproximasse no marcador, e igualasse o encontro a 28 golos, para vencer através de um livre de 7 metro, transformado, nos momentos finais do encontro. A equipa maiata, não produziu neste encontro, o que tinha feito na véspera, pois falhar a concretização de três (3) livres de 7 metros (converteu apenas 4 em 7 livres de 7 metros a seu favor), não é muito saudável, e talvez a condição física tenha pesado, ou o excesso de confiança. Embora perdendo, a equipa maiata, já têm o Play OFF, praticamente garantido. Sofia Gomes com 9 golos foi a melhor marcadora das maiatas e do jogo, acompanhada por Mariana Azevedo e Maria Cerqueira com 6 golos, cada, no CS Madeira, mais uma vez Sara Gonçalves com 8 golos, foi a sua melhor marcadora, e Cláudia Vieira com 6, foi a marcadora que se lhe seguiu. 

Após, a disputa destes jogos, a classificação ficou assim ordenada: - 1.º Madeira SAD (+1 jogo) (51 pontos), 2.º Alavarium (46 pontos), 3.º Colégio Gaia (-2 jogos) (43 pontos), 4.º João Barros (-1 jogo) (42 pontos), 5.º Maiastars (-1 jogo) e CS Madeira (+1 jogo) (36 pontos), 7.º Assomada (29 pontos), 8.º CA Leça (28 pontos), 9.º Santa Joana (25 pontos), 10.º Juventude Lis (24 pontos), 11 Passos Manuel e ARC Alpendorada (22 pontos).

O Noticias