gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Super Globe – 2016 – Feminino - I

SUPER GLOBE – 2016
NO FEMININO

A IHF, na reunião do seu Conselho, no passado mês de Novembro, durante o seu Congresso, realizado em Sochi (Rússia), decidiu que se iria realizar a 1.ª EDIÇÃO DA SUPER GLOBE FEMININA, atribuído a organização deste evento á Confederação Brasileira de Andebol (CBHb), e que o evento se realizaria antes dos Jogos Olímpicos de Verão servindo como teste. Assumindo a IHF, todos os direitos de comercialização do evento. Em principio esta prova será realizada durante o mês de Abril de 2016.

A Prova será em princípio disputada, pelos vencedores das provas Continentais (uma por cada Continente), nós perguntamos e da Oceânia como será?

No entanto face á demissão já por nós noticiada de dois dos mais importantes elementos, diretamente relacionados com a organização de provas, será que esta se realizará?

Lamentamos que até ao momento a IHF, mais uma vez, seja criticada pela omissão de dados, e pela falta de informação.

Pois pergunta-se:

Confirma-se ou a realização da prova?
Quem participa?
Quem define os Participantes?
O Brasil como organizador tem lugar reservado ou não?
 
E muitas Outras questões se poderiam colocar, no entanto ficaremos por aqui. O Logo que colocamos é o da Super Globe Masculina.

O Analista

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Jogos Olímpicos – 2016 - VI

Hoje informamos da situação do Andebol Feminino, apesar de a IHF, ainda não ter informado em definitivo da situação

Tal como em Pequim e em Londres, os torneios de Andebol nos Jogos Olímpicos de 2016, serão disputados 12 seleções masculinas e igual número no feminino, com apenas 14 atletas por equipa.

O Brasil como País organizador, encontra-se apurado tanto em Masculinos como em Femininos.
Femininos

Equipas apuradas Diretamente:

Brasil – País Organizador
Espanha – Vice Campeã da Europeu (disputado em 2014 na Croácia e Hungria)
Angola – Torneio de Qualificação Africano
Argentina - PanAmérica
Coreia do Sul – Ásia
Noruega - Campeã Mundial – Campeonato do Mundo na Dinamarca.

Torneios de Qualificação - A disputar de 18 a 20 de Março de 2016

Apuram-se os dois primeiros classificados em cada Grupo.

As Seleções Classificadas de 2.º a 7.º no Mundiais de 2015 (Dinamarca), classificaram-se diretamente para os Torneios de Qualificação, com as Selecções classificadas de 2.º a 4.º a terem o direito de organizar os respetivos Grupos de Qualificação (Embora IHF, ainda não tenha confirmado esta diretriz, que tem sido a normalmente usada). No entanto, já existe informação não Oficial dos Países que organizam os Grupos de apuramento. As restantes vagas (6) para os Torneios de qualificação, são distribuídos da seguinte forma: Dois lugares aos Continentes melhor Classificados no Mundial da Dinamarca, não qualificadas. Três lugares para, as equipas melhor classificadas dos Continentes ainda não qualificados, no Mundial de 2015. A última vaga como a Oceânia não participa, será atribuída á 2.ª equipa melhor classificada do Continente que obtiver a melhor classificação no Mundial da Dinamarca.

Torneio 1Holanda, já qualificado igualmente França que organiza (7.ª no Mundial), e Japão 2.ª equipa do 3.º Continente (Ásia), Tunísia, 2.ª do 4.º Continente (África).

Torneio 2Roménia, já qualificado igualmente Dinamarca que organiza (6.ª no Mundial, Uruguai, 2.º do 2.º Continente (Pan América), foi 3.º Classificado, mas entra face ao Brasil estar automaticamente apurado, e Montenegro 3º do melhor continente (Europa).

Torneio 3Polónia, já qualificado igualmente Rússia que organiza (5.º no Mundial), Suécia, 2.º da Europa (entra diretamente face a presença automática da Noruega e da Espanha) e México, 3.º do 2.º Continente (Pan América), entra igualmente face ao Brasil estar automaticamente apurado.

O processo de qualificação, iniciou-se em Dezembro de 2014, com a disputa do Europeu Feminino, na Croácia e na Hungria, tendo depois o seu seguimento nos restantes continentes (Campeões Europeus, Qualificativas Asiáticos, Jogos Pan-Americanos e Campeonatos Africanos). Todos os Campeões continentais em ambos os sexos, assim como os campeões Mundiais de 2015 (Qatar em masculinos e Dinamarca em feminino), têm lugar garantido nos Jogos Olímpicos - Rio 2016.

O Banhadas Andebol

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Torneio Internacional Limburgse Handdal Dagen - 2015

ABC VENCE TORNEIO INTERNACIONAL
Disputou-se na Holanda a 28.ª Edição do torneio do Limburgse Handbal Dagen, que é um torneio disputado em 3 dias na Holanda, mas com a realização de 4 jogos, e que este ano contou com presença da equipa do ABC (que repete a sua presença de 2011), depois de já terem participado no mesmo o Madeira SAD (2005), FC Porto (2009 e 2012), Benfica (2010 e 2014), e Águas Santas em 2013, com as equipas do FC Porto, do Benfica e do Águas Santas, a averbarem vitórias no torneio. O Torneio disputa-se nos dias 27 a 29 de Dezembro de 2015.

A curiosidade, de na equipa Portuguesa, se ter verificado regresso á competição do Central, Pedro Seabra Marques (o que se saúda), que foi logo considerado o MVP, no primeiro jogo do Torneio. No segundo encontro o guarda-redes Humberto Gomes foi eleito o MVP do jogo.

No jogo da final, com o ABC a comandar praticamente o jogo e marcador durante os 60 minutos, chegando na primeira parte a ter 9 golos de vantagem (16-7), quando estavam decorridos cerca de 21 minutos, para posteriormente, ter uma “paragem” e sofre um parcial de 6-0, entre cerca dos 22 e os 29 minutos, chegando ao intervalo a vencer por 18-13. No segundo tempo, comandou sempre o jogo, fazendo uma completa rotatividade do seu plantel, chegando por diversas vezes a ter uma diferença de 7 golos e até de 8 golos, quando estavam decorridos cerca de 55 minutos. De destacar os pavilhões quase sempre cheios, e que neste jogo o MVP do mesmo foi Ricardo Pesqueira.

O ABC ficou incluído no Grupo “A”, que venceu com 10 pontos.

Grupo “A”
RK Sloga Pozega (Sérvia) 25 – 34 ABC
AHC Potaissa Turda (Romenos) 28 – 30 ABC
ABC 32 – 30 Targos Bevo (Holanda)
 
Participaram ainda no torneio as equipas do OCI Lions (Holanda), Sydney Uni. (Austrália), HC Viking Handball (Noruega), e HC Dukla Praha (Republica Checa)

Final
ABC 34 – 28 HC Viking Handball
3/4 Lugar
Targos Bevo 31 – 30 OCI Lions
5/6 Lugar
AHC Potaissa Turda 33 – 36 HC Dukla Praha
7/8 Lugar
RK Sloga Pozega 29 – 35 Sydney Uni.
 
Classificação Final 1.º ABC, 2.º HC Viking Handball, 3.º Targos Bevo, 4.º OCI Lions, 5.º HC Dukla Praha,6.º AHC Potaissa Turda, 7.º Sydney Uni. e 8.º RK Sloga Pozega.

Nota – Os jogos foram dirigidos por duas duplas Holandesas, uma Francesa e uma Alemã.

Outros Prémios

Melhor Marcador – Jakob Svitak (29 golos) HC Dukla Praha
Melhor Guarda-redes – Ole Andre Lerang (HC Viking Handball)
Melhor Atacante – Pedro Seabra Marques (ABC)
Melhor Defensor – B. Liden Van (HC Viking Handball) 

O Noticias

A Propósito do… Europeu Sub-20 Masculino – 2016 – II

TORNEIO DAS 4 NAÇÕES
(JUNIORES A – MASCULINOS)
A Seleção de Juniores A Masculina, vai participar neste torneio de 8 a 10 de Janeiro de 2016, efetuando um estágio que antecederá esta participação e que está previsto começar no dia 4 do mês de Janeiro de 2016.
O Torneio é disputado nos pavilhões de Figueira Castelo Rodrigo, Mêda e Pinhel, locais habituais para realizações da Federação. Contará com a participação das equipas da França, Espanha e Alemanha, além de Portugal.

Precisamente as mesmas equipas que participaram na última evicção deste torneio e que se disputou em Lanzarote (Espanha)

Este estágio e a participação neste torneio (pensamos nós) inserem-se na preparação para a disputa dos grupos de qualificação para o Campeonato da Europa Sub-20 (Dinamarca 2016). Para esta prova Portugal está inserido no Grupo 7, que se vai realizar na Estónia, previsivelmente de 8 a 10-04-16, farão parte deste grupo além de Portugal e Estónia, a Eslovénia e a Roménia.

Apenas é apurado para o Europeu no Grupo de Portugal, o vencedor do mesmo.

Convocados – Sem comentários
Calendário de jogos - Torneio 4 Nações – Todos na Andebol TV

1.ª Jornada - Mêda
Dia 08-01-16
Espanha – França (15H30)
Portugal – Alemanha (20H30)
2.ª Jornada – Figueira de Castelo Rodrigo
Dia 09-01-16
Alemanha – Espanha (18H00)
Portugal – França (20H00)
3.ª Jornada - Pinhel
Dia 10-01-16
França – Alemanha (15H00)
Portugal – Espanha (17H00)

Nota – Esperamos que os resultados desportivos neste torneio não sejam iguais ou parecidos com as duas últimas presenças, ou seja o último lugar (apenas derrotas), mas iguais no mínimo ao de 2012, em que o torneio foi organizado em Portugal na Cidade do Porto onde nos classificamos em 2.º Lugar atrás da Espanha.

Como nota final, não podemos deixar passar em claro a falta de informação acerca das duplas de arbitragem, que irão estar presentes. Lamentável. 

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Nomeações – EHF – 2015 / 2016 – XXIII

A EHF procedeu às nomeações das Duplas e dos Delegados para os Grupos de Qualificação para o Play Off do Mundial de 2017, até ao final da disputa dos mesmos. Portugal, têm apenas uma dupla nomeada.

Árbitros
Eurico Nicolau / Ivan Caçador – Foram nomeados para dirigir o encontro da Grupo 6 do Apuramento pata o Play OFF do Mundial de 2017, que se disputa entre a Suíça e a Holanda, na Suíça no dia 13-01-16.
Aos nomeados os nossos parabéns, e as maiores felicidades.

O Regras 

sábado, 26 de dezembro de 2015

Mais Uma Da IHF – 2015 - I

DEMISSÕES NA IHF 

Lamentavelmente o site da IHF, omite completamente esta informação, porquê? Eis uma questão que se coloca, nós obtivemo-la através de outros sites da modalidade geralmente bem informados e credíveis. Mais uma oportunidade perdida, para informar, os adeptos da modalidade.

A cerca de 6 meses do início de uma das importantes manifestações desportivas, os Jogos Olímpicos, duas importantes demissões registaram-se nas mais altas instâncias da IHF. Os meios de Comunicação Social Dinamarqueses, referem que se registou um forte desentendimento, na última reunião do Conselho Da IHF.

Leon Kalin (Eslovénia), Presidente da Comissão de Organização e Competências (O órgão que na prática, organiza e fiscaliza as provas), juntamente com Sandi Sola (Croácia), tesoureiro da IHF, dois dos mais importantes dirigentes da IHF, apresentaram a sua renuncia aos cargos, alegando “motivos pessoais”, mas de acordo com o que se comenta no Handball-World, abandonaram imediatamente a Dinamarca, sem presenciar os encontros finais, e sem estarem presentes na cerimónia de entrega de medalhas.

A pouco tempo do inicio dos Jogos Olímpicos, esta situação pode vir a ser um grande problema para a IHF.

É possível, imaginar que nos próximos dias a imprensa mundial, falará e aprofundará o assunto, mas a TV2 já informou das renúncias, que se produziram após uma dura reunião do Conselho da IHF, na noite de sábado, sem que mais dados para fornecer.

Fontes
Mundo Handball
http://www.handball-world.com/o.red.c/news-1-1-25-76975.html
http://sport.tv2.dk/haandbold/2015-12-20-stort-vm-drama-topbosser-forlader-herning-foer-tid.


O Banhadas Andebol

Europeu 2016 Masculino – XIX

EUROPEU 2016 MASCULINO
POLÓNIA 
Inicia-se no dia 15 o Europeu de Seniores Masculinos, que se decorrerá na Polónia até ao dia 31 de Janeiro de 2016.

França – Campeã em Titulo

A Ronda Preliminar – É constituída por 4 grupos de 4 equipas, e disputa-se de 15 a 20 de Janeiro, sendo apuradas para a chamada Main Round, os 3 primeiro classificados de cada grupo. Os apurados do Grupo A, juntam-se com os apurados do Grupo B, passaram a constituir o Grupo M1, sucedendo o mesmo com os apurados dos Grupos C e D, que se juntaram no Grupo M2. As restantes equipas não disputarão, mais jogos sendo classificadas segundo critérios já definidos pela EHF.

Grupos na Fase Preliminar – de 15 a 20-01-16

Grupo A – Krakow – França, Polónia, Macedónia, Sérvia.
Grupo B – Katowice – Croácia, Islândia, Bielorrússia, Noruega.
Grupo C – Wroclaw – Espanha, Suécia, Alemanha, Eslovénia.   
Grupo D – Gdansk – Dinamarca, Hungria, Rússia, Montenegro.

Main Round – de 21 a 27 de Janeiro

Jogos Classificativos – 29 de Janeiro
7.º e 8.º lugar, os 4.º classificados de cada grupo da Main Round,
5.º e 6.º Lugar, os 3.º classificados de cada Grupo da Main Round,

1/2 Final – em 29 de Janeiro

3.º E 4.º Lugar – em 31 de Janeiro

Final – em 31 de Janeiro

Nota – Os jogos das 1/2 Final, 3.º e 4.º lugar e Final, são disputados em Karkov, no TAURON Arena Krakow, com capacidade para 15000 espectadores.

ARBITRAGEM - Portugal, estará representada no Europeu pela Dupla da Madeira, Duarte Santos / Ricardo Vieira, que integram as 12 duplas selecionadas pela EHF, para dirigir os deste Campeonato.
Também se encontra nomeado como Delegado da EHF o português Rui Coelho, que faz parte dos 13 delegados escolhidos para esta prova.
Os nossos sinceros parabéns aos nomeados e aos que ficaram de fora, pois são todos de grande valor.

O Noticias

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Boas Festas – Agradecimento e Retribuição - 2015

BOAS FESTAS
OS NOSSOS AGRADECIMENTOS
E AS NOSSAS
RETRIBUIÇÕES – 2015

Que apesar das dificuldades porque todos estamos passando, e que se refletem na modalidade em todas as suas vertentes, que o Novo ano nos traga mais desenvolvimento, mais e melhor atividade, mais e melhor qualidade e acima de tudo, uma melhoria efetiva de processos e de atos, mais e melhor informação, e transparência nos atos.

Que 2016 seja um ano de verdadeira serenidade.

A todos os nossos leitores, e não só, agradecemos e retribuímos os desejos de BOAS FESTAS, enviando um Bem-Haja a TODOS.

Saudações Andebolistas.
 
O Administrador
 

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 10 – 2015 / 2016 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04, que felizmente foi completamente disputada, nas duas zonas, o que começa a ser caso raro, nas provas nacionais. E destaca-se o facto de em apenas um jogo no conjunto das duas zonas, se terem registado ocorrências disciplinares.

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase. 

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
Resultados
11.ª Jornada (2.ª da 2.ª Volta)
São Mamede 27 - 30 Ismai
ABC 20 - 18 AA Avanca
FC Gaia 20- 29 Águas Santas
GC Santo Tirso 32 - 32 FC Porto
Xico Andebol 30 - 29 Boavista FC

Jornada sem qualquer problema disciplinar, facto que gostamos de destacar, e onde apenas um resultado foi diferente do ocorrido na jornada similar na 1.ª volta, foi precisamente no FC Porto / GC Santo Tirso, com a equipa do FC Porto a ceder mais uma igualdade (segunda) e a conceder o aumento diferencial em termos pontuais para os primeiros classificados da zona, que apresenta, aparentemente um certo equilíbrio entre as equipas que podem discutir o apuramento para a Fase Final. No Jogo disputado em Santo Tirso, o FC Porto até terminou o primeiro tempo n frente do marcador por 19-16, vindo a ceder no segundo tempo, face á excelente reação da equipa tirsense. José Rebelo com 9 golos, foi mais uma vez o principal marcador da equipa, com Bruno Fernandes com 6 golos a seguir-lhe na ordem dos principais marcadores do GC Santo Tirso. NO FC Porto, mais uma vez Henrique Figueiredo com 10 golos foi o marcador de serviço da equipa, seguido por Ruben Ribeiro com 6 golos. Com este resultado a equipa do FC Porto, passou para o 3.º lugar da Classificação em igualdade pontual com a equipa do Águas Santas.

Disputou-se, o ABC / AA Avanca, em mais um jogo com inversão de pavilhão, infelizmente, onde a equipa do ABC, repetiu a vitória da 1.ª volta, embora sentindo grandes dificuldades, em especial quando se compara o resultado da 1.ª volta com o atual então a diferença registada foi de 27 golos, para os 2 atuais. O ABC, apesar de nos primeiros 30 minutos chegar ater 6 golos de vantagem, permitiu um parcial de 3-0, á AA Avanca, que atingiu o intervalo a perder por 12-6. Com o equilíbrio a manter-se os homens da equipa da AA Avanca, ainda conseguiram diminuir a diferença no segundo tempo. Apesar desta difícil vitória o ABC, isolou-se no comando da zona. NO ABC os seus melhores marcadores foram os do costume André Gomes com 6 golos e Oleksandr Nekruhets com 5 golos. Por sua vez na AA Avanca e novamente Diogo Gomes com 8 golos, foi o melhor marcador da equipa, acompanhado por outro usual Jenilson Monteiro com 7 golos.

Em São Mamede a equipa Local, voltou a perder com a equipa maiata do Ismai, tal como no jogo homólogo da 1.ª volta, neste encontro que voltou a ser equilibrado, a equipa local chegou ao intervalo a vencer por 13-12, o que prova o equilíbrio que foi a tónica do encontro, mas a equipa do Ismai, modificou o sentido do resultado no segundo tempo, terminando como vencedora do encontro. Com esta vitória a equipa maiata, mantem-se no 5.º lugar da classificação da zona. Luís Moreira com 7 golos e Artur Oliveira do São Mamede, foram os melhores marcadores da equipa, por seu lado Afonso Cavadas com 10 golos e Ricardo Oliveira com 5 golos, foram os principais marcadores do Ismai. A equipa de São Mamede com esta derrota, continua a ser a única equipa da zona, sem vitórias.

Em Guimarães, realizou-se o Xico Andebol / Boavista FC, que foi um dos jogos com o resultado mais equilibrado da zona, e que terminou com a vitória dos vimaranenses pela diferença mínima, confirmando o resultado da 1.ª volta. O equilíbrio do jogo encontra-se completamente traduzido, no resultado que se verificava ao intervalo e que era uma igualdade a 16 golos. Nos segundos trinta minutos do encontro, a equipa do Boavista FC chegou a estar na frente do marcador, com 3 golos de diferença (19-16), para de imediato se registar a reação do Xico Andebol, que se colca na frente do marcador pela diferença mínima até final do encontro. A equipa vimaranense com esta vitória coloca-se num dos lugares que lhe permite estar (na nossa opinião) a salvo o espectro da descida de divisão. Pedro Roque com 9 golos e Paulo Abreu com 7 golos, foram os marcadores de serviço do Xico Andebol. No Boavista FC, Nuno Serra com 6 golos, seguido de um duo com golos cada (Ricardo Pinto e Tomas Hall), foram os melhores marcadores da equipa.

Em Gaia, realizou o FC Gaia / Águas Santas, que tal como na primeira volta, terminou com a clara vitória da equipa do Águas Santas, que assim se mantêm na discussão pelo apuramento para a segunda Fase da Prova. Foi um encontro de total domínio da equipa maiata, que ao intervalo já vencia por 12-8, confirmando no segundo período de jogo a sua superioridade neste encontro, onde se deve destacar mais uma vez o nome de Alvaro Queirós do FC Gaia que com os seus 14 golos, foi o melhor marcador da equipa e do jogo, por seu Lado na equipa do Águas Santas, com os seus golos bastante distribuídos (10 atletas a marcarem), Gustavo Carneiro com 6 golos, foi o melhor marcador da equipa.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º ABC (30 pontos), 2.º Águas Santas e FC Porto (29 pontos), 3.º GC Santo Tirso (28 pontos), 5.º Ismai (25 pontos), 6.º Xico Andebol (22 pontos), 7.º FC Gaia (16 pontos), 8.º Boavista FC (15 pontos), 9.º AA Avanca e São Mamede (13 pontos).

Zona Sul
Resultados
11.ª Jornada (2.ª da 2.ª Volta)
Alto Moinho 16 - 34 Benfica
Belenenses 27 - 25 Sporting
Estarreja AC 36 - 28 Juventude Lis
Ginásio Sul 29 - 31 São Bernardo
ADC Benavente 24 - 23 IFC Torrense

Jornada com um único jogo, com ocorrências disciplinares, precisamente num dos jogos considerados mais importantes da mesma, o Belenenses / Sporting, que terminou com a vitória da equipa do Belenenses, que por vezes nos surpreende a todos, e que com esta vitória, retificou o resultado verificado na 1.ª volta, e igualou o seu adversário da jornada em termos pontuais, mas em caso de igualdade final terá sempre a vantagem de 1 golo, na diferença de golos, se for esse o método de desempate, e está novamente na discussão pelos lugares de apuramento na zona. Foi um jogo com um total de 16 exclusões e uma desqualificação direta, com a equipa visitada a vencer ao intervalo por 16-13, e ater de suportar a excelente reação da equipa adversária nos segundos 30 minutos. Mais um André Alves com 8 golos foi o melhor marcador da equipa do Belenenses, bem acompanhado por Sandro Domingues com 6 golos. Na equipa do Sporting, mais uma vez Bruno Gaspar com 7 golos, foi o melhor marcador da equipa, seguido de Tomás Carolino com 5 golos, de destacar ainda que na equipa do Sporting foram 10 os atletas a marcarem golos.

Em Benavente, esteve talvez o resultado de maior surpresa da jornada, onde a equipa local do ADC Benavente, venceu por apenas um golo o IFC Torrense, que se apresentou com apenas 10 jogadores, e que com mais esta derrota continua em último lugar da zona, sem qualquer vitória averbada, enquanto o ADC Benavente conquistou a sua segunda vitória na prova. O jogo, foi sempre disputado com grande equilíbrio, e ao intervalo, os locais estavam na frente do marcador exatamente pela diferença que se verificou no final do encontro, 15-14. Com ambas as equipas a protagonizarem um jogo menos conseguido no segundo tempo. NO ADC Benavente mais uma vez, Fábio Leal com 9 golos e o Fábio Diogo com 6 golos, foram os seus melhores marcadores. No IFC Torrence, Leonardo Jorge com 7 golos, foi o melhor marcador da equipa, seguido de João Leal com 5 golos. Este foi um dos encontros, onde foi confirmado o resultado verificado na 1.ª volta.

A equipa que na nossa opinião é a grande sensação na zona, o neo divisionário Estarreja AC, recebeu a Juventude Lis a quem venceu de forma clara, e confirmando a sua vitória na 1.ª volta, com esta vitória a equipa da Região de Aveiro, ascendeu isolada ao 2.º lugar da classificação zonal, sendo (na nossa opinião) até ao momento uma das mais fortes candidatas ao acesso á Fafe Final da Prova. O Resultado que se verificava ao intervalo e que era de 20-14 a favor da equipa local, é o espelho puro do domínio dos mesmos no encontro. Pedro Oliveira com 10 golos foi o melhor marcador da equipa, acompanhado como de costume por Tiago Couto com 7 golos. Na Juventude Lis, tivemos o nome do costume como melhor marcador da equipa, Francisco Santos com 11 golos.

No Alto Moinho, reside a outra equipa, por nós considerada revelação da zona, que recebeu o favorito Benfica, que venceu o jogo, confirmando o resultada da 1.ª volta, e com um resultado, que não deixa dúvidas a ninguém sobre a diferença de valia existente entre as duas equipas. Com Esta vitória a equipa do Benfica, continua a ser a única equipa no conjunto das duas zonas que apenas contabiliza vitórias até ao momento. O Benfica que se apresentou com todos os seus “pesos pesados”, neste encontro, já vencia ao intervalo por 17-8, o que é completamente esclarecedor da sua superioridade, realizando igual resultado no segundo período do jogo. Nuno Nunes com 6 golos foi o melhor marcador do Alto Moinho. O experiente Augusto Aranda com 8 golos, foi o melhor marcador da equipa do Benfica, sendo acompanhado por Ricardo Ferreira com 5 golos, numa equipa que teve 11 atletas a marcarem golos.

Outro jogo de grande equilíbrio disputou-se no Ginásio Sul, que recebeu o São Bernardo, e perdeu, com a equipa do São Bernardo a retificar o resultado ocorrido na 1.ª volta. Foi um jogo, onde a equipa da casa vencia ao intervalo por 15-12, permitindo posteriormente uma excelente reação do adversário que acabou por vencer o jogo, com um resultado totalmente construído no segundo tempo. Foi um jogo com um total de 16 exclusões e uma desqualificação direta, mas sem registo de ocorrências disciplinares (não é obrigatório). José Barroso com 12 golos e Diogo Neves com 9 golos, foram os melhores marcadores do Ginásio Sul, Fábio Basto e João Vieira, ambos com 7 golos cada, foram os melhores marcadores da equipa do São Bernardo.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º Benfica (33 pontos), 2.º Estarreja AC (27 pontos), 3.º Alto Moinho (26 pontos), 4.º Belenenses e Sporting (24 pontos), 6.º Juventude Lis (20 pontos), 7.º Ginásio Sul e São Bernardo (19 pontos), 9.º ADC Benavente (16 pontos), 10.º IFC Torrense (12 pontos)

O Noticias

Veteranos – PO40 - Campeonato Nacional Masculino - 2015 / 2016 - I

Campeonato Nacional Masculino (PO40) prova não Fixa o que se saúda.  

Além de um regulamento específico, a Federação já emitiu vários Comunicados Oficiais sobre a matéria dos quais se destaca o N.º 36 de 11-11-15 e N.º 45 de 21-12-15.

Em 21-12-15 a federação dá a conhecer a estrutura da prova (Comunicado Oficial n.º 45), que não é mais do que a continuação do estabelecido no 36.

Assim:

Fase Final – 8 Clubes

AA Porto / AA Braga – apura 2 equipas
AA Aveiro – apura 2 equipas
AA Lisboa / Setúbal / Santarém – apura 2 equipas
AA Madeira – apura 1 equipas
Organização – apura 1 equipa

Estranha-se o desaparecimento da AA Leiria destas organizações.

Uma novidade introduzida nesta Fase Final, que é o direito de quem assumir a organização da mesma terá acesso direto, temos fortes dúvidas acerca deste preceito, em termos desportivos.

As associações deverão informar quais os clubes apurados até 06-06-16. Com documentos comprovativos de uma participação efetiva, uma novidade e da qual concordamos em absoluto.

Data e Forma de Disputa

Disputa-se em 25 e 26-06-16

Será disputa no sistema de eliminatórias (1/4, 1/2, e Final, e jogos Classificativos), com as equipas derrotadas nos 1/4 Final, a disputarem jogos classificativos de forma a se definir a classificação final do 1.º ao 8.º lugar.

Os jogos terão a duração de 50 minutos (2X25)

Se no final do tempo regulamentar do jogo as equipas se encontrarem empatadas, haverá um prolongamento de 10 minutos (2x5). Se no final deste prolongamento as equipas continuarem empatadas, recorre-se à marcação de livres de sete metros, de acordo com o estipulado nas Regras de Jogo.

Quadro Competitivo

Dia 25-06-16
Manhã / Tarde – Jogos 1/4 Final
Tarde / Noite – Jogos 1/2 Final (incluído jogos do 5.º ao 8.º Lugar)
Dia 26-06-16
Manhã / Tarde – Jogos Finais (Apuramento do 1.º ao 8.º Lugar)

Sem alterações tanto a forma de disputa como o tempo de jogo.

Um esclarecimento que é uma novidade, e que na nossa interpretação poderá ser positiva:
É autorizada a titulo excecional, na decorrente época, a acumulação de funções de Treinador e de Jogador em todas s Fases da Prova.

O Local da Fase Final da Prova ainda não está designado.

Recordamos que nas épocas anteriores a prova foi disputada em 2013 / 2014 na 1.ª Fase por 16 equipas, e que na última época a mesma fase foi disputada por 21 equipas, confirmando-se as expectativas, o que representa um significativo aumento.

Ficaremos na expectativa da confirmação dos participantes, que esperamos com toda a sinceridade ultrapasse o número verificado na última época.

O Banhadas Andebol

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 14 – 2015 / 2016

Crónica exclusivamente dedicada aos dois únicos jogo desta prova Feminina (PO09), que se disputaram este fim-de-semana.

Mantemos este texto, pois pode ser que alguém um dia o leia, “Continuamos com a esperança de que, algum dia, as estatísticas directas aos jogos se estendam aos jogos a esta prova nacional, contribuindo para o seu desenvolvimento e implementação, e valorização”

Reafirmam-mos., que é um dos campeonatos mais irregulares (apesar de ser uma prova cem que se está a disputar uma Fase Regular), não temos memória de uma prova com esta irregularidade. Disputarem-se jogos da 1.ª volta, já muito depois se iniciar a 2.ª volta da prova. Nem de que provas particulares podem provocar este tipo de alterações ou selecções dos escalões inferiores, mas estas são as vicissitudes da nossa modalidade.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
8.ª Jornada
Dia 31-01-16
Maiastars - João Barros (15H00)
9.ª Jornada
Dia 20-12-15
João Barros 28 – 20 ARC Alpendorada
10.ª Jornada
Dia 24-01-16
João Barros - Alavarium (18H30)
13.ª Jornada (2.ª da 2.ª Volta)
Dia 29-01-16
ARC Alpendorada - Colégio Gaia (Como é possível)
14.ª Jornada (3.ª da 2.ª Volta)
CA Leça 25 – 27 CS Madeira (Antecipado)
Santa Joana 17 – 30 Madeira SAD (Antecipado)
Dia 19-12-15
João Barros 33 – 25 Assomada
Dia 17-01-16
ARC Alpendorada – Alavarium (17H30)
Dia 24-01-16
Passos Manuel – Juventude Lis (20H00)
Dia 03-02-16
Colégio Gaia – Maiastars (21H30)
 
Assim tivemos uma semana atípica com apenas dois jogos, ambos tiverem como interveniente o João Barros que na prática faz uma jornada dupla. E com alterações e para datas tão diversificadas, que por vezes torna incompreensível, como é possível esta situação.

Nos jogos disputados este fim-de-semana, o que se verificou foi:

No 1.º jogo disputado neste fim-de-semana a equipa do João de Barros, venceu a Assomada, em jogo disputado no pavilhão das meirinhas, confirmando assim o natural favoritismo que lhe era atribuído, comandando a maior parte do tempo de jogo, o marcador como o jogo em si, chegando ao intervalo já a vencer por 18-13, resultado esclarecedor da superioridade do João Barros, que no segundo período do jogo se limitou a um total controlo do jogo e do marcador, e confirmou o resultado ocorrido na 1.ª volta. Como de costume Neuza Valente com 11 golos foi a melhor marcadora das meirinhas, seguida por Francisca Marques com 7 golos. Estranhamente a equipa da Assomada que se apresentou com apenas 10 jogadoras, teve como é normal em Debora Moreno com 7 golos, e Edna Oliveira com 6 golos, as suas melhores marcadoras.  No dia seguinte, o João Barros, defrontou em jogo da 9.ª jornada da prova (jogo ainda relativo á 1.ª volta da prova), outra das equipas mais fracas da competição, encontra-se no último lugar da classificação desta Fase da Prova, e voltou a vencer, em jogo, que fez total gestão dos seus recursos, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 14-10, precisamente o mesmo resultado que se verificou no segundo tempo. Neuza Valente com 6 golos voltou a ser a sua melhor marcadora, com Inês Pires a marcar 5 golos. Na equipa do ARC Alpendorada, Carla Moreira com 7 golos, foi a melhor marcadora da equipa e do jogo. Com estas previstas vitórias, a equipa das Meirinhas, passou para o 4.º lugar da Classificação.

Após, a disputa destes jogos, a classificação ficou assim ordenada: - 1.º Madeira SAD (39 pontos, 2.º Colégio Gaia (-2 jogos) (34 pontos), 3.º Alavarium (- 2 jogos) (33 pontos), 4.º João Barros (~2 jogos) (32 pontos), 5.º Maiastars (-2 jogos) (28 pontos), 6.º CS Madeira (26 pontos), 7.º CA Leça (25 pontos), 8.º Assomada (24 pontos), 9.º Santa Joana (21 pontos), 10.º Juventude Lis (~1 jogo) (18 pontos), 11.º Passos Manuel (~1 jogo) (17 pontos), 12.º ARC Alpendorada (-2 jogo) (15 pontos).

O Noticias

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

PO23 - Taça de Portugal Seniores Femininos – 2015 / 2016 – V – 1/8 Final - Sorteio

Realizou-se hoje (21-12-15) o sorteio dos jogos relativos aos 1/8 Final da Taça de Portugal.

Resultados - 1/8 Final – A disputar em 07-02-16

Calendário dos 1/8 Final

Cister SA - Madeira SAD
Colégio Gaia - Modicus
Académico FC - Alavarium
SIR 1.º Maio - CA Leça
Assomada - Maiastars
Juventude Lis - S. Félix Marinha
ARC Alpendorada - João Barros
Santa Joana - CS Madeira

Depois deste sorteio, temos fortes duvidas, que se vá verificar o espirito de taça, pois apenas num dos jogos, haverá certamente algum equilíbrio (na nossa opinião), e que será no Santa Joana / CS Madeira. Dificilmente teremos equipas da 2.ª Divisão na próxima eliminatória, onde certamente haverá pelo menos 3 equipa das PO01, pois são 3 jogos entre equipas desta prova.

Equipas Apuradas para os 1/8 Final

2.ª Divisão (5) – Académico FC, Modicus, SIR 1º Maio, Cister SA e S. Félix Marinha.

1.ª Divisão (11) – Madeira SAD, Alavarium, Colégio Gaia, João Barros, CS Madeira, Maiastars, ARC Alpendorada, Santa Joana, Juventude Lis, Assomada e CA Leça.

A próxima eliminatória será já a disputa dos 1/4 Final (8 equipas), será previsivelmente disputada em 26-03-16, segundo o Comunicados Oficial N.º 23 da presente época.  

A estrutura da prova será:

1/4 Final – Vencedores dos 1/8 Final – 26-03-2016
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 16-04-2016 
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 17-04-2016

A Federação, prevê no Regulamento Especifico da Prova, a realização na prática de uma Final Four.

O Noticias

Crónica de Fim-de-semana – 12 – 2015 / 2016 - II


Ligeira crónica da PO02.

Nota - Esta época as equipa “B”, não são apuradas para a Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Como sempre, e face ao que se verifica na regularização dos jogos em atraso, começamos mais uma vez esta ligeira crónica, por lamentar a irregularidade competitiva da mesma, com jogos adiados (sem se saber bem porquê, com antecipações, completamente injustificadas, tudo, provoca (no nosso entender, uma verdadeira alteração do espírito desportivo da prova)

1.ª Jornada – Resultados
7.ª Jornada
Dia 10-01-16
Estarreja AC - Modicus (16H00)
12.ª Jornada
Marítimo 28 - 34 CCR Fermentões (Antecipado)
Dia 18-12-15
FC Porto 32 – 28 Boavista FC
Dia 19-12-15
SP. Oleiros 21 – 22 Xico Andebol
AD Sanjoanense 27 – 29 Modicus
Arsenal 34 – 21 FC Gaia
São Mamede 33 – 30 Estarreja AC
GC Santo Tirso 32 – 25 São Bernardo

Nova jornada que se realizou, com um dos seus jogos já realizados, por antecipação (já comentados), e mais um jogo antecipado, do FC Porto B, o que confirma a realidade desta prova. Assim esta zona, apesar dos acertos que se vão realizando jornada a jornada, continua a ser disputada com uma enorme irregularidade, por vezes sem motivos aparentes. E continua a inversão dos pavilhões. Destacando-se que foi uma jornada disputada sem ocorrências disciplinares. E onde as equipas favoritas venceram sem grandes dificuldades, registando-se no entanto na nossa opinião dois resultados menos esperados.

No jogo jogado por antecipação, o FC Porto B, venceu o Boavista FC, num encontro onde o diferencial final não traduz com realidade o equilíbrio com que por vezes o encontro foi disputado., embora a equipa do FC Porto, estivesse a maioria da vezes no comando do marcador, atingindo o intervalo já a vencer por 15-13, depois de algumas igualdades que se verificaram durante estes 30 minutos, e apenas consolidou a sua vantagem no segundo período de jogo, que curiosamente venceu pelo mesmo diferencial. Com mais esta derrota a equipa do Boavista FC, continua no último lugar da classificação com apenas uma vitória enquanto o FC Porto B, procura fugir aos lugares que podem provocar a sua descida de divisão. Henrique Figueiredo com 8 golos, seguido de um trio com 5 golos (Rui Ferreira, Ruben Ribeiro e Eduardo Mendonça), foram os principais marcadores do FC Porto, Por seu lado Filipe Lopes igualmente com 8 golos e Bruno Silva com 5 golos foram os melhores marcadores da equipa do Boavista FC.

Tivemos um dos resultados mais folgados da jornada, com o favorito Arsenal a vencer folgadamente o FC Gaia, no Flávio Sá Leite, depois de ter passado por um susto, quando terminou o primeiro período de jogo a perder por 12-11. No entanto realizando uma segunda parte totalmente diferente os arsenalistas com a sua normal disposição para o jogo e com o coletivo a prevalecer sobre o individualismo, rapidamente criaram distância no marcador, que os colocou a salvo de qualquer imponderável, por sua vez o FC Gaia, parece que desapareceu do jogo, Com esta vitória a equipa bracarense mantem o 3.ºlugar da classificação da zona e continua a afirmar-se cada vez mais como uma das grandes favoritas á discussão pelo apuramento para a Fase Final. André Caldas com 7 golos e Francisco Albuquerque com 5 golo, foram os principais marcadores do Arsenal, por sua vez. O Melhor marcador do FC Gaia, não ultrapassou os 4 golos e foi Pedro Garcia.

Num dos resultados menos esperados, mas que confirmam a subida de rendimento da equipa de Sandim, o Modicus foi vencer ao Municipal de Travessas a equipa do AD Sanjoanense, num encontro em que ao final dos primeiros 30 minutos os visitantes venciam por uns confortáveis 16-11. Realizando um segundo período de jogo em plena contenção para aguentar a esperada reação dos homens da AD Sanjoanense, apenas conseguiram amenizar o resultado final. Na equipa local e como de costume Ricardo Pinho com 10 golos foi o seu melhor marcador, com a companhia de Eduardo pereira que marcou 6 golos. NO Modicus, com os golos mais repartidos, tivemos Nuno Loureiro com 7 golos e Paulo Barbosa com 6 golos, como os seus principais marcadores. Com este resultado a equipa do Modicus iguala em termos pontuais o seu adversário, e começa a fugir dos lugares de despromoção.

Num dos encontros mais equilibrados da jornada, em termos de resultado final, a equipa do São Mamede, venceu o Estarreja AC, num encontro que construiu o resultado todo nos primeiros 30 minutos de jogo, quando chegou ao intervalo a vencer por uns claros 17-10, tendo posteriormente de suportar com grande estoicismos a excelente reação dos homens do Estarreja AC, que tudo fizeram para amenizar e até se possível dar a volta ao resultado final, dizer no entanto que a equipa de São Mamede, também optou por diminuir a intensidade do jogo. Total destaque para os 16 golos de João Baltazar do São Mamede, sendo mais uma vez o seu melhor marcador e apenas João Correia com 5 golos, lhe fez companhia, na equipa do Estarreja AC, mais uma vez João Vilar com 9 golos foi o seu principal marcador, acompanhado por Pedro Oliveira com 5 golos. Com esta vitória a equipa do São Mamede, continua em segundo ligar embora com os mesmos pontos do Arsenal., enquanto a equipa do Estarreja AC, começa deslizar para lugares de perigo em termos de classificação.

Num dos encontros (por nós considerado), mais importantes da jornada, o GC Santo Tirso, venceu, sem margens para duvidas a equipa do São Bernardo, que começa a atrasar-se na luta pelos lugares de apuramento para a Fase Final. No entanto este foi um jogo de contradições puras, pois o intervalo chegou com a equipa da Região de Aveiro na frente do marcador por 17-15, mas um segundo período de jogo completamente desastrado, onde sofreu um parcial de 17-8, ditou a vitória clara da equipa tirsense, que desta forma continua ser a única equipa na prova que apenas contabiliza vitórias nos jogos disputados até ao momento. Francisco Fontes com 9 golos, João Nogueira e Pedro Machado com 5 golos cada, foram os principais marcadores do GC Santo Tirso. Leandro Rodrigues com 10 golos foi o melhor marcador do jogo e do São Bernardo.

O Xico Andebol, foi a Oleiro vencer os locais pela diferença mínima, obtendo assim a sua terceira vitória na prova, embora mantendo-se em lugares de verdadeiro perigo. Num jogo de grande equilíbrio com a vitória verificar-se pela diferença mínima, diz tudo ou quase tudo.

Classificação após os jogos disputados até ao momento: - 1.º GC Santo Tirso (36 pontos), 2.º São Mamede, e Arsenal (32 pontos), 4.º FC Gaia (29 pontos), 5.º São Bernardo (28 pontos), 6.º CCR Fermentões (24 pontos), 7.º Marítimo (22 pontos), 8.º SP. Oleiros, Modicus (-1 jogo), e AD Sanjoanense (20 pontos), 11.º FC Porto B (19 pontos), 12.º Xico Andebol e Estarreja AC (18 pontos), (14.º Boavista FC (14 pontos).

Zona Sul
12.ª Jornada
CD Marienses 27 - 23 Juventude Lis (antecipado)
Dia 19-12-15
Vitória FC 32 – 26 Almada AC
GS Loures 20 – 35 Boa Hora
Alto Moinho 25 – 24 Benfica B
Ílhavo AC 29 – 31 IFC Torrense
1.º Dezembro 20 – 25 CDE Camões
ADC Benavente 27 – 26 AC Sismaria
 
Zona, que decorreu, desta vez sem antecipações nem adiamentos, o que se destaca. Face á raridade do facto. No entanto ainda se verificou um encontro, com ocorrências disciplinares. E onde se verificou igualmente algumas surpresas, pelo menos na nossa opinião.

Em Benavente a equipa local do ADC Benavente, recebeu e venceu uma das equipas que até ao momento de apresentava, e assim continua, que luta pelo acesso á fase final da zona, que com esta derrota começa a tornar o zona com maior equilíbrio, e coloca o ADC Benavente na zona de discussão do apuramento (na nossa opinião). Jogo disputado com a equipa do AC Sismaria a dominar durante os 30 minutos iniciais, chegando ao intervalo a vencer por 17-12. Mas a equipa do ADC Benavente com a garra que lhe é usual, nunca se deu por vencida, e fez uma segunda parte de boa qualidade, em especial no sistema defensivo, apenas permitindo que a equipa visitante concretizasse 9 golos, terminando desta forma por vencer o encontro pela diferença mínima. Como de costume João Raquel com os seus 12 golos foi mais uma vez o melhor marcador da equipa, e do jogo, pelo AC Sismaria tivemos O “veterano” Inácio do Carmo com 7 golos, como melhor marcador da sua equipa, acompanhado por Frederico Malhão com 5 golos.

Em Ílhavo a equipa local, defrontou os homens da Torre da Marinha, que estranhamente se apresentaram com apenas 9 jogadores, e em bora sofrendo 9 exclusões contra 4 do adversário, averbaram a sua 3.ª vitória, segunda fora de portas, e com esta vitória começam a ganhar mais animo, para se manterem nos lugares de permanência na divisão. Curiosamente foi mais um encontro em que a equipa visitada vencia ao intervalo por 17-13, vindo a perder o encontro no segundo período de jogo, onde os visitantes tiveram uma prestação de maior acerto e com mais garra, e poder de concretização, a que não é certamente alheio a presença de Vladimiro Bonaparte com 8 golos, embora o seu melhor marcador tenha sido Tiago Madeira com 9 golos, sendo ainda muito bem acompanhados por Jorge Colaço igualmente com 8 golos. Na equipa da Região de Aveiro, tivemos mais uma vez João Ribeiro com 10 golos a ser o melhor marcador da equipa e do jogo, acompanhado por um trio com 5 golos cada (Digo Coelho, João Simões, e Daniel Campos).

No único encontro onde se registaram ocorrências disciplinares, jogo com quatro (4), desqualificações diretas, o Alto Moinho / Benfica B, venceu a equipa do Alto Moinho, que continua a realizar uma excelente prova, pela diferença mínima, e que com esta vitória, passou em termos de classificação o seu adversário da jornada. A equipa visitada já vencia ao intervalo por 16-13, soube defender o resultado e o poderia do seu adversário no segundo tempo. Mais uma vez Pedro Padre com 7 golos foi o melhor marcador do Alto Moinho, com Tiago Gil e Alexandre Pereira com 5 golos cada a fazerem-lhe companhia. Na equipa do Benfica B, apenas Flávio Fortes com 8 golos e melhor marcador da equipa e do jogo, esteve a um nível a que nos habituou.

Depois vieram os encontros um pouco mais desequilibrados em termos de resultado final, como a vitória do CDE Camões como visitante em queijas diante o neo divisionário 1.º Dezembro, e com esta vitória consolida cada vez mais as suas pretensões de manutenção na Divisão, esta é pelo menos a nossa opinião. Com esta vitória, igualou em termos pontuais o Benfica B no 6.º lugar da classificação da zona. Neste encontro já vencia ao intervalo por 12-10, consolidando a sua vitória nos segundos 30 minutos de jogo. Diogo Simão com os seus 7 golos continua a ser um dos principais marcadores do 1.º Dezembro, juntamente com Nuno Francisco que marcou 5 golos. No CDE Camões total destaque para os 11 golos de Tiago Silva, melhor marcador da equipa e do jogo, acompanhado por Pedro ferreira com 5 golos.

No pavilhão Antoine Velge em Setúbal, a equipa local do Vitória FC, sentiu mais dificuldades do que certamente esperaria, para levar de vencida o Almada AC, que se apresentou com apenas 10 jogadores inscritos no boletim de jogo, e com esta derrota continua a ser a única equipa no conjunto das duas zonas que apenas contabiliza derrotas, nos jogos disputados até ao momento. Poe sua vez a equipa do Vitória FC, com esta vitória isola-se no 2.º lugar da zona. O primeiro tempo terminou já com a equipa da casa na frente do jogo e do marcador por 16-12, consolidando o mesmo no segundo período de jogo, que até foi mais equilibrado que o primeiro, pelo menos em termos de marcador. Como de costume tivemos no Vitória FC André Praxedes com 9 golos e Francisco Fuzeta com 10 golos como os seus melhores marcadores, bem acompanhados por outro usual, José Machuqueiro com 7 golos. No Almada AC, Pedro coelho com 8 golos, e Tiago Pereira com 7 golos foram os seus principais marcadores,

Terminamos com o jogo, cujo resultado foi o mais dilatado da zona, e que colocou frente a frente o GS Loures, com o líder da zona, o Boa Hora, que venceu, e continua desta forma sendo o 1.º classificado da zona, sem derrotas nos jogos efetuados até ao momento. È um jogo sem grande história, que chegou ao intervalo com a equipa do Boa Hora, já na frente do marcador por 10-6, consolidando e de que maneira o resultado no segundo tempo. No GS Loures que está a realizar uma campanha, além do esperado, os seus melhores marcadores não passaram dos 4 golos (Nuno Oliveira, e Alexandre Rua). Na equipa do Boa Hora, António Careto e António Cabaço, ambos com 6 golos cada foram os melhores marcadores de uma equipa que teve 13 jogadores de campo a concretizarem golos.

Classificação após os jogos disputados até ao momento:- 1.º Boa Hora (35 pontos), 2.º Vitória FC (32 pontos), 3.º AC Sismaria (30 pontos), 4.º CD Marienses (29 pontos), 5.º ADC Benavente (28 pontos), 7.º Benfica B, e CDE Camões (26 pontos), 9.º Juventude Lis (25 pontos), 10.º 1.º Dezembro, e IFC Torrense (19 pontos), 12.º GS Loures (15 pontos), 13.º Ílhavo (14 pontos), 14.º Almada AC (12 pontos).

O Banhadas Andebol