gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Europeu 2014 Masculino – Dinamarca - XVII


 O Euro dos Sonhos

Depois de a EHF ter comunicado quais as 16 duplas, que fizeram formação adequada para esta prova, numa ação que decorreu de 30 de Agosto a 1 de Setembro de 2013 em Viena, Divulga agora quais as 12 escolhidas, e que irão dirigirão os jogos do Euro 2014 que se vai disputar na Dinamarca de 12 a 26 de Janeiro de 2014.
 
Portugal mais uma vez não tem nenhuma dupla entre as 12 escolhidas, o que é uma pena.

Duplas definitivamente Selecionadas:
Andrei Gousko/ Siarhei Repkin - Bielorrússia
Matija Gubica / Boris Milosevic - Croácia
Vaclav Horacek/ Jiri Novotny – Republica Checa
Martin Gjeding / Mads Hansen - Dinamarca
Oscar Raluy Lopez / Angel Sabroso Ramirez - Espanha
Thierry Dentz / Denis Reibel – França
Lars Geipel/ Marcus Helbig - Alemanha
Zigmars Stolarovs / Renars Licis - Letónia
Gjorgji Nachevski / Slave Nikolov - Macedónia
Bogdan Nicolae Stark / Romeo Mihai Stefan - Roménia
Nenad Nikolic / Dusan Stojkovic - Sérvia
Nenad Krstic / Peter Ljubic - Eslovénia

Das 16 duplas inicialmente escolhidas ficaram de fora:
Csaba Dobrovits / Péter Tajok – Hungria
Oyvind Togstad/ Rune Kristiansen - Noruega
Evgenij Zotin / Nikolaj Volodkov – Rússia
Michal Badura / Jaroslav Ondogrecula – Eslováquia

Felizmente entre os nomes dos 13 delegados EHF, está um nome Português, Rui Coelho, que será infelizmente o nosso único representante.

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Campeonato do Mundo Qatar – 2015 – VIII

Portugal iniciou sua longa e difícil caminhado na tentativa de apuramento para o Play Off relativo aos apuramentos Europeus, para o Mundial de 2015 no Qatar.
 
LETÓNIA VENCE PORTUGAL
 
Antes de entramos propriamente dito na crónica do jogo, teremos de realçar a excelente organização que as entidades envolvidas proporcionaram ao público na Nazaré que respondeu de uma forma notável, esgotando o pavilhão. Com os hinos Nacionais a serem tocados por uma banda ao vivo, que nos lembremos é a primeira vez que assistimos a um facto destes. Terminamos dizendo que foi uma jornada de excelente propaganda para a modalidade.
 
Lembrar que a Europa tem direito a 12 equipas, pois a 13 equipa está diretamente apurada por ser a Campeã em Titulo a Espanha. E que as três equipas melhores classificadas no Euro 2014, estão diretamente qualificadas para o Mundial de 2015, significando que ficam 9 vagas por decidir, e cuja decisão final será feita através de um Play Off com 18 equipas em Junho de 2014.
 
Assim com esta derrota e como 12 Equipas estão automaticamente apuradas para o Play Off, através da sua classificação no Euro 2014, o que significa que apenas existem 6 lugares disponíveis para os Play Off, Portugal terá grande dificuldade em se apurar para o mesmo.
 
Apenas o vencedor de cada Grupo passará para a Qualificação 2 (Play Off) a que juntará por decisão igualmente da EHF a equipa Alemã.  
Num jogo totalmente dominado por uma letónia, que comandou o marcador desde o minuto um do jogo, chegando a ter vantagens de oito (8) golos, aos 38 e aos 42 minutos por exemplo, apresentou uma equipa com alguns jogadores de qualidade, como por exemplo o seu n.º 7 Alvis Jurdzs (9 golos) e melhor marcador da equipa, bem como o seu guarda-redes Edgars Kuksa que esteve em excelente plano, porém, deve também dizer de que beneficiou várias vezes da falta de eficácia da equipa portuguesa, que passe a expressão o “agrediu” em muitas das suas defesas, além desta qualidade em que poderemos inserir o nosso conhecido Austris Tuminskis com 2 golos (antigo jogador do SC Horta), apresentou um fabuloso índice físico. Basta dizer que um dos seus atletas o n.º 10 Dainis Kristopans (6 golos) “só” tem 2,15 m de altura. Portugal entrou mal, para não dizer muito mal, sem sentido de jogo sem coletivo, dando quase a sensação de excesso de confiança, mal a defender e mal a atacar, sendo largos os períodos que estava sem concretizar várias oportunidades, tanto no contra ataque como na precipitação nos remates, sentia-se que a equipa não rendia, por exemplo o resultado do jogo aos 10 minutos já era de 8-2 a favor da Letónia, o melhor resultado obtido por Portugal situou-se aos 22 minutos quando apenas perdíamos por um (1) de diferença, mas foi como se costuma dizer “sol de pouca dura”, o numero de faltas técnicas durante jogo também foram anormais. Não se entende que durante os 30 minutos iniciais, se tenha mantido quase sempre o mesmo sete em campo, e apenas se tenha feito um time out aos 25 minutos, estas interrupções foram introduzidas para os técnicos as usarem nos momentos críticos e não foi isso que se viu neste encontro pela parte de Portugal. Um início do segundo tempo com outra atitude, mas durou 5 minutos, depois só se volta a ter atitude perante o jogo aos 46 minutos, mas aqui já era tarde, entrando-se na paranoia das substituições. Carlos Carneiro (4 golos) enquanto durou foi dos melhores jogadores portugueses, sendo muito bem acompanhado por Tiago Rocha (4 golos) e por José Costa (3 golos), João Ferraz apesar dos seus 4 golos foi demasiado ingénuo ao falhar algumas situações de forma incrível, assim como Pedro Portela, Nuno Grilo neste seu regresso às seleções também não esteve nos seus dias e alguns nem chegaram a entrar. Mas na nossa opinião o jogo foi preparado, parece-nos com excesso de confiança, ou existiram festejos a mais, quando devia de existir era concentração. O Jogo foi dirigido pela dupla húngara constituída por Csaba Kekes e Pal Kekes, que estiveram longe do que pode e deve produzir uma dupla internacional, Faltas de atacante sem critério, 7 metros ficaram alguns por marcar para os dois lados, na Sanção Progressiva o critério não existiu, dizemos para terminar que se uma dupla portuguesa produzisse uma arbitragem com esta qualidade, ninguém se calaria a criticar negativamente, e nós próprios por vezes o fazemos.

Resultados de Portugal
1.ª Jornada
Portugal 26 – 29 Letónia

Calendário de Portugal
2.ª Jornada
Dia 03-11-13
Bósnia Herzegovina – Portugal (17H00)
3.ª Jornada
Dia 02-01-14
Estónia – Portugal
4.ª Jornada
Dia 04/05-01-14
Portugal – Estónia
5.ª Jornada
Dia 08-01-14
Letónia – Portugal (19H05)
6.º Jornada
Dia 11/12-01-14
Portugal – Bósnia Herzegovina
 
Sem deslumbramentos e excessos de confiança, Portugal ficou num Grupo que lhe permitia, ter serias esperanças no apuramento, agora, mais uma vez, ficamos dependentes de terceiros.

O Noticias

Novas Regras … Para Veteranos

A EHF publicou em 23-10-13, uma proposta de modificação das regras para os veteranos, através um documento estrutural e tecnicamente muito bem elaborado e publicado através da sua Comissão de Métodos, por DR. Juan L. Anton Garcia de Espanha. 
È um documento que vale a pena ler e meditar sobre o mesmo, ele encontra-se disponível em PDF neste link.
 
O Regras

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Crónica de Fim-de-semana – 06 – 2013 / 2014 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04, que vai sofrer uma interrupção devido a estágio e participação em torneio na Áustria da seleção nacional de juniores “A”, juntamente com Áustria, Republica Checa e Suíça.
 
PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.
 
Zona Norte
6.ª Jornada - Resultados
CA Leça 19 - 27 Santo Tirso
FC Gaia 25 - 33 Águas Santas
Xico Andebol 23 - 28 ABC.
Ismai 42 - 16 AD Sanjoanense
São Bernardo 38 - 25 AC Fafe
FC Porto 38 - 22 São Mamede

Começam a surgir os resultados desequilibrados, poucos mas já existem. Existem é jogos que são disputados em família, mas é algo que estranhamente está a acontecer no andebol nacional em todos os escalões. O FC Porto que se apresentou em campo com toda a sua “artilharia” venceu sem grandes dificuldades na condição de visitado o São Mamede, mantendo assim intactas todas as esperanças no apuramento para a fase final. Em São Bernardo a equipa local venceu o AC Fafe que apenas deu réplica até cerca de metade do 1.º período, a partir daqui total domínio da equipa da casa que venceu por confortável margem, mantendo-se na corrida ao apuramento. No Dérbi minhoto, esperava-se mais da equipa de Guimarães que jogava em casa, mas os bracarenses do ABC dominaram o encontro de princípio ao fim, não qualquer hipótese ao Xico, de destacar os 10 golos marcados pelo jovem Francisco Albuquerque do ABC, que assim continua a ser a única equipa da zona só com vitórias. Num encontro sem história o Ismai obteve a sua segunda vitória nesta fase ao vencer sem qualquer dificuldade a AD Sanjoanense, num dos tais resultados desequilibrados nesta zona. O Santo Tirso, foi ao recinto do CA Leça, vencer num encontro onde o equilíbrio apenas existiu no primeiro período, num dos jogos com mais assistência na zona (120). O Águas Santas deslocou-se a Gaia, onde venceu um encontro cujo resultado final não traduz as dificuldades porque a equipa passou, ao intervalo vencia apenas por uma diferença de 2 golos (14-12), num encontro com 18 exclusões e 2 desqualificações diretas. Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º ABC (18 pontos), 2.º FC Porto (15 pontos), 3.º São Bernardo (14 pontos), 4.º Xico Andebol e Águas Santas (12 pontos), 6.º Santo Tirso (-1 jogo) e Ismai (11 pontos), 8.º São Mamede (10 pontos).
 
Zona Sul
5.ª Jornada
Juventude Lis 26 - 29 Vitória FC
Benfica 35 - 21 ADC Benavente
Belenenses 32 - 36 Sporting
GS Loures 18 - 22 Passos Manuel
Boa Hora 19 - 20 Alto Moinho

Tal como na se verifica na Zona Norte, também existem muitos encontros que são disputados quase em família. Esta jornada veio ainda confirmar o afirmado na semana transata, ou seja regressaram (esperamos que se mantenham) os jogos equilibrados. Esta jornada englobava um verdadeiro Dérbi lisboeta, o Belenenses / Sporting, que foi presenciado por uma excelente moldura humana, venceu o Sporting, com um resultado aparentemente equilibrado, que não traduz diretamente a superioridade manifestada ao longo do encontro que já vencia ao intervalo por 20-12, e teve em João Ligeiro com os seus 12 golos o seu principal rematador. Em mais um jogo equilibrado o Vitória FC foi a Leiria vencer a Juventude Lis, num encontro que teve como protagonistas os jovens Bruno Amaral da Juventude Lis e José Machuqueiro do Vitória ambos com 12 golos. O Benfica num encontro sem história venceu o ADC Benavente num dos tais jogos em família, tal o número de espectadores presentes. O Passos Manuel, que com “pezinhos de lã” lá vai indo sem derrotas, jogou com uma das equipas mais fracas da zona na condição de visitante e venceu com alguma dificuldade, mas continua sendo uma das equipas que ainda só contabiliza vitórias, o destaque neste encontro é o número de exclusões 18, acompanhadas por uma desqualificação, mas curiosamente não existe relatório disciplinar (não é obrigatória, mas é estranho). O Boa Hora recebeu o Alto Moinho e ainda não foi desta vez que venceu o seu primeiro jogo, foi um encontro de grande equilíbrio com o resultado final a pender para o Alto Moinho pela diferença mínima (mais um jogo em família).De destacar nesta zona, que três equipas ainda não tem derrotas (Sporting, Benfica e Passos Manuel) e que duas equipas ainda não contabilizam vitórias (Boa Hora e GS Loures). Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º Sporting, Benfica e Passos Manuel (15 pontos), 4.º Benavente (10 pontos), 5.º Vitória FC, Belenenses e Juventude Lis (9 pontos), 8.º Alto Moinho (7 pontos).
 
O Noticias

Congresso da IHF – 2013 - II

XXXIV CONGRESSO ORDINÁRIO DA IHF (Tudo na Mesma)

Decorreu entre 23 e 28 de Outubro na cidade de Doha no Qatar, não só o XXXIV do Congresso Ordinário da IHF, onde foram (re)eleitos todos os Órgãos que dirigem a IHF. 
 
E a única noticia que foi publicada no site da FAP, diz essencialmente respeito à eleição do Presidente da Federação como um dos dois auditores internos da IHF, posteriormente informaram da atribuição de alguns campeonatos, o que em princípio significa que apesar da não notícia, Portugal esteve representado. 
 
Relembra-se que as ultimas eleições se realizaram no Cairo em 2009, onde o atual e “contestado” presidente, o egípcio Hassan Moustafa foi reeleito por ampla margem como presidente da IHF, ao obter 115 votos favoráveis contra os 25 obtidos pelo Luxemburguês Jean Kaiser. Hassan Moustafa está na presidência da IHF desde 2000, e assim vai continuar, pelo menos até 2017. Até o controverso tesoureiro da IHF o Croata Sandi Sola foi reeleito
 
Segundo informação no portal da FAP, Portugal mantém as anteriores representações, ou seja os Dr. Miguel Fernandes e Dr. Juiz Pedro Mourão continuam a fazer parte das Comissão Arbitral e do Tribunal Arbitral respectivamente. Os nossos parabéns a todos os portugueses eleitos, sem exceção.
 
Lista dos Eleitos
Presidente - Dr. Hassan Moustafa (EGY)
1.º Vice-Presidente – Miguel Rocca Mas (ESP)
Tesoureiro - Sandi Sola (CRO)

Membros do Comitê Executivo - Joel Delplanque (FRA) e Frantisek Taborsky (CZE)

Presidente do COC - Leon Kalin (SLO)
Presidente da PRC - Manfred Prause (GER)
Presidente do CCM - Naser Saleh Abu Marzouq (Arábia)
Presidente do MC - Dr Francois Gnamian (CIV)
Presidente do CD - Rafael Sepulveda (PUR)
Presidente da EC - Göran Pettersson (SWE) (a)
Presidente do Tribunal Arbitral - Zoran Ramos (MNE)
Presidente da Comissão Arbitral - Velimir Marjanovic (SRB)
Auditores internos (2) - Günal Ensari (TUR) e Ulisses Pereira (POR)

(a)   – Comissão de ética, recentemente criada
 
Foram ainda aceites 18 novos membros, assim a IHF passou a contar com 199 Membros.
 
      Durante a realização do Congresso a IHF, efetuou ainda a sua 11.ª Reunião do Conselho Executivo. Onde entre outros foram tomadas as seguintes decisões, segundo informação da própria IHF: 

  • Atribuição da organização dos próximos Campeonato Mundial jovens (ambos os sexos)
Campeonato Mundial Júnior de masculino - 2015
Campeonato Mundial da Juventude masculino - 2015
Campeonato Mundial júnior feminino – 2016 – Rússia
Campeonato Mundial Juvenil feminino – 2016 - Eslováquia
Campeonato Mundial Júnior masculino - 2017
Campeonato Mundial da Juventude masculino – 2017 – Geórgia  

Nota – Os Mundiais de 2015 e o Mundial Júnior Masculino de 2017 serão decididos pelo Comité Executivo. 
  • O Próximo Congresso Ordinário 2015 IHF, será em Budapeste na Hungria.
  • Foi ainda decidido:
Campeonato Mundial Masculino 2019 – Dinamarca/Alemanha
Campeonato Mundial Feminino 2019 – Japão

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Crónica de Fim-de-semana – 07 – 2013 / 2014 - II

Crónica dedicada á PO02.
 
Como se deve também falar na positiva, devemos dizer que nesta jornada foram raras as anomalias nos boletins de jogo.
 
PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Zona Norte - Resultados
7.ª Jornada
FC Porto "B" 31 - 27 Fermentões
Académico FC 27 - 35 Marítimo
AD Sanjoanense 20 - 32 Santo Tirso 12 -18 Mau BJ
São Mamede 33 - 31 FC Infesta
SP Oleiros 23 – 25 FC Gaia
Santana 26 - 29 Xico Andebol
Modicus 25 - 30 São Bernardo

Zona, onde certamente a experiencia irá ditar os apuramentos (na nossa opinião), verificou-se mais alguns resultados que demonstram o equilíbrio existente na zona. No Dérbi de Infesta, venceu a equipa visitada, num pavilhão bem composto, com o resultado totalmente construído no primeiro tempo (17-11). Em Oleiros em mais um pavilhão bem composto de público, e num encontro onde os locais venciam ao intervalo por 7 golos de diferença, acabaram por perder, muito contribuindo para esta derrota os 12 golos de Pedro Garcia do FC Gaia. O Xico Andebol, provavelmente um dos grandes favoritos ao apuramento para a fase final, foi vencer o Santana na condição de visitante, onde nem os 12 golos concretizados por Gustava de Almeida foram suficientes para o Santana obter um resultado positivo. Mais um encontro onde o equilíbrio foi a dominante estamos a referir-nos ao Modicus / São Bernardo, que registava uma igualdade a 13 golos ao intervalo, mas terminou com a vitória da equipa de Aveiro. O FC Porto que se apresentou com toda a sua “artilharia”, não grande dificuldade em vencer o CCR Fermentões, construindo a vitória no primeiro período, para depois fazer uma gestão do plantel. No Lima o ambiente continua “pesado” e a equipa está com grande dificuldade em encontrar-se, continuando a não registar qualquer vitória, e desta vez o Marítimo que foi o seu adversário não lhe deu qualquer hipótese de reação, vencendo e convencendo, com Marco Abreu a contribuir para a vitória com 10 golos. Em São João da Madeira o Santo Tirso obteve a vitória mais dilatada da jornada. Após destes jogos a classificação ficou assim ordenada, (apenas até ao 6.º Lugar): 1.º São Mamede, FC Porto “B” (+ 1 jogo) e Xico Andebol (20 pontos), 4.º Santo Tirso (17 pontos), 5.º Marítimo (- 1 jogo) e Santana (15 pontos).

Zona Sul – Resultados
1.ª Jornada
Sismaria 26 – 27 CDE Camões
7.ª Jornada
Benfica "B" 31 - 17 Samora Correia
CDE Camões 24 - 19 IFC Torrense
Vela Tavira 17 - 28 Boa Hora
Alto Moinho 23 - 29 Ginásio Sul
Sismaria 30 - 34 ADC Benavente
Vitória FC 29 - 21 NA Redondo
CD Marienses - Ílhavo (?????)

O Fim-de-semana, teve um jogo de acerto de calendário, onde o Camões foi ao Sismaria vencer num jogo equilibrado, pela margem mínima, de destacar na equipa do Sismaria o 10 golos do Luís Portela, que não chegaram para levar a sua equipa á vitória, numa época onde está a efetuar uma prova bastante longe das espectativas. O Camões que teve uma jornada dupla, já que na véspera tinha defrontado e vencido um irreconhecível Torrense, que na nossa opinião está a fazer até ao momento uma época longe das espectativas. Esta jornada está marcada por um jogo que não se realizou, e nós temos informações dos motivos, pois no portal da FAP, até as nomeações dos árbitros foram retiradas, estamos a referir-nos ao CD Marienses / Ílhavo. O Boa Hora foi a Tavira defrontar e vencer por uma margem que apenas será surpreendente para quem não acompanha a prova, pois a equipa de Lisboa defrontou uma das mais fracas equipas desta zona, contabilizando apenas uma vitória. Outras das equipas que como referimos várias vezes tem sido surpresa pela negativa e até ao momento apenas contabiliza derrotas, e no fim-de-semana não foi diferente, pois deslocou-se a Setúbal onde defrontou o Vitória FC e sofreu mais uma derrota. O Sismaria que também teve jornada dupla, sofreu em casa mais uma derrota, desta vez com o ADC Benavente, onde mais vez Ricardo Barrão com os seus 14 golos, continua a ser o seu mais influente jogador. Num encontro entre vizinhos o Ginásio Sul foi ao Alto Moinho, um encontro que dominou em toda a linha, e em especial durante o primeiro tempo. Por último o encontro que nos merece menos comentários pois a superioridade dos encarnados é por demais evidente, estamos a referir-nos ao Benfica / Samora Correia. Uma referência especial para esta jornada onde não se registou nenhum encontro na zona com relatório disciplinar. Após esta jornada a classificação, esta assim ordenada até ao 6.º Lugar: 1.º Benfica “B” (21 pontos), 2.º Boa Hora (- 1 jogo) e ADC Benavente (18 pontos), 4.º CDE Camões (17 pontos), 5.º Vitória FC (16 pontos), 6.º IFC Torrense (13 pontos).
 
O Banhadas Andebol

domingo, 27 de outubro de 2013

Europeu 2014 – Seniores Femininos - IV

Portugal jogou a 2.ª Jornada do seu Grupo (3) de apuramento para a Fase Final do Euro 2014 que vai decorrer de 7 a 21 de Dezembro na Croácia e Hungria em organização conjunta, com a disputa do encontro com Montenegro, “apenas” o último campeão Europeu.
 
2.ª DERROTA DE PORTUGAL AGORA FRENTE A MONTENEGRO
 
Portugal efetuou o seu o seu primeiro jogo em casa, jogando na Cidade de Coimbra, cujo pavilhão em termos de publico ficou aquém do se poderia esperar, e o jogo que a nossa equipa fez, merecia mais apoio.  
Depois do jogo disputado na primeira jornada, certamente que ninguém estaria á espera de ver uma equipa portuguesa, jogar como o fez diante as Campeãs da Europa. E se mais longe não fomos, foi na nossa opinião o clima que a partir de determinado momento se gerou na nossa equipa, onde na nossa opinião a troca de guarda-redes não nos beneficiou em nada, assim como uma certa quebra física nos momentos finais. A juventude incluída na equipa, provou que nada fica a dever às mais velhas e demonstrou em alguns momentos mais vontade e menos medo das adversárias que as jogadoras mais antigas nestas “andanças”, e foi pena, pois apesar de tudo conseguimos criar grandes problemas á equipa de Montenegro, obrigando o seu técnico a usar todos os argumentos que tinha, se queria sair daqui com uma vitória. Esta derrota em nada desprestigia o Andebol feminino, bem pelo contrário é a prova de que possuímos uma nova geração de atletas que nos poderá “a ver vamos” trazer algumas alegrias em termos de seleção. Portugal usou sistemas defensivos muito abertos e agressivos, que são sistemas que por natureza provocam um grande desgaste físico, mas criamos alguns espaços entre linhas que foram fatais, Montenegro concretizou a grande maioria dos golos aos 6 metros e com entradas de ponta. Portugal que teve uma Vera Lopes com 8 golos, esteve soberba nas ações de 1.ª linha, onde foi excecionalmente bem acompanhada pela jovem Sandra Santiago com 4 golos, e teve ainda uma Patrícia Rodrigues também com 4 golos em bom plano, de referir ainda o bom trabalho na baliza de Portugal da jovem Isabel Góis. Na equipa Montenegrina apesar de tudo e do maior destaque ser sem dúvida a equipa não poderemos deixar de referir Petrovic com 7 golos, tal como Radicevic. Finalmente diremos, que o momento alto do encontro situou-se cerca dos 37 minutos quando Portugal passou para a frente do marcador (12-11). Dirigiu o encontro a dupla feminina norueguesa constituída por Kjersti Arntsen e Guro Röen, que num jogo fácil de dirigir, não complicaram e tiveram um critério largo nos 7 metros, embora na nossa opinião o seu ponto mais fraco fosse o Jogo Passivo.
 
Resultados do Grupo:
1ª Jornada
Montenegro 25 – 21 Polónia
Rep. Checa 35 – 20 Portugal

2ª Jornada
Portugal 24 29 Montenegro
Polónia - Rep. Checa (17H30)

Calendário do Grupo:
3ª Jornada
Dia 26/27-03-14
Rep. Checa - Montenegro
Portugal - Polónia

4ª Jornada
Dia 29/30-03-14
Montenegro - Rep. Checa
Polónia - Portugal

5ª Jornada
Dia 11/12-06-14
Polónia - Montenegro
Portugal - Rep. Checa

6ª Jornada
Dia 14/15-06-14
Montenegro - Portugal
Rep. Checa - Polónia

Nota - No Grupo 3 (de Portugal) constituído por: Montenegro, República Checa, Polónia e Portugal. São apuradas duas equipas.

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2013 / 2014 – VI

A EHF procedeu a novas nomeações para as suas provas Europeias. Voltamos ao antigamente e regressamos à crítica, face á falta de critérios e ao não tratamento de todos da mesma forma. Continuaremos a estar atentos aos critérios.
 
Delegados
João Costa - Foi nomeado, para o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Eliminatória da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Voc Amesterdam (Holanda) e o Ipress Center-Vac (Hungria), na Holanda no dia 16-11-13.
 
Manuel da Conceição - Foi nomeado, para os encontros da 1.ª Mão da 3.ª Eliminatória da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Rocasa Ace Gran Canaria (Espanha) e o HC Gomel (Bielorrússia), em Espanha no 10-11-13.
 
Árbitros 
Daniel Freitas / César Carvalho – Foram nomeados para dirigir o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Eliminatória da CUP Winner’s CUP Feminina, que se disputa entre o Mecalia Atletico Guardes (Espanha) e o Zvezda Zvenigorod (Rússia), em Espanha no dia 17-11-13.
 
Daniel Martins / Roberto Martins – Foram nomeados para dirigir o encontro da 1.ª Mão da 3.ª Eliminatória da CUP Winner’s CUP Feminina, que se disputa entre o Stercodak Dalfsen (Holanda) e o ERD (Hungria), na Holanda no dia 10-11-13.
 
Aos nomeados endereçamos os nossos parabéns, e os desejos de que tudo corra pelo melhor.
 
O Regras

sábado, 26 de outubro de 2013

Crónica de Fim-de-semana – 12 – 2013 / 2014 – I – Atualizada

Em mais uma jornada, que é bastante dividida, disputando-se em diversos dias pelo facto da participação das equipas portuguesas nas diversas competições Europeias.
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
9.ª Jornada
Passos Manuel 22 – 25 FC Porto
ABC 32 – 23 Águas Santas
Madeira SAD 29 – 34 Sporting
Ismai 28 - 36 Benfica
SC Horta 28 - 19 AA Avanca
AC Fafe 20 - 25 Belenenses

Jornada que iniciou com a realização de três jogos no dia 23-10-13, dos quais, o primeiro foi o Passos Manuel / FC Porto, com a equipa da Liga dos Campeões a deslocar-se a casa dos Liceais, para vencer naturalmente. No Funchal tivemos um Madeira SAD / Sporting, onde o favoritismo pendia para a equipa lisboeta, que veio a confirmar-se, embora seja de salientar o equilíbrio verificado durante o primeiro período de jogo, com o resultado ao intervalo a registar a diferença mínima a favor dos Madeirenses (15-14), surpreendendo com a sua organização a equipa leonina. No segundo tempo as mais-valias vieram ao de cima e com Pedro Solha a ser uma grandes figuras do encontro com os seus 11 golos e com a curiosidade de desta vez não ter falhado nenhum livre de 7 metros (3/3), a equipa lisboeta apesar de apenas se ter deslocado com 12 jogadores, e todos terem participado no encontro com a curiosidade de apenas os guarda-redes não terem obtido nenhum golo. Na equipa do Madeira SAD, começa a notar-se o trabalho que está a ser feito, e apresentando-se com 14 jogadores, teve mais uma vez em João Mendes com 6 golos o seu elemento mais em evidência, pois também foi ele que cometeu mais falhas técnicas e mais assistências, mas que acaba por ter em Luís Nabais (4 golos) o seu elemento mais produtivo. No Flávio Sá Leite em Braga, defrontaram-se duas das equipas que lutam pelos 6 primeiros lugares da classificação, e por uma classificação final que permita o acesso a uma competição europeia na próxima época o ABC / Águas Santas, que terminou com a vitória folgada da equipa bracarense, confirmando o bom momento que vai atravessando e bom trabalho que o seu técnico tem vindo a efetuar. Foi um encontro de total domínio bracarense que comandou praticamente sempre o marcador, de tal forma que no final do primeiro tempo já vencia por 17-13, O segundo período não variou muito, apesar da desqualificação de Hugo Rocha por acumulação de exclusões de 2 minutos. O ABC com 1.ª linha de fazer de inveja a mito boa gente a atuar em bom plano fez toda a diferença, pois a mesma não se resume só a um jogador são vários desde Nuno Grilo (6 golos) ao jovem Nuno Rebelo (7 golos) ao eficaz Pedro Marques (6 golos), que são jogadores que não se limitam a marcar mas a assistir e a fazer jogar, sendo ainda por cima bem acompanhados por dois guarda-redes de elevada eficácia (Humberto Gomes e Bruno Dias). No Águas Santas apenas o suspeito do costume esteve ao seu nível, estamos certamente a referirmo-nos ao Pedro Cruz (9 golos).  (em 24-10-13) Tivemos o Ismai / Benfica, disputado na Maia, com uma razoável assistência para o tempo que fazia, e que terminou com a natural vitória do Benfica e grande favorito do jogo. A equipa lisboeta só conseguiu cris um diferencial seguro a partir dos cerca de 20 minutos pois até aí o Ismai tinha proporcionado uma razoável replica nunca deixando o resultado dilatar mais de 2 a 3 golos, mas a partir todo se complicou, com Sérgio Caniço a não estar nos seus dias, assim com Hugo Figueira que terminou com uma eficácia muito abaixo do será normal para um guarda-redes com o seu estatuto. A grande figura dos maiatos foi António Ventura que não foi apenas o melhor marcador da equipa com 7 golos, como foi o seu jogador com ações mais positivas quer a defender quer a atacar, mas Manuel Borges na baliza, merece uma referência especial pelo seu contributo, e pela eficácia que atingiu embora tenha estado pouco tempo em campo. Foi um jogo onde o número de faltas técnicas existentes (34) não abona a favor de nenhuma das equipas. O Benfica, que pretende nesta altura da prova e nestes encontros onde é teoricamente e na prática mais favorito, dar tempo de jogo aos seus jovens atletas, mas parece-nos que é um tipo de cultura desportiva que dificilmente será implementada. Por exemplo, porque será que o jovem Miguel Moreira apenas entrou em campo durante a execução de um livre de 7 metros, e não teve mais tempo de jogo. Carlos Carneiro quando quer, é na realidade um extraordinário jogador, sendo na nossa opinião o melhor jogador em campo, já que na sua equipa além de ser o melhor marcador com 9 golos, jogou, assistiu e fez jogar, esteve muito bem acompanhado por Cláudio Pedroso (7 golos), que é um lateral que quando as lesões o deixam é um perigo constante. Neste jogo o Benfica não teve um José Costa nos seus dias. A Jornada terminou com a disputa dos dois jogos em falta, um o AC Fafe / Belenenses, foi um encontro onde a equipa do Restelo comandou praticamente sempre o marcador, que com esta vitória ultrapassou o seu adversário na classificação geral, que continua a registar apenas duas vitórias até ao momento. Foi um encontro em que a equipa do Belenenses teve um aproveitamento a 100% da zona dos 6 metros, tendo Rui Silva e Edgar Landim com 5 golos os eus melhores marcadores, porque Luís Nunes (3 golos) neste regresso a Fafe não foi feliz com um aproveitamento muito abaixo do que pode e sabe. Já na equipa do AC Fafe mais uma vez o Jovem Pedro Peneda foi juntamente com um dos reforços da época Nuno Pimento os melhores marcadores da equipa com 6 golos, mas Pedro Peneda cometeu na nossa opinião um excesso de falhas técnicas, o que comprometeu o seu índice de eficácia. Destacar ainda neste encontro a eficácia dos dois guarda-redes que estiveram muito próximas, No Belenenses o “veterano” Vasco Ribeiro que atuou todo tempo teve 38% e Miguel Marinho que também esteve os 60 minutos na baliza do AC Fafe 36%. O outro encontro que faltava para a jornada estar concluída foi o SC Horta / AA Avanca, onde apesar do bom começo dos insulares, AA Avanca foi progressivamente equilibrando o encontro chegando a atingir a igualdade a 9 golos, mas uma boa reação dos açorianos levou a que o encontro chega-se ao fim dos primeiros 30 minutos na frente do marcador 11-9. Com um excelente início nos segundos 30 minutos rapidamente a equipa insular se adiantou no marcador, com Milos (9 golos), a ser um autentico “quebra-cabeças” para a equipa do Avanca, o diferencial que se estabeleceu (10 golos por exemplo 28-18), veio colocar em evidência as fragilidades da equipa do Avanca com uma nítida quebra física anímica no segundo período de jogo. Após a conclusão desta jornada a classificação ficou assim estabelecida: 1.º Benfica, Sporting, ABC (23 pontos), 4.º (FC Porto (22 pontos – 1 jogo), 5.º Águas Santas (21 pontos), 6.º SC Horta (16 pontos – 1 jogo),7.º Madeira SAD (15 pontos – 1 jogo), e 9.º Belenenses (15 pontos), 9.º AC Fafe (14 pontos), 10.º Passos Manuel (12 pontos - 1 jogo), 11.º Ismai e Avanca (10 pontos - 1 jogos).

Passos Manuel 22 – 25 FC Porto

Numa noite nada simpática, para o público, mas que correspondeu as expectativas e compareceu em número apreciável, no pavilhão da Quinta de Marrocos em Lisboa para presenciar o encontro entre o Passos Manuel, frente a uma, senão a melhor equipa Nacional de momento. O FC Porto apresentou-se com um jogo que não é o habitual, jogando a baixa velocidade e com bastantes falhas no ataque, e na defesa o QB era a ordem porque a equipa se regia, esta forma de estar demonstrando na nossa opinião um excesso de confiança, permitiu ao adversário equilibrar o encontro, embora o comando do marcador fosse quase sempre a partir dos 15 minutos da equipa do norte, mas sem nunca conseguir uma vantagem que lhe desse algum conforto, pois durante os 30 minutos iniciais a vantagem máxima foi de apenas 3 golos, e foram sempre recuperáveis pelos liceais, que terminaram os 30 minutos iniciais com uma igualdade a 12 golos obtida através da conversão de livre de 7 metros em cima dos 30 minutos. De referir que neste período de jogo Bélone Moreira esteve muito abaixo do que pode e sabe fazer, sendo a grande figura do jogo o Guarda-redes do Passos Manuel Alexandre Moura. Nos segundos 30 minutos o FC Porto, só conseguiu começar a sua desejada gestão do Plantel a partir dos 51minutos quando colocou o resultado em 22-17 a seu favor, chegando aos 24-18 cerca dos 55 minutos, para depois permitir nova recuperação, mas que já não faria perigar certamente a aquisição dos preciosos 3 pontos. No FC Porto Tiago Rocha com 5 golos e várias ações defensivas demonstrou a boa forma em que se encontra, sendo muito bem acompanhado por Miguel Sarmento com 4 golos, e que foi o natural substituto do lesionado Ricardo Moreira. Continuamos a pensar que Gilberto Duarte não se encontra na sua forma habitual e que bastante falta nos vai fazer na atividade que se aproxima da seleção nacional. Um Facto sempre de salientar neste jogos foi o respeito com que as equipas se defrontaram num piso que face ás condições atmosféricas se apresentou demasiado escorregadio, obrigando a inúmeras paragens para limpeza. E anormalidade que deveria ser uma “norma”, foi um encontro com apenas uma exclusão. Dirigiu o encontro a dupla lisboeta constituída por Nuno Gonçalo e Nuno Santos, que apesar do comportamento das equipas lhes te facilitado o trabalho, também souberam não complicar, mas desta vez foram demasiado permissivos na conduta para com a adversário, falharam na Falta do Atacante mais vezes do seria de esperar.

O Banhadas Andebol             

Congresso da IHF – 2013 - I

XXXIV CONGRESSO ORDINÁRIO DA IHF
Esta a decorrer entre 23 e 28 de Outubro na cidade de Doha no Qatar, não só o XXXIV do Congresso Ordinário da IHF, onde serão eleitos todos os Órgãos que dirigem a IHF. Alé de outros assuntos de interesse para a modalidade.

Relembra-se que as ultimas eleições se realizaram no Cairo em 2009, onde o atual e “contestado” presidente, o egípcio Hassan Moustafa foi reeleito por ampla margem como presidente da IHF, ao obter 115 votos favoráveis contra os 25 obtidos pelo Luxemburguês Jean Kaiser. Hassan Moustafa está na presidência da IHF desde 2000.

Seria importante saber quais os nomes constantes das listas que provavelmente o atual presidente já teria distribuído, para o próximo ato eleitoral.

Pela nossa parte ninguém sabe se Portugal estará representado? E por quem? Porque como todos sabemos chegando a esta altura já está tudo “cozinhado” em “banho-maria”. Mas como a informação no Portal da FAP é pouca existem temas que nem vale a pena tocar e este será provavelmente um de deles. Mais uma vez é Pena…
 
Durante a realização do Congresso a IHF, efetuou ainda a sua 11.ª Reunião do Conselho Executivo. Onde entre outros foram tratados seguintes temas, segundo informação da própria IHF:
  • Transferências Internacionais
  • Regras de jogo
  • Decidiu ainda que após a eleição dos novos membros e em nova reunião do Concelho executivo, será decidido a concessão de organização das seguintes provas:
Campeonato Mundial Masculino 2019 – São candidatos: Dinamarca/Alemanha, Noruega, Polónia. Suécia, Eslováquia/Hungria.
Campeonato Mundial Feminino 2019 – São candidatos: Japão e Noruega.

Nota – Já durante o congresso Suécia e Noruega retiraram as suas candidaturas ao Campeonato Masculino

Outros temas que serão discutidos, segundo Informação da própria IHF
  • Admissão de novos membros
  • Atribuição da organização dos próximos Campeonato Mundial jovens (ambos os sexos)

Campeonato Mundial Júnior de masculino - 2015
Campeonato Mundial da Juventude masculino - 2015
Campeonato Mundial júnior feminino - 2016
Campeonato Mundial Juvenil de feminino - 2016
Campeonato Mundial Júnior de masculino - 2017
Campeonato Mundial da Juventude masculino - 2017

  • Designação da cidade anfitriã do Congresso Ordinário 2015 IHF.
O Banhadas Andebol

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Campeonato do Mundo Qatar – 2015 – VII

Portugal vai iniciar sua longa e porque não “penosa” no sentido de que o apuramento não vai ser fácil, participação no seu Grupo de qualificação para o Play Off relativo aos apuramentos Europeus, para o Mundial de 2015 no Qatar.
 
A Europa tem direito a 12 equipas, pois a 13 equipa está diretamente apurada por ser a Campeã em Titulo a Espanha.
 
Convém lembrar de que as três equipas melhores classificadas no Euro 2014, estão diretamente qualificadas para o Mundial de 2015, significando que ficam 9 vagas por decidir, e cuja decisão final será feita através de um Play Off com 18 equipas em Junho de 2014.
 
12 Equipas estão automaticamente apuradas para o Play Off, através da sua classificação no Euro 2014, o que significa que apenas existem 6 lugares disponíveis para os Play Off. 
 
Participamos disputando o Grupo 5, que é constituído por: Portugal, Bósnia Herzegovina, Letónia e Estónia. 
O Vencedor de cada Grupo passará para a Qualificação 2 (Play Off) a que juntará por decisão igualmente da EHF a equipa Alemã.
 
Os Jogadores Convocados, para o estágio que antecede os jogos e para os jogos é, sem comentários: 
Calendário de Portugal

1.ª Jornada
Dia 30-10-13
Portugal – Letónia (21H00) Nazaré
2.ª Jornada
Dia 03-11-13
Bósnia Herzegovina – Portugal (17H00)
3.ª Jornada
Dia 02-01-14
Estónia – Portugal
4.ª Jornada
Dia 04/05-01-14
Portugal – Estónia
5.ª Jornada
Dia 08-01-14
Letónia – Portugal (19H05)
6.º Jornada
Dia 11/12-01-14
Portugal – Bósnia Herzegovina
 
Sem deslumbramentos e excessos de confiança, Portugal ficou num Grupo que lhe permite, ter serias esperanças no apuramento.

Boa sorte são os nossos desejos.

O Noticias

Informação – Clubes – GF Empregados Comércio (Caixeiros)

ESTÁGIO DE EMPREGO – URGENTE
Procuramos licenciado em desporto, com conhecimentos no andebol, para estágio profissional renumerado de 12 meses. 
O Grupo de Futebol dos Empregados no Comércio de Santarém, procura para estágio profissional de 40 horas semanais (8h diárias) durante 12 meses, licenciado em Desporto, que esteja inscrito no IEFP.

Para candidatura envie o seu currículo para:
(texto GFEC)
O Noticias

Informação – Clubes – AD Sanjoanense

BAMBIS E MINIS EM SÃO JOÃO DA MADEIRA
O Andebol da A. D. Sanjoanense, organiza no próximo dia 27 um Mega encontro de Bambis e Minis de ambos sexos, em São João da Madeira.

Gostaríamos imenso de contar com a presença do seu clube.
Garantimos diversão todo o dia, começando as 9h30 e terminando as 18h.
O pavilhão será o espetacular pavilhão das travessas, que possui 4 recintos de jogo.
O único encargo para os clubes será o almoço, que estamos a propor, que todos os atletas tragam de casa para fazermos um mega picnic.
O nosso bar também irá ter porco no espeto e outras especialidades, contudo isso requer o respetivo pagamento.
Será um bom momento de andebol, e para isso não deixe de participar com o seu clube.
Confirmem por favor a presença para o email, José Silva <zp.santossilva@gmail.com> ou para andebolsanjoanense@gmail.com.
 (Informação da AD Sanjoanense)
O Noticias

Informação - Clubes - Diversa

ND AMADOR POMBAL
O Noticias

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Europeu 2014 – Seniores Femininos - III

Portugal iniciou a sua participação no Grupo 3 de apuramento para a Fase Final do Euro 2014 que vai decorrer de 7 a 21 de Dezembro na Croácia e Hungria em organização conjunta, com a disputa do encontro referente á 1.ª Jornada, com a Rep. Checa na condicção de visitante.
 
Nota - O Grupo 3 (de Portugal) é constituído por: Montenegro, República Checa, Polónia e Portugal. Sendo apuradas duas equipas.
 
PORTUGAL PERDE NA RÉPUBLICA CHECA
 
O Jogo foi disputado na Républica Checa, onde a Selecção da casa “cilindrou completamente a a equipa Portuguesa, por um resultado qu surpreende tdoa a gente (nós incluídos) a diferença final (15 golos) verificada será sinonimo da diferença existente entre as duas equipas? Pensamos que não. No entanto é esclarecedor o fato de aos 15 minutos de jogo apenas termos concretizado 2 golos (10-2), a aptir daqui apenas se pode inferir que face ao resultado final, foi um caminhar profundo para o abismo, conforme o tempo ia passando, sendo o resultado ao intervalo uma confirmação das nossas afirmações (17-8). Portugal nunca se conseguiu controlar emocionalmente. Neuza valente foi a melhor marcadora da equipa Nacional com 4 golos. Aguardmos agora pelo próximo jogo em território Nacional, para se fazer uma avaliação mais correcta. 
Resultados do Grupo:
 
1ª Jornada
Montenegro 25 – 21 Polónia
Rep. Checa 35 – 20 Portugal

Calendário do Grupo:
2ª Jornada
Dia 27-10-13
Portugal - Montenegro (15H00) Andebol TV e Bola TV (Multiusos de Coimbra)
Polónia - Rep. Checa (17H30)

Portugal efetuará o seu primiero jogo em casa, jogando na Cidade de Coimbra, que será certamente uma forma, (pensamos nós) de levar o andebol aquela região numa tentativa de que possa existir uma evtual dinamização do mesmo. No entanto não deverá ser talvez o ambiente que a equipa vai necessitar para se superar a si própria.

3ª Jornada
Dia 26/27-03-14
Rep. Checa - Montenegro
Portugal - Polónia

4ª Jornada
Dia 29/30-03-14
Montenegro - Rep. Checa
Polónia - Portugal

5
ª Jornada
Dia 11/12-06-14
Polónia - Montenegro
Portugal - Rep. Checa

6ª Jornada
Dia 14/15-06-14
Montenegro - Portugal
Rep. Checa - Polónia

O Banhadas Andebol