gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 31 de julho de 2012

Arbitragem – Classificações - 2011 / 2012

O CA da FAP (que não sabíamos que existia), emitiu em 13-07-12, mas apenas publicada no site da Federação em 18-07-12, uma Circular chamada de Encerramento da Época, a que deu o a designação de Circular n.º 18, no entanto numeração já tinha sido atribuída a uma Circular publicada em 9-01-12 e cujo conteúdo estava relacionado com Torneio das 4 Nações, e esta época já tinha publicado a Circular n.º 19, algo vai mal no reino administrativo do CA…

A Circular publicada em 18-04-12, refere na sua essência as classificações obtidas pelos quadros de arbitragem na época 2011 / 2012, descreve as duplas que perderam a sua categoria por não terem dupla (uma aberração Regulamentar), as que descem por supostamente possuírem avaliação inferior a 50% (Artigo 47 ponto 13 do Titulo 15), mas na verdade os nomes que enquadram, nem classificação têm e existem muito mais quadros abaixo dos tais 50 % que nem sequer estão enquadrados e nada é referido na Circular. Estranho…Descreve ainda quadros que passam a Regionais, sem fazer o respectivo enquadramento Regulamentar, mas que na realidade não possuem também classificação.

Publicamos apenas como referencia a tabela classificativa da Categoria de Nível 4, sem comentários:
A Circular entra depois numa grande habilidade, pois não descreve quem desce efectivamente de categoria, por força das classificações obtidas, informando apenas de quem vai ocupar as vagas nas diversas categorias. Esta é uma forma habilidosa de esconder quem desce. Pois no anexo que acompanha a circular são descritos quais os candidatos a ocuparem as vagas existentes. Dizer ainda que os critérios seguidos não foram uniformes, pois duplas que nem pontuação têm, mas mantêm a Categoria, existem ainda casos em que duplas com inferior avaliação mantem a categoria, o que prova que os critérios estabelecidos são pouco objectivos, Existindo até uma dupla que ocupa uma vaga (Bruno Ferreira / Pedro bastos em N2), que nem consta do Anexo 2 como candidata,
Assim:

Nível 4 – Descem ao Nível 3

Flávio Carvalho / João Malhado (Leiria)
Bruno Rodrigues / Carlos Capela (Aveiro)

Nível 3 – Descem ao Nível 2

Joaquim Diogo / João Baleiza (Portalegre)

Nível 2 – Descem ao Nível 1

Erica Krithinas / Jorge Barradas (Lisboa/Setúbal)

Poderíamos comentar as descidas mas significativas, pois os encontros que dirigiram na PO01, num total de 15 por dupla, nada o fazia prever. Estranha-se ainda que as duplas internacionais, não tenham avaliação, e as informações dos relatórios da IHF e EHF, servem para quê, esta atitude pode significar o perpetuar da sua categoria, e as outras duplas que dirão?

Ficaremos aguardando os desenvolvimentos, e a publicação das duplas para a época que agora se vai iniciar.

O Regras

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Alterações e Novos Regulamentos na FAP – 2012 - I

Em 23 de Julho o portal da FAP publicou uma notícia sobre a divulgação dos novos Regulamentos Específicos das Provas “Regulamentos desportivos das provas nacionais já disponíveis no Portal”, que satisfaz plenamente todos os adeptos da modalidade, pois finalmente todos os sorteios serão realizados conhecendo-se os respectivos Regulamentos de Provas. Mas eis que no meio do texto publicado somos informados de que o Titulo 11 (Dos Jogos em Geral) e o Sub Titulo 4 do referido Titulo (Participação de Clubes com mais de uma equipa), vulgarmente conhecido pelas equipas “A” e “B”, tinham sofrido alterações. E que as mesmas já encontravam publicadas nos documentos que se encontram á disposição no portal.

Estas alterações foram aprovadas em reunião de Direcção de 17-07-2012, a direcção da FAP, publicou já as mesmas como facto consumado, esquecendo-se do conteúdo dos Pontos 2 e 3 do Artigo 57 dos Estatutos, que aqui relembramos.

2. Por requerimento subscrito por um mínimo de 20% dos delegados da Assembleia-Geral pode ser solicitada a apreciação, para efeitos de cessação da sua vigência ou de aprovação de alterações, de todos os regulamentos federativos, com excepção dos regulamentos de arbitragem e de disciplina da Liga Portuguesa de Andebol, sujeitos a ratificação nos termos da lei, caso exista uma competição de natureza profissional e aquela exerça efectivamente as competências por delegação da Federação, de gestão e organização da competição profissional.

3. O requerimento referido no número anterior deve ser apresentado no prazo de 30 dias após a aprovação do regulamento em causa e a respectiva aprovação só pode produzir efeitos a partir do início da época desportiva seguinte.”

Significando que as alterações introduzidas, só passados 30 dias após a sua aprovação em reunião de direcção terão validade jurídica.

Mas embora se saiba previamente que este texto irá sofrer enormes criticas, por não estarmos em sintonia com o poder instituído, não deixaremos de criticar e denunciar o que entende-mos, esteja mal ou menos bem, para rectificação futura.

Assim criticamos o facto de FAP, não divulgar os artigos que sofreram alterações, nem qual o significado e o “peso” das mesmas na modalidade, o que se lamenta profundamente. Pois existiram alterações com grande significado, nomeadamente no que diz respeito às chamadas equipas “A” e “B” e não só, pois no Titulo 11 (após uma leitura atenta), encontramos pelo menos 20 artigos que sofreram alterações, algumas com grande significado, eis a lista dos artigos que contêm a indicação de que sofreram alterações ou ajustamento:

Artigo 4, Ponto 3 - Provas Internacionais, Inter-Regionais e Regionais
Artigo 8 - Sistema e fórmula de disputa
Artigo 11 - Classificação das Associações por escalões
Artigo 18, Ponto 4 - Jogo não iniciado ou sem duração regulamentar
Artigo 19, Ponto 1 – Jogos Adiados
Artigo 23, Ponto 1, Alínea a) - Organização e responsabilidade de provas associativas
Artigo 25, Ponto 2 e 3 - Recompensas e prémios
Artigo 26, Ponto 2 e um novo Ponto 5 - Inscrição e participação obrigatória
Artigo 27 - Período de Inscrição
Artigo 29, Ponto 1, 5, e 8 - Requisitos de participação dos clubes em competições oficiais nacionais de Seniores
Artigo 30, Com quase todos os pontos alterados - Das Transmissões Televisivas
Artigo 37, Ponto 1 - Dias e horas de jogo
Artigo 39, Ponto 3 - Alteração de jogos
Artigo 40, Com quase todos os pontos alterados - Alterações de jogos a pedido dos clubes.
Artigo 56 - Escalão etário superior
Artigo 61, Ponto 1 - Requerimento do clube
Artigo 63, Ponto 1 - Provas nacionais
Artigo 64 - Mapas financeiros
Artigo 66, Ponto 2 e 5 – Despesas
Artigo 68 - Remessa de duplicado à Associação

Após esta descrição, que a FAP poderia e deveria ter feito, em próximos artigos analisaremos as alterações introduzidas.

O Analista

domingo, 29 de julho de 2012

Arbitragem – Torneio Cell Cup 2012

Noticia o portal da Federação de que a dupla Portuense João Fernandes / Rui Rodrigues estará presente neste Torneio, que se disputa na Hungria de 13 a 19 de Agosto de 2011,informando ainda de que esta dupla é “…uma das dez duplas de jovens árbitros nomeadas para o XVI Torneio Cell CUP. 

Estranho, esta informação, pois à alguns dias atrás a noticia dizia textualmente, “…a EHF nomeou a dupla Raquel Moleiro / Marta Sá …e nós perguntamos o que se passou? Pois a noticia além de ter desaparecido do site, ressurge com novo texto?

A informação do CA, continua a primar por uma enorme falta de transparência, pois a nomeação ou indicação destes jovens deveria ter sido acompanhada de informação objectiva, e que os mesmos merecem, pois foram uma das melhores duplas na sua categoria (N2) durante a época 2011 /2012, tendo preenchido uma das quatro (4) vagas na categoria N3. Porque não informa o CA de quais as duplas que fazem parte do Programa de jovens árbitros da EHF?

O Noticias

sábado, 28 de julho de 2012

Jogos Olímpicos (2012) – Andebol - I

Iniciam-se hoje (28-07-12) com a disputa dos primeiros jogos da Fase Preliminar do Torneio Feminino de Andebol dos Jogos Olímpicos de Verão 2012.

A Noruega no Feminino e a França no Masculino, vão defender os títulos alcançados na última edição e colocam-se novamente como fortes candidatos á medalha de ouro.

Nos Femininos a Noruega, Campeã Olímpica, Mundial e Europeia, terá como fortes adversários equipas como a França Vice-Campeã Mundial (Brasil 2011) e Rússia quatro vezes Campeã Mundial.

Nas equipas não Europeias, em Feminino, teremos previsivelmente o Brasil e a Coreia devem alcançar os 1/4 Final.

Nos Masculinos a França, não vai ter vida fácil pois equipas de grande qualidade, como a Dinamarca actual Campeã da Europa, a Croácia e própria Espanha, são adversários a ter em conta.

Femininos

  • A Noruega, Campeã do Mundo pela segunda vez em 2011, e cinco vezes Campeã da Europa, é a grande favorita. A Atleta do ano Heide Loke, lidera uma equipa experiente que inclui Katrine Lunde Haraldsen e Kristene Lunde Borgerson, possui uma defesa extremamente móvel e móvel, e executando os seus ataques com grande velocidade. No entanto irá ter adversários com grande qualidade já na Fase Preliminar, onde defrontará todas as semifinalistas do último Mundial.
  • A França apesar do desempenho altamente bem sucedido em Campeonatos Munidas e Europeus, com várias idas ao pódio, ainda estão á procura da sua primeira medalha Olímpica. A equipa treinada por Olivier Krumbholz está em Londres com grandes esperanças, contando com o regresso após longa ausência por lesão da sua estrela Pineau Allison.
  • Depois da sua medalha de prata em Pequim a Rússia, aponta para o ouro, após o decepcionante 6.º lugar obtido no Mundial de 2011. A Rússia com a sua poderosa defesa e com uma forte envergadura, a equipa de Eveny Trefilov é sempre uma forte candidata a uma medalha nas grandes competições.
  • O Brasil que realizou uma excelente campanha no último mundial por si organizado ao ficar em 5.º lugar, sob a orientação do Dinamarquês Morten Soubak, cresceram e ganharam experiencia Internacional. Temos ainda de considerara as fortes equipas escandinavas como a Dinamarca e a Suécia, e ainda a Espanha e a Coreia, não devem ser desconsideradas como possíveis candidatas a uma medalha, pois esta última venceu em 1988 e 1992
Masculinos

  • França que se apresenta com todos os seus jogadores chave, Melhor guarda-redes do Mundo Thierry Omeer, Diddier Dinart um dos melhore defensores Mundiais, e um antigo jogador do ano Nikola Karabatic e que após a sua vitória em Pequim 2008, passou a ser a 1.º equipa masculino a ter os títulos Olímpico, Mundial e Europeu ao mesmo tempo, é uma das grandes favoritas, apesar o seu mau desempenho no último Europeu onde não foi além do 11.º lugar.
  • A Dinamarca de pois de vencer o seu segundo titulo Europeu, ganhou confiança e todo as atenções estarão centradas actual jogador do ano o poderoso lateral esquerdo Mikkel Hansen, dono de um poderoso e fácil remate. Os Dinamarqueses nunca conquistaram uma medalha Olímpica mas encontram em Londres 2012 uma boa oportunidade de a conquistar. 
  • A Croacia que conquistou a medalha de ouro em Atlanta 1996 e Atenas 2004, tem na sua equipa um atleta de classe Mundial entre outros como Ivano Balic, que em conjunto com os seus companheiros, querem conquistar o seu terceiro título Olímpico, encontrarão pela frente uma forte oposição da Dinamarca, Espanha e Sérvia já na Fase Preliminar. 
  • Os principais adversários da França, Dinamarca e Croácia, serão provavelmente a Espanha, medalhista de Bronze em Pequim 2008 e a Sérvia medalha de Prata no Eurpoeu 2012.
  • A equipa da Grã Bretanha será provavelmente o “bombo da festa”, e espera-se que a Argentina seja a melhor equipa não Europeia.
  • O guarda redes Coreano Yoon Kyung-Shin e o Espanhol Javier Hombrados, participarão nos seus quintos jogos Olímpicos.
Fonte IHF

O Historiador

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Sorteio – PO01 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos e PO22 Super Taça Masculina - Época 2012/2013

Realizou-se hoje 27-07-12, pelas das 17 horas, nas instalações do COP - O sorteio da PO01 (Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos), e da PO22 (Super Taça Seniores Masculinos – Fafe 2012), do Calendário Federativo, juntamente com a entrega dos prémios aos jogadores que mais se distinguiram na época de 2011 / 2012. Com uma anunciada transmissão em directo através da FAP TV, que diga-se desde já foi um retundo fracasso. Apenas de pode acompanhar os sorteios em directo através do Liveticker.

Foram entregues os prémios aos atletas que mais se distinguiram no Andebol 1, respeitantes à época 2011 / 2012.

Melhor Jogador (MVP) – Gilberto Duarte (FC Porto)
Melhor Guarda-Redes – Hugo Laurentino (FC Porto)
Melhor Marcador – Pedro Cruz (Águas Santas)

Finalmente que se realizam os sorteios com os Regulamentos Específicos, devidamente publicados.

PO01 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores masculinos
Numa análise, às datas divulgadas no documento (Planeamento de Datas – Provas Nacionais), se na época que vai terminar, os clubes se queixaram do apertado calendário, o mesmo vai continuar, face às datas apresentadas:

Fase Regular – começa mais tarde (15-09-12) e termina praticamente na mesma data (02-03-13), o que significa que vai continuar o elevado número de jogos disputados em dias de semana, (começando logo com a 2.ª, 3.ª e 4.ª jornadas a serem disputados em 22, 26 e 29 de Setembro), e com Competições Europeias em 8/9 e 15/16 de Setembro. Recordando que no meio destas datas serão disputadas três (3) eliminatórias da Taça de Portugal (15-12-2012, 02-02-2013 e 23-02-2013).

Fases Finais – Esta época as fases finais têm um período mais alargado (inicio em 16-03-13 e fim em 25-05-13),

1.ª Jornada - 15 de Setembro de 2012 (haverá certamente jogos alterados)
Excelente início de prova, logo com alguns jogos que se perspectivam de bom andebol, como o Benfica / ABC e o Madeira SAD / Belenenses, temos ainda o derby Xico Andebol / AC  Fafe com toda a envolvente que vem desde a última época e com a transferência do treinador do Xico para Fafe. Depois os primo divisionários Avanca e Camões, defrontam logo dois dos candidatos ao titulo, respectivamente o Sporting e o FC Porto.

Como não se concretizou a transmissão do sorteio através da FAP TV, não temos conhecimento de que o sorteio, se tenha realizado com, ou sem condicionantes, nomeadamente as Geográficas, o que seria perfeitamente natural.

PO22 - Super Taça Seniores Masculinos – Fafe 2012
Realizou-se também o sorteio da Super Taça, que regressou ao antigo formato, e que deixou de ter o atractivo de apurar para uma prova Europeia. Participam nesta Prova o FC Porto, Sporting, Madeira SAD e Benfica.

Esta prova trás uma novidade em termos de finais four, é disputa do 3.º /4.º Lugar entre os vencidos, o que se saúda.

Resultado do Sorteio
1/2 Final
Dia 31-08-12 (os jogos serão ás 18H00 e ás 20H00)
Sporting – Madeira SAD
Benfica – FC Porto

Para começar a época nada podia estar melhor que este “saboroso” calendário.

3.º/4.º Lugar
Dia 02-09-12
(14H30)
Final
Dia 02-09-12
(17H00)

Nota – Se em termos desportivos o intervalo de um (1) dia entre os jogos poderá ser benéfico, em tempos de “vacas magras”, e com a grave situação económica que a modalidade atravessa não se entende.

O Noticias

Sorteios – Época 2012 / 2013

A Federação anunciou através do seu Comunicado Oficial n.º 8 da época 2012 / 2013, as datas da realização dos diversos sorteios, das provas fixas. Tal como na época transacta, os sorteios são realizados em Fafe no Auditório da Biblioteca Municipal de Fafe, sito na Avenida das Forças Armadas (junto ao Pavilhão Gimnodesportivo de Fafe)no dia 01-09-12, porque a FAP, entendeu fazer coincidir os mesmos com a realização a Super Taça Masculina e com a II Gala do Andebol, está poderá ser uma fórmula de “obrigar” a que exista muito mais “gente” na Gala.  

PO.2 – Campeonato Nacional Seniores Masculinos 2ª Divisão
Sorteio dia 01.09.2012 pelas 11.00 horas

PO.4 – Campeonato Nacional Juniores Masculinos 1º Divisão
Sorteio dia 01.09.2012 pelas 11.30 horas

PO.6 – Campeonato Nacional Juvenis Masculinos 1ª Divisão
Sorteio dia 01.09.2012 pelas 12.00 horas

PO.9 – Campeonato Nacional Seniores Femininos 1ª Divisão
Sorteio dia 01.09.2012 pelas 12.30 horas

Aguardamos com alguma curiosidade a realização destas provas, para confirmarmos as diferenças entre os nomes divulgados no CO N.º 2 e aqueles que se apresentam a sorteio.

O Noticias

quinta-feira, 26 de julho de 2012

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – 2012 / 2013 - I

A Federação através do seu Comunicado Oficial. N.º 7 (18-07-12), divulgou a estrutura desta prova, que deveria ser por excelência a prova onde normalmente se verificam, as grandes surpresas nos resultados, devendo desse modo ser uma prova de massiva participação, e com Regulamento aberto, e sem condicionantes.

A Federação, felizmente já divulgou (saúda-se) os Regulamentos Específicos das Provas, o que nos permite um melhor analise desta competição. No CO n.º 76 de 27-04-12 (época que agora termina), e que, em devido tempo comentamos (ver texto publicado em 09-05-12), onde afirmamos “que apesar de se registarem avanços, os mesmos eram ténues e se tinham transformado todas as equipas da PO01 em Cabeças de Série”, felizmente, na criação do Regulamento Especifico, esta situação foi ligeiramente retocada, e apenas, “  
Os 4 primeiros classificados no final da 1ª volta da 1ª Fase do Campeonato Nacional da 1ª Divisão são “cabeças de série” (Não se defrontarão entre si) nos 1/16 de Final”.

Registaram-se alguns avanços como por exemplo a norma de que assumem nesta eliminatória (1/16 Final) a condição de visitante é um significativo avanço na divulgação da modalidade. Mas esta prova só voltara a ter verdadeiro espírito de taça, quando for uma prova aberta sem limitações, e com todas as equipas a iniciarem a sua participação ao mesmo tempo.

A Federação coloca neste Regulamento, um artigo, cujo alcance no seu limite interpretativo é um sério aviso aos clubes de que apenas participarão nas Competições Europeias se a FAP assim o considerar, Estranho qual a justificação para o mesmo?

Artigo 1.º (Prémios)
Ponto 6. A designação dos diferentes representantes para as competições europeias de Clubes terá, sempre, de ser ratificada pela Direcção da FAP, mormente tendo em atenção as condições económicas e/ou desportivas de cada um dos Clubes, procedendo às substituições respectivas quando for caso disso.”

Outra das novidades, ou é erro de forma, ou a Federação não organiza uma Final Four, senão vejamos, na estrutura da Prova, coloca 1/2 Final e Final em dias seguidos (1 e 2 de Junho de 2013), No artigo 4 (Horários dos jogos) no seu ponto 1c, diz os jogos das 1/2  Final e Final são marcados pela FAP (tudo bem), mas posteriormente no ponto 3 diz “A organização dos jogos pertence ao Clube visitado”, mas no seu ponto 4 diz ” No jogo da Final a organização é da responsabilidade da FAP “ donde se depreende que as 1/2 Final são de organização e da responsabilidade dos clubes visitados, não existindo qualquer concentração. Não será erro do Regulamento?

Mais uma vez o Comunicado n.º 7 da FAP (Estrutura da Prova), é completamente omisso sobre a constituição de zonas, conforme tem sido norma nos últimos anos, apesar de esta situação ser completamente omissa também no regulamento da prova. Esperemos que no dia do sorteio não seja reinventada esta norma, provocando uma adulteração na forma e do espírito desta prova.

A estrutura da prova será:

1ª Eliminatória – Todos os Clubes dos inscritos excepto PO01 - 03.11.2012
2ª Eliminatória – Vencedores 1ª Eliminatória – 24.11.2012 (apura 20 equipas)
1/16 Final (32 equipas) – Vencedores 2ª Eliminatória e Clubes da PO01 - 15/12/2012
1/8 Final – Vencedores dos 1/16 Final – 02.02.2013
1/4 Final - Vencedores dos 1/8 Final – 23.02.2013
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 01.06.2013
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 02.06.2013

O Sorteio da 1.ª Eliminatória será em data e local a indicar pela FAP.

O Noticias

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Assembleia Geral Extraordinária - Venda de património – 27-07-12

Em tempo, afirmáramos aqui que tínhamos sido surpreendidos pelas convocatórias de AG, pois o Portal da FAP, apenas as tinha divulgado na véspera, pois desta vez também será legítimo da nossa parte referir que a AG Extraordinária convocada para o dia 27-07-12, teve uma divulgação antecipada, e que foi acompanhada de um texto, que encerra mais transparência, o que se saúda.

No entanto existem alguns pontos negativos (na nossa opinião), não na convocatória, mas nos motivos que levam à sua convocatória. Todos sabemos que a situação económica / Financeira da FAP é um caos e consideramos que é “revoltante” que se tenha que fazer alineação de Património (Embora possa ser readquirido – Leaseback), mas continuamos sem a existência de culpados? Sem saber quem levou a modalidade a este estado? e questionamos : - COMO É POSSIVEL, QUE NÃO HAJA RESPONSAVEIS?

A AG Extraordinária tem como ordem de trabalhos – Transcrição:
Ponto um: Autorizar, apreciar e deliberar, nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 57,n.º 1, alínea i) dos Estatutos da Federação, sobre uma proposta de venda ao Banco Millenium BCP - Banco Comercial Português, S.A (Sociedade Aberta, com sede na Praça D. João I, 28, Porto, com o capital social de 6.064.999.986 EUR, matriculada na C.R.C do Porto, com o Número único de matrícula e identificação fiscal 501 525 882), dos imóveis Prédio urbano sito na Calçada da Ajuda, n.º 63, 65, 67 e 69, Freguesia da Ajuda, descrito na Conservatória do Registo Predial de Lisboa, sob o nº 607, daquela Freguesia e inscrita na respectiva matriz sob o artigo n.º 3, pelo preço de €300.000,00 (trezentos mil euros), a que acresce o montante de €19.500,00 (dezanove mil e quinhentos euros), relativo ao Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), pelo prazo de 144 meses, com um spread de 7% e até um spread máximo de 10,00%, e da Moradia económica, nº 246, classe B, tipo 1, sita no Bairro das Casas económicas do Alto da Ajuda, Rua 2, nº 7, freguesia da Ajuda, descrita na Conservatória do Registo Predial de Lisboa, sob o nº 1947, daquela Freguesia e inscrita na respectiva matriz sob o artigo 1485, pelo preço de €200.000,00 (duzentos mil euros), a que acresce o montante de €13.000,00 (treze mil euros), relativo ao Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), pelo prazo de 144 meses, com um spread de 7% e até um spread máximo de 10,00%; e sobre o contrato de locação financeira imobiliária a celebrar com o referido Banco Millenium BCP - Banco Comercial Português, S.A (Sociedade Aberta, com sede na Praça D. João I, 28, Porto, com o capital social de 6.064.999.986 EUR, matriculada na C.R.C do Porto, com o Número único de matrícula e identificação fiscal 501 525 882), tendo por objecto os dois imóveis supra descritos, nos termos e condições constantes da simulação de leasing imobiliário, datada de 17 de Julho de 2012, em anexo à presente convocatória.

Ponto dois: Nomear os representantes da Federação, o Presidente Dr. Ulisses Manuel Brandão Pereira e o Director Executivo Dr. Miguel Nuno Sá Nogueira Ferreira Fernandes, para outorgar na competente escritura de compra e venda e representar a Federação na celebração do referido contrato de Locação Financeira Imobiliária, nos termos e condições que reputem mais adequados para a Federação e intervirem em todos os actos necessários para o efeito.”

Referimos ainda que existem alguns pontos que não estão devidamente esclarecidos, pois uma operação de leaseback consiste na venda de um bem móvel ou imóvel, pelo Locatário, ao Locador que posteriormente lhe cede o mesmo bem, em regime de LF (Locação Financeira).

O período de LF é 144 meses (12 anos), mas não é explicado qual a renda que se irá pagar durante o período, nem a sua periodicidade.

Não é explicado igualmente qual o valor residual a liquidar no final do prazo, que nos termos actuais, deverá ser sempre inferior a 50% do valor do contrato.

Deve ainda ser esclarecido que durante o período de vigência do contrato, não existe direitos de propriedade dos locatários, e as penalizações por incumprimento contratual são significativas. Pois a Locação Financeira é um meio de financiamento flexível com algumas vantagens, embora apresente muitas vezes um custo mais elevado face ao tradicional recurso ao crédito bancário.

Significando que nem tudo são “rosas”, e os riscos são elevados, esperamos com toda a sinceridade que este assunto seja rapidamente resolvido a bem de todos, e que o seu impacto nos orçamentos da FAP, sejam apenas de 1,5% anualmente. A modalidade fica “hipotecada por 12 anos”.

O Banhadas Andebol

Arbitragem, Informação – EHF - I

A EHF, publicou no seu Portal em 24-07-12, um extraordinário documento relativo à arbitragem e aos árbitros, é um documento importante que contem matéria relativa À atenção e concentração dos árbitros durante um jogo e ainda a análise destes parâmetros que podem afectar negativamente a sua performance. Ao iniciar-se uma época, este documento tem um elevado grau de oportunidade, e que no nosso entender o CA deveria efectuar a sua tradução e proceder á sua divulgação pelos quadros de Arbitragem Portugueses.

O Documento é:

Author:  Pablo Permuy (ESP/ EHF Lecturer)”

O documento encontra-se á disposição no Site de publicações periódicas da EHF, neste link.

O Formador

terça-feira, 24 de julho de 2012

Campeonato do Mundo Sérvia 2013 – Femininos – II - Sorteio

Realizou-se hoje (24 de Julho de 2012) o sorteio para as Qualificações Europeias de acesso ao Play Off do Mundial de 2013 em Femininos que se disputará na Sérvia de 7 a 22 de Dezembro de 2013.

Equipas a Disputar a qualificação (15)Áustria, Bielorrússia, Holanda, Polónia, Portugal, Eslováquia, Turquia, Azerbaijão, Grécia, Itália, Lituânia, Eslovénia, Suíça, Finlândia e Israel.

Resultado do Sorteio:
Apura-se para a disputa do Play Off, apenas o vencedor de cada Grupo. Portugal ao ficar num grupo com apenas três (3) Países, com a Turquia e o Azerbaijão, tem na nossa opinião francas hipóteses de obter o apuramento, pois o Grupo 4 é notoriamente o Grupo mais fraco de todos.

O Apuramento será disputado, em seis jornadas a realizar em três semanas diferentes no sistema casa – fora, nas seguintes datas:

1.ª Jornada (03/04-10-12), 2.º Jornada (06/07-10-12), 3.ª Jornada (21/22-11-12), 4.º Jornada (24/25-11-12), 5.º Jornada (28/29-11-12), 6.ªJornada (01/02-12-12).

Os Países poderão organizar-se em torneios de apuramento, sendo as datas previstas de 28-11-2012 a 02-12-2012, tendo para o efeito de indicar até 3 de Agosto à EHF o sistema em que se vai disputar a qualificação.

Play Off a ser disputado em 01/02-06-13 e 08/08-06-13 (Não são permitidos os dois jogos no mesmo País).

O Noticias

Competições Europeias 2012 / 2013 – III - Sorteios

Realizaram-se hoje (24-07-12) na EHF, os sorteios de diversas provas Europeias de Clubes onde participam equipas Portugueses.

Masculinos

Todas as equipas Portuguesas irão disputar a nova prova Europeia a EHF CUP

EHF CUP

O Madeira SAD, que apenas inicia a sua participação na 2.ª Ronda de Qualificação (36 equipas), onde jogara com o vencedor do encontro AC Diomidis Argous (Grécia) / AEK Athens (Grécia). A 1.ª mão será disputada no Funchal em 13/14-10-2012 e a 2.ª mão em 20/21-10-2012 certamente na Grécia.

O Sporting, iniciará a sua participação na 1.ª Ronda de Qualificação (36 equipas), jogando com os Suecos do Ystads IF. A 1.ª mão será disputada em Portugal nos 08/09-09-2012 e a 2.ª mão em 15/16-09-2012 na Suécia. Se vencer esta 1.ª Ronda, irá defrontar na 2.ª Ronda de Qualificação, a equipa Romena do Stiinta M. D. Bacou.

O Benfica, iniciará a sua participação na 1.ª Ronda de Qualificação (36 equipas), jogando com os Suiços do Pfadi Wintertur. A 1.ª mão será disputada na Suíça em 08/09-09-2012 e a 2.ª mão na Luz em 15/16-09-2012. Se vencer esta 1.ª Ronda, irá defrontar na 2.ª Ronda de Qualificação, irá defrontar o 4.º Classificado do Grupo 3 dos Torneios de Qualificação da Liga dos Campeões (HMC Constanta – Roménia, Tatran Presov – Eslováquia, Maccabi S.R. LeZion – Israel e Alpla HC Hard – Áustria)

Femininos

EHF CUP – A Juventude Lis, irá defrontar na 3.ª Eliminatória (32 equipas), a equipa Suíça do SPONO Nottwil. A 1.ª mão será disputada em Leiria nos dias 10/11-11-2012 e a 2.ª mão na Suíça em 17/18-11-2012, em princípio estará colocada no Pote 2.

CUP WINNER’S CUP – O Colégio João de Barros, irá defrontar na 2.ª Eliminatória (16 equipas), a equipa Polaca do SPR Lublin. A 1.ª mão será disputada na Polónia em 13/14-10-2012 e a 2.ª mão em Pombal nos dias 20/21-10-2012. Se vencer o Colégio João de Barros irá defrontar na 3.ª Eliminatória o 3.º Classificado do Grupo 2 de Apuramento da Liga dos Campeões (Byasen T. – Noruega, Buxtehuder SV – Alemanha, SV Dalfsen – Holanda e WHC Metalur da Macedónia)

CHALLENGE CUP – O Colégio de Gaia, irá defrontar na 3.ª Eliminatória (18 equipas), o 2.º Classificado do Grupo que disputa a 2.ª Eliminatória (Enosi N. Athienou – Chipre, GAS A.Artas – Grécia, KHF Kastrioti – Kosovo e MS Nova Pazova – Sérvia). A 1.ª mão será disputada em 10/11-11-2012 em Gaia e a 2.ª mão em 17/18-11-2012 Fora.

O Noticias

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Arbitragem - EHF

A EHF na sequência do efectuado na época transacta, vai realizar um seminário para árbitros de Elite, onde serão preparados diversos eventos a levar a cabo esta temporada, com especial incidência no Euro 2012 Feminino a disputar na Sérvia ente 4 e 16 de Dezembro.

A acção será levada a efeito em Viena (Áustria), durante o fim de semana de 31 de Agosto a 2 de Setembro de 2012.

Foram convidadas 16 duplas, de onde sairão as 12 duplas que irão estar presentes no Euro 2012 Feminino, e que serão confirmadas em tempo, após o términus do seminário.
Portugal tem uma dupla (Duarte Santos / Ricardo Vieira) entre as Seleccionadas, o que poderá ser um bom prenúncio para início de época. Á dupla endereçamos os nossos parabéns.
O Documento informando da acção e datado de 28-06-12, tendo como data limite para confirmar a presença da dupla, o dia 09-07-12, mas até ao momento da Federação, não existe qualquer informação, o que se estranha, para mais esta presença segundo o convite da EHF, não representa custos para a entidade Federativa, sendo as despesas de deslocação e estadia, suportados pela própria EHF.

O Regras

domingo, 22 de julho de 2012

Apuramento – Europeu Sub 18 – 2012 – Masculino - V


ALEMANHA - CAMPEÃ DA EUROPA

Portugal, esteve representado neste Campeonato da Europa de Sub 18 Masculina, que se disputou na Áustria de 12 a 22-07-12, pela dupla Portuguesa constituída por Roberto Martins e Daniel Martins, mas algo correu certamente mal a esta dupla, provavelmente as suas actuações não se pautaram pelos critérios definidos pela EHF, de tal forma, que no nosso entender foram completamente colocados de “lado”. Após terem dirigido dois (2) jogos, na Fase Preliminar (Noruega / Áustria e Islândia / França), não dirigiram, jogos no 2.º dia, e posteriormente apenas estiveram presentes em dois jogos do “Intermediate Round”, (Suíça – Finlândia e República Checa – Islândia), curiosamente actuando apenas em encontros onde intervinham das equipas mais fracas da prova, o que deveria ser um alerta para a dupla de havia algo que não estava a correr bem, a situação agravou-se no nosso entender, pois no 1.º dia (dia 20) dos jogos classificativos e das 1/2 Finais não foram indicados para nenhum jogo, dirigindo apenas mais um encontro, precisamente o que definia os últimos classificados (Finlândia – Islândia), no dia 21, não tendo mais nenhuma designação. Esperamos que este “desaire” sirva para uma profunda reflexão aos critérios e comportamentos que a dupla costuma evidenciar. Certamente que o CA da FAP, vai receber relatório detalhado de tudo o que se passou e actue com a conformidade exigida.

Após a disputa da “Main Round”, da “Intermediate Round”, e a disputa dos diversos jogos de classificação e as 1/2 Finais, jogaram-se os encontros decisivos, com os seguintes resultados:

Jogo 3.º / 4.º Lugar
Dinamarca 37 – 32 Espanha

Final
Suécia 29 – 30 Alemanha (Após Prolongamento)

Classificação Final: - 1.º Alemanha, 2.º Suécia, 3.º Dinamarca, 4.º Espanha, 5.º Eslovénia, 6.º Áustria, 7.º Croácia, 8.º Bielorrússia, 9.º Noruega, 10.º Sérvia, 11.º Roménia, 12.º França, 13.º Suíça, 14.º República Checa, 15.º Islândia e 16.º Finlândia.

O Formador

1.º Jogos Universitários Europeus - II

Disputam-se de 13 a 22 de Julho em Córdoba a 1.ª Edição dos Jogos Universitários Europeus, com Portugal a disputar as provas de Andebol, tanto em Masculino como em Feminino, provas essas que são consideradas como Campeonatos Europeus.

Masculinos

UNIVERSIDADE DO MINHO – MEDALHA DE BRONZE
1.ª Fase
As equipas foram divididas em dois Grupos:

Grupo “A” – Universidade de Ciências Educativas da Lituânia (Lituânia), Universidade Técnica da Geórgia (Geórgia), Universidade de Málaga (Espanha), Universidade do Minho (Portugal), Universidade de Paris (França) e Universidade de Radboud (Holanda).

Classificação
Grupo ”B” - Universidade de Strossmayer em Osijek (Croácia), Universidade de Córdoba (Espanha), Universidade Uludag (Turquia), Universidade da Bielorrússia (Bielorrússia), Universidade de Ciência e Tecnologia da Noruega (Noruega) e Universidade Nova de Lisboa (Portugal).

Classificação
Fase Final
Nesta fase foram disputados em jogos directos consoante a classificação de cada grupo a classificação final, e assim ao ter perdido por um golo com a Universidade Técnica da Geórgia (34-33), ficou arredada da discussão do título Europeu, discutindo o 3.º / 4.º Lugar com a Universidade de Córdoba, a quem venceu por 40-30. De referir que a Universidade Nova de Lisboa discutiu o 9.º / 10,º Lugar com a Universidade de Ciências Educativas da Lituânia, tendo sido derrotada, classificando-se no 10.º lugar.

9.º / 10.º Lugar
Universidade N. Lisboa 33 – 37 Universidade C.E. Lituânia 
3.º / 4.º Lugar
Universidade do Minho 40 – 30 Universidade de Córdoba
Final
Universidade técnica de Geórgia 37 – 24 Universidade de Strossmayer em Osijek

Classificação Final1.º Universidade T. da Geórgia, 2.º U. de Strossmayer em Osijek 3.º Universidade do Minho, 4.º Universidade de Córdoba, 5.º Universidade de Málaga, 6.º Universidade da Bielorrússia, 7.º Universidade de Paris, 8.º Universidade Uludag, 9.º Universidade C.E. Lituânia, 10.º Universidade N. Lisboa, 11.º Universidade de Radboud, e 12.º Universidade de C. e T. da Noruega.

Femininos

1.ª Fase
As equipas foram divididas em dois Grupos:

Grupo “A” – Universidade WG Wurzburg (Alemanha), Universidade Akdeniz (Turquia), Miguel Hernandez (Espanha) e Universidade de Aveiro (Portugal).

Classificação
Grupo ”B” - Universidade de Vincent Pol (Polónia), Academia de Educação Física da Lituânia (Lituânia), Universidade Kastomonu (Turquia) e Universidade de Málaga (Espanha).

Classificação
Fase Final – Foi disputada com jogos cruzados em jogos Classificativos, 1/4 Final, 1/2 Final e Final.

A Universidade de Aveiro foi derrotada na disputa do 7.º / 8.º Lugar com a Alemãs da U, WG Wurzburg (33-29)

7.º / 8.º Lugar
Universidade de Aveiro 29 – 33 Universidade WG Wurzburg
3.º / 4.º Lugar
Universidade Akdeniz 34 – 21 Miguel Hernandez
Final
Universidade de Vincent Pol 43 – 20 Academia de Educação Física da Lituânia

Classificação Final – 1.º Universidade de Vincent Pol, 2.º Academia de E. F. da Lituânia, 3.º Universidade Akdeniz, 4.º Miguel Hernandez, 5.º Universidade Kastomonu, 6.º Universidade de Málaga, 7.º Universidade WG Wurzburg e 8.º Universidade de Aveiro.

Arbitragem - ACTUALIZAÇÃO

10.º Curso de Candidatos a Árbitros da EHF

Terminou o 10.º Curso de Candidatos a Árbitros EHF, com a presença da dupla Portuguesas Daniel de Freitas e César Carvalho, que em simultâneo dirigiram vários encontros nesta prova, onde a sua actuação estava sujeita a avaliação, para em conjunto com todas as outras provas, ser efectuada a avaliação final. Esperamos que a avaliação da dupla Nacional tenha sido bem positiva. Não poderemos informar dos resultados finais deste curso, pois nem a EHF, nem a FAP, ainda publicaram os mesmos.
(actualização)Após a publicação deste texto, e por informação no Portal da FAP, a dupla em questão foi aprovada no respectivo curso, passando desta forma integrar os quadros da EHF, já na próxima temporada. À dupla endereçamos os nossos parabéns.
O Banhadas Andebol