gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Arbitragem e IHF

Presidente da IHF insiste em colocar em causa as arbitragens nos Campeonatos Mundiais.

Publicado em 28 de Junho no site tean Handball News, com a assinatura do conceituado Christer Ahl, antigo Secretário geral da IHF, um texto elucidativo acerca das perspectivas que o Presidente da IHF, tem sob o actual sistema de duplas de arbitragem a actuar em Campeonatos do Mundo. Agora se entende o porquê de ainda não terem sido divulgadas de forma Oficial, quais as duplas que irão estar presentes nos Mundiais de Juniores na Grécia e de Juvenis na Argentina.

Com uma tradução livre e adaptada, vamos publicar o essencial do artigo.

“…Existem actualmente fortes rumores de que o Presidente da IHF, continua a insistir em impor as suas ideias pessoais e absurdas (que já se julgavam enterradas) , acerca das duplas de arbitragem nos mundiais de Juvenis e de Juniores.

A sua persistência em separar / dividir as duplas actualmente existentes em todo o universo da modalidade, e começar a usar as mesmas, como duplas “mistas”, nos eventos mais importantes da modalidade.

Esta ideia não é “virgem”, no entanto como já referimos, o conhecimento mútuo e o trabalho em equipa dentro da dupla, são critérios plausíveis para boas actuações dos árbitros de andebol, “também é teoricamente possível obter resultados misturando as duplas” . Mas, isso estaria dependente de um acordo em todo o mundo do andebol, mudando o actual sistema e começando a educar os jovens árbitros a terem diversos parceiros. Apenas desta forma, os árbitros estariam completamente preparados, para usar este método sempre que fossem nomeados para Campeonatos Mundiais.

No entanto o sistema actual em todo o mundo é o do parceiro fixo, com ele fazendo a sua ascensão na carreira tanto a nível Nacional como Internacional, significando que o seu muto conhecimento é elevado e confiam completamente um no outro, pois em princípio têm as mesmas interpretações, e sabem o que decidir em cada situação, facilitando a rápida e precisa tomada de decisões em cada momento.

Nos últimos anos, tanto a IHF, como a EHF, e outras Federações Continentais e Nacionais, tiveram duplas usando meios de comunicação sem fio, como forma de contacto verbal e permanente. Pergunta-se como seria a existência deste contacto que proporciona rápida e fácil trocas de opinião, com a utilização de diferentes linguagens.

Se até agora isto não foi implementado , foi-o apenas porque a maioria das grandes Federações da Modalidade não estão interessadas, ou o Presidente da IHF ainda não conseguiu convence-las.

Ora é óbvio que não é em campeonatos Mundiais , que devem ser feitas estas experiências, portanto continua-se sem se entender o porquê de nova insistência do Presidente da IHF. Esperamos que mais uma vez as Federações se recusem a tal, por inadequado, e que alguém convença o Presidente da IHF, a parar com o absurdo…”
Team handeball News

O Banhadas

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Europeu de Sub 17 – Feminino – Fase Final - IV

PORTUGAL VAI DISPUTAR OS LUGARES DO 13.º AO 16.º

Terminamos a Intermadiate Round a mesma forma que terminamos a fase preliminar a perder, mas provavelmente este é nosso “fado”, 

Iniciamos esta fase com a disputa do jogo com a Áustria, equipa que como Portugal chegou a esta fase com 0 pontos, e foi um encontro que apesar de termos vencido e bem, começamos o jogo com mais um festival de asneiras no ataque, sem soluções e precipitados, estivemos na situação de vencedor até cerca dos 27 minutos quando se verifica um empate a 10 golos e até aos 30 minutos a Áustria ainda concretiza mais 3. DE salientar pela negativa que Portugal produziu nos últimos 10 minutos um resultado desfavorável de 7-1. Iniciamos o segundo período com maior atenção e aos 40 minutos voltamos a equilibrar o marcador (16-16), para posteriormente assumir o comando do marcador até ao final. Voltamos a ter um banco activo, o que se considera um facto positivo e a actuar com oportunidade no pedido de time Out’s. De referir que a arbitragem deste encontro, foi na nossa opinião das mais fracas que vimos no torneio, esteve a cargo da dupla da Bósnia constituída por Tatjana Prastalo e Vesna Todorovic

Ana Gante foi e bem considerada a melhor jogadora portuguesa do jogo
No jogo do segundo dia , apenas poderíamos aspirar a disputar os jogos que definiam a classificação entre o 9.º e o 12.º , se vencêssemos a equipa Alemã, que pelo que se viu é uma equipa totalmente ao alcance de uma equipa Portuguesa a praticar o seu andebol normal, sem vedetismos, que já se começam a notar nalgumas atletas, e com garra a força de vontade. Num jogo, em que a equipa alemã comandou o marcador desde o primeiro minutos, chegando a desfrutar de uma vantagem, de 6 golos (29-23, aos 52 minutos), com Portugal a andar sempre atrás do “prejuízo” , apesar dos pedidos de time Out’s a tempo e horas, as nossas atletas voltaram aos tempo de ataque de 3 segundo permitindo rápidos CA, a efectuar maus passes, más recepções, penetrações completamente desaconselhadas, uma completa precipitação ao ataque, e com demasiadas exclusões. Dá-nos a nítida sensação de que a Prof. Filomena Santos fala, mas mais parece que está a falar para o “boneco”, assim é dificilA dupla eslovaca que dirigiu o encontro (Boris Mandak e Mario Rudinsky ), realizou trabalho bem mais positivo que a dupla da Bósnia.

Mariana Lopes , foi considerada a melhor jogadora Portuguesa do Jogo.

Resultados – Intermediate Round
Áustria 22 – 25 Portugal
Alemanha 24 – 24 República Checa
Portugal 33 – 37 Alemanha
Áustria 27 – 31 República Checa

Classificação do GrupoI1
Com estes resultados iremos disputar os jogos cruzados, para a disputa dos lugares entre o 13.º e 16.º

Calendário dos Jogos Cruzados
Dia 01-07-11
Portugal – Eslováquia (13H0)
Polónia – Áustria (15H00)
Dia 02-07-11
Os vencidos dos jogos do dia anterior (13H00)
Os vencedores dos jogos do dia anterior (15H00)

Apuradas para as 1/2 Finais

Grupo M1 – Rússia e Dinamarca
Grupo M2 – Noruega e Hungria

Calendário 1/2 Finais
Dia 01-07-11
Rússia – Hungria (18H00)
Noruega – Dinamarca (20H30)
Dia 03-07-11
3/4 – Lugar (15H00)
Final – (17H30)

A Dupla portuguesa efectuou mas dois jogos, ambos na Intermediate Round , o Polónia / Eslováquia e o Eslováquia / Espanha., tendo até ao momento dirigido um total de  jogos., Em virtude de os seus jogos serem à mesma hora dos encontros da Selecção Nacional, não nos tem permitido acompanhar como seria desejável as suas actuações. Gostamos da explicação dada no site da FAP acerca desta dupla, a seu tempo escreveremos. Agora o importante é que desejamos que continuem no mínimo como até aqui, são os nossos desejos.

Informação

Todos os jogos são transmitidos em Live Stream através do site http://online-prenosy.tvcom.cz/videa/

O Formador

terça-feira, 28 de junho de 2011

Participantes nas Provas Nacionais Fixas - Época 2011/2012 - II

Na continuação do nosso anterior artigo sobre o tema, hoje falaremos a PO04 e a PO06, utilizando os dados divulgados pela FAP, através do Comunicado Oficial n.º 2 Época 2011/2012, e que indica quais os participantes com direito desportivo e a inscreverem-se (pensamos nós, que o comunicado não esclarece, e, portanto qualificados), para a disputa das provas em referência na Época 2011/2012. Na prática não sofrem qualquer alteração no número de equipas.

PO4 – Campeonato Nacional Juniores Masculinos 1.ª Divisão.
As 12 equipas, previstas, no entanto embora o Regulamento Especifico da prova não tenha sido divulgado o que se lamenta profundamente, vai sofre algumas alterações importantes, a saber
  • Deixa de existir a segunda Fase, da prova, apurando-se directamente os quatro primeiros da Fase Regular, para a disputa de uma Fase Final em concentração.
  • Como deixou de existir a Fase Final Grupo “B”, são imediatamente despromovidos os dois últimos classificados da Fase regular.
Na nossa opinião são alterações que poderão provocar uma maior competitividade durante a Fase Regular, evitando em muitos casos a utilização dos Juniores nos Seniores e vice-versa, trazendo maior verdade desportiva. Além de que é uma forma financeiramente mais favorável para a modalidade.

PO6 – Campeonato Nacional Juvenis Masculinos 1.º Divisão
Novamente a não divulgação do Regulamento Especifico da prova coloca entraves, a uma análise mais profunda. Pelo numero de clubes divulgado ( 23 ), igual ao época transacta, presume-se que o motivo será o mesmo da época transacta,, mantendo nós mais uma vez a opinião que tínhamos “…Foi incluído um texto que é uma verdadeira aberração jurídica , “O CF da AA Madeira, suspende a sua participação na presente época “ e diz mais “Na época 2011/2012 continuará a ter direitos de participação “, ou seja fica um lugar vago à espera de uma equipa. Pergunta-se e então as outras equipas, também podem suspender esta época a sua participação, que lhes é garantido o lugar? Ou será! Que este texto estaria bem era num Comunicado Oficial e nunca num Regulamento de uma prova…”

No entanto a prova desta época, será uma prova de transição, para um modelo de zona única, similar ao existente para os Juniores. Deixando de haver 2.ª Fase Grupos “A” e “B”, apurando-se directamente para a Fase Final o vencedor de cada zona. 

Apenas disputarão o CN da 1.ª divisão na época 2012 / 2013, os 4 primeiros Classificados de cada zona, a que se juntarão o Campeão da 2.º Divisão e a Selecção Nacional (96 / 97), quanto a isto, mais vez não existe esclarecimentos nem na forma nem na razão, é uma Pena…

Mais uma mudança, que é nitidamente favorável ás finanças Federativas, mas que a partir da próxima época irá sair substancialmente mais cara aos seus participantes.

O Analista

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Ligas dos Campeões Europeus – Masculina / Feminina 2011/2012 -Sorteios

Realizaram-se hoje os sorteios dos torneios de Apuramento para as Fases de Grupos.

MASCULINA

Nota - O sorteio dos Grupos, será realizado no dia 28-06-11

O FC Porto, ficou inserido no Grupo 1
Semi Finais a Realizar dia 03-04-11
Tatran Presov (Eslováquia) – FC Porto
AEK Athens (Grécia) - RK Partizan Beograd (Sérvia)
3.º / 4.º Lugar e Final dia 04-09-11

A ordem de organização do Grupo, é: Tatran Presov (Eslováquia), RK Partizan Beograd (Sérvia), AEK Athens (Grécia) e FC Porto

Apenas o vencedor do Grupo entrará na Fase de Grupos.

Nota – O 4.º Classificado, entrará na 2.ª Eliminatória da EHF CUP, e o 2.º e 3.º’s Classificados entrarão na 3.º Eliminatória da EHF CUP.

FEMININA

Nota - O sorteio dos Grupos, serão realizados no dia 28-06-11

Torneio de Apuramento 1
O Gil Eanes ficou Inserido no Grupo “A”
Os jogos a disputar no sistema de TXT a uma volta, serão realizados nos dias 02/03/04-09-11

A ordem de organização do Grupo. é: Ormi Loux (Grécia), LC Bruhl Handball (Suíça), MizuWaai/Dalfsen (Holanda) e Gil Eanes.

Apuram-se os dois primeiros classificados para o 2 Torneio de Apuramento

Nota - Os 2 não apurados, entrarão na 2.ª Eliminatória da Winners’ CUP

Torneio de Apuramento 2
Os apurados do Grupo “A” no Torneio de Apuramento 1, serão inseridos nos grupos 3 e 4
Os jogos serão disputados no sistema de semi finais e finais, nos dias 17 e 18-09-11

O Banhadas

domingo, 26 de junho de 2011

Europeu de Sub 17 – Feminino – Fase Final - III

O ESPERADO – PORTUGAL VAI DISPUTAR OS LUGARES DO 9.º AO 16.º
Terminou a Fase Preliminar, com Portugal a Classificar-se em último lugar no seu grupo, e diga-se desde já que a sua prestação ficou muito aquém do esperado, pois os resultados que esta equipa vinha efectuando tanto em Sandibéricos como nos jogos da CPLP, e em outras provas, permitiam a todos os adeptos da modalidade acalentarem esperança em outro tipo de comportamento. Começámos com uma derrota pela diferença mínima diante de uma das equipas apuradas a Roménia, num jogo em que parece que demos tudo o que havia para dar, para posteriormente diante uma Dinamarca, que diga-se é uma das grandes favoritas à vitória final, efectuamos um péssimo jogo, sem esquema defensivo, e sem ataque planeado, era uma equipa completamente amorfa, sem soluções e com um banco completamente passivo (devia-mos estar a jogar para o prémio Fair-Play), pois consideramos inadmissível que uma equipa que em cerca de 15 minutos (dos 30 aos 45), apenas 2 golos, sendo que o primeiro deste segundo tempo é marcado apenas aos 39 minutos, e o cartão de Time Out não é usado, para ser utilizado aos 54 minutos quando o resultado está em 30-16 a favor da Dinamarca. Quanto a nós apenas uma atleta esteve ao seu nível, a guarda-redes Madeirense Isabel Góis, que acabou premiada com o galardão de melhor jogadora Portuguesa no jogo. Entramos para a disputa do último jogo com a equipa da casa com a esperança de pelo menos terminar esta fase com uma vitória e transportar esses dois pontos para a fase seguinte, no entanto mais uma vez perdemos pela diferença mínima, e com total culpa própria, pois não se podem falhar tantas jogadas em situações de CA, ou sozinhas frente ao GR, depois cometemos demasiado faltas do atacante, bem como passos, normalmente sempre bem sancionadas, equilibramos o jogo quase sempre, com excepção de um período entre os 20 e os 25 minutos em que permitimos que a equipa da República Checa passasse o resultado de uma igualdade a 8 golos, para uma vantagem a seu favor de 5 (13-8), chegando ao intervalo a perdermos por 13-11. Nos segundo trinta minutos total equilíbrio, com várias situações de igualdade, e com Portugal a estar na frente do marcador aos 50 minutos (22-21), mas novamente algumas desconcentrações e exclusões escusadas, permitiram que a equipa adversária voltasse ao comando marcador por 25-22 aos 55 minutos, depois foi sempre a recuperar, mas já não chegou. Diga que neste jogo assistimos a uma transformação para melhor do banco de Portugal, que se revelou activo e interventivo, actuando a tempo e horas, assim estamos no caminho certo. Mais uma vez Isabel Góis foi a jogadora Portuguesa premiada e bem diga-se. Assim iremos jogar a (lugares 9 a 16), onde nos juntaremos as equipas vindas do Grupo “A”.
Isabel Góis

Resultados – Fase Preliminar
Roménia 30 – 29 Portugal
Dinamarca 33 – 26 República Checa
Portugal 18 – 32 Dinamarca
República Checa 28 – 34 Roménia
Dinamarca 31 – 25 Roménia
República Checa 27 – 26 Portugal

Equipas apuradas para a Main Round

Grupo “A” – Rússia e Suécia
Grupo “B” – Dinamarca e Roménia
Grupo “C” – Noruega e Holanda
Grupo “D” – Hungria e França

Equipas que vão disputar a Intermediate Round

Grupo “A” – Áustria e Alemanha
Grupo “B” – Portugal e República Checa
Grupo “C” – Espanha e Polónia
Grupo “D” – Croácia e Eslováquia

Grupo da Intermediate Round

Grupo I1 – Áustria, Alemanha, Portugal e República Checa

Calendário
Dia 28-06-11
Áustria – Portugal (13H00)
Alemanha – República Checa (15H00)
Dia 29-06-11
Portugal – Alemanha (13H00)
Áustria – República Checa (15H00)

Nota – Portugal inicia a disputa deste grupo com zero pontos (Transitam os pontos dos jogos já realizados entre as equipas).

Uma palavra para a dupla Portuguesa que se encontra a frequentar o curso de arbitragem da EHF, e que até ao momento dirigiu dois jogos a saber: O Polónia / Noruega e o Holanda / Noruega, jogo decisivo para o apuramento das Holandesas. Recordamos que o último Europeu desta Categoria, teve uma Final (Dinamarca / Rússia) dirigida por dupla Portuguesa (Duarte Santos / Ricardo Vieira). Esperamos vê-las a dirigir jogos na Main Round.

INFORMAÇÃO

Todos os jogos são transmitidos em Live Stream através do site http://online-prenosy.tvcom.cz/videa/

O Formador

Vencedores das Provas Nacionais – Seniores

Para a memória Histórica, divulgamos os vencedores de todas as provas Nacionais na época 2010/2011.

Masculinos

PO01 - Campeonato Nacional 1.º Divisão – FC Porto ( A.A. Porto )
PO02 - Campeonato Nacional 2.ª Divisão – AC Fafe ( A.A. Braga )


PO03 - Campeonato Nacional 3.ª Divisão – FC Infesta ( A.A. Porto )


PO03A – Acesso Campeonato Nacional 3.ª Divisão – Boa Hora FC ( A.A. Lisboa)


PO20 - Taça de Portugal – SL Benfica ( A.A. Lisboa )


PO22 – Super Taça Portimão Arena – SL Benfica ( A.A. Lisboa )


Femininos

PO09 - Campeonato Nacional 1.ª Divisão – Gil Eanes ( A.A. Algarve )


PO23 – Taça de Portugal – Madeira SAD ( A.A. Madeira )


PO24 – Super Taça – Madeira SAD ( A.A. Madeira )


O Historiador

sábado, 25 de junho de 2011

Arbitragem, Informação - EHF

A EHF, publicou no seu Portal em 17-06-11, dois extraordinários documentos relativos à arbitragem e aos árbitros, são documentos importantes que contem esclarecimentos com elevado grau de oportunidade, e que no nosso entender CA deveria efectuar a sua tradução e proceder á sua divulgação pelos quadros de Arbitragem Portugueses.

Os Documentos são:

Progressive Punishments
Author: Angel Pablo Permuy Villanueva (Lugo, ESP); EHF Lecturer

Practical Training for Referees
Authors: Henrik La Cour Laursen (Randers, DEN); EHF Lecturer and Felix Rätz Reinach, SUI); EHF Lecturer “

Os documentos encontram-se á disposição no Site de publicações periódicas da EHF.

O Formador

sexta-feira, 24 de junho de 2011

SuperTaça Seniores Femininos - PO24 – Época 2011 / 2012

PO24- Supertaça Seniores Femininos

Através do Comunicado Oficial n.º 3 a FAP, promove a abertura de candidaturas, á organização desta prova, é no nosso entender, uma decisão tomada a tempo e horas.

As equipas com direito de Participação são: Gil Eanes, Madeira SAD, João Barros e Juventude Lis.

As datas previstas são: 27 e 28-08-11

As datas, parecem-nos razoáveis, pois permitirão que a equipa portuguesa que irá disputar o 1.º Torneio de Apuramento na Liga dos Campões ( 2 a 4-09-11 ), o faço já com jogos realizados.

No entanto, já tem o inconveniente da simultaneidade com o Torneio de Portugal, a ser realizado em Fafe, o que esperamos não possa prejudicar possíveis transmissões na RTP2, o que já não seria inédito.

Esperamos, que a tempo e horas sejam tomadas as decisões necessárias, para que a prova se realize efectivamente nas datas previstas em termos de Calendário, e que não se verifiquem os mesmos acontecimentos verificados na última época, com adiamentos a 4 dias da sua realização.

Banhadas Andebol

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Ligas dos Campeões Europeus – Masculina / Feminina 2011/2012

A EHF já publicou a lista de participantes para a época 2011/2012.

MASCULINA

O Sorteio dos torneios de apuramento para a Fase de grupos será realizado no dia 27-06-11, e o sorteio dos Grupos, serão realizados no dia 28-06-11

Já estão apurados directamente para a Fase Grupos 20 equipas.

Existe um Torneio de Apuramento que será disputado no sistema de 1/2 final e final, constituído pelos Wildcard ( 4 equipas ) e que apenas o vencedor do grupo é apurado para a Fase de Grupos na posição 24 ( Pote 6 ) , as equipas convidadas são:

Quatro Rayas Valladolid (Espanha)
Rhein-Neckar Löwen (Alemanha)
Dunkerque HB (França)
RK Vive Targi Kielce (Polónia)

Serão constituídos três Grupos de quatro equipas, que disputarão o apuramento no sistema de 1/2 final, apenas passando à Fase de Grupos o vencedor de cada torneio e, que entrarão no sorteio da Fase Grupos (Pote 6), a sair das seguintes equipas:

Ik Savevehof (Suécia)
HC Metalurg (Macedónia)
Tatran Presov (Eslováquia)
AEK Athens (Grécia )
FH Hafnarfjordur (Islândia)
HC DINAMO Minsk (Bielo-Rússia)
Haslum HK (Noruega)
Aon Fivers (Áustria)
RK Partizan Beograd (Sérvia)
FC Porto ( Portugal )
Besiktas JK (Turquia)
Avvabi Srugo Rishon Lezion (Israel)

Como se poderá constatar, a entrada na Fase de Grupos do representante português, não é fácil, mas não é impossível. Estes grupos serão disputados em concentração nos dias 03 e 04-09-2011.

Nota – Os 4.º’S Classificados nestes torneios ( incluindo Wildcard ) , entrarão na 2.ª Eliminatória da EHF CUP, e os 2.º e 3.º’s Classificados ( incluindo Wildcard ) entrarão na 3.º Eliminatória da EHF CUP.

A fase de Grupos será constituída por 4 Grupos de 6 equipas. Onde se apuram os quatro primeiros de cada grupo para os 1/8 Final, e será disputada em 10 jornadas entre 28-09-11 e 26-02-2012.

FEMININA

O Sorteio dos torneios de apuramento (1 e 2), para a Fase de Grupos, será realizado em 27-06-11,e o sorteio dos Grupos, serão realizados no dia 28-06-11.

Já estão apurados directamente para a Fase Grupos 12 equipas.

Existem dois Torneios de Apuramento, o 1.º constituído por 8 equipas (Onde se encontra o Gil Eanes), que constituirão dois grupos de 4 equipas, e que serão disputados no sistema de TXT a uma volta em concentração, apurando-se os dois primeiros classificados para o 2.º Torneio de Apuramento, sendo incluídas no Pote 4, a sair das seguintes equipa:

Ormi Loux (Grécia)
Uskudar Belediyesi (Turquia)
RK Zajecar (Sérvia)
MizuWaai/Dalfsen (Holanda)
Iuventa (Eslováquia)
LC Bruhl Handball (Suíça)
CDES Gil Eanes ( Portugal)
LK Zug Handball ( Suiça )
Britterm Veseli (República Checa)

Como se poderá constatar, a entrada nos 2.º Torneios de Apuramento do representante português, não é fácil, mas não é impossível. Estes Torneios serão disputados em concentração nos dias 02 a 04-09-2011.

Os 2.º Torneios de apuramentos, serão disputados por (16 equipas) que constituirão 4 grupos de 4 equipas, e serão disputado no sistema de 1/2 final e final, apurando o 1.º Classificado para a chamada Fase de Grupos, estes torneios disputam-se em concentração nos dias 17 e 18-09-11.

Nota – Os 4 não apurados do 1.º Torneio de Qualificação, entrarão na 2.ª Eliminatória da Winners’ CUP, os 4.º Classificados do 2.º Torneio de Qualificação, entrarão na 2.ª Eliminatória da Winners’ CUP, os 2.º e 3.º Classificados do 2.º Torneio de Qualificação, entrarão na 3.º Eliminatória da Winners’ CUP.

A Fase de Grupos será constituída por 4 Grupos de 4 equipas. Onde se apuram os 1.º e 2.º Classificados de cada grupo para a chamada “Main Round”, e será disputada em 6 jornadas entre 01-10-11 e 13-11-2011.

O Banhadas

Andebol de Praia - Circuito Nacional - 2011

Leiria - 2011
O Noticias

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Estranho e Intrigante

P038 – Encontro Nacional de Minis Femininos

A Federação Portuguesa de Andebol, tinha na sua programação de provas, a PO38 ( Encontro Nacional de Minis Femininos ), com data prevista para 23 a 26 de Junho de 2011.

No entanto até o dia 20-06-11, nunca comunicou nada acerca desta prova, para estranhamente emitir um Comunicado Oficial com o N.º 71 precisamente naquela data, ora se em 10-03-11, emitiu o Comunicado Oficial n.º 70, que refere precisamente o encontro de Minis Masculinos, não se entende este desfasamento no tempo, que só prejudica a modalidade. É mau.

Mas a Federação continua a presentear-nos, com decisões “maravilhosas” , ora reparem , o CO é divulgado em 20-06-11, e o prazo limite das inscrições ( no máximo de 24 equipas ), é 27-06-11, e o inicio da prova está previsto para Leiria de 7 a 10-07-11, precisamente na mesma data em que se realiza o encontro minis masculino, que já leva 4 meses de trabalho. Estranho Não é.

O Noticias

Europeu de Sub 17 – Feminino – Fase Final - II

Em complemento da nossa ultima noticia sobre esta prova e relacionada com a presença da dupla Feminina Portuguesa, em que dissemos:

Fará ainda parte da presença Portuguesa nesta prova a Dupla de Feminina a de árbitros constituída por Ana Silva e Ana Afonso da Associação de Andebol do Porto. Esta dupla que se irá estrear ao nível da EHF, estará a dar os primeiros passos na sua formação Internacional, nomeadamente situando-se no nível 1 do programa da YRP da EHF, pois algumas das duplas presentes nesta prova, nomeadamente algumas Femininas, estão no mesmo processo evolutivo, sendo que nesta prova, estarão acompanhadas por um dos grandes responsáveis pela arbitragem a nível Europeu de nome Sandor Andorka. Desejamos à dupla que tudo corra pelo melhor

Confirma-se tudo o que escrevemos ( nota – esta dupla ainda não é Internacional ), a EHF, publica hoje um artigo em que informa que:

Em simultâneo com o Euro Sub-17 , realiza-se um curso de candidatos a árbitros da EHF, com 7 duplas ( são 10 as duplas nomeadas ) que irão actuar no Euro. E que ainda não possuem o estatuto EHF completo.

As sete duplas presentes que concluírem com êxito o curso, ganharão o emblema EHF. Que lhes dará direito a participar em eventos EHF na época 2011 / 2012.

As sete duplas são:
Tatjana Prastalo / Vesna Todorovic ( Bósnia )
Bedrich Frieser / Lukas Frieser ( República Checa)
Brazuca Kijauskaite / Ausra Zaliene ( Lituânia )
Jelena Vujacic / Andjelina Kazanegra ( Montenegro )
Malgorzata Gutowska / Urszula Gutowska ( Polónia )
Ana Silva / Ana Afonso ( Portugal )
Cristina Nastase / Simona Raluca Stanca ( Roménia )

A Federação, quando elabora uma informação deve fazê-lo de forma credível, transparente e rigorosa para não levar a equívocos indesejáveis.

Boa Sorte à dupla Portuguesa e que a oportunidade seja bem aproveitada.

O Formador

terça-feira, 21 de junho de 2011

Carlos Resende, Novo Técnico do ABC

Confirmando os rumores que existiam, Carlos Resende, aceitou o convite que lhe tinha sido endereçado, e regressa à actividade, ingressando como treinador principal no ABC, onde vai substituir Jorge Rito.
O Noticias

Sorteio – PO01 - Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores masculinos - Época 2011/2012

Realizou-se hoje 20-06-10, ( Um mês antes a data que seria normal ) pelas das 18H30 horas, na Biblioteca Municipal de Estarreja, 0 sorteio da PO01 do Calendário Federativo.

Este ano não se realizou a entrega de prémios aos melhores atletas, porque segundo depreendemos os mesmos serão entregues numa Gala do Andebol ( mais uma boa cópia do trabalho de uma entidade já desaparecida ), a realizar no dia 27 de Agosto de 2011 em Fafe.

Não se compreende como se realiza o sorteio da principal prova do Calendário Nacional, sem uma ampla divulgação do regulamento Especifico da Prova ( Esta, é uma novidade da FAP ), embora se tenha conhecimento de que os moldes de disputa não sofreram alterações. Mas no nosso entender não é um bom princípio. Este facto agrava-se com a permanência ainda no Portal da FAP, de tudo o se relaciona com a prova que terminou e o próprio site da Prova ( Andebol – 1 ), ainda não comtempla qualquer matéria relacionada com a próxima época. E assim vai o Andebol Nacional…

Numa analise, ás datas divulgadas ( Documento de Planeamento de Datas – Provas Nacionais ),se na época que vai terminar, os clubes se queixaram do apertado calendário, o que dizer das datas apresentadas:
  • Fase Regular – começa na mesma data ( 10-09-11 ) e termina 3 semanas mais cedo( 03-03-12 ), o que significa para o mesmo numero de jornadas, mais jogos disputados em dias de semana,  começando logo com as datas das 3 primeiras jornadas a 10, 14 e 17 de Setembro de 2011 ).
  • Fases Finais – Esta época as fases finais tem mais dois fim de semana que na ultima época ( inicio em 10-03-12 e fim em 2-05-12 ), mas um dos fim de semana é ocupado com a Fase Final da Taça de Portugal ( 31-03-12 a 01-04-12).
Na presença destas datas significa que a época desportiva para as equipas que participam na PO01, termina no final da primeira quinzena de Maio de 2012, pergunta-se porquê, será que os clubes Nacionais poderão suportar este calendário, no nosso entender nem acautelado está a participação das equipas Portuguesas nas provas Europeias.

1.ª Jornada - 10 de Setembro de 2011
SC Horta / Madeira SAD
Ismai / Belenenses
São Bernardo / Xico Andebol
Benfica / FC Porto
AC Fafe / Águas Santas
ABC / Sporting

Excelente início de prova, logo com dois jogos entre possíveis candidatos na 1.ª Jornada, o Benfica / FC Porto e o ABC / Sporting.

Como não se concretizou a transmissão do sorteio através da FAP TV, não temos conhecimento de que o sorteio tenha sido realizado com ou sem condicionantes, nomeadamente as Geográficas como não época finda.

O Noticias

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Participantes nas Provas Nacionais Fixas - Época 2010/2011

A FAP, divulgou em 15 de Junho através do Comunicado Oficial n.º 2 Época 2011/2012, os participantes com direito desportivo e a inscreverem-se, e portanto qualificados, para a disputa das diversas Provas Fixas do Calendário Nacional na Época 2011/2012. No entanto teremos de referir que, apenas após a data de 30-07-11, se saberá em definitivo, quais as equipas que participarão em cada prova, sendo essa a data limite, para confirmação e efectivação de todos os procedimentos administrativos para a confirmação das inscrições. É ainda estranho que neste momento se desconheça quais os regulamentos específicos de cada prova e seus pressupostos desportivos.

Neste “post” abordaremos apenas as provas de Seniores Masculinos, que em relação à época anterior não sofrem qualquer alteração no número de equipas, previstas em termos regulamentares.

PO1 – Campeonato Nacional Seniores Masculinos 1.ª Divisão.
As 12 equipas, previstas. A federação ainda marcou a data nem o local do sorteio, para hoje em Estarreja, no entanto desconhece-se qual o regulamento da prova.

PO2 – Campeonato Nacional Seniores Masculinos 2.º Divisão
Aqui são 20 equipas, que deverão ser divididas em duas zonas, no entanto, um comunicado da FAP é omisso quanto à constituição das mesmas, o que cria alguns problemas na programação da época ás equipas participantes se todas usarem o seu direito desportivo de inscrição e participação, segundo as nossas previsões será muito provável que o Marítimo continue na da zona sul, onde entrará provavelmente o CD Marienses e, assim o ADC Benavente participará na zona norte, onde deverá entrar também a selecção Nacional. No entanto não existe qualquer esclarecimento acerca da participação da Selecção Nacional, pois ninguém sabe ( pelo menos não está publicamente divulgado ) quais os pressupostos da sua participação, nem se sabe quais os regulamentos que foram alterados para sancionar legalmente a sua participação, É uma pena…

PO3 – Campeonato Nacional Seniores Masculinos 3.º Divisão
Voltam a ser 36 equipas, que irão disputar esta prova, voltamos a referir que nos parece um número excessivo, para a qualidade do nosso Andebol, este número provoca no nosso entender, uma “desertificação” das Associações Regionais, pois em muitas delas não haverá número de equipas para programar Campeonatos Regionais, e desta forma a competitividade Regional será seriamente afectada.

E conforme tínhamos previsto, em textos anterior relacionados com a PO03 e PO03A, não se registaram descidas e subiram cinco das seis equipas que participaram na Fase Final da PO03A. Mis uma vez a não definição das possíveis zonas, irá criar problemas a alguns clubes na definição das suas estratégicas económicas, mas que estamos a prever na irá ser uma prova “cara”, com especial incidência na Zona Sul e Centro, face a diversidade nas deslocações.

O Analista

domingo, 19 de junho de 2011

PO14 – Campeonato Nacional de Infantis Femininos

LAGOA AC CAMPEÃO NACIONAL

Disputou-se este fim de semana em Valongo do Vouga, no Pavilhão da Casa do Povo a Fase Final do Campeonato Nacional de Juvenis Infantis Femininos, com a participação das equipas do CD Infante, Maiastars, Valongo Vouga, CA Leça, Alavarium e Lagoa AC. Tendo-se sagrado Campeão Nacional a equipa de Lagoa AC, após ter terminado invicta a Fase Final. Que assim sucede á JAC - Alacanena.
O Noticias

sábado, 18 de junho de 2011

Movimentações de Atletas – 2011 - I

Um regresso aos movimentos de atletas, continuando com o mesmo critério, ou seja só se dará informação dos movimentos de atletas que são praticamente certos, e daqueles em que a possibilidade de se concretizarem é quase garantida. Informa-se ainda de que apenas falaremos naqueles em que a garantia das fontes nos dê credibilidade.

Renovações 

Tiago Rocha – FC Porto
Nuno Silva – Madeira SAD
Pedro Cruz – Águas Santas
Ricardo Correia – Sporting
Pedro Solha – Sporting
Hugo Rocha – Sporting
João Pais – Benfica
Luís Bogas – ABC
Miguel Sarmento – ABC
Tiago Pereira – ABC
Álvaro Rodrigues – ABC
Pedro Graça - Benfica
Carlos Carneiro – Benfica
Ricardo Candeias – Benfica
David Tavares – Benfica

Movimentos Conhecidos

Bosko Bjelanovic – Sporting / Madeira SAD
Zoran Radojevic – Kragujevac ( Sérvia ) / Sporting
João Pinto – São Bernardo / Sporting
Luís Nunes – AC Fafe / FC Porto
José Coelho – Madeira SAD / ABC
Daniel Muresan - HCM Constanta ( Roménia ) / Sporting
Nuno Grilo – FC Porto / Benfica
Inácio Carmo – FC Porto / Benfica
Hugo Terra – São Bernardo / Avanca
Nuno Carvalho – São Bernardo / Avanca
Diogo Tabuada - São Bernardo / Avanca
Tiago Silva – Xico Andebol / FC Porto
João Antunes – Belenenses / Madeira SAD
Hugo Rosário – ABC / Madeira SAD
Luís Oliveira ( Júnior ) – ABC / Sporting
Gustavo Castro – Madeira SAD / Xico Andebol
Paulo Fernandes – AC Fafe / Xico Andebol 

Movimentos A Confirmar

Ricardo Moreira – FC Porto / Estrangeiro
César Gonçalves – Xico Andebol / AC Fafe

Saídas Confirmadas com Destino Desconhecido

Alexandre Teixeira – Águas Santas / ?
Vladimir Petric – Sporting / ?
Vladimir Zelenovic – Sporting / ?
Pedro Seabra Marques – Sporting / ?
Henrique Carlota – Sporting / ?
Albano Lopes – Madeira SAD / ?
Miguel Marinho – FC Porto /?
Jorge Silva – FC Porto / ?
Augusto Pedro – FC Porto / ?
Milan Vucicevic – Benfica / ?

Abandonos

Carlos Galambas – Sporting
Jorge Carvalho – Águas Santas
Paulo Sampaio – Xico Andebol
João Silva – Xico Andebol
Mário Costa – Madeira SAD / Treinador Adjunto Madeira SAD

O Administrador

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Europeu de Sub 17 – Feminino – Fase Final - I

Vai iniciar-se a Fase Final do Euro Sub-17 Feminino, que se disputa na República Checa de 23 de Junho a 3 de Julho de 2011, depois de toda a preparação que foi efectuada, e que culminou com a presença na última edição do Scandibérico, a seleccionadora Nacional divulgou a lista das convocadas, para esta prova, e para o estágio que antecede a partida da equipa.
Convocatória
Portugal na Fase preliminar está inserido no Grupo “B”, juntamente com a Dinamarca, Roménia e República Checa ( Como organizador, escolheu o Grupo ). Sendo apurados para chamada Main Round ( Lugares de 1 a 8 ) os dois primeiros classificados do grupo, os restantes disputarão a chamada Intermediate Round ( lugares de 9 a 16 ).

Calendário – Fase Preliminar
Dia 23-06-11
Roménia - Portugal ( 16H30 )
Dinamarca - República Checa ( 19H15 )
Dia 24-06-11
Portugal - Dinamarca ( 17H00 )
República Checa - Roménia ( 19H00 )
Dia 26-06-11
Dinamarca - Roménia ( 17H00 )
República Checa - Portugal ( 19H00 )

O grupo é forte, mas esta equipa por vezes surpreende-nos e até já nos tem criado grandes expectativas de bons resultados, esperemos para ver, Boa Sorte Portugal.

Fará ainda parte da presença Portuguesa nesta prova, a dupla feminina de árbitros, constituída por Ana Silva e Ana Afonso da Associação de Andebol do Porto. Esta dupla que se irá estrear ao nível da EHF, estará a dar os primeiros passos na sua formação Internacional, situando-se no nível 1 do programa da YRP da EHF, pois algumas das duplas presentes nesta prova, nomeadamente Femininas, estão no mesmo processo evolutivo, sendo que, nesta prova, estarão acompanhadas por um dos grandes responsáveis pela arbitragem a nível Europeu de nome Sandor Andorka. Desejamos à dupla que tudo corra pelo melhor.

O Formador

Informação - Clubes - Diversos

GINÁSIO CLUBE ODIVELAS
O Noticias

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Analise Das Equipas da PO01 – VII

Dando continuidade a analises que têm vindo a ser publicadas, hoje efectua-se a última publicação. Será de todo o interesse referir, que estes textos reflectem a opinião dos autores, e pretendem ser efectuadas com um princípio de equidade, sem pretender de qualquer forma defender, atacar ou promover qualquer clube ou atleta.

S.BERNARDO

Ricardo Tavares, viu-se ao longo do seu percurso no clube ficar sem atletas como Inácio Carmo, Nuno Grilo, Telmo Ferreira, Jorge Sousa, José Coelho ou Carlos Martingo. No lugar destes surgiram atletas de grande potencial mas sem andamento e experiencia, e atletas oriundos dos clubes secundários da região de Aveiro. Ora como os milagres não sucedem ao ritmo destas saídas, o técnico viu-se desarmado, e ainda para mais, a juntar a estes problemas, as dificuldades de tesouraria não proporcionam as condições para se trabalhar de forma séria e exigente.

A luta pela permanência foi muitas vezes posta em causa, mas no final, um conjunto de atletas jovens tiveram a força anímica lutar honradamente até ao último jogo. Pensamos que se deve olhar com atenção para alguns dos jovens do plantel e ponderar a sua inclusão em projectos mais ambiciosos. Há atletas internacionais jovens que parecem ali estagnados (Pedro Maia é o exemplo mais claro) ainda que alguns se tenham destacado como João Pinto, que aproveitou a oportunidade de “rodar” num clube mais pequeno para se assumir. Ressalvamos ainda o crescimento que o ainda junior Daan Garcia tem mostrado ao longo dos dois anos de convivência com Ricardo Tavares, e do pivot Nuno Carvalho sobre o qual temos de admitir que não será hipótese para os grandes, mas que, com percentagens de concretização impressionantes para a idade e estatura não deveria ser esquecido por alguns técnicos de outros clubes da 1ª divisão… principalmente para os lados da Maia…

Balanço: sem ovos não se fazem omeletas, e o S.Bernardo não partia certamente com grandes ambições. A manutenção (mas principalmente o fim do campeonato) permitiu a todos respirarem fundo com a sensação de dever cumprido. Também em Aveiro se vive um período de grande indefinição e não será certamente na próxima temporada que melhores ventos soprarão.

S.MAMEDE

O S.Mamede apresentava-se nesta competição quase como um outsider. Era o clube, que de forma amadora tinha surpreendido tudo e todos na 2ª divisão e que tentava entrar no convívio com os grandes mantendo a base do plantel e juntando alguns atletas com experiencia e outros com potencial para se afirmarem. Contudo, as diferenças são grandes e o certo é que se determinadas ideias funcionam na 2ª divisão, provou-se que não funcionam na 1ª. O grupo tem atletas de qualidade – não sendo foras de série, quase todos tinham experiencias anteriores na principal competição e podiam ter feito bem melhor. Mas a lógica do clube de amigos, dos treinos que pouco mais são que convívios, em que todos jogam para se divertirem e sem grande compromisso para com a competição revelou-se arrasadora, e após um início entusiástico com alguns resultados nivelados contras as equipas do “seu” campeonato, o clube deixou-se abater pelas dificuldades e cedo deitaram a toalha ao chão. Ao contrário do S.Bernado, os atletas (bem mais experientes que os aveirenses) deixaram-se desmotivar e a caminhada até ao final terá parecido interminável. Este clube será certamente o exemplo daquilo que os clubes não devem fazer, e o cúmulo foi o jogo com o Belenenses para o qual, misteriosamente, todos os guarda-redes do plantel estavam indisponíveis. Sabemos que o jogo foi em Lisboa e a meio da semana, mas lá está… quem que anda à chuva sujeita-se a ficar molhado e a S.Mamede sabia desde início que desafios a meio da semana são inevitáveis.

Balanço: Poucos para além dos jogadores acreditariam que o S.Mamede pudesse conseguir feitos dignos de registo e o avançar dos jogos provou-o. Resta ao S.Mamede utilizar a experiencia deste ano para lançar as bases daquilo que pode ser um regresso mais sustentado… embora provavelmente os dirigentes não tenham vontade de voltar tão rapidamente ao bulício da 1ª Divisão.

Grupo de Analistas

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Mundial Sub 21 Masculinos – 2011 – Grécia - III

Portugal vai efectuar um estagio com a participação, num Torneio Internacional no Qatar ( segundo informação inserta no Portal da FAP ) de 17 a 23 de Junho, iniciando desta forma a sua preparação final, visando a sua participação na Fase Final do XVIII Campeonato do Mundo Sub 21 , que se vai disputar na Grécia de 17 a 31 de Julho de 2011, e para o qual Portugal se qualificou brilhantemente ao sagrar-se Vice Campeã da Europa.

De Recordar que no último Mundial de Juniores disputado em 2009 no Egipto, Portugal se Classificou num honroso 7.º Lugar

Portugal na Fase Preliminar, da Fase Final disputara o Grupo “D”, com a Suécia, Espanha, Canada, Hungria e Irão.

Convocatória
Como nosso costume, divulgamos a convocatória, que foi divulgado pela FAP a 7 de Junho, sem efectuarmos qualquer comentário relativo aos atletas seleccionados, mas iremos tecer alguns comentários quanto à forma e ao tempo em que a mesma é divulgada:
  • É completamente absurdo e inconcebível, uma divulgação deste teor nas vésperas da disputa da Final da principal prova do escalão, onde iriam estar certamente os principais atletas do escalão.
  • Ao divulgar-se nesta data a convocatória, estava-se indirectamente a dizer a todos os praticantes do escalão, que jogassem o que jogassem, estivessem ou não estivessem bem, o grupo dos seleccionáveis é “fechado”, e portanto nada vale a pena…
  • Ao divulgar-se nesta data a convocatória, estava-se indirectamente a dizer aos convocados, tenham cuidado, pois estão seleccionados e se houver lesões ficam de fora… Esta é forma inibidora de uma prestação ao melhor nível… Poder-se-ia ter criado grandes problemas aos clubes a que os mesmos pertencem.
Muito mais poderia ser dito, mas pensamos que chega. Apenas estranhamos que ninguém com responsabilidades no elenco Federativo tenha impedido esta “atrocidade”.

Uma nota final, para um torneio internacional que supostamente começa dia 20, ainda não existe informação de equipas e Calendário...Estranho…

O Formador

terça-feira, 14 de junho de 2011

Scandibérico Feminino – 2011 - I

Terminamos a nossa participação neste torneio, com um regresso a um passado, que já julgávamos distante ara este escalão, no entanto esperamos que esta participação tenha servido os seus principais objectivos, ou seja uma preparação condigna para a Fase Final do Europeu de Sub 17, a disputar na República Checa de 23 Junho a 3 de Julho de 2011.

Depois de uma participação que excedeu todas as expectativas, pelo positivismo da nossa participação na edição de 2010 ( 2.º Lugar ), disputada na Ilha de Fuerteventura nas Canárias, Portugal iniciou a sua participação na edição de 2011, realizada em Marsta, na Suécia (com o pior dos calendário das equipas presentes, sendo a única equipa que realiza dois jogos por dia ),com uma copiosa derrota frente à Dinamarca, ( com um curioso comentário no site da Federação Dinamarquesa – “ Vingámo-nos da derrota sofrida na última edição” ). No jogo da 2.ª Jornada, em que se defrontou a equipa da casa, Portugal esteve muito bem, dominando o encontro e chegando ao intervalo já na posição de vencedor ( 17-14 ), com os suecos a fazer uma referência especial à nossa artilheira (Mónica Soares ). No segundo dia, voltamos a iniciar com uma diante da equipa vencedora do último torneio ( Noruega ), considerada uma das grandes favorita a vencer do mesmo modo esta edição, perdemos, mas realizámos, segundo rezam as crónicas uma boa partida. No segundo jogo o dia, faltaram-nos as “pernas”, e diante a equipa espanhola nnca conseguimos encontramo-nos e a derrota foi evidente. Terminamos o torneio em 4.º lugar, com a penas uma vitória precisamente diante a equipa da casa.

Resultados dos Jogos:
Dinamarca 37 – 21 Portugal ( Mónica Soares a melhor jogadora Portuguesa )
Espanha 14 – 24 Suécia
Noruega 26 – 24 Dinamarca
Portugal 32 – 28 Suécia ( Mónica Soares a melhor jogadora Portuguesa )
Noruega 29 – 24 Portugal ( Isabel Góis a melhor jogadora Portuguesa )
Dinamarca 29 – 26 Espanha
Suécia 26 - 28 Noruega
Portugal 24 - 30 Espanha ( Mariana Faleiro a melhor jogadora Portuguesa )
Espanha 26 – 31 Noruega
Dinamarca 31 – 27 Suécia

Classificação Final – 1º Noruega, 2.º Dinamarca, 3.º Suécia, 4.º Portugal e 5.º Espanha ( Suécia, Portugal e Espana, terminaram com o mesmo numero de pontos ).

Mónica Soares – Foi a melhor marcadora com 36 golos

Isabel Góis e Mónica Soares – Nomeadas para o sete ideal da Prova.

O Formador