gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 31 de maio de 2008

Portugal – Suiça ( Seniores Masculinos )

Portugal 25 – 26 Suiça

Jogo hoje disputado no Pavilhão de S. Bernardo, com uma razoável moldura de publico entusiasta , no âmbito de um estagio sem objectivos , com uma equipa ( A Suiça ) , que essa sim, prepara o Play OFF de acesso ao Mundial 2009 na Croácia. Jogo disputado sob o signo do equilíbrio, ao intervalo registava-se já um resultado desfavorável ( 12 - 13 ) embora Portugal , apresentasse alguns novos jogadores , como Cláudio Pedroso e Nuno Pereira que não deixaram os seus créditos por mãos alheias , e com um Pivot que já nos habitou a jogar normalmente sempre com alma , estamos a referirmo-nos a José Costa. A arbitragem a cargo dos irmãos Martins, esteve ao nível do jogo, equilibrada, apesar de alguns protestos do banco Suíço, nomeadamente quanto ao Jogo Passivo.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 30 de maio de 2008

2008 – Campeonato da Europa Seniores Femininos Play OFF

Portugal vai disputar o Play Off de apuramento para a Fase final do Campeonato da Europa 2008 que se disputa em Dezembro deste ano na Macedónia com a Polónia realizando o jogo da 1.ª Mão, no dia 31-05-08 em Elblag na Polónia.

Não queremos deixar, passar em claro esta jornada de capital importância para o andebol Feminino em Portugal, para desejar à Selecção Nacional , as maiores felicidades, esperando que a sua actuação no mínimo dignifique a modalidade , pois temos a consciência das grandes dificuldades que irão encontrar.

Esperamos que no dia08-06-08 em Gaia aquando da realização do jogo da 2.ª mão, o pavilhão se encontre cheio, de publico vibrante, e entusiasta no apoio à nossa selecção.

O Banhadas Andebol

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Noticias – Setúbal

Na comemoração dos 50 anos da Associação de Andebol de Setúbal , irá ser realizada a 1.ª Gala de Andebol desta Associação. A gala terá inicio as 14h de 1 de Junho e será dividida por 3 recintos, sendo eles: Pista de Atletismo Carla Sacramento (onde irão decorrer as actividades para minis / bambis ), no pavilhão da escola secundária Alfredo dos reis silveira na torre da marinha irão decorrer jogos relativamente aos escalões femininos, no pavilhão municipal da torre da marinha irão decorrer jogos relativos aos masculinos, onde às 17 horas se realizará a cerimónia solene da comemoração do aniversário da AAS onde serão distinguidas as mais diversas pessoas que contribuíram para a evolução do andebol na mesma. Às 18h terá inicio o jogo da Selecção de Setúbal / Belenenses para o encerramento da mesma gala.

O Noticias

LPA – Gráfico de Arbitragens por Clube

A CA da LPA, publicou no seu site, um gráfico deveras interessante , para os estudiosos da modalidade, o caso curioso é este documento. tal como outros foram publicados, sem nenhum comentário ou chamada de atenção para a sua existência, o que não pudemos deixar de lamentar. O Gráfico que reproduzimos na integra , contem informação sobre a actuação das arbitragens por clube e ou SAD, referindo a média nacional e a média por clube , com a indicação do número de jogos efectuado por cada Clube e ou SAD.

Verifica-se que em dois clubes , as arbitragens estiveram francamente abaixo da média Nacional ( 79,61 ), A. Santas ( 77,37 ) e S. Horta ( 77,97 ).

Constata-se igualmente que as arbitragens no ABC ( 80,69 ) , no ISAVE ( 80,60 ) e no Sporting ( 80,89 ) , estiveram bem acima da média Nacional , e que no global as restantes equipas estiveram com valores muito aproximados . Poderemos em forme de conclusão que no global , o negativismo com que alguns encontros foram referenciados, não tem no seu conjunto grande influência , mas que poderão tê-lo quando considerados individualmente.

Deixamos para os nossos leitores, a subjectividade de efectuarem de igual modo as suas próprias analises.

O Analista

Regras de Andebol - 14

Eis as soluções das perguntas anteriores:

61Resposta C – Regras ( 5:10, 13:1a ), 62 - Resposta B, D – Regras ( 13:7, 15:7, 13:1a ), 63 - Resposta A – Regras ( 6:5 ), 64 Resposta C, D – Regras ( 12:1, 12:2, 15:5, 15:9, 16:1c, Clarificação 5:2b ) 65Resposta A – Regras ( 6:5 )

Perguntas Seguintes :

66 - A8, que é atacado correctamente por vários oponentes, atira a bola intencionalmente para a sua própria área de baliza, onde a bola pára. Guarda-redes A não apanha a bola. Decisão correcta?

A - Lançamento de guarda-redes
B - Lançamento de guarda-redes após apito
C - Lançamento de 7 metros para B
D - Lançamento livre para B

67 - A5 joga a bola intencionalmente para a área de baliza da própria equipa. A bola bate o poste da baliza e está rolando em direcção à a área de jogo. Guarda-redes A apanha a bola e lança-a a A7 que marca golo. Decisão correcta?

A - Lançamento de 7-metros para B
B - Golo
C - Lançamento livre para
D - Lançamento de guarda-redes para A

68 - Um passe arriscado do ponta B3 para central B11. Quando a bola está no ar, B11 percebe que não a consegue agarrar, assim ele bate-lhe de punho para B9, que está no meio do terreno de jogo. Decisão correcta?

A - Jogo prossegue
B - Lançamento livre para equipa A na posição de B9
C - Lançamento livre para equipa A da linha de lançamento livre próximo de B11
D - 2-minutos exclusão para B11

69 - Reposição em jogo para equipa B. B7 executa correctamente a reposição e vê o guarda redes A12 bastante afastado da baliza. B7 lança a bola directamente na direcção da baliza vazia. Jogador A3 entra na área de baliza e impede a bola de entrar na baliza. Decisão?

A - Golo
B - Lançamento livre para B
C - Lançamento de 7 metros para B
D - Sanção progressiva contra A3

70 - A4 apanha a bola; salta e aterra com o pé direito, salta no pé esquerdo e atira. Quantos passos deu A4?

A - 1
B - 2
C - 3
D - 4

As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

Pelo nosso colaborador

O Regras

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Noticias – Leiria

Através do novo colaborador “O Noticias“ , iniciamos hoje um novo espaço informativo, em que divulgaremos as actividades das Associações de Andebol, que nos forem enviadas. Desta forma hoje procedemos à divulgação de duas actividades relevantes da A.A. de Leiria.

- Disputa-se no Pavilhão da Juventude Desportiva do Lis , de 30 de Maio a 1 de Junho a Fase Final Grupo B do Campeonato Nacional de Juvenis Femininos ( PO12 ), com a participação das equipas de : CA Leça , ASS Assomada , D. Henrique e J. Lis.

- Curso de Árbitros - Atendendo ao número insuficiente de inscrições para a realização do Curso, prolonga-se o prazo de inscrição até ao próximo dia 31 de Maio de 2008. Os candidatos deverão ter a idade mínima de 16 anos, devendo cada clube proceder à indicação de pelo menos 2 elementos.

O Noticias

terça-feira, 27 de maio de 2008

Eleições FAP – O Conluio e Oportunismo – Parte III

Extraordinário, apenas hoje e apenas cerca das 17H00, o portal da FAP, noticia o processo eleitoral, o processo é tal maneira tenebroso, que segundo julgamos saber ainda não foi sequer, convocada uma reunião de Direcção.

Diz o texto publicado, nomeadamente “O Presidente da Mesa da Mesa da AG da Federação, Exmo Sr. Pedro Feist declarou aberto, a partir de 22 DE MAIO DE 2008 e até 4 DE JUNHO DE 2008, o PERÍODO ELEITORAL, destinado à APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PARA OS NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL, para o mandato de quatro anos coincidente com o ciclo olímpico de 2008 a 2012, na sequência da renúncia ao mandato apresentada quer pelo Exmo Sr. Presidente da Federação de Andebol de Portugal, quer dos restantes membros dos órgãos sociais da Federação de Andebol de Portugal - Conselho de Arbitragem, Conselho Técnico, Conselho Disciplinar, Conselho Jurisdicional e Conselho Fiscal – (excepto a Mesa da AG).”

Agora pergunta-se , porquê um processo eleitoral que decorre de 22 a 4 de Junho, apenas é noticiado a 27 ( decorridos 5 dias depois do inicio do processo ) !!! Será que não existe o mínimo de pudor !!!Então inicia-se um processo precisamente num dia Feriado!!!

Diz ainda o texto publicado no portal da FAP , que o Acto Eleitoral, terá lugar no dia 5 de Julho , deve, a bem da verdade dizer-se que o Presidente da mesa da Assembleia Geral teve o cuidado de se resguardar e outra coisa não seria de esperar da sua parte , respeitou o estabelecido no n.º 2 do artigo 18.º dos Estatutos. No entanto algo nos espanta é que a tomada de posse seja feita imediatamente , pois o texto diz “ ... e a TOMADA DE POSSE ocorrerá, previsivelmente, no mesmo dia. “, não será demasiado apressada a tomada de posse !!!

Como será a votação das Associações dos Açores, já estão todas em condições de votar não nos devemos esquecer que na última Assembleia Geral , ainda havia problemas, pois acabou a União das Associações de Andebol dos Açores, e teve de haver um novo processo de filiação.

Vamos estar atentos ao desenrolar e ás surpresas do processo e sempre que se justificar, daremos novas informações.

O Jurídico

Classificação Final – Duplas na LPA

A Liga de Andebol , através do seu CA, publicou em Comunicado Oficial ( n.º 25 ) e disponibilizou no seu site a Classificação das duplas que actuaram nas suas provas na época de 2007/2008 , antes de se efectuar uma analise síntese das mesmas, não podemos deixar de referir, um processo que revela transparência, e divulgado a tempo e horas , se comparado com o outro organismo que tem elevadas responsabilidades na modalidade.

Foram observados todos os jogos efectuados num total de 151, segundo os dados divulgados , constata-se que nem todas as dupla efectuaram o mesmo número de jogos, mas apresenta um equilíbrio relativo , com duas excepções as Duplas Paulo Jorge / Rui Machado ( Por motivos já sobejamente conhecidos ) e a dupla Jorge Manuel / Nuno Francisco ( Por Lesão ).

A média Nacional Global ( 79,61 ) , apresenta na nossa opinião, um valor relativamente elevado, para a qualidade de algumas arbitragens a que assistimos.

A classificação, por sua vez espelha a qualidade das nossas duplas , verificando-se, que apenas as 4 primeiras duplas estiveram acima da média Nacional, o que não é muito saudável ( torna limitativo a acção dos nomeadores ), verifica-se ainda que a jovem dupla Algarvia, pagou caro a sua inexperiência, e temos a surpresa da dupla 6.ª classificada , que inclui o árbitro Rui Machado. Esta analise, não poderia estar completa sem uma referencia a pontuação da dupla, António Goulão / José Macau ( 87,30 ) que consideramos demasiado elevada, mas torna claro a diferença entre a mesma e as restantes ( a dupla terminou o seu ciclo por abandono de José Macau ). Uma chamada de atenção para a classificação das duplas de Aveiro ( Bruno Rodrigues / Carlos Capela e Mário Coutinho / Ramiro Silva ) , que têm estagnaram, sendo que, ou evoluem ( falta de trabalho e de acompanhamento por quem de direito ) ou estaremos perante dois casos perdidos, esperamos que não. A dupla António Trinca / Tiago Monteiro , que fortes possibilidades de evolução , necessita ser mais humilde e ponderada , de chegar a horas aos locais e de se concentrar na sua tarefa, apitando todos os jogos da mesma forma sejam eles de que escalão forem. A dupla Roberto Martins / Daniel Martins , apesar dos maus momentos por que passou, ainda obteve uma razoável classificação, esperamos que na próxima época possam estar ao nível do seu real valor, e João Moreira / Alberto Cerqueira, tem de melhor substancialmente a sua postura em campo, a chamada terceira dupla de Leiria Flávio Carvalho / João Malhado é uma dupla em evolução, e de quem se espera fortes melhorias, num futuro próximo.

O Analista

Qual o Melhor Lateral Direito - Resultados

Eis os resultados da sondagem , sobre o Melhor Lateral Direito de sempre.

E tal como prometemos, hoje iniciaremos a 5.ª sondagem, desta vez dedicada aos “Laterais Esquerdos”, de certo que alguns nomes ficaram de fora, mas estas foram as nossas opções, pois o critério , foi seleccionar apenas 10. E Por vezes a nossa memória também tem falhas. Reforçamos o nosso anterior pedido , ou seja que ao número de visitas corresponda igual número de votos.

O Jurássico.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Jogos e Estágio da Selecção A Masculina

Muito tem se tem falado do Calendário Nacional e dos jogos da prova da Liga e da Taça de Portugal, e da coincidência com jogos das Selecções de Juniores, mas ninguém ainda disse qual o objectivo deste mini-estágio da Selecção “A” Masculina e dos dois jogos que vai efectuar, pois em termos de Selecção, no nosso entender, esta acção é perfeitamente dispensável.

No calendário elaborado no inicio da época e aprovado em Assembleia Geral da FAP , existia um estágio da Selecção “A” que compreendia dois períodos de 26-05-08 a 01-06-08 e outro período imediatamente a seguir de 04-06-08 a 15-06-08. Claro que estavam programados na previsão de Portugal ser apurado para o Play OFF do Mundial da Croácia. Assim, o calendário das provas já referidas foi apertado e inclusive poderia dar origem a que a final four da Taça de Portugal pudesse não ser o encerramento da época nas provas de topo masculino do Andebol nacional, pois se, se verificasse a necessidade do 5.º jogo do Play OFF , o mesmo seria disputado no dia 22-05-08.

Ora face ao desaire de triste memória do Jogo da nossa selecção em Guimarães ( que lamentamos ) , a FAP não teve a coragem suficiente de refazer o Calendário, cancelando os estágios , porquê ?

Agora vemos um estágio sem interesse estratégico nenhum, sem objectivos competitivos e sem grande parte dos atletas que normalmente estão na Selecção, a não ser que os objectivos eleitoralistas e o cumprimento de promessas , levem à situação destes dois jogos com a Selecção Suiça , ( esta sim em preparação para os jogos do Play OFF do Mundial a disputar em 8 e 14-06-08 com a Polónia ) e inserir um dos jogos nas comemorações do aniversário da AA Porto (por sinal uma das que marca presença nas tais reuniões só para alguns, será que se Norberto Carvalho fosse ainda o presidente desta Associação o jogo existiria!!! ) e outro jogo em Aveiro ( por sinal sede de outra das Associações , que normalmente marca presença nas ditas reuniões ). Será que as verbas gastas neste estágio e com estes jogos não seria melhor aproveitada no desenvolvimento da modalidade, pois são dinheiros públicos. Porque não se refez o Calendário Nacional ?

O Analista.

Os Melhores do Ano

A LPA, está a promover no seu site , ás votações para os melhores do ano , nas Categorias de Jogador do Ano, Jogador Jovem do Ano e Guarda-Redes do ano. Os prémios serão entregues durante a Gala do Andebol, que se realizará a 14 de Junho no Casino da Figueira da Foz. Em simultâneo o nosso colega do espaço cibernético 7 metros , também vai efectuar a sua votação para os melhores do ano , por serem duas acções que merecem todo o nosso aplauso, e que começa, a ser uma tradição na modalidade, damos espaço à sua divulgação, e apelamos à participação massiva nestas incitavas, basta seguir os Links.

O Banhadas Andebol

domingo, 25 de maio de 2008

Campos de Férias de Andebol

Eis uma actividade, que deveria servir de exemplo na forma como se divulga uma modalidade, neste caso o Andebol, e é inédita, parabéns ao Vitória FC ( Setúbal )em especial à sua secção de Andebol .

Nos meses de Julho e Agosto , a secção de Andebol do Vitória FC em colaboração com o Instituto Português da Juventude, leva a feito um programa de Campos de Férias , para jovens de ambos os sexos dos 6 aos 14 anos, integrado no programa “ OTL Férias Desportivas “ .

O contacto para inscrição e outras informações sobre esta actividade, é, andebolvitoria@gmail.com .

O Banhadas Andebol

EHF – Vencedores Femininos

Para os historiadores e pessoal da estatísticas , os vencedores das Provas Europeias de Clubes ( Femininos ) na época 2007 / 2008 , que terminaram em 24-05-08, foram :


Champions LeagueZvezda Zvenigorod ( Russia )


EHF CupHC Dínamo Volgograd ( Rússia )


Challenhe CUPVfl Oldenburg ( Alemanha )


Cup Winner’s CupLarvik HK ( Noruega )



O Banhadas Andebol

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Eleições FAP – O Conluio e Oportunismo – Parte II

Tendo mais informação , tal como tínhamos dito vamos divulgá-la, todos devemos conhecer, como se esta a processar todo este “ tenebroso “ processo . Depois da noticia que demos acerca das reuniões do Presidente da Associação de Andebol de Braga com as suas congéneres, estamos em condições de informar, de que em Guimarães, na véspera da disputa da Taça de Portugal, se realizou nova reunião de Associações, mas atenção, nem todas as Associações foram convidadas, segundo se consta ( apenas aquelas que são verdadeiramente fieis ao sistema, outras houve que foram intencionalmente marginalizadas do processo ).

Mas tudo isto são as movimentações marginais, a um processo que deveria ser transparente, mas que afinal , mais parece uma sucessão ao bom estilo monárquico, tem linha de sucessão definida , assim o dá a entender Luís Santos numa entrevista à Antena 1 em 15-05-08, quando diz “ ... que face, à sua vida pessoal e ao novo Regime Jurídico das Federações , não vai manter-se à frente da FAP , e que o seu natural sucessor, pois era o seu braço direito, será Henrique Torrinha ...“ Salvou-se a intervenção do jornalista que ao terminar disse “... pelo menos enquanto não houver eleições... “.

Todo esta caricato processo informa de informação e contra Informação ao estilo do MI5 inglês e outros serviços similares. Então o jornal Record noticia hoje que as eleições serão a 5 de Julho, em Guimarães constava-se 12 de Julho , no final parece, ninguém sabe de nada, pois a entidade que já deveria ter noticiado o que se estava a passar nada diz. O Portal da FAP , meio de divulgação e comunicação, por excelência está mudo, o Presidente da Mesa da Assembleia Geral idem , A Assembleia Geral Eleitoral não está marcada ?, o processo eleitoral não está definido ?, como irão ser cumpridos os prazos?

As renuncias andam a ser pedidas pelo telefone, aos restantes elementos da direcção e dos outros órgãos, numa tristeza de processos que não lembra nem ao “diabo”, e em que, “alguns” são novamente convidados. No meio de tudo isto surge o nome de Rui Coelho , será que este, se vai sujeitar a ser o suporte de equilíbrio para Henrique Torrinha, diga-se que em Guimarães manteve largos momentos de conversa com o actual Vice – Presidente.

O mais esquisito disto tudo, segundo julgamos saber ainda nem sequer foi convocada uma reunião de direcção da FAP, desde que se iniciou todo este tenebroso processo.

Vamos estar atentos ao desenrolar do processo e sempre que se justificar, daremos novas informações.

O Jurídico

EHF – Vencedores Masculinos

Para os coleccionadores e pessoal das estatísticas , os vencedores das Provas Europeias de Clubes ( Masculinos ) na época 2007 / 2008 , foram :


Champions LeagueBM Ciudad Real ( Espanha )


EHF CupHSG Nordhorn ( Alemanha )


Challenhe CUPUCM Resita ( Roménia )


Cup Winner’s CupMKB Veszprem ( Hungria )

Á atenção dos Clubes Portugueses, a inscrição nas provas Europeias de Clube Masculinos para a época 2008 / 2009 , deve ser efectuada até 22 de Junho de 2008.

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Torneio – Cidade da Guarda

A propósito deste torneio que se realiza na Cidade da Guarda , nos dias 23 a 25 de Maio de 2008, pouco haverá a dizer , a não ser que o mesmo nesta datas é completamente descabido , e que deveria aproveitar-se as sinergias do Município local , para por exemplo programas um belo torneio de inicio de época, que servisse de preparação das equipas e não de demonstração das frustrações e da fadiga acumulado ao longo desta extenuante época. Mais este torneio tem a organização de uma firma , cujo objectivo social é o lucro , desta forma não se compreende como os clubes , aceitam participar neste tipo de torneios, a não ser por objectivos meramente financeiros .

No entanto o torneio tem o apoio da FAP , que fez noticia no seu Portal do mesmo, mas com erros grosseiros , pois diz que participa o FC London ( Campeão Inglês ) isto é falso , pois o Campeão Inglês é o Great Dane London Handall Club, conforme consta no site da EHF e no cartaz de divulgação do torneio, ou andam distraídos ou foram enganados.

Outro caso curioso, é a presença da equipa representativa do País vizinho , a CBM Puente Genil , após consultarmos e pesquisarmos , no site da Federação Espanhola , esta equipa não faz parte de nenhuma prova Nacional até à II Divisão Estatal, que engloba um total de 108 equipas , deste modo, apenas poderá ser uma equipa regional ou abaixo da II Divisão Estatal , não trazendo certamente nenhuma mais valia acrescida aos nossos clubes. Este torneio é um mau exemplo de que como se desperdiça a boa vontade de alguns Municípios.

O Banhadas Andebol

Regras de Andebol - 13

Eis as soluções das perguntas anteriores:

56Resposta C – Regras ( 5:6 ), 57 - Resposta B – Regras ( 6:5, 12:1 ), 58 - Resposta B – Regras ( 5:10, 13:1a ), 59Resposta B – Regras ( 5:10, 13:1a ) 60Resposta B – Regras ( 14:1c, 2:8a, 16:3f, 16:6e )

Perguntas Seguintes :

61 - Guarda-redes A defende um remate. A bola está rolando para a área de jogo onde B6 está isolado à espera de apanhar a bola. Guarda-redes A consegue parar a bola com o seu pé quando a bola está na linha de área de baliza. Decisão correcta?

A - Lançamento de guarda-redes para A após apito
B - Sanção progressiva para guarda-redes A
C - Lançamento livre para B
D - Lançamento de 7-metros para B

62 - Os árbitros apitam Lançamento livre para a equipa B na linha de 9 metros da equipa A. Depois de todos os jogadores estarem nas suas correctas posições, o árbitro apita para a sua execução. Antes da bola deixar a mão do lançador, dois colegas de equipa atravessam a linha de 9 metros da equipa A. Qual a decisão correcta?

A - Repetição do Lançamento livre para B.
B - Lançamento livre para A.
C - Com apito.
D - Sem apito.

63 - A3 encontra-se com ambos os pés na área de jogo e apanha a bola que ressaltou do seu guarda-redes. Quando A3 é obstruído correctamente por B10, ele dribla a bola várias vezes na sua própria área de baliza. Decisão correcta?

A - Jogo prossegue
B - Lançamento de 7 metros para equipa B
C - Lançamento livre para equipa B
D - Lançamento livre para equipa A

64 - Guarda-redes A encontra-se na área de baliza com a bola na mão, pronto para executar um lançamento de guarda-redes. Atacante B6 tira a bola do guarda-redes A com a mão aberta. Decisão correcta?

A - Lançamento de guarda-redes para A
B - Lançamento livre para A
C - Repetição do lançamento de guarda-redes após apito
D - Sanção progressiva para B6

65 - A7 encontra-se fora da área de baliza da equipa B mas agarra a bola que está claramente no ar sobre a área de baliza e faz golo. Decisão correcta?

A - Golo para A
B - Lançamento livre para B
C - Lançamento de guarda-redes para B
D - Lançamento de guarda-redes para B após apito

As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

Pelo nosso colaborador

O Regras

terça-feira, 20 de maio de 2008

Iniciados

Porque é histórico , e para os nostálgicos, vamos recordar o 1.º Encontro Nacional de Iniciados de Andebol , que se realizou em Coimbra no já longínquo ano de 1978 , através da divulgação do seu cartaz.

O Jurássico

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Taça de Portugal – Organização

Prometemos e cumprirmos, este “post” é dedicado essencialmente aquilo que constatamos na organização desta prova, apesar de Guimarães ter sido a Capital do Andebol no fim de semana, pois segundo apuramos , até se realizaram reuniões entre Augusto Silva e “algumas” Associações , e até a LPA , fez uma reunião da chamada Comissão delegada, destas movimentações estamos a recolher mais elementos para puder divulgar noticias com segurança.

As 1/2 Finais , foram disputadas com pouco público , embora a final tenha registado um Pavilhão cheio, demonstrando que o andebol está vivo, no entanto existiu pouco trabalho de Marketing por parte da entidade organizadora, apesar de a FAP ter a sua responsável em Guimarães . Estranha-se que, que para uma prova destas, não tenha nomeado delegados aos jogos , situação incompreensível, e que poderia ter evitado muitos problemas , nomeadamente a situação vivida no jogo FC Porto / Sporting, com a entrada antes de tempo de um atleta do FC Porto, estranha ainda que não tenha existido tábua de exclusões na mesa de cronometragem, o que provocou situações de embaraço, e dificuldade em controlar as exclusões , com a agravante do cronometro de parede apenas permitir o controle de uma exclusão de cada vez, e sem a indicações do n.º do excluído. Não existência de controle “Time Out” , pois quem olhasse para a mesa não sabia quem já tinha efectuado o respectivo pedido, no meio de tudo isto constatamos , que nos jogos das meias finais , a maior parte dos repórteres de pista , nem sequer possuía coletes o que contraria a lei e os acordos em vigor e no meio disto tudo um “escândalo” para nós, a bola de jogo, então a FAP tem uma Bola Oficial e a mesma nem sequer é utilizada, porquê ? O que dirá o patrocinador a esta actuação !!! E para terminar , vamos referir a entrega de prémios , então entrega-se 1.º a Taça ao vencedor e depois as medalhas aonde já viu isto !!!

O Banhadas Andebol

Crónica do Fim de Semana - 7

Taça de Portugal 1 / 2 Final

FC Porto 36 – 26 Sporting CP

Jogo incaracterístico, com um Sporting totalmente amorfo e irreconhecível , sem saber atacar e sem qualquer reacção a defender, de tal modo que apenas marcou o 1.º golo aos 10 minutos de jogo, chegando na 1.ª parte a ter uma diferença desfavorável de 12 golos, A primeira parte terminou em ( 19-11 ) a favor do Porto. Na 2.ª parte regista-se uma forte reacção do Sporting , com melhorias substancias no desempenho defensivo , e com Fernando Nunes em destaque ao ataque, efectuando uma recuperação inesperada , levando a que se chega-se ao empate a ( 26-26 ), nesta altura com 2 jogadores amais em campo e com duas possíveis situações para ganhar vantagem no marcador não conseguiu, voltando a cometer os mesmos erros da 1.ª parte, permitindo o distanciamento do Porto, que venceu com todo o mérito e por uma margem confortável. A equipa de arbitragem ( Eurico Nicolau / Ivan Caçador ), não esteve bem , Lançamentos de Saída, Distância dos 3 metros , agressões que passaram sem a aplicação de qualquer sanção ,e passos, foram de aplicação calamitosa, Para culminar os oficiais de Mesa não colaboraram, nem controlaram eficazmente as exclusões e entradas dos atletas , dando origem a uma exclusão de 2 minutos ao treinador do Sporting , que tinha a razão do seu lado mas que se excedeu nos protestos.

Isave 22 – 31 ABC

Jogo sem história, a superioridade do ABC , nunca esteve em causa e soube gerir o resultado e os atletas a contento , o Isave , foi uma equipa sem ritmos competitivo , em fim de época, e com alguns atletas sem chama como Eduardo Salgado longe de ser o elemento que mereceu diversas chamadas à Selecção nacional, o ABC sem Carlos Ferreira , mas com Ivo Silva em Destaque nunca deu qualquer hipótese ao adversário , registando-se ao Intervalo o resultado ( 13-19 ) que, reflectia o que se passava em campo. A arbitragem esteve a cargo da Dupla ( António Goulão / José Macau ), que numa partida sem dificuldades , não esteve concentrada , talvez pelo motivo de José Macau estar a frequentar um curso de Observadores , e não ter tido tempo de se prepara convenientemente para a direcção desta partida, pois o seu critério disciplinar de 7 metros , esteve muito oscilante e por vezes não se entendeu.

Final

FC Porto 26 - 32 ABC

O ABC, foi um digno e merecedor vencedor da prova, pois venceu este encontro , não deixando margem para duvidas, com esta vitória permitiu o acesso ás competições Europeias do S. Bernardo o que se saúda. O FC Porto demonstrou falta de ritmo competitivo e a jogar a passo , permitiu ao ABC ir paulatinamente ir construindo o resultado ao intervalo ( 13–14 ), não reflectia o que se passava em campo. O ABC , com um super José Costa, está um jogador verdadeiramente “ Intratável “ e com uma qualidade acima da média nacional , e com um Super Ivo Silva , que foi bem acompanhado pelo seu colega de posto Hugo Laurentino. Não se compreende que o FC Porto com o plantel que possui tenha feito a época que fez. Dirigiu a final a dupla ( António Goulão / José Macau ) , que esteve bem melhor do que na véspera , apesar de ainda mesmo assim ter tido um critério disciplinar por vezes confuso , num jogo que até não foi complicado de dirigir.

Como nota final , temos a organização desta prova , que vai merecer da nossa parte um “ post “ exclusivo à matéria.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Eleições FAP – O Conluio e o Oportunismo

Depois da noticia que demos acerca da reunião do Presidente da Associação de Andebol de Braga com as suas congéneres e a APAOMA, para definir o nome que iriam apoiar, para futuro presidente da FAP, estamos neste momento em condições de informar que o nome por si indicado é nem mais nem menos do que o actual Vice – Presidente Henrique Torrinha. Conforme notícia por exemplo o jornal A Bola, através de Tinoco Marques, que tinha e tem acesso a informação privilegiada.

Tudo isto seria um processo normal, não fossem as manobras que consideramos impróprias para uma modalidade subsidiada pelo estado. Senão vejamos:

- Luís Santos apresenta a demissão e todos os outros a renuncia? Porquê? Agora que o Regime Jurídico das Federações está para sair, e obrigaria certamente a fortes alterações estatutárias, como por exemplo o peso das Associações nas Assembleias Gerais, não seria de bom senso esperar pela saída do novo regime e depois proceder-se a eleições com o novo ordenamento jurídico?

- Ou será, como vem anunciado no Jornal “A Bola”, que pretendem com isto, prolongar a existência dos indicados futuros corpos gerentes, apesar de obrigatoriamente, dever ter lugar até ao final de 2008, novo processo eleitoral, por força de novo RJFD??

- A ser assim, o conluio entre Luís Santos, Henrique Torrinha e Augusto Silva tem de ser entendido, como um “golpe de mão” de gente que, sequiosa de poder, se faz eleger por quem tem suportado, em agonia medíocre, os dislates dos “senhores do andebol”, nos últimos 20 anos.

- Analisando os estatutos actuais da FAP, disponíveis no seu portal, encontramos dois artigos (Ponto 2.º do artigo 17.º e artigo 46.º), que definem claramente quem é o substituto do Presidente nos seus impedimentos e ausências, e reparem bem, quem é o substituto “ O Vice-Presidente indicado pela Liga “, e esta??!! No entanto, esperamos para ver como irá a FAP proceder, pois tudo o que for contrário a estes princípios é ilegal.

Outra situação, que certamente irá acontecer, será a de que pela primeira vez na história da modalidade a mesma irá ter um Presidente Profissional, caso curioso uma modalidade amadora com um presidente profissional e uma Liga Profissional, com um Presidente amador. Sobre este tema será engraçado verificar, como irá ser cumprido o normativo estabelecido no número 2 do artigo 32.º dos Estatutos “Quando o volume do movimento financeiro ou a complexidade da administração da Federação de Andebol de Portugal exija a presença prolongada de um ou mais membros dos corpos sociais, podem estes ser remunerados, bastando, para o efeito, a simples decisão do Presidente da Federação, o qual, solicitará o parecer do Conselho Jurisdicional”.

Por agora é a informação disponível, vamos estar atentos ao desenrolar do processo e sempre que se justificar, daremos novas informações.

O Jurídico

4.ª Mão do Play OFF da LPA

Benfica 35 – 34 ABC ( Benfica Campeão Nacional )

Pavilhão completamente cheio , cerca de 2000 espectadores, publico entusiasta e vibrante, inclusive a claque do ABC bastante activa durante todo o encontro. Figuras mediáticas no Pavilhão, organização positiva , divulgação razoavelmente efectuada , transmissão televisiva em directo, e três boas equipas ( incluindo a de arbitragem ), deste modo, estavam reunidas todas as condições para termos espectáculo, e uma boa jornada de divulgação da modalidade , desta existiu Marketing ( O responsável da área da FAP estava presente, deve ter tomado notas ). Assim o jogo que começou com o ABC a comandar o marcador , chegando a ter 5 golos de vantagem, chegou ao intervalo com o resultado ( 15-16 ), favorável à equipa minhota, que teve o mérito de defender melhor, com Luís Bogas em bom plano e jovem Guarda Redes Ivo Silva, a fazer esquecer Carlos Ferreira, por seu lado o Benfica foi vivendo das acções de Carlos Carneiro e do poder de “fogo” de Zaikim , João Ferreirinho não estava nos seus dias. A 2.ª parte veio com mais do mesmo , mas agora, sempre com equilíbrio no marcador , chegando-se ao fim do tempo regulamentar com um empate ( 28-28 ), e foi necessário o prolongamento previsto em termos regulamentares para se decidir o vencedor, neste período sobressaiu Dário Andrade do ABC, que esteve muito bem , e o resultado final acaba por ser decidido num pormenor , uma perda de bola de Luís Bogas. Venceu o Benfica , mas deve-se de igual modo realçar a prestação competitiva do ABC , sendo um digno vencido, até no comportamento demonstrado durante a entrega dos prémios . Quanto à dupla de arbitragem ( António Goulão / José Macau ), embora se esperasse mais da sua actuação ao nível técnico, não tem influência no resultado, pois os erros foram repartidos e a sua experiência permitiu-lhes levar a contento a sua tarefa, deve-se ainda referir e saudar o extraordinário comportamento dos atletas.

O Banhadas Andebol

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Debate – ATAP


A Atap, começa a trabalhar e organiza, no dia 29-05-08 em S. Bernardo no auditório do Centro Desportivo de S. Bernardo um debate subordinado ao tema “ Andebol Português na Perspectiva Internacional “ . Esta é uma primeira acção visível dos corpos gerentes, procedemos à divulgação desta iniciativa que esperamos seja a primeira de muitas mais e podem concorrer para o desenvolvimento e implantação da Modalidade, esperamos que os nossos treinadores compareçam em peso, contribuindo com as suas intervenções. Pois o Painel de Convidados e de Moderadores é excelente.

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Analise das Nomeações FAP / LPA

A nossa analise ás nomeações para os decisivos jogos deste longo fim de semana , com a inclusão do sensacional 4.º jogo do Play Off da LPA , ficará incompleta, e porquê ? perguntarão os nossos leitores , e nós passaremos a explicar.

A FAP , emitiu uma circular em 13-05-08 , que se encontra disponível no seu Portal, indicando os Árbitros para a 2.ª Fase do Campeonato Nacional de Juniores e outras provas, indicando de igual modo, o responsável desportivo da Prova, mas nada disse até ao momento acerca da Taça de Portugal, o que é no mínimo estranho . A FAP , também tem disponível no seu portal todas as nomeações , mas caso curioso , as nomeações dos Juniores só existem para a 1.ª jornada, para as outras, não há nomeações de árbitros só de Oficiais de Mesa o que se estranha pois não existe responsável da arbitragem indicado para a prova. E Para a Taça de Portugal seguiram o mesmo critério , apenas nomeação de Oficiais de Mesa. Desta forma embora não seja difícil prever quem são as duplas não o faremos por coerência. Julgávamos que esta forma de actuar já estava ultrapassada , e que a transparência de processos era a melhor forma de actuar, mas pelos vistos estamos enganados . Apenas uma última questão, quem teria dado a ordem para esta forma de agir ?

2.ª Mão da Final do Campeonato Nacional Seniores Femininos

Madeira SAD – Colégio de Gaia

Nomeada a dupla Madeirense ( Duarte Santos / Ricardo Vieira ), nomeação que merece a nossa discordância , não pelo valor da dupla em si, mas pelo critério , é jogo de uma final, com uma equipa da Madeira , disputado na Madeira. Com esta nomeação não se defende os árbitros, nem a modalidade, apenas se poupa dinheiro, nada mais , para nós é uma nomeação em apenas prevaleceu o critério economicista, é pena.

4.º Mão ( Final do Paly OFF da Liga )

Benfica – ABC

Jogo de alto risco , que será certamente, disputadíssimo no seguimento dos anteriores , terá provavelmente a maior enchente que o Pavilhão EDP alguma vez viu , a pressão do público e dos técnicos ao longo do encontro será enorme, pelo que os árbitros nomeados ( António Goulão / José Macau ), terão de usar de toda a sua experiência e qualidade para dirigir este encontro, possuem as características próprias , para a sua direcção , e não poderemos nesta altura discordar da sua nomeação, no entanto somos da opinião de que deveriam ter arbitrado o 2.º jogo, conforme na altura o dissemos, e a questão continua pertinente, pois que se houver 5.º Jogo quem serão os árbitros, deveria ter sido ponderada esta hipótese.

O Analista

Eleições – FAP

A propósito de uma noticia publicada no nosso companheiro de lides andebolistas o Blog Sete Metros sob o Titulo “ Augusto Silva Movimenta-se “ ,e que transcrevemos na integra.

Para já, sabe-se apenas que o presidente da Associação de Braga, Augusto Silva, convidou as Associações, e não só, para um jantar, em Guimarães, no dia anterior à Assembleia Geral da Federação realizada no Porto. A ideia é encontrar um candidato federativo que possa permitir o reatar de relações entre a FAP e a Liga, provocando o mais cedo possível eleições.

Não conseguimos apurar qual o nome do candidato que Augusto Silva colocou em cima da mesa, mas sabemos que a maioria das Associações e a APAOMA, manifestaram o seu apoio a uma candidatura do próprio presidente da Associação de Andebol de Braga, algo que este terá recusado liminarmente, no entanto, ficou com carta branca para se manter em movimentações no sentido de encontrar uma alternativa aos actuais dirigentes federativos.”

Teremos de dizer o seguinte , será que o Henrique Torrinha vai deixar que isto aconteça!!! , pensamos que não. Mas o mais estranho desta noticia , foi a presença da APAOMA na dita reunião , e conforme a noticia diz , ter estado de acordo com os propósitos e finalidades da mesma. Então uma entidade que tem estado amorfa, que se consulta o seu site e nada diz , que não é actualizado à meses, que se desconhece totalmente a sua actividade, ou por outra, aquilo que se conhece é a sua presença nas Assembleias Gerais da FAP , sempre através do mesmo representante o seu presidente ( onde estão os outros!!! ) e qual a sua legitimidade para este acordo de principio.

O Analista

terça-feira, 13 de maio de 2008

2008 – Campeonato da Europa Seniores Femininos

- Portugal vai disputar o Play Off de apuramento para a Fase final do Campeonato da Europa 2008 que se disputa em Dezembro deste ano na Macedónia com a Polónia realizando-se os jogos, nos dias 31-05-08 em Elblag e em 08-06-08 em Gaia.

- Deve-se ainda realçar a nomeação dos árbitros Portugueses , Ivan Caçador e Eurico Nicolau para dirigir o encontro da 1.ª Mão do Play Off em 31-05-08 entre a Eslováquia e a Ucrânia . Mais uma vez de referir pela negativa que apesar desta informação já estar disponível no site da EHF, o portal da FAP não contempla nenhuma referência ao assunto.

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 12 de maio de 2008

2008 Campeonato Europeu Sub - 18 Masculinos

Dinamarca 27 – 27 Portugal

Depois do desaire no apuramento para O Play Off do Mundial de 2009 na Croácia, registado em Janeiro deste ano no Pavilhão do F. Holanda, em que perdemos o apuramento por um Livre de 7 metros falhado no último segundo do encontro , outro desaire nos últimos segundos no mesmo pavilhão ( por sinal excelente ), ao permitirmos o empate com a Dinamarca nos Sub-18 Masculinos , e desta forma inglória sermos afastados da Final do Campeonato da Europa que se disputara na Republica Checa. Portugal chegou a ter 6 golos de vantagem , mas a falta de soluções e a insistência no mesmo sete praticamente durante todo o encontro resultou neste resultado. Não somos apurados pela diferença de golos. De salientar pela negativa a fraca afluência de público durante os jogos, sendo triste ver o pavilhão sistematicamente vazio, não é bom nem para a selecção que necessitava de apoio do público nem para a divulgação da Modalidade.

Mas o que mais nos entristece, é vermos que a principal noticia no Portal da FAP, é o Marítimo que venceu a PO01, nada temos contra o Marítimo, nem contra esta noticia, agora o jogo da Selecção de Sub-18 com a Dinamarca, que se disputou depois do encontro que ditou o vencedor da PO01, não ser referido como uma das noticias principais no Portal é extremamente negativo . No nosso entender a Selecção os seus Atletas e o Corpo técnico não merecem ser tratados desta forma.

O Banhadas Andebol

Crónica de Fim de Semana - 4

Belenenses 28 – 26 S.Bernardo

Jogo equilibrado, apesar de ao intervalo já se registar um resultado favorável ao Belenenses ( 14-10 ). O Belenenses através de uma defensiva bastante agressiva, e com uma actuação excepcional dos seus Guarda Redes desequilibrou o jogo, com este resultado o Belenenses atingiu o 3.º Lugar na Liga Halcon e o direito a participar nas provas Europeias, por sua vez o S. Bernardo fica pelo 4.º lugar e obtém deste modo a sua melhor classificação de sempre. A dupla de arbitragem ( João Moreira / Alberto Cerqueira ), produziu um trabalho bastante irregular em termos técnicos , com especial incidência na Lei da Vantagem, Faltas de atacante e em especial na técnica de arbitragem e na colaboração entre si. Na nossa opinião demonstram que no momento actual não estavam à altura do jogo.

ABC 33 – 28 Benfica


3.º Jogo do Play Off da Liga Halcon, disputado num ambiente fantástico , com uma pavilhão totalmente cheio, onde uma pequena claque do Benfica se fez ouvir por diversas vezes. Se duvidas houvesse acerca da aderência do publico, este jogo é uma demonstração inequívoca da implantação da Modalidade e do bom momento da prova da Liga. O ABC fez um jogo em que utilizou uma velocidade, que já não era normal nos últimos tempos , e por sua vez o Benfica defendeu bem pior que nos últimos jogos. João Ferririnho não esteve nos seus dias, e foram muitas as facilidades concedidas à meia distância Bracarense com especial realce para Luís Bogas ( 14 Golos ). O Resultado ao intervalo ( 16-13 ) poderia fazer prever uma 2.ª parte facilitada, o que não veio a acontecer, tendo o desequilíbrio acontecido apenas nos últimos 15 minutos, quando começou a faltar frescura física aos jogadores do Benfica. A dupla de arbitragem ( Eurico Nicolau / Ivan Caçador ), Não produziu um trabalho dentro do nível a que já nos habitou, pois teve algumas decisões inusitadas , no entanto não tem influência no resultado. Ivan caçador deve acalmar-se e evitar o contacto com os atletas , e Eurico Nicolau deve evitar correrias para quase se encostar ao atletas para fazer ver a sua razão.
Refira-se finalmente o relançamento da Final desta prova e os adeptos da modalidade devem estar satisfeitas pois vão ter pelo menos mais um jogo de grande qualidade e emotividade, esperamos nós.

Marítimo 17 – 19 Ismai

Este jogo ditou o Vencedor do Campeonato Nacional da I Divisão de Seniores Masculinos pela diferença de golos marcados fora, e desta forma o Vencedor foi o Marítimo. Bom ambiente e pavilhão cheio, embora pequeno, sinal de que o andebol continua vivo na Região da Madeira. O Ismai foi um digno vencedor do encontro dando uma lição do que é o colectivo da modalidade , em relação ás soluções individuais. Neste encontro de salientar, por não ser vulgar o golo marcado de ponta pelo Guarda Redes do Ismai ( Fantástico ) . A dupla de arbitragem ( Daniel Martins / Roberto Martins ), apesar de termos discordado da sua nomeação, teremos de dizer a bem da verdade, que esteve à altura do encontro produzindo trabalho meritório , e com poucos erros , estando bem melhor do que nos últimos jogos.

O Banhadas Andebol.

Regras de Andebol - 12

Eis as soluções das perguntas anteriores:

51Resposta C – Regras ( 4:6, 14:1a, 16:3f, 16:6c, 16:8 ), 52 - Resposta C, D – Regras ( 4:1, 4:5, 13:1, 16:3a ), 53 - Resposta C – Regras ( 5:2, 12:2, 15:5b ), 54 Resposta C – Regras (1:3, 5:6, 12:1, 12:2, 15:5b ) 55 Resposta C – Regras ( 1:3, 5:3, 5:9, 6:2b, 13:1a )

Perguntas Seguintes :

56 - Guarda-redes A1 defende um remate e mergulha para a bola que está se dirigindo em direcção à área de jogo. A1 alcança a bola, desliza em cima da linha de área de baliza e passa a bola para jogador da sua própria equipa na área de jogo. Decisão correcta?

A - Lançamento livre para B
B - Jogo prossegue
C - Lançamento de guarda-redes para A após apito


57 - A bola rola na área de baliza da equipa A. B8 apanha a bola e marca golo. Qual a decisão correcta?

A - Lançamento livre para A.
B - Lançamento de guarda-redes para A.
C - Golo.
D - Lançamento de saída.

58 - Guarda-redes B defende um remate à baliza. A bola está rolando para a área de jogo. Numa tentativa para parar a bola e evitar que A15, que está esperando na linha de área de baliza, a apanhe, ele chuta-a para fora pela linha de saída de baliza, mesmo antes de A15 a apanhar. Decisão correcta?

A - Lançamento de 7 metros para equipa A
B - Lançamento livre para equipa A
C - Jogo prossegue
D - Sanção progressiva do guarda-redes B porque ele pôs em risco um adversário

59 - Guarda-redes A não conseguiu controlar a bola. A bola vai para o outro lado da área de baliza em direcção da linha lateral. O guarda-redes usa o pé para atirar a bola para fora da linha saída de baliza. Decisão correcta?

A - Lançamento de guarda-redes para equipa A
B - Lançamento livre para equipa B
C - Reposição para equipa B
D - Sanção progressiva para o guarda-redes

60 - O resultado do jogo é 20-20; B7 intercepta um passe da equipa A e inicia um contraataque; nenhum dos jogadores da equipa A tenta segui-lo; um espectador corre para o terreno de jogo e derruba B7; isto conduz a cenas tumultuosas com espectadores no terreno de jogo; o treinador da equipa B agride o espectador que parou B7. Decisão correcta?

A - Fim do jogo
B - Paragem do tempo de jogo; lançamento de 7 metros para B; desqualificação para o treinador de equipa B; redução da equipa B durante dois minutos e tendo um jogador de abandonar o terreno de jogo
C - Paragem do tempo de jogo; Lançamento livre para B; desqualificação do treinador de B
D - Paragem do tempo de jogo; lançamento de 7 metros para B; Expulsão para treinador de B

As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

Pelo nosso colaborador

O Regras

sábado, 10 de maio de 2008

Ainda a 2.ª Mão do Play OFF da LPA

O jogo Benfica – ABC do passado dia 8 ainda mexe, na crónica que efectuamos, dissemos que ficaríamos na expectativa de ver a actuação da Comissão Disciplinar da LPA, em relação a desqualificação verificada ao Atleta Luís Nunes a 2 segundos do fim do jogo. Assim ao consultarmos o Comunicado n.º 24 da LPA no site desta entidade, verificamos as decisões tomadas e relacionadas com este encontro, de onde sobressai a sanção disciplinar aplicada ao atleta do Benfica , que além da multa pecuniária foi suspenso por um jogo, não estando desta forma presente no da 3.ª mão. A CD utilizou e muito bem no nosso entender a determinação da IHF , para as desqualificações verificadas no último minuto, por comportamento anti-desportivo grosseiro e com possível influência no resultado. Desta vez estamos de acordo com a decisão da CD da LPA.

O Jurídico

2008 Campeonato Europeu de Sub – 18 Masculinos

Portugal 29 – 16 Áustria

Portugal iniciou da melhor maneira a sua participação no Grupo 9 de apuramento para o Campeonato Europeu de Sub-18 Masculinos 2008, com uma vitória clara sobre a Áustria.
Esperamos agora dia 11 , uma vitória sobre a Dinamarca.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Novamente...a ANCANP - Associação Nacional de Clubes de Andebol Não Profissional?

… Há tempos atrás, escrevemos sobre esta novel Associação de Clubes. Dizíamos na altura nomeadamente, “...quando li no Jornal A Bola, que uma tal ANCANP, foi fundada, com apenas três Clubes. Que estranho, 3 clubes não chegam sequer para constituir os Órgãos Sociais, pois uma associação deste tipo, deve ter no mínimo Direcção, Conselho Fiscal e Mesa da Assembleia Geral e cada um destes órgãos, pelo menos, 3 membros (devem ser em número ímpar). Será que já têm estatutos e estão registados? Enfim, vamos ver o que diz o Ministério Público.”

Agora passados que foram alguns meses, eis a grande novidade; a Associação não foi constituída, caducaram todos os prazos previstos na lei, para a sua constituição, eis a organização desta “entidade”, e para cúmulo esteve nas Assembleias Gerais da FAP como Observadora. Como é possível?...

Porque razão se deixou passar os prazos previstos na Lei? Que clubes se inscreveram na mesma? Já elaboraram os Estatutos? Enfim existe uma panóplia de perguntas que poderiam ser feitas.

Agora, temos a certeza de uma coisa, assim não vamos longe e a credibilidade desta entidade fica bastante abalada, o que não é benéfico para a modalidade.

O Reticencias

2.ª Mão do Play OFF da LPA

Benfica 26 – 25 ABC

O Jogo da 2.º Mão do Play Off da Liga Halcon, foi finalmente realizado num pavilhão da EDP quase cheio, com público entusiasta, sendo de salientar a presença de uma forte claque do ABC, que por várias vezes, se fez ouvir. Jogo disputado sob o signo do equilíbrio , mas nem sempre bem jogado, o resultado ao intervalo ( 12-11 ), é o reflexo desse equilíbrio. João Ferreirinho e Carlos Ferreira não estiveram nos seus dias e Carlos Carneiro pecou diversas vezes por excesso de individualismo e ataques demasiado curtos, por sua vez o ABC teve em Luís Bogas e Dário a Andrade os seus melhores Jogadores , Distinguindo-se no Benfica Cláudio Pedroso ,a quem auguramos um futuro bastante promissor. Da dupla de Arbitragem ( Duarte Santos / Ricardo Vieira ) , esperava-se mais, no nosso entender cometeram algumas falhas imperdoáveis , como por exemplo dribles que não foram marcados, faltas marcadas extemporaneamente , sem a correcta aplicação da Lei da Vantagem, critério disciplinar desequilibrado, permitiram demasiada conversa dos atletas, e finalmente uma repetição de um Livre de 7 metros que apesar dos protestos verificados a razão está totalmente do seu lado , pois existe uma invasão da área restritiva , antes da bola sair da mão do lançador. A aplicação da sanção de desqualificação directa do benfiquista Luís Nunes é absolutamente correcta , pois pratica uma falta grosseira a 2 segundos, do fim do tempo de jogo ( Ficamos na expectativa de ver a actuação da Comissão Disciplinar da Liga ). Deve-se ainda referir pela negativa o comportamento do Treinador do ABC e do Delegado desta equipa, na altura de “Time Out “, em que os árbitros deveriam ter sido mais enérgicos , bem como o comportamento de dirigentes do Benfica que se encontravam ao nível do terreno de jogo , atrás de uma das balizas.
Com este resultado vamos ter uma 3.ª Mão escaldante, no próximo dia 11, que seja disputada dentro de um verdadeiro espírito desportivo e que a dupla nomeada esteja à altura do encontro.

O Banhadas Andebol.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Analise das Nomeações – LPA / FAP

2.ª Mão ( 3.º e 4.º Lugar da Liga )

Belenenses – S.Bernardo

Sendo um jogo que à partida não colocará grandes problemas face ao comportamento das equipas em confronto, apenas haverá pressão por parte do público , que todos conhecemos e é forte apoiante do Belém, a dupla nomeada ( João Moreira / Alberto Cerqueira ) não reúne o nosso consenso, pese embora as suas últimas actuações terem sido positivas, no entanto pensamos que a dupla mais indicada teria sido a dupla de Leiria ( Flávio de Carvalho / João Malhado ).

2.ª Mão ( Final do Play Off da Liga )

Benfica – ABC

A dupla nomeada ( Duarte Santos / Ricardo Vieira ), merece a nossa total discordância, não pelo seu valor e qualidade desde que façam a direcção do encontro sem grande pressão e concentrados, pois são uma das 4 duplas que consideramos para dirigir jogos da final do Play OFF, mas perguntamos nós, porque não foi nomeada a dupla ( António Goulão / José Macau ), segundo as próprias indicações no site da LPA , estes senhores tem ocupação ( motivo FAP , não entendemos !!! )para o fim de semana de 10 / 11, e posteriormente então sim está dupla poderia ser nomeada para o 3.º jogo. Desta forma ter-se-ía salvaguardado os mais que possíveis 4.º e ou 5.º encontro.

3.ª Mão ( Final do Play Off da Liga )

Na continuação do nos nossos comentários em relação ao jogo da 2.ª Mão a dupla nomeada ( Eurico Nicolau / Ivan Caçador ), também merece a nossa discordância , não pelo seu valor e qualidade , mas porque é a 3.ª vez num curto espaço de tempo que dirige no Flávio Sá Leite, jogos de ambiente quente e decisivos. Aqui sim deveria estar outra dupla ( Duarte Santos / Ricardo Vieira ) , e porquê esta nossa discordância ? É simples e se houver necessidade de 4,º e 5.º jogo quem serão as duplas!!!

2.ª Mão ( Final da PO01 – Camp. Nac. I Div. Masculinos )

Maritimo – Ismai

Nomeada a dupla ( Roberto Martins / Daniel Martins ), não estamos de acordo com esta nomeação, é uma final, pode ser um jogo complicado, e a dupla por tudo o que tem sido dito nos últimos tempos, devia parar. Por exemplo a dupla algarvia, que tem andado afastada das nomeações, não entendemos bem porquê, também não entendemos que a dupla António Goulão / José Macau, que está com ocupação FAP , e o árbitro António Goulão aparece nomeado juntamente com o árbitro Paulo Silva para 3 jogos no fim de semana no norte do País, ficamos sem entender no final quem está com ocupação FAP, se é que existe !!!

O Analista.

2008 Campeonato Europeu de Sub – 18 Masculinos

Lembra-se que no próximo fim de semana se disputam os jogos de apuramento para esta prova, Portugal está inserido no Grupo 9 juntamente com a Áustria e a Dinamarca, os jogos deste grupo disputam-se em Portugal ( Pavilhão do F. Holanda em Guimarães ) com o seguinte Calendário :

Dia 09-05-08 Portugal – Áustria ás 19H00
Dia 10-05-08 Áustria – Dinamarca ás 16H00
Dia 11-05-08 Dinamarca – Portugal ás 16H30

Os árbitros nomeados, para este grupo são : Gubica / Milosevic da Croácia e o delegado da EHF é Meijers da Holanda.

Este grupo apenas apura o 1.º Classificado para a final do Campeonato que se disputa entre 08 e 17-08-08 , na Cidade de Brno na Republica Checa.

O Banhadas Andebol, deseja as maiores felicidades à Selecção Nacional, nesta dura tarefa que é este apuramento.

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Novamente a Form.and, SA

Como não estamos a mando de ninguém, nem produzimos “posts” de encomenda, denunciaremos todas as situações que considerarmos prejudiciais para a nossa modalidade,.

Existem situações, que cada vez se compreendem menos, como é o caso da Form.and, SA.

Por exemplo é incompreensível, como uma instituição de utilidade pública como a FAP, gerida com dinheiros públicos , sem fins lucrativos, é sócia maioritária de uma S.A.

Fizemos uma visita ao SITE e eis o que encontramos , sic... “ A form.and, S.A é uma sociedade para a formação de agentes desportivos no andebol ( Reafirmo do andebol ) onde a Federação de Andebol de Portugal é accionista maioritária”.

Os seus objectivos sociais, conforme consta, certamente em escritura pública são “... a prestação de serviços de formação de agentes desportivos no andebol e execução de cursos, acções de formação e estudos e publicações sobre o andebol

Sendo este o Objectivo social da empresa , como pode esta estar a organizar acções de formação para o Futebol ( repito para o Futebol ) , pois existe outra noticia do seguinte teor “ a Form.and S.A. informa a abertura das inscrições para o seminário “ Preparação Jovem Futebolista “ a realizar no dia 5 de Abril de 2008, no Complexo Desportivo da Quinta dos Lombos “. Como, pode isto acontecer , como diria o meu companheiro de redacção o Reticencias “Eu nem queria acreditar...” Então esta actuação não é a negação do Objecto Social transcrito no próprio Site e certamente, na escritura pública da S.A ? Então, onde está por exemplo o apoio aos Árbitros jovens , para não acontecer a vergonha de Lagoa !!!! Onde estão os relatórios dos cursos frequentados pelos nossos árbitros ? Onde estão as traduções dos documentos criados pela IHE e EHF ?

E como se compreende então, que esta entidade com fins lucrativos, receba subsídios da FAP?

Para que não existam duvidas, veja-se a imagem que acompanha a reportagem , no local devidamente assinalado.

O Jurídico

Qual o Melhor Central - Resultados

Eis os resultados da sondagem , sobre o Melhor Central de sempre.

E tal como prometemos, hoje iniciaremos a 4.ª sondagem, desta vez dedicada aos “Laterais Direito”, de certo que alguns nomes ficaram de fora, mas estas foram as nossas opções, pois o critério , foi seleccionar apenas 10. E Por vezes a nossa memória também tem falhas. Reforçamos o nosso anterior pedido , ou seja que ao número de visitas corresponda igual número de votos.

O Jurássico.

Taça de Portugal 1 / 2 Final - Sorteio

Realizou-se à momentos o sorteio das 1 / 2 Finais da Taça de Portugal, com os seguintes resultados:

Jogos dia 17-05-08 – Pav. F. Holanda em Guimarães

  • Sporting CP – FC Porto ás 15H30
  • ABC – Isave ás 17H30

Na presença deste sorteio e se não se registarem surpresas , perspectiva-se uma final ABC – FC Porto

Banhadas Andebol

sábado, 3 de maio de 2008

Crónica do Fim de Semana - 6

S. Bernardo 27 – 32 Belenenses

Jogo que se previa equilibrado, no entanto ao intervalo já se registava um resultado favorável ao Belenenses ( 14-20 ). O Belenenses através de uma defensiva bastante agressiva, foi resolvendo o jogo, o S. Bernardo pelo seu lado demonstrou uma apatia estranha durante quase todo o encontro, o que permitiu aos Pivot’s do Belenense uma actuação decisiva. De realçar o elevado número de falhas técnicas do S. Bernardo e os 5 ( Cinco ) Livres de 7 metros defendidos por Hugo Figueira, mais uma vez com uma actuação decisiva. Foram ainda figuras de realce, Pedro Neto com os 9 ( nove ) golos marcados pelo Belenenses e o inevitável Inácio do Carmo com o mesmo número de golos, pelo lado da equipa da casa. A dupla de arbitragem ( Daniel Martins / Roberto Martins ), produziu um trabalho que não lhe é peculiar, pois permitiu muito contacto físico sem o devido sancionamento, em especial à defesa do Belenenses, no entanto esteve razoável no sancionamento da Lei da Vantagem e na Falta do Atacante.

ABC 2223 Benfica

1.º Jogo do Play Off da Liga Halcon, realizado 3 dias depois do aperitivo que foram os 1 / 4 da final da taça de Portugal. Jogo de emoções fortes, e com Pavilhão cheio de adeptos , mas pouco entusiastas durante a 1.ª parte que terminou com um empate ( 9-9 ),equipas demasiado calculistas e com um número de falhas técnicas ( exagerado ) que já não se usa, e com ambos os técnicos demasiado preocupados com a gestão de esforço dos seus atletas. Uma 2.º parte completamente diferente , com o publico muito mais vibrante e com muito menos falhas técnicas e com menos gestão de esforço dos atletas. O resultado traduz o equilíbrio entre estas duas equipas e apenas nos diz que nada está resolvido. A dupla de arbitragem ( Rui Tomas / Fernando Branquinho ), esteve em campo com um critério disciplinar e de jogo passivo demasiado apertado, mas foi coerente desde o inicio do jogo na sua aplicação. De salientar o livre de 7 metros que decide o encontro, pois a sua decisão a 15 segundos do fim é de coragem, e diga-se bem marcado, pois existe violação da área de baliza pelo defensor do ABC.

Ismai 2527 Marítimo

1.ª Mão da Final do Campeonato. Nacional da I Divisão Seniores Masculinos, jogo que não se desviou muito das previsões anunciadas, ou seja equilíbrio, e que a maior experiência de alguns elementos do Marítimo poderia vir a ser decisiva. Com o resultado ao intervalo de ( 11-10 ) , conseguido através de jogadas rápidas e de envolvimento. Na 2.ª parte tudo se alterou e com o internacional José Coin a comandar a equipa o Marítimo rectificou o seu processo defensivo, e deu a volta ao resultado, aumentando o seu favoritismo na chegada ao titulo Nacional. A dupla de arbitragem ( Eurico Nicolau / Ivan Caçador ), não permitiu excessos , controlando o jogo e
demonstrando estar em boa forma técnica e disciplinar , com uma boa actuação.

Colégio de Gaia 2734 Madeira SAD

A FAP ainda não descobriu uma formula para o Campeonato Nacional da I Divisão de Seniores Femininos que faça diminuir a superioridade das equipas Madeirenses, basta ver as ultimas alterações introduzidas no modelo da prova
. Este jogo, veio demonstrar mais uma vez a grande diferença existente entre a equipa Insular e as outras. Na1.ª parte ( 16-18 ) a irreverência da juventude do Colégio de Gaia , ainda conseguiu colocar alguns problemas à equipa Madeirense, mas com uma 2.ª parte em que colocaram em campo todo o seu poder e experiência o Madeira SAD construí um resultado que não deixa margem para dúvidas, e que nos diz claramente quem a equipa mais uma vez favorita ao titulo nacional. A arbitragem a cargo da dupla ( João Moreira / Alberto Cerqueira ) , teve uma actuação dentro das previsões , com deficiências na Lei da Vantagem e na Falta do Atacante , e actuaram com padrões meritórios nos aspectos disciplinares , tiveram um mérito foram imparciais.

O Banhadas Andebol.

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Associação de Jogadores ( AJAP ) – Última Hora

Noticia o jornal o Jogo de hoje , a possível reactivação desta associação que tem estado inactiva à vários anos, com a marcação de uma Assembleia Geral, para hoje às 22 horas no Hotel Mercure do Porto. Mais, refere a noticia de que irão fazer arte do futuro desta associação, nomes como Carlos Matos e Tiago Silva. Saúda-se desde já o regresso à actividade desta Associação de Classe, apenas se espera que a mesma seja pró-activa e não reactiva, do mesmo modo, se espera que esta nova realidade, não tinha sido uma encomenda , mas sim uma vontade expressa dos atletas, que desejam ter uma voz no desenvolvimento da modalidade, com assento por direito próprio nos diversos órgãos da modalidade, conforme está prevista na nova legislação a publicar ( esperamos que dentro em breve ). Pela nossa parte colocamos desde já este espaço ao seu dispor, sempre que julgarem conveniente.

O Banhadas Andebol

Analise das Nomeações – LPA / FAP

1.ª Mão ( 3.º e 4.º Lugar da Liga )

S.Bernardo – Belenenses

Discordamos da dupla nomeada ( Roberto Martins / Daniel Martins ) esta dupla necessita de uma pausa para reflexão, pois durante a época tem tido demasiados altos e baixos e a inconsistência tem sido permanente, para bem da própria dupla, deveria ser salvaguardada.

1.ª Mão ( Final do Play Off da Liga )

ABC – Benfica

A dupla nomeada ( Rui Tomás / Fernando Branquinho ), merece a nossa total concordância, pois tem efectuado um final de época de boa qualidade , e a sua experiência será fundamental. Para estes possíveis 5 jogos , não são muitas as opções e esta é uma delas.

1.ª Mão ( Final da PO01 – Camp. Nac. I Div. Masculinos )

Ismai – Marítimo

Nomeada a dupla ( Eurico Nicolau / Ivan Caçador ), não merece qualquer reparo face à sua grande qualidade, no entanto pensamos que se está a abusar da utilização desta dupla, para jogos que são sempre de grande responsabilidade.

1.ª Mão ( Final da PO09 – Camp. Nac. I Div. Femininos )

Colégio de Gaia – Madeira SAD

A nomeação da dupla do Porto ( João Moreira / Alberto Cerqueira ), embora estejam filiados em Viana de Castelo, o que constitui uma aberração permitida pela FAP, não se entende , pois sendo uma final que envolve uma equipa do Porto e outra da Madeira é uma nomeação completamente absurda. Então as duplas de Leiria , de Aveiro e até de Lisboa , não seriam uma solução muito mais equilibrada !A não ser que os motivos sejam económicos o que não acreditamos face ao que se tem visto esta época.

O Analista.