gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Mensagem do Administrador do Banhadas

Esta mensagem, tem por objectivo reforçar, o que dissemos na Mensagem de apresentação, no entanto importa prestar alguns esclarecimentos. Assim, informamos de que não estamos preocupados com o número de consultas diárias, e porquê ? É simples, não estamos ligados a nenhum organismo da modalidade, o que torna extraordinariamente difícil termos acesso aos endereços electrónicos de grande parte dos intervenientes na modalidade, os que enviámos, foi porque alguns estavam em Sites e são públicos e outros que nos foram fornecidos por amigos e amantes da modalidade. Pretendemos ter um projecto credível em toda a linha, criticaremos quando o entendermos, mas sempre, objectivamente, gostem ou não os visados. Louvaremos, sempre que se justificar, gostem ou não as entidades singulares ou colectivas não mencionadas. Procuramos mais colaboradores, especialmente na área técnica de jogo e de arbitragem, pensamos que a formação não pode ser tratada como as mais diversas entidades a têm tratado e desta forma, sempre que possível, procuraremos contribuir, para o melhor formação, seja em que função fôr e estaremos sempre disponíveis para publicar qualquer artigo relacionado com esta actividade. Não publicámos alguns comentários , por os mesmos conterem referências ofensivas aos visados e desta forma continuaremos a proceder.

O Administrador Delegado

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Taça da Liga - 2008

A taça da Liga, inicia-se no próximo dia 28 , e com três jogos de presumível qualidade, sendo que, num deles, um dos favoritos ficará afastado.

Os jogos dos ¼ de final são :

S.Bernardo / Aguas Santas
FC. Porto / SV Horta
Belenenses / Sporting

As duplas nomeadas, segundo o Site da LPA ( não advínhamos, conferimos ) são, por esta ordem , Gonçalo Santos / Filipe Santos , Flávio Carvalho / João Malhado e Eurico Nicolau / Ivan Caçador , esperamos que o seu trabalho seja isento e sem arrogância dignificando a arbitragem e a prova. Estamos quase a 100 % de acordo com as designações , é que apesar de serem jovens árbitros , já demonstraram valor para este tipo de jogos a eliminar.

Informa-se ainda de que teremos transmissão televisiva ás 20:15 na Sport TV ( Belenenses / Sporting ).

O sorteio das meias finais realiza-se, no próprio dia 28 ás 22:00, neste link, Taça da Liga verá toda a programação referente a esta prova.
O Banhadas Andebol

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Curiosidades

Apenas ,fazemos o levantamento da fase regular da prova da LPA, de algumas curiosidades, porque apesar de na prova PO01 da FAP os boletins de jogo serem online ( ou estavam previsto ser ), não termos conhecimento de nenhum tratamento de dados ( pelo menos no Portal desta entidade não estão disponíveis ).
  • Realizaram-se 110 jogos na fase regular, com uma média aproximada de 53 golos por jogo.

  • O último lugar de apuramento para o Play Off , apenas foi decidido na última jornada.

  • Do 6.º ao 11.º Lugar , as equipas apresentaram, saldo negativo no diferencial de golos marcados e sofridos.

  • As duplas de arbitragem mais utilizadas nesta fase, foram, Daniel Martins / Roberto Martins e Rui Tomás / Fernando Branquinho, com 11 jogos cada.

  • AS duplas de arbitragem menos utilizadas nesta fase, foram, Gonçalo Santos / Filipe Santos e Jorge Manuel / Nuno Francisco, com 6 jogos cada.

  • O Clube com melhores arbitragens com foi o ISAVE, segundo os dados disponíveis no Site da LPA.

  • O Clube com piores arbitragens com foi o Ag. Santas, segundo os dados disponíveis no Site da LPA.
O Analista

domingo, 24 de fevereiro de 2008

Crónica de Fim de Semana - 2

Começamos esta crónica com um pequeno apontamento , estranho, que durante uma transmissão na Sport TV , sobre Andebol de 7, e com a mesma a ser paga certamente pela LPA ( que nos recordemos não há transmissões gratuitas nas nossas cadeias de TV, pois até na TV publica se paga ) , apareça um comentador o conceituado Prof. Canelas , a fazer constantemente a apologia do Andebol de Praia, não foi bonito. Sobre este jogo , aconselhamos vivamente o Jovem Técnico do S. Bernardo e futuro Presidente da sua Associação de Classe , a ser mais comedido nas suas palavras, e a não ser acintoso nas suas apreciações.
Sobre este jogo, poderemos dizer que o LBS, perdeu o jogo na 1.ª Parte, face ás suas deficiências defensivas , na zona dos 6 metros , e na 2.ª parte , quando o resultado se encontrava por uma diferença de 2 golos , o comportamento do seu banco, perdeu a compostura, sem nenhuma razão aparente, prejudicando a sua própria equipa. O SCP , que não tem soluções atacantes alternativas , acaba por vencer com justiça. A jovem dupla de árbitros de Leiria, iniciou o jogou conforme prevíamos , nos primeiros minutos, aplicaram a sanção progressiva com grande exagero. Acabaram por ter exclusões contestadas pelo SB , mas aqui aconselhamos a que seja visionado o vídeo do jogo , para se verificar que tiveram razão, seguindo um critério igual , Já nos livres de 7 metros apresentaram alguns desequilíbrios , estando especialmente bem na Lei da Vantagem e no Jogo Passivo. Assim teremos no Play OFF , uma eliminatória Belenense / Sporting , que vai ser a repetição do eliminatória da Taça da Liga, já na próxima 5.ª Feira. Outro resultado de realçar é o empate do ISAVE na Horta , dando origem ao seu apuramento para o Play Off, de registar o resultado do A. Santas / Porto , em que se registou a vitória do FCP, resultado esse que demonstra o verdadeiro espírito desportivo que tem norteado esta prova. De realçar ainda, que estes resultados vão proporcionar ,mais um Benfica /Madeira SAD na 1.ª eliminatória do Play Off, repetindo-se deste modo o que se verificou nesta última jornada da 1.ª Fase . E a curiosidade de existir um derby regional o ABC / ISAVE na 1.ª eliminatória do Play Off..

O Banhadas Andebol

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Última Hora - CA da LPA

Tínhamos feito a promessa em anterior artigo de que não falaríamos, sobre previsões para as provas da LPA, afirmando que o CA da LPA, poderia ficar descansado, entendíamos nós que a dignidade, que a modalidade nos merece, deveria ter no seio elementos com credibilidade no mínimo aceitável . Mas , espantoso , primeiro uma noticia num outro blog sobre andebol ( que muito respeitamos, pela qualidade, principalmente informativa ) , sobre a presença da Dupla portuguesa Gonçalo Santos / Filipe Santos , na direcção da final do 5.º Torneio do Mediterrâneo ( o que desde já aplaudimos ) , nada disto seria relevante , se a primeira noticia não tivesse sido veiculada, segundo o articulado da noticia pelo CA da LPA , e numa segunda noticia , que é uma peça de uma rara beleza de cretinice ( não do Blog ), mas de quem a escreveu ( o Presidente do CA da LPA ) , em que assume que quem deu a noticia foi ele, e assume a responsabilidade da mesma, e falha redondamente, quando diz que enviou a mesma para os outros Blogs ( nós não a recebemos ). Mas perguntamos nós se queria ser ele a dar a noticia, porque não assumiu desde o inicio a referida informação? , e falou em primeiro lugar, em nome do órgão e não em nome pessoal. Será que houve pressão dos outros elementos da CA, que se, demarcaram da mesma ? Será que o presidente do CA passou a ser redactor ou informador do referido blog ? Ou será que criou um problema institucional à LPA ? Terminamos , perguntando e agora como será Sr. Presidente da Direcção da LPA ? Temos informações de o senhor tem lutado e bem no nosso entender pela credibilidade e transparência da LPA , mas pelos factos apresentados, só há elementos , a darem-lhe “tiros nos pés”.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Regime Jurídico das Federações

Veja este documento com interesse, sobre a contribuição da LPA, para o regime Jurídico das Federações., actuando sobre o Link .

"O Jurídico"

As Duplas de Arbitragem - 1.ª Parte

Esta analise , será efectuada com base nos elementos que temos e conhecemos bem como nas informações que recolhemos, O Banhadas Andebol , pretende ser polémico , mas ao mesmo tempo , dar a conhecer melhor todos os intervenientes na modalidade e contribuir, para que as criticas quando são feitas, por vezes tem uma razão de ser e nem sempre são destrutivas, é difícil que os Sr.s árbitros aceitem as mesmas, mas existe um adágio que diz “ o pior inimigo dos árbitros são os próprios árbitros “ e é bem verdade, mas O Banhadas Andebol, irá tentar contribuir para que todos conheçam melhor os mesmos, esperando que aceitem esta analise e larguem a arrogância que por vezes utilizam em campo . A ordem de apresentação da analise , é arbitrária. Após breve esta breve nota explicativa, vamos ao que interessa.

António Goulão / José Macau

Nitidamente a melhor dupla portuguesa dos últimos anos, no entanto, alterna actuações bem conseguidas, com outras menos positivas, é uma dupla que neste momento sofre a tentativa de afastamento compulsivo pela própria FAP, sendo um exemplo dessa situação a não indicação à Internacional , como primeira dupla o que discordamos em absoluto . Tem ainda um problema grave, que é um dos seus elementos ser funcionário remunerado da FAP ( José Macau ) demonstrando nitidamente ser um elemento do “regime” instituído. Tem um problema nas suas actuações , que é a demasiada conversa com atletas e bancos, e por vezes a forte arrogância nas suas atitudes, que em nada os dignifica. Em termos de técnica de arbitragem tem uma elegância gestual e posicional excepcional, já em termos técnicos genéricos , tem uma falha visível, que é a contagem dos passos , nota-se que essa contagem é efectuada por intuição, em termos disciplinares estão neste momento a demonstrar em algumas situações pouca “ paciência “, para com os intervenientes e, se pressionados por factores psicológicos, cometem várias falhas, mau grado terem uma forte empatia com os intervenientes no jogo.

Eurico Nicolau / Ivan Caçador

A primeira dupla portuguesa, segundo os critérios da FAP, o que discordamos, tem no entanto todas as condições de o vir a ser , demonstram uma evolução digna de registo, desde que actuaram pela 1.ª vez ao mais alto nível do Andebol Nacional na época 2002 / 2003 , é uma dupla forte em termos técnicos, interpretando bem os factores Lei da vantagem , Faltas do Atacante e Jogo Passivo, por vezes o seu critério na aplicação conjunta das faltas na zona dos seis metros e no sancionamento das respectivas faltas, alternando muitas vezes entre faltas para Lançamento de sete metros e os Lançamentos de Livre de 9 metros . Em termos disciplinares, disfarçam a sua menor maturidade psicológica com uma tentativa de afastamento dos intervenientes, que por vezes dá a entender alguma arrogância e incontinência verbal, corrigindo estes pormenores, em conjunto com uma maior disponibilidade para aceitar as sugestões que lhes são feitas estaremos perante uma grande dupla de Árbitros. Tem conseguido boas actuações a nível Internacional, sendo sem duvida uma dupla de futuro.

Duarte Santos / Ricardo Vieira

Das melhores duplas do momento, com uma evolução acentuada de época para época, pecando no entanto por estar a adquirir alguns modos de vedetas, que advêm das instruções que lhes são mal fornecidas por alguns elementos da FAP ( infelizmente essas instruções, não são só, fornecidas a esta dupla, com evidente prejuízo do Andebol no seu todo, como grande modalidade que é ).É uma dupla com uma grande margem de progressão, desde que bem acompanhada , apresentam ainda algumas fragilidades técnicas, quer na Lei da Vantagem , quer no aspecto dos Lançamento Livre de 7 metros e em especial na aplicação do Jogo Passivo, onde por vezes demonstram um grande desequilíbrio na sua aplicação. Por vezes são demasiado “picuinhas” com os aspectos disciplinares, não sancionando o essencial. São uma dupla, na senda das boas duplas Madeirenses

Rui Tomaz / Fernando Branquinho

È uma das duplas mais antigas, que poderia ter tido uma evolução maior, mas que estagnaram, sendo, no entanto, das duplas que aceitam maiores reparos ás suas actuações , com tranquilidade, sabendo ouvir . Esta época apresenta uma novidade. Que é o uso de auriculares , o que estranhamos, pois estes artefactos não fazem parte do equipamento dos árbitros ( estranho !!! Que tanto a FAP como a LPA , ainda não tenham dito nada a esta dupla ) , o seu valor advém mais da sua componente psicológica do que pela sua valia técnica ou disciplinar . Em concreto, tem fortes deficiências ao nível da Lei da Vantagem e da Falta do Atacante , bem como nos Lançamento Livre de 7 Metros e no Jogo Passivo, onde fazem uma amalgama que tem no entanto uma só virtude, mantêm-se inalteráveis e iguais para ambos os contendores. Em termos disciplinares, praticam um critério alargado no inicio dos jogos que vai afunilando até ao final dos mesmos , discordamos em absoluto desta forma de actuar, pois os jogos são todos iguais do primeiro ao último minuto, ao utilizarem o sistema que praticam, em determinados jogos sofrem grandes dissabores, registando actuações menos conseguidas. Dupla sem grande margem de progressão.

Daniel Martins / Roberto Martins

Jovem dupla de Leiria , com forte margem de progressão ( parabéns Fernando Humberto ), podendo no futuro , ser enquadradas no mais alto escalão da arbitragem Nacional. Começaram a época seguindo umas aberrantes indicações na forma de actuar ( agora que visionamos o Europeu da modalidade, concluímos que estava tudo errado ), que foram atenuando no decorrer da mesma , são ainda frágeis em termos psicológicos , sendo fortemente pressionareis pela estrutura Federativa a propósito de sua carreira na arbitragem Internacional. Tiveram uma época de 2006 / 2007 , em que se constituíram uma agradável surpresa, esta época ainda não atingiram o nível esperado ( esperamos que este facto seja passageiro ). Em termos técnicos tem critérios razoáveis na Lei da Vantagem, Falta do Atacante, Passos e Jogo Passivo , sendo o seu ponto mais fraco os Lançamentos Livre de 7 Metros. Em termos disciplinares, tem um dos pontos em que precisam de melhor fortemente , pois ao inverso da dupla Rui Tomas / Fernando Branquinho , os primeiros 15 minutos de jogo , é falta em tudo o que mexe , dando a sensação de que andam à procura das exclusões, depois até final do jogo entram no campo das compensações com tudo o que de negativo essa pratica contem . Esta dupla não deve ser sobrecarregada com jogos, para puder evoluir com calma e não desistir.

A
analise das restantes duplas será efectuada em breve.

O Analista

As Regras de Andebol - 2

Eis as soluções das perguntas anteriores:

1 Resposta A – Regras ( 1:1 ) , 2 - Resposta B – Regras ( 1:2 ) , 3 - Resposta C – Regras ( 1:3, 12:2 ) , 4Resposta D – Regras ( 1:3, 6:5, 12:1 ) , 5Resposta B,C – Regras ( 1:3, 12:1, 14:9 )

Perguntas Seguintes :

6 - Qual a largura da linha de baliza entre os postes?

A - 5 cms.
B - 6 cms.
C - 8 cms.
D - 10 cms.

7 - Um pouco antes do fim do jogo B2 recebe a bola junto à área de baliza adversária, tenta marcar golo mas é impedido com uma falta. Antes da bola sair da mão de B2 soa o apito de final do jogo. Decisão correcta?

A - Fim do jogo
B - Lançamento livre para a equipa B
C - Lançamento de 7-metros para a equipa B
D - Fim do jogo. Assinalar no relatório de jogo

8 - Um pouco antes do final da primeira parte, um lançamento de 7-metros a favor da equipa A tem ainda de ser executado. A9 executa o lançamento de 7-metros e a bola bate na barra, depois nas costas do guarda-redes que se encontrava de pé aproximadamente a 3 metros frente à sua baliza, e depois entra na baliza da equipa B. O sinal do cronometrista foi assinalado no momento em que a bola voava da barra da baliza para as costas do guarda-redes. Qual a decisão correcta?

A - Golo
B - Repetição do lançamento de 7-metros
C - Intervalo; sem mais qualquer decisão.

9 - Após o final do jogo, um lançamento de 7-metros tem ainda de ser executado. Os árbitros esperam pelo resultado imediato do lançamento. Qual dos árbitros deve então dar o jogo por terminado?

A - O árbitro nomeado em primeiro lugar
B - Um dos dois árbitros
C - O árbitro de campo
D - O árbitro de baliza

10 - Quando se inicia o jogo?

A - Quando o árbitro nomeado em primeiro lugar apita
B - Quando a bola deixa a mão do lançador
C - Quando o cronometrista põe o cronómetro ou o relógio oficial em marcha
D - Após o apito para o lançamento de saída pelo árbitro de campo.

As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

Pelo nosso colaborador


O Regras

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Anti- Doping

Temos uma novidade , o “Jurídico” tomou conhecimento, de que na última reunião do CND, aquele órgão, em que, se sabe as votações ( nem sabemos para existem ), apesar de ser apenas consultivo, na secção do Anti - Doping , foi consenso generalizado de que todo o processo, passa a ser da responsabilidade do Órgão Estatal que processa e controla todo o processo, incluindo as penalizações a aplicar , deixando de estar a parte processual sobre a jurisdição das Federações ou Ligas, esta forma segundo os conselheiros , poderá ser uma formula de se tornar todo o processo mais célere . A ver vamos , pois até a legislação estar aprovada e publicada , muita água vai correr debaixo da ponte.


O Jurídico

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Nota Explicativa

Já é voz do Povo, que para as bandas da Calçada da Ajuda em Lisboa, e do Largo Eng.º António Almeida no Porto, andam muito preocupados, com as matérias inseridas nos Blogs que versam esta modalidade, No caso da calçada da Ajuda é justificativo a sua preocupação , pois parece que existem informadores a bordo e a navegar à vista, pois existem informações que só podem ter saído de lá de dentro, no entanto podem estar descansados, que aqui, apenas denunciamos o que está péssimo, mal, mau ou menos mau, enfim tudo, mas sem informadores de dentro dos organismos. No entanto esta nota, versa outro tema, neste momento a arbitragem, e apesar, da oferta do Prof. Bambo, para fazer previsões e analises ás nomeações das duplas de arbitragem , para o Campeonato da LPA, e dos diversos E-mails enviados para o Banhadas Andebol, solicitando a intervenção do mesmo nesta matéria, entende o Administrador, que o momento não é propicio , pois o Zandinga já efectua esta tarefa, além de que consideramos mais importante uma futura analise ás suas actuações, desde que os nossos correspondentes locais a isso estejam dispostos. Estejam, assim descansados os elementos do CA da LPA , que não faremos qualquer tipo de pressão, embora mantenhamos o estado de alerta. máximo.

O Banhadas Andebol

Missão Improvável - 1

Hoje é uma data marcante para o Banhadas Andebol, pois iniciamos a publicação de uma nova rubrica , assinada pelo “Jurídico” , ao qual desde já agradecemos, este seu primeiro artigo sobre o novo Regime Jurídico das Federações.



  • Será que as Associações das diversas modalidades vão aceitar as percentagens de representação, prevista no novo Regime Jurídico das Federações ?
  • Será que o CND vai aceitar ser ele a definir os equipamentos das Selecções Nacionais ?
  • Será que a FAP e a LPA , divulgaram os seus pareceres sobre o Regime Jurídico das Federações ?
  • Será que a FAP e a LPA, chegarão a acordo sobre o contrato de 4 anos, previsto no novo regime jurídico das Federações ?
  • Será que O CND , vai altera as condições sobre a retirada de Utilidade Pública ás Federações , previstas no Regime Jurídico das Federações ?
  • Será que a aberração do Presidente da Assembleia Geral de uma Federação , ser nomeado pelo Presidente da mesma se vai manter ?
  • Será que o Presidente da Comissão de Disciplina , conforme o Previsto no Regime Jurídico das Federações , vai ser nomeado pelo Presidente ? Ou será que esta aberração vai ser alterada ?
  • Será que os modelos das Comissões de Arbitragem , previstos no Regime Jurídico das Federações vai funcionar ?
  • Será que as Associações de Classe , previstas no Regime Jurídico das Federações , vão ter capacidade de representação e de actuação, nas Assembleias Gerais ?
  • Será que as Federações , vão pagar aos Clubes que fornecem atletas ás Selecções Nacionais e que lhes pagam os respectivos subsídios e ou vencimentos ?
O Jurídico

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Complemento do "Último Minuto"

O Sete metros e ... Meio , analisou o comportamento da FAP , na interpretação deste controverso tema e fê-lo muito bem , desde já os nossos parabéns , no entanto algo ficou por dizer, vamos completar o tema e apresentar novos dados .

Após consultar, os sites da IHF, EHF , FAP e LPA , verificamos o seguinte :

A IHF/PRC , elaborou documento informativo em Novembro de 2007 , que completa os esclarecimentos ás Regras de 2005.
No site da LPA , é colocado uma circular ( n.º 6 ) datada de 14 de Novembro de 2007, com a tradução do respectivo documento da IHF/PRC.
A FAP , emite uma circular ( n.º 49 - 07/08 ) sobre o assunto, que é assinado pela Direcção, em 01 de Fevereiro de 2008.

Lamentável, o desfasamento de datas em primeiro lugar, o que demonstra, uma falta de atenção imperdoável , quando existem equipas Portuguesas a disputar provas Europeias e a Selecção Nacional está em actividade , sendo os atletas julgados de uma maneira quando arbitradas por duplas Nacionais e de outra forma quando as duplas forem Internacionais.
Lamentável ainda que a circular referida seja assinada pela Direcção e não pelo Conselho de Arbitragem , eximindo-se este de exercer as suas funções , conforme se encontram estabelecidas nos próprios Estatutos da FPA ( basta ir ao Portal da FAP e verificar ) , nomeadamente nos artigos referentes ás competências deste Órgão , e de que, como exemplo transcrevo alguns passos .

“ O Conselho de Arbitragem é um Órgão colegial dotado de autonomia técnica ....”
“ Cabe ao Conselho de Arbitragem..... estabelecer os parâmetros de formação dos árbitros ..... “
“ Regulamentar o recrutamento, promoção, preparação técnica e física .... “




Só isto bastaria , para se verificar o inoperância deste Conselho e a indevida interferência dos elementos da Direcção numa actividade que não lhes diz respeito . Basta.





O Regras

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Crónica do Fim de Semana

Fim de semana anormalmente calmo , não houve campanha , pois o Vice de Deus não foi visto, nos pavilhões , não houve protestos de jogos , pelo que se sabe na prova da LPA , o que significa, que o ilustre CD não poderá actuar e fazer jurisprudência desportiva !!!!!

As arbitragens pelo vi, e pelo que li estiveram anormalmente em normalidade, até a contestação à dupla no Águas Santas / Sporting , foi normal , mas temos de dizer que estiveram bem nas decisões tomadas na parte final do jogo, apenas confirmar que a dupla do Restelo usou os já celebres auriculares, e ninguém lhes diz nada, já o “red card” atribuído ao Índio Jerónimo na Luz foi bem ministrado.
Apenas de registar a presença nos pavilhões do Manelito das Sondagens , como sempre bem acompanhado, e do vogal do CA da LPA , talvez a confirmar que as nomeações desta vez, correram bem ou por outra menos mal. Depois o que dizer mais !!! ... Há já sei os homens do CA da FAP , desdobraram-se em deslocações, para fazer observações, só falta saber, para onde foi o Sindicalista , se para o Norte e aproveitou para visitar a sogra se para o Sul , para passar o fim de semana, já que o nomeador mor, esse deve ter ficado pela cidade Invicta e seus arredores, aguardando as boleias e os telefonemas do costume dos seus meninos, para saber se está tudo em conformidade, uma questão se coloca no entanto! Será o telemóvel dele ou o da FAP ?
Há!!! Falta uma coisa ,é saber se não houve perca de bagagens, tantas são as nomeações da FAP, para alguns árbitros , que me resta descobrir se andaram com a casa ás costas, e não perderam nenhuma mala , basta ver as nomeações no portal da FAP, para nos rir-mos.

Boa semana andebolista para todos



O Banhadas Andebol

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Mensagem de Apresentação

“Diz que é uma espécie de blog…”
“Diz que é uma espécie de banhada…”
“Diz que é uma espécie de andebol (tem dias)…”

Vamos por partes e de forma organizada…

Um weblog, blog ou blogue é uma página da
Web cujas actualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente de forma inversa (como um diário). Estes posts podem ou não pertencer ao mesmo género de escrita, referir-se ao mesmo assunto ou ter sido escritos pela mesma pessoa.
Actualmente existem cerca de 70 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente.

Este é sobre andebol e banhadas ou banhadas no andebol ou ainda…
Agora em termos de escrita confesso que terá os seus dias, bons e maus, mais e menos molhados (depende das banhadas).

Banhadas

Do verbo Banhar
do Lat. balneare

dar banho a; (às vezes tentam, sim senhor!)
molhar, inundar, alargar; (e às vezes até é preciso arregaçar as calças!!)
passar por, passar junto (falando de rios ou mares); (depende da quantidade de água que se mete!)
rodear, envolver, regar; (há por aí muito regador, sim senhor!)
tomar banho; (isto é uma regra de observância básica)
envolver-se. (é como eu estou e quero que vocês estejam… envolvidos)

Andebol

do Ing. hand-ball (mão e bola, bola na mão… nunca fiando)
jogo entre duas equipas, geralmente de sete elementos, cujo objectivo é introduzir a bola na baliza adversária com as mãos.
Simples, não é? Pelo menos parece.

Espero poder contar com as vossas leituras, os vossos comments e também com a minha vontade de publicar posts.

O que de certeza sei que não faltará, são as banhadas!!
O Banhadas Andebol

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

As Possíveis Eleições

Crónica do Analista


Nota Explicativa : Importa salientar, de que alguns dos nomes ( cognomes ) , não são da autoria do cronista , mas dado o seu valor , resolveu – se utilizar os mesmos. Enviando os parabéns ao seu autor pela capacidade demonstrada, a ele o meu muito obrigado.

Este é um tema que ocupa as mentes das gentes do andebol. A expectativa é grande. Agora que vamos ter a “remodelação” do Regime Jurídico das Federações Desportivas é que vamos ver. Vamos de “boleia” com as referidas alterações ou fica tudo na mesma? Para já, vamos só nomear os possíveis candidatos:

Deus – claro, é grande. E, como tal, tem sido omnipotente, trucidando tudo o que mexe. Mas, a continuar, será o omnipresentemente chato (tudo evolui, só nós é que não?) para todos e penoso para a modalidade.

Torresmos de Braga – conhecido pelo seu porte altivo e pela sua conduta “esmerada e bem-educada”. É o homem forte do sistema. Controla tudo (Deus nem sonha) e já está em campanha. E agora que cruzcificou o inimigo e está sozinho na arena, é vê-lo a saber de tudo como ninguém. Ele é empresário, cavaleiro, peão de brega, moço de forcados, … Enfim, uma tourada.

Ovos-Moles de Aveiro – é um camaleão. Vá-se lá saber para onde se inclina. Tanto se inclina para lá, como para cá. Inclinado como é, tudo se pode esperar dele.

Cruzcificado-Carlos de nome já é Cruz de apelido. Mas, tomaram muitos terem idêntica cruzcificação. Homem resignado, que privilegia a sua qualidade de vida pessoal em detrimento da causa comum, tem, no entanto, enganado muito boa gente. Com o seu ar de padre confessor, tem muitos adeptos (ou seja, muitos interessados na “gamela”).

Lapin Comprometido – tendo como objectivo principal (ou único), a sua manutenção à “tona”, o rolhas do Lapin lá vai aguentando a sua diferenciação, junto da caquéctica estrutura dos dirigentes europeus. Disponível para tudo, desde que tudo não incomode aquele objectivo.

Bom e até agora, só nomeámos os que, de forma mais ou menos vincada, estão na Calçada da Ajuda. Então e de fora?
Bom, aí é mais imprevisível. Note-se que só indicamos os mais previsíveis. Por isso mesmo, não falamos dos Migueis e Lúcios, que têm de olhar pelo sustento próprio e pelo sustento das sociedades onde estão envolvidos (só por isso, estão envolvidos)..

De qualquer forma, arriscamos:

Toni, o Salvador – um medricas, não é, mas parece, cheio de receios de afrontar os poderes instituídos. A Deus tem uma reverência demencial; com o Torresmos, uma grande preocupação com a qualidade da vida deste; com o cruzcificado, não sabe se deve aliviar ou carregar nos pregos; com o Lapin, provavelmente, carrega na “cenoura”. Talvez seja homem para o Ovos-Moles, …

Ah, é verdade, estava a esquecer-me do Augustus de Braga.
Como vêem, até aqui a “Bracara Augusta” está em vantagem. E depois falem do ABC,…

Mas, o Augustus, contra Deus nem se assume; o Torresmos, que já foi seu 2º no Vitória, está hoje, muito diferente e não está para o aturar. Mas, está em pé de igualdade com o Ovos-Moles, o Cuzcificado e o Lapin. Seria uma luta interessante com o Toni!

Enfim, vai longa esta dissertação. Meus amigos, quem mais?

Quem vai ser o futuro responsável máximo do Andebol Nacional?

Quem vai ser o líder que, com mais responsabilidades ou autonomia, segundo o RJFD, nos vai fazer suscitar a critica observadora e construtiva?





quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

As Regras do Andebol

Uma novidade do Banhadas, conseguimos a colaboração do Regras , e deste modo vamos publicar , sempre que possível, um conjunto de perguntas sobre as regras da modalidade, baseadas nos documentos da IFH, esperamos deste modo contribuir, para haver melhores adeptos e aumentar a formação dos jovens árbitros.

Eis as primeiras:

1 - Quais são as dimensões do terreno de jogo indicadas nas regras?

A - 40 X 20 metros
B - 42 X 20 metros
C - 38 X 18 metros
D - Comprimento entre 38 e 42 metros, largura entre 18 e 22 metros

2 - Quais são as medidas interiores da baliza?

A - 1,92 X 2,92 metros
B - 2,00 X 3,00 metros
C - 2,05 X 3,05 metros
D - 2,08 X 3,08 metros

3 - Num lançamento de guarda-redes, o guarda-redes A toca a linha da área de baliza com
um pé. Decisão correcta?

A - Repetição do lançamento de guarda-redes após apito
B - Lançamento livre para a equipa B
C - O jogo continua

4 - A bola está parada sobre a linha da área de baliza. Atacante A7 apanha-a e tenta fazer
golo. A7 tem uma clara ocasião de golo, quando é ilegalmente atacado. Decisão
correcta?

A - Lançamento livre para a equipa B
B - Lançamento livre para a equipa A
C - Lançamento de 7-metros para a equipa A
D - Lançamento de guarda-redes para a equipa B

5 - Após o apito para a execução do Lançamento de 7-metros, o guarda-redes de A pisa
com um pé a linha de 4 metros. O Lançamento de 7-metros sai falhado por cima da
barra. Decisão?

A - Repetição do Lançamento de 7-metros após apito
B - Porque não foi golo, o jogo prossegue com um Lançamento de guarda-redes
C - Posição do guarda-redes é correcta. Não agir.


As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

O Regras