Fim de Semana - Torneios Internacionais - do Belenenses e do Avanca
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

Jogos Olímpicos de Verão da Juventude – 2014 – IV

2.º JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO DA JUVENTUDE
NAJING (CHINA)
 
Conforme informamos em devido tempo, vai iniciar-se a segunda edição de Jogos Olímpicos de Verão da juventude (YOG), incluem a modalidade de Andebol, tanto em Masculinos como em Femininos em Nanjing, na China, no dia 16 decorrendo os mesmos até dia 28 de agosto de 2014. Incluem todas as 28 modalidades previstas para o Rio 2016.
 
Os torneios serão disputados por um total de 12 equipas (6 Masculinas e 6 Femininas). Cada equipa será constituída por um máximo de 14 jogadores, nascidos em 96, 97 e 98.
 
Neste momento já estão constituídos na sua totalidade os participantes, tanto em Masculinos como em Femininos. Sendo Campeões em título a Dinamarca em Femininos e o Egipto em Masculinos.
 
Constituição dos Grupos Preliminares (a disputar de 20 a 22-08-14)
 
Masculinos
Grupo A – Egipto, Brasil e Noruega
Grupo B – Qatar, Eslovénia e Tunísia.
 
Feminino
Grupo A – Rússia, Coreia e Angola.
Grupo B – Suécia, Brasil e China.
 
A fórmula de disputa do torneio é a constituição de 2 grupos de 3 equipas (tanto em Masculinos como em Femininos), com os dois primeiros de cada Grupo a jogarem às 1/2 Finais, jogando os terceiros classificados de cada grupo pra 5/6 lugar.
 
A Fase Preliminar disputa-se de 20 a 22-08-14
As 1/2 Finais em 24-08-14
5/6 Lugar em 25-08-14
3/4 Lugar e Final em 25-08-14
 
Todas as informações sobre estes Jogos Olímpicos da Juventude em Nanjing, encontram-se no site dos jogos:
 
Jogos Olímpicos da juventude são não só sobre o desporto em si, mas englobam também a componente sobre o ensino e a aprendizagem dos ideais olímpicos. Portanto, cada modalidade nomeou um modelo de ideal Olímpico. O Andebol escolheu a melhor jogadora do ano de 2012 e campeã mundial em 2013, a Brasileira Alexandra Nascimento do Brasil. Os nossos parabéns.
 
A 3.ª Edição dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude, disputar-se-ão em Buenos Aires (Argentina) em 2018
 
O Noticias

Informação – Clubes – Belenenses

1º TORNEIO INTERNACIONAL CF OS BELENENSES
 
O departamento de Andebol do CF "Os Belenenses", vai organizar o 1º Torneio Internacional Sénior a ser disputado no Pavilhão Acácio Rosa nos dias 21, 22 e 23 de Agosto, que para além da equipa Delta Belenenses conta com as presenças confirmadas do Sporting Clube de Portugal e duas equipas da Liga ASOBAL, Frigoríficos Morrazo Cangas e Puente Genil Ángel Ximénez.
 
Calendário
Dia 21-08-14
SPORTING CP - FRIGORÍFICOS MORRAZO CANGAS (19H00)
PUENTE GENIL ÁNGEL XIMÉNEZ - CF OS BELENENSES (21H00)
Dia 22-08-14
PUENTE GENIL ÁNGEL XIMÉNEZ - SPORTING CP (19H00)
FRIGORÍFICOS MORRAZO CANGAS X BELENENSES (21H00)
Dia 23-08-14
PUENTE GENIL ÁNGEL XIMÉNEZ - FRIGORÍFICOS MORRAZO CANGAS (15H00)
CF OS BELENENSES - SPORTING CP (17H00)
(Informação Belenenses)
 
Clube de Futebol os belenenses
 
O Noticias

segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

IHF – E seu (não) Critério

A IHF ROGA-SE NO DIREITO DE ESCOLHER QUEM PARTICIPA OU NÃO NOS MUNDIAIS DE SENIORES.
 
É por estas e outras decisões muito similares, numa descarada proteção de “alguns”, que o Andebol, se arrisca a ser uma das modalidades excluída dos Jogos Olímpicos, quando todos sabemos que o COI (Comité Olímpico Internacional), pretende limitar o número de modalidades presentes nos Jogos de Verão.
 
“Para se participar num Mundial, não basta classificar-se. Há que ter “certo nível”
 
Eis outra notícia surpresa da IHF, que efetuou modificações nos regulamentos de competições, reservando-se o direito de decidir pela retirada de equipas de nível inferior e a sua substituição por outras de nível superior.
 
Até agora, cada continente tinha direito a um certo número de lugares atribuídos nos mundiais, sendo esses discutidos através de competições continentais. Com as classificações a decidirem quem tinha acesso aos Mundiais. Era simples. 
 
Agora “classificar-se” pode não ser suficiente. A IHF diz, que para participar num Campeonato do Mundo, é obrigatório que as equipas classificadas, têm de possuir um “determinado nível de desempenho”. 
 
Se esse nível de desempenho é baixo e se existirem claras diferenças com outras equipas qualificadas para o Mundial, o Conselho da IHF reserva-se no direito de atribuir esses lugares a outros Países que reúnam os requisitos de nível exigido. Isto com o objetivo de “fortalecer e proteger o chamado produto IHF World Championship”. 
 
Por outras palavras e falando especificamente no caso dos Pan-americanos, significa que as equipas que terminem nos seis (6) primeiros lugares no próximo Campeonato Pan-americano de seniores femininos 2015, não sabem se jogarão ou não o Campeonato do Mundo, até as Comissões da IHF as avaliar
 
Recorda-se que a confederação Pan-americana, tem seis (6) lugares atribuídos para o próximo Mundial 2015, devido a vitória do Brasil em 2013 na Sérvia. Este número não varia, mas agora descobriu-se que os últimos qualificados poderão ser avaliados pela IHF, a fim de verificar se possuem o seu nível suficiente para participar num Mundial. Caso contrário poderão ser substituídas... Pela via administrativa
 
Tudo irá depender do “grau de dureza” com que a norma seja interpretada. Mas, de acordo com os regulamentos da IHF, podem ser pura e simplesmente “apagadas” as equipas que sejam consideradas de nível inferior, mesmo que se tenham qualificado, e entregar este lugar a uma equipa Europeia (por exemplo) de nível superior.
(Fonte Mundo Handball)
 
O articulista ficou tremendamente assombrado com esta notícia, nós também, apenas esperamos que mais ninguém tenha esta ideia, porque por este andamento, qualquer dia fazem-se as classificações por via administrativa, e podem-se deste modo evitar todas as despesas inerentes
 
Um esclarecimento sobre os seis (6) lugares atribuídos aos Pan-americanos Femininos.
Campeão Mundial – Brasil
Lugar por mérito – um (1)
Lugares Obrigatórios – três (3)
Lugar para o Continente do Campeão Mundial um (1)
 
Não temos duvidas, que se está afazer história na modalidade, pois desde a substituição da Austrália no Mundial do Qatar, tem sido umas atrás das outras.
 
O Historiador

domingo, 17 de Agosto de 2014

Europeu Sub-18 Masculino 2014 – VI

Terminou a Fase Preliminar da Fase Final do Europeu Sub-18 – 2014 Masculino, que está a decorrer na Polónia (Gdnya e Gdansk) até 24 de Agosto de 2014.
 
A presença Portuguesa é conforme já referimos, resumida ao Delegado da EHF, António Goulão, que foi um dos 10 delegados nomeados para a acompanharem a prova.  
Ao nomeado continuamos a desejar as maiores felicidades e êxito no desempenho da sua nobre função. Jogos (5) onde exerceu funções nesta Fase Preliminar:
1.ª Jornada – Croácia – Hungria (Grupo ”C”)
1.ª Jornada – Alemanha – Polónia (Grupo “D”)
2.ª Jornada – Roménia – Croácia (Grupo “C”)
3.º Jornada – Suíça – Islândia (Grupo “A”)
3.ª Jornada – Dinamarca – Macedónia (Grupo “B”)
 
Classificação dos Grupos na Fase Preliminar:
Grupo A – 1.º Suécia, 2.º Suíça, 3.º Islândia e 4.º Sérvia.
Grupo B – 1.º Espanha, 2.º Dinamarca, 3.º Rússia e 4.º Macedónia.
Grupo C – 1.º Hungria, França, Croácia e Roménia.
Grupo D – 1.º Alemanha, 2.º Polónia, 3.º Bielorrússia e 4.º República Checa.

Apurados para a “Main Round” (Lugares 1.º a 8.º)
Grupo M1 – Suécia, Espanha, Dinamarca e Suíça.
Grupo M2 – Hungria, Alemanha, França e Polónia,

Apurados para a “Intermadiate Round” (Lugares 9.º a 16.º)
Grupo I1 – Islândia, Rússia, Macedónia e Sérvia.
Grupo I2 – Croácia, Bielorrússia, Roménia e República Checa. 
 
Notas
 
Uma referência especial para as equipas com quem Portugal disputou o apuramento (Hungria e Alemanha), com quem perdemos por apenas dois (2) golos de diferencia em ambos os jogos, se apuraram para a chamada “Main Round” com o máximo de pontos (sem derrotas), e para as equipas que disputaram recentemente o Scandibérico em Portugal (Suécia e Espanha), com quem a nossa seleção fez excelentes resultados, também passaram para a mesma fase, destacando-se a Espanha só com vitórias. O que nos leva a concluir (é a nossa opinião), de que se Portugal estivesse presente, certamente não faria má figura. Embora não sendo grande surpresa destacamos o comportamento desportivo da equipa Húngara, que nem tinha estado presente na última edição da prova, e como grande deceção a equipa da Croácia, de quem esperávamos mais. Com estes apuramentos para a “Main Round”, tudo pode acontecer, aguardemos.
 
Datas de disputa das diversas Fases do Europeu:

Fase Principal e Intermédia – disputada de 19 a 20 de Agosto de 2014
Jogos Cruzados – 5.º a 8.º – 22-08-14
Jogos Cruzados – 9.º a 12.º – 22-08-14
Jogos Cruzados – 13.º a 16.º - 22-08-14
Jogos Classificativos – 9.º ao 16.º - 23-08-14
1/2 Finais – 22-08-14
Jogos Classificativos – 5.º a 8.º - 23-08-14
3/4 Lugar – 24-08-14
Final – 24-08-14
 
Todos os encontros são transmitidos em Livestream, através do site da prova:
 
O Formador

sábado, 16 de Agosto de 2014

Arbitragem – Classificações e Outros – 2014 /2015 - II

Depois da publicação de uma circular (22) a que já fiemos referência em anterior artigo onde referíamos nomeadamente “ …cujo conteúdo é demasiado cru e vazio, pois limita-se a transcrever os quadros, sem qualquer justificação ou abordagem dos mesmos…”. 
 
Eis que é publicada uma quantidade apreciável de circulares, algumas até com conteúdo repetido, e somo brindados com nova circular n.º 3 de 12-08-14 (Nomeações das duplas para o Torneio de Viseu), com uma nova “figura”, ou seja as duplas convidadas pelo CA, pois além das nomeadas existem agora as convidadas, com toda a sinceridade é a primeira vez que se houve falar em tal através de uma circular do CA. Mas enfim existe uma primeira vez em tudo, apenas esperamos, é que esta “figura”, não se repita muitas vezes ao longo da época.
 
Mas o objetivo deste texto diz respeito em especial á Circular n.º 2 (22-07-14) e a circular n.º 4 (11-08-14), na primeira, que finalmente é uma circular construída com alguma informação, por exemplos “como foram aplicadas os mecanismos de subidas e descidas” o que é um bom pronuncio no nosso entender diga-se, embora se continuem sem saber quais os critérios usados para a avaliação de cada quadro, e voltamos no caso desta circular (2) a ter um quadro chamado “outra situações”, em que não se sabe nem o nível nem o porquê da sua existência. Mas constata-se uma realidade que provavelmente para muita gente é absurda, na prática, deixaram quase de existir quadros do Nível 1.Porquê?
 
Qual razão porque os observadores e os oficiais de mesa não são comtemplados nesta circular? Existe motivos justificativos? Quais? Nada é dito, Porquê? Será que alguns não poderiam ser observadores e ou delegados, é uma questão que se poderá colocar… 
 
Posteriormente e através de uma nova circular a n.º4, já referida, são divulgadas duplas provisórias que irão constituir os diversos níveis, estando esta época em consonância com o que se encontra referido no Titulo relativo á arbitragem no Regulamento Geral da Federação. No Nível 1 e até um caso no nível 2, estamos perante diversas originalidades, pois existem situações para todos os gostos “existem duplas e existem árbitros isolados até da mesma Associação ver por exemplo os números 108 e 115”. Mesmo que provisoriamente, como é possível surgirem nos níveis agora divulgados árbitros em Dupla. Mas o grave na nossa opinião é a falta e justificação, para estes factos. 
 
A Circular 4 é efetuada com grande habilidade, pois e mais uma vez informa que é provisória, pois aguarda como se pode entender dos seus pontos iniciais, fica aguardando os resultados das diversas ações de formação dos exames médicos, e calcule-se nunca refere quem são os observadores e os oficiais de mesas, mas “avisa” dos limites de idade para o desempenho da função. Assim e provisoriamente temos no total apenas 65 duplas, verificando-se que no nível 1 existem 15 árbitros sem dupla, o que consideramos muito pouco para as necessidades que o planeamento nacional apresentado pela Federação através dos regulamentos específicos, necessita. Terminamos questionando como é possível que no nível 1 apenas existam 37 árbitros, onde está a formação? 
 
Em breve iremos falar sobre outros temas relacionados com a nova época e especial da arbitragem, e aguardamos ansiosamente pela divulgação das duplas em definitivo. Este tema irá ser certamente muito controverso, e irá provocar algumas reações, apenas esperamos é os comentários sejam elaborados de forma civilizada. 
 
O Regras

Planteis – PO01 – Época 2014 / 2015 – Xico Andebol

Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.
 
Hoje publicamos o Plantel do Xico Andebol
 
C.D. XICO ANDEBOL
 
Pavilhão – D.F. Holanda
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 11-08-14 
O Noticias

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Europeu Sub-18 Masculino 2014 – V

Começou em 14-08-14 na Polónia (Gdnya e Gdansk) a Fase Final do Europeu Sub-18 – 2014 Masculino, que vai disputar-se até ao dia 24 de Agosto de 2014. 
 
A presença Portuguesa é resumida ao Delegado da EHF, António Goulão, que foi um dos 10 delegados nomeados para a acompanharem a prova. Ao nomeado desejamos as maiores felicidades no desempenho da sua nobre função. 
 
Jogos onde foi nomeado nesta 1.ª Fase da Prova (Fase Preliminar):
1.ª Jornada – Croácia – Hungria (Grupo ”C”)
1.ª Jornada – Alemanha – Polónia (Grupo “D”)
2.ª Jornada – Roménia – Croácia (Grupo “C”)

Constituição dos Grupos – Fase preliminar
Grupo A – Islândia, Suécia, Suíça e Sérvia.
Grupo B – Espanha, Rússia, Macedónia e Dinamarca.
Grupo C – França, Hungria, Croácia e Roménia.
Grupo D – Alemanha, Bielorrússia, República Checa, e Polónia.

Datas de disputa das diversas Fases do Europeu:

Fase Principal e Intermédia – disputada de 19 a 20 de Agosto de 2014
Jogos Cruzados – 5.º a 8.º – 22-08-14
Jogos Cruzados – 9.º a 12.º – 22-08-14
Jogos Cruzados – 13.º a 16.º - 22-08-14
Jogos Classificativos – 9.º ao 16.º - 23-08-14
1/2 Finais – 22-08-14
Jogos Classificativos – 5.º a 8.º - 23-08-14
3/4 Lugar – 24-08-14
Final – 24-08-14
 
Todos os encontros são transmitidos em Livestream, através do site da prova:
http://eurohandballpoland2014.pl/en/

O Formador

Planteis – PO01 – Época 2014 / 2015 – Passos Manuel

Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.
 
Hoje publicamos o Plantel do Passos Manuel
 
NAAL PASSOS MANUEL
 
Pavilhão – Quinta Marrocos
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 11-08-14 
O Noticias

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

O Andebol aos Homens/Mulheres do Andebol

RUI SANTOS O NOVO PRESIDENTE
DA
UNIÃO DE ASSOCIAÇÕES D ANDEBOL DOS AÇORES
Como desfecho da assembleia eleitoral da entidade que congrega todo o o movimento associativo do andebol da Região Autônoma dos Açores, foi na noite desta sexta feira, dia 1 de Agosto, eleito para presidente da União de Associações de Andebol dos Açores, o Professor Rui Santos, um dos entusiastas do andebol dos anos noventa na região e que estive na origem da criação desta associação no ano de 1995 desta associação, passados mais de vinte anos e depois de vários anos a liderar a Direção Regional do Desporto e depois como autarca na Câmara da Horta voltou ao andebol como coordenador de formação do Sporting Club da Horta e a partir de Agosto de 2014 como novo líder associativa regional. 
 
Na tomada de posse foram explanados algumas das ideias que o elenco liderado por Rui Santos e ainda por Mário Bettencourt e Vera Silva tem em mente para os próximo quatro anos, que se baseia essencialmente na solidificação da modalidade a nível regional, tendo em conta a atual situação financeira do desporto regional. 
 
Uma das grandes novidades do processo eleitoral, prende-se com a nomeação do árbitro nacional Bruno Pereira para as funções de Presidente do Concelho de Arbitragem local.
 
Nos restantes membros dos órgãos sociais estão representados, vários dirigentes associativos das diversas ilhas dos Açores.
(Fontes diversas)
 
Não poderíamos embora com ligeiro atraso, deixar de se enviar uma grande saudação desportiva ao Prof. Rui Santos, pela coragem que teve ao assumir este novo cargo, na sua já longa carreira na modalidade, e desejar-lhe grandes felicidades no difícil desempenho do cargo que agora assumiu, temos pena de não ver mais situações destas ou similares pelo nosso País. 
 
O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2014 / 2015 – ABC

Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos. 
 
Hoje publicamos o Plantel do ABC
 
ABC
 
Pavilhão – Flávio Sá Leite
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 11-08-14 

O Noticias

Informação – Clubes – GC Odivelas

GC ODIVELAS
 
O GC Odivelas, com grande orgulho e muita esperança que o convido a Si e à sua empresa a serem parceiros do único clube de ANDEBOL no concelho de ODIVELAS!!!
 
Somos um clube com uma FANTÁSTICA e GRANDIOSA história no Andebol nacional, onde contamos com 4 Títulos de Campeão Nacional, 1 Taça Nacional de Juniores, 13 Campeonatos Regionais da 1ª Divisão, entre outras conquistas.
 
Ajude-nos a CRESCER!!!
 (Informação GC Odivelas)

O Noticias

quarta-feira, 13 de Agosto de 2014

Planeamento Desportivo – Época 2014/2015- IV

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ÉPOCA 2014 / 2015 – Parte 1

Através do CO N.º 16 de 01-08-14 a FAP, deu a conhecer as Orientações Técnicas para a nova época (2014 / 2015), onde são esclarecidos alguns dos pontos já aqui mencionados por diversas vezes, o conteúdo deste CO é na prática igual ao da época finda. Congratulamos que os mesmos tenham sido divulgados ainda antes de se realizar a 1.ª prova Oficial da Época.
 
Consideramos, que existem alguns pontos estão completamente esclarecidos, e outros que foram efectuados com textos habilidosos. Assim, neste artigo apenas considerámos até ao ponto 6 do Comunicado já referido.
 
Ponto 1. Intervalo do Jogo
a)      A FAP estabelece a duração do intervalo em 10 minutos.
b)      Exceções à alínea anterior deverão ser autorizadas e coordenadas para efeitos de transmissão Televisiva.
(Foi mantido a decisão, continuamos a considerar, um esclarecimento em tempo e oportuno)

Ponto 2. Time OUT
a)      O cartão de Time-out deve ser entregue em mão ao Oficial de Mesa.
b)      Cada equipa pode utilizar 3 time-out por jogo, no máximo dois por cada parte.
c)      Nos últimos 5 minutos do jogo, cada equipa apenas pode fazer a utilização de 1 Time-out.
(A FAP, manteve e bem o sistema, e para todas os jogos independentemente do seu género e escalão o princípio dos três Time-out, já utilizado em muitas provas pela EHF e IHF, o que se saúda, esperando nós que tenha de os utilizar os faça em oportunidade.
 
Ponto 3. Número de jogadores
16 Atletas (não é obrigatório), o número máximo de atletas inscritos nos jogos de todas as competições. 
(Ao manter esta decisão a FAP, evita confusões e segue os caminhos traçados pela IHF e EHF) 

Ponto 4. Lesão de um árbitro
Apenas é permitida a substituição de um árbitro por lesão, antes de jogo começar, devendo o colega proceder á sua substituição se existirem condições para tal.
(Manteve o texto da época passada, que na nossa opinião é um esclarecimento oportuno)
 
Ponto 5. Árbitros de Recurso
Sempre que um encontro já tenha sido iniciado com árbitros de recurso, por falta da presença á hora marcada para inico do jogo dos árbitros oficialmente marcados, o jogo deve sempre terminar com a dupla de recurso.
(Tal como no ponto anterior, manteve o texto, que é um esclarecimento oportuno)
 
Ponto 6. Equipamentos Eletrónicos
A utilização de equipamentos eletrónicos de comunicação entre os árbitros em qualquer prova nacional carece de autorização do CA da Federação.
 
(Mantendo a mesma norma que estava em falta, até em termos de Regras de jogo, verificou-se que em especial na PO01, muitas das suas duplas já usam este meio para comunicar entre si)
 
O Analista

Planteis – PO01 – Época 2014 / 2015 – Águas Santas

Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos. 
 
Hoje publicamos o Plantel do Águas Santas 
 
A.   A. ÁGUAS SANTAS 
 
Pavilhão – Águas Santas
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 07-08-14 
O Noticias

terça-feira, 12 de Agosto de 2014

Campeonato do Mundo Dinamarca 2015 – Femininos – III

A EHF divulgou, que a maioria das equipas participantes nas Qualificações Europeias de acesso ao Play Off do Mundial de 2015 em Femininos (Qualificação 1) que se disputará na Dinamarca de 5 a 20 de Dezembro de 2015. Decidiram efetuar os seus jogos em Torneios de Apuramento em vez de disputarem as respectivas jornadas casa e fora. 
 
Volta-se a referir as equipas que já se encontram apuradas:
BrasilCampeã do Mundo em Titulo
Dinamarca – Pais Organizador
O Campeão Europeu – No Europeu de 2014 na Hungria / Croácia (entrará diretamente o segundo classificado, se a Dinamarca for Campeã Europeia).
 
Para o Play Off, 14 das 15 equipas que disputam a FF do Campeonato Europeu de 2014 (Croácia, Espanha, França, Alemanha, Hungria, Montenegro, Holanda, Noruega, Polónia, Roménia, Rússia, Sérvia, Eslováquia, Suécia e Ucrânia).
 
A Qualificação 1, apenas apura 4 equipas para o Play OFF, Assim:
Grupo 1 – Eslovénia, Bielorrússia, Suíça e Grécia – Será disputado em Torneio de Apuramento na Suíça de 3 a 6-12-2014.
Grupo 2 – Turquia, Áustria, Portugal e Israel – Será disputado em Torneio de Apuramento na Áustria de 3 a 6-12-2014.
Grupo 3 – Macedónia, Islândia e Itália.
Grupo 4 – República Checa, Lituânia e Azerbaijão - Será disputado em Torneio de Apuramento na República Checa Áustria de 28 a 30-11-2014. 
 
Apenas o Grupo 3, disputará os seus jogos no sistema de casa e fora , iniciando conforme estava previsto com a 1.ª Jornada em 8/9-10-2014.
 
Calendário do Grupo de Portugal
Dia 03-12-14
Áustria – Israel
Turquia – Portugal
Dia 04-12-14
Portugal – Áustria
Israel – Turquia
Dia 06-12-14
Portugal Israel
Turquia - Áustria
 
Se o apuramento de Portugal já não era fácil, tornou-se (na nossa opinião) quase impossível, embora, enquanto existe sempre uma réstia de esperança, mas a dificuldades aumentaram e de que maneira.
 
Apenas se estranha que até ao momento a FAP, não tenha dado qualquer informação sobre o assunto no seu Portal.
 
Informação:
  • Play OFF a ser disputado em 06/07-06-15 e 13/14-06-15 (Não são permitidos os dois jogos no mesmo País).
  • O sorteio do Play OFF, será efetuado durante a última semana do EURO 2014 em 21-12-14.
O Noticias

PO23 - Taça de Portugal Seniores Femininos – 2014 / 2015 - I

A Federação tal como o fez para o masculino, publicou igualmente através do seu Comunicado Oficial. N.º 14 (29-07-14), a estrutura da prova, e tal como aconteceu nos masculinos, e já por nós várias vezes afirmado, esta que deveria ser por excelência do Calendário Feminino, a prova onde normalmente se verificam as grandes surpresas nos resultados, devendo desse modo ser uma prova de massiva participação, e com Regulamento aberto, e sem condicionantes
 
Verificou-se um significativo avanço no seu regulamento ao tornar a mesma obrigatória aos clubes participantes na PO10, desde a sua 1.ª Fase, esta época com uma substancial alteração pois foram retiradas do Regulamento Especifico a aplicação dos requisitos de participação, evitando-se desta forma as situações vividas na época que findou, poderá esta alteração facilitar a existência de um maior número de participantes, veremos se resulta
 
Infelizmente ainda não se sabe quantas equipas irão existir na PO10, pois o prazo para as Associações definirem os seus calendários relativos á 1.ª Fase, apenas termina no dia 25-08-14, conforme se encontra definido no Comunicado Oficial n.º 9 de 25-07-14. Apenas poderemos dizer que na época que terminou a participação destas equipas foi em número de 20
 
Uma nota positiva, foi a indicação regulamentar da previsão da possível existência de zonas nas Eliminatórias, que era uma situação cuja omissão sempre criticámos. 
 
A manutenção da introdução no Regulamento da Taça de Portugal da norma de apenas “Os 4 primeiros classificados no final da 1ª volta da 1ª Fase do Campeonato Nacional da 1ª Divisão são “cabeças de série” (Não se defrontarão entre si) nos 1/8 de Final”. É felizmente (no nosso entender uma nota positiva e que pode valorizar a prova)
 
Mas tal como dissemos para os masculinos, esta prova só voltara a ter verdadeiro espírito de taça, quando for uma prova aberta sem limitações, e com todas as equipas a iniciarem a sua participação ao mesmo tempo
 
A Federação volta a colocar neste Regulamento, um artigo, cujo alcance no seu limite interpretativo é um sério aviso aos clubes de que apenas participarão nas Competições Europeias se a FAP assim o considerar, repetimos, poderá parecer Estranho! Aquilo que se verifica é que em relação aos Femininos, este artigo tem toda a justificação, bastando para tal verificar as suas participações nas provas europeias.
 
Artigo 1.º (Prémios)

Ponto 4. A designação dos diferentes representantes para as competições europeias de Clubes terá, sempre, de ser ratificada pela Direção da FAP, mormente tendo em atenção as condições económicas e/ou desportivas de cada um dos Clubes, procedendo às substituições respetivas quando for caso disso.”
 
A estrutura da prova será:
1ª Eliminatória – Todos os Clubes da PO.10 – 18.10.2014
2ª Eliminatória – Vencedores da 1ª Eliminatória – 01.11.2014
3ª Eliminatória – Vencedores da 2ª Eliminatória – 13.12.2014
1/8 Final – Vencedores da 3ª Eliminatória e Clubes PO.09 - 10.01.2015
1/4 Final – Vencedores dos 1/8 Final – 28.02.2015
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 28.03.2015
Final – Vencedores 1/2 Final – 29.03.2015
 
A FAP, prevê no Regulamento Especifico da Prova, a realização na prática de uma Final Four.
 
Ainda não se encontra previsto o sorteio da 1.ª Eliminatória.
 
O Noticias

segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

SuperTaça Seniores Femininos - PO24 – Época 2014 / 2015

Esta época a Super Taça Seniores Feminino só não dá início ao calendário oficial da época, porque no mesmo dia se inicia de igual modo a PO01, mas dá certamente o primeiro vencedor de uma prova da nova época. De destacar que a FAP deu continuidade ao modelo de disputa da prova implementado na época transata (Igual ao Masculino), sendo disputada diretamente entre o Campeão Nacional e o Vencedor da Taça de Portugal. Com a continuidade este modelo a FAP, responde algumas críticas e torna a prova mais apetecível em termos financeiros. 
 
Esta época face aos condicionalismos desportivos existentes, não será disputada em simultâneo com a prova Masculina, embora tudo indica seja disputada no mesmo local. Na Maia este ano Capital Europeia do Desporto. O Andebol Feminino, recebe assim (na nossa opinião) uma visibilidade, que não era possível em tempo ainda não muito longínquo. 
 
PO24- Supertaça Seniores Femininos 
 
IntroduçãoEste texto é mais um descarregar de consciência, pois já todos temos conhecimento do tratamento discriminatório que é dado às modalidades amadoras, em de transmissões pelos canais públicos (Entenda-se RTP), e assim mais uma vez o Andebol é mal tratado. 
 
Embora já seja publico de que a Bola TV fará a transmissão da prova, que conforme já informamos será disputada foi disputada Pavilhão Municipal da Maia. 
 
Dia 06-09-14
Madeira SAD – Alavarium (17H00) Bola TV 
 
Apenas para recordar, que o Madeira SAD conquistou até ao momento quinze (15) Super taças consecutivas. 
 
O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2014 / 2015 – Belenenses

Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.
 
Hoje publicamos o Plantel do Belenenses
 
C. F. Os Belenenses
 
Pavilhão – Acácio Rosa
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 07-08-14 
O Noticias

domingo, 10 de Agosto de 2014

22.º Mundial Universitário de Andebol - VI

O 22.º MUNDIAL UNIVERSITÁRIO DE ANDEBOL DISPUTOU-SE EM PORTUGAL
 
Terminou o 22.º Campeonato Mundial Universitário de Andebol 2014 que se disputou em Guimarães, de 3 a 10 de Agosto.
 
Resultados Finais
 
Masculinos (11 equipas)
 
PORTUGAL CAMPEÃO MUNDIAL 

Dia 07-08-14
9/11 Lugar
México 23 - 30 Japão
Dia 08-08-14
9/11 Lugar
Japão 38 – 36 Turquia
1/4 Final
Espanha 31 – 25 República Checa
Brasil 29 – 24 Egipto
Rússia 36 – 25 China Taipé
Portugal 32 – 25 Roménia
Dia 09-08-14
9/11 Lugar
Turquia 31 – 27 México
5/8 Lugar
Republica Checa 26 – 28 Roménia
Egipto 34 – 30 China Taipé
1/2 Final
Espanha 27 – 33 Portugal
Brasil 27 – 23 Rússia
Dia 10-08-14
FinalPortugal 29 – 23 Brasil
3/4 LugarEspanha 29 – 28 Rússia (C/ 7 metros)
5/6 Lugar – Roménia 32 – 33 Egipto (C/ 7 metros)
7/8 LugarRepública Checa 31 – 22 China Taipé

Classificações Finais - 1.º Portugal, 2.º Brasil, 3.º Espanha, 4.º Rússia, 5.º Egipto, 6.º Roménia, 7.º República Checa, 8.º China Taipé, 9.º Japão, 10.º Turquia e 11.º México.
 
Portugal disputou pela 2.ª vez consecutiva, a final do Mundial, tendo em 2012, sido Vice-Campeão Mundial ao ser derrotada na Final pela Republica Checa por 34-24, com a curiosidade ainda de o Brasil nessa prova, ter ficado em 3.º Lugar. Apresentou para este encontro uma equipa recheada de elementos com vasta experiencia, num pavilhão completamente cheio, dominou quase sempre o jogo e o marcador com uma excepção incompreensível quando permitiu que o Brasil passasse para a frente do marcador (uma única vez) cerca dos 40 minutos de jogo (18-17), tendo posteriormente voltado ao seu ritmo normal, vencendo com toda a naturalidade, teve nos seus pontas Miguel sarmento e Fábio Vidrago, duas verdadeiras setas apontadas á baliza adversária, e em Hugo Rosário e Ricardo Pesqueira, dois defensores e não só que estiveram muito bem durante quase todo o jogo, salientando-se ainda Pedro Seabra, que deu tudo o que tinha e a mais não era obrigado, uma palavra final para o guarda-redes Manuel Borges, que entrou muito bem no jogo. Os nossos sinceros parabéns.
 
Melhor Jogador (MVP) Pedro Seabra – Portugal
Melhor Guarda RedesCésar Almeida - Brasil
Melhor MarcadorVojtech Petrovsy – República Checa
Fair Play – México
 
Femininos (11)
 
BRASIL CAMPEÃ MUNDIAL 
 
Dia 07-08-14
Polónia 29 – 20 Uruguai
Dia 08-08-14
9/11 Lugar
Uruguai 15 – 32 Portugal
1/4 Final
Roménia 25 – 24 Espanha
Brasil 26 – 25 Japão
Coreia 25 – 18 México
Rússia 27 – 26 República Checa
Dia 09-08-14
9/11 Lugar
Portugal 21 – 27 Polónia
5/8 Lugar
Espanha 27 – 19 República Checa
Japão 36 – 18 México
1/2 Final
Roménia 26 – 29 Rússia
Brasil 24 – 23 Coreia (C/ 7 metros)
Dia 10-08-14
Final – Rússia 17 – 24 Brasil
3/4 Lugar – Roménia 20 – 30 Coreia
5/6 LugarEspanha 31 – 17 Japão
7/8 LugarRepublica Checa 42 – 20 México
9/10 Lugar – Por acordo foi considerado o jogo entre Portugal e Polónia disputa na véspera.

Classificações Finais1.º Brasil, 2.º Rússia, 3.º Coreia, 4.º Roménia, 5.º Espanha, 6.º Japão, 7.º República Checa, 8.º México, 9.º Polónia, 10.º Portugal e 11.º Uruguai.
 
De destacar o bom trabalho que está a ser desenvolvido no Brasil a todos os níveis, e que se tem refletido nos últimos resultados em todas as competições. Nestes Mundiais estiveram presentes nas finais de Masculinos e femininos. Sendo ainda de registar de igual modo o trabalho da Coreia, que neste Mundial voltou a demonstrar o bom momento que o seu Andebol em especial no Feminino atravessa.
 
Melhor Jogador (MVP)Jo Suyeon – Coreia
Melhor Guarda RedesFlávia Vidal – Brasil
Melhor MarcadorJo Suyeon – Coreia
Fair Play - Rússia
 
Arbitragem – Apesar da contínua e persistente falta de informação, acerca das arbitragens, através de alguns Boletins de Jogo (quando devidamente preenchidos), sabe-se que pelo menos duas duplas portuguesas têm atuado nos jogos (Alberto Alves / Jorge Fernandes e Daniel Freitas / César Carvalho), assim como estão presentes, alguns oficiais de mesa nacionais, nomeadamente Carlos Barros, Rosa Ponte, Mario Pangaio e outros. Também, como é do conhecimento geral, que pelas normas instituídas, as arbitragens resultam de um acordo entre a IHF e o Delegado Técnico da FISU, indicado para a prova. Estão presentes pelo menos seis (6) duplas com o emblema da IHF, sendo seguidamente a grande maioria pertencente aos quadros da EHF, estando representados pelo menos 10 Países (Sérvia, Montenegro, Hungria, Republica Checa, Rússia, Bielorrússia, Brasil, Egipto, Espanha e Portugal). Não existindo até ao momento qualquer informação sobre o assunto de qualquer destas entidades, e em especial da FAP que inseriu vastas reportagens sobre a prova, e de ter felizmente links diretos para o site da organização.
 
Outros

Não se entende, que sendo a FAP e a AA Braga, parceiros na organização, em nenhum dos painéis de publicidade existente nos pavilhões existiu uma única referencia a estas entidades. Para se verificar este facto por nós descrito basta ver os vídeos dos jogos, que estão disponíveis no YouTube. As únicas referencias a estas entidades estavam no rodapé do sítio da organização.
 
Uma referência para a excelente qualidade das transmissões via Live Streaming, que nos foram proporcionadas, com a novidade de o tempo de jogo estar sempre visível, os nossos sinceros parabéns.
 
O Próximo Mundial será disputado em 2016 em Málaga em Espanha.
 
O Noticias