gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 24 de maio de 2018

PO06 Fase Final – 2017 / 2018 - I

Cronica ligeira sobre a Fase final desta prova, que está a ser disputada no mesmo formato competitivo, da época anterior.

Desta feita sem representação das Regiões Insulares.

PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos
Fase Final

1.ª Jornada
Dia 19-05-18
Sporting A 28 – 24 ABC
Águas Santas 19 – 21 Benfica A

Fase Final da prova, que começou precisamente, com dois encontros, onde se verifica o cruzamento entre equipas de zonas diferentes, pois mais uma vez não existiu a chamada Fase de Apuramento. E que apesar do equilíbrio verificado nos resultados finais, não se registaram ocorrências disciplinares.

Apesar dos resultados, configuraram duas vitórias das equipas provenientes da Zona 2, não significam (na nossa opinião) qualquer tipo de superioridade de uma zona sobre a outra. O Sporting defrontou na condição de visitado o ABC, e venceu o encontro apesar de algum equilíbrio entre as equipas, comandando a maior parte do tempo de jogo no primeiro tempo, depois de uma igualdade a 3 golos, para chegar ao intervalo a vencer por 13-10. No segundo tempo manteve sempre o comando do jogo para chegar ao fim como vencedor do encontro. NO Sporting onde 10 jogadores marcaram golos, Daniel Neves e Salvador, ambos com 6 golos, foram os seus principais marcadores. No ABC, Vinícius Fonseca com 9 golo, foi o seu melhor marcador. No Pavilhão do Águas Santas, disputou-se o Águas Santas / Benfica A, que foi mais um encontro onde a equipa vencedora comandou quase sempre o jogo e o marcador, embora sem nunca adquirir, uma vantagem que lhe desse algum conforto, mas, chegando ao intervalo a vencer por 11/8. Nos segundos 30 minutos apesar da excelente reacção dos maiatos, a equipa do Benfica A, sobre controlar as emoções e o jogo, embora a equipa do Águas Santas tenha chegado a estar a perder pela diferença mínima, como por exemplo aos 14-13. António Carvalho, e Tiago Pereira, ambos com 5 golos foram os melhores marcadores do Águas Santas, No Benfica, Joaquim Nazaré com 8 golos, e David Lopes com 5 golos, foram os seus melhores marcadores.

Não publicamos nenhuma classificação, por entendermos que face ao que se disputou até ao momento a mesma, não têm qualquer justificação.

O Formador

PO13 – 2017 / 2018 – Fase de Apuramento

Realiza-se de 25 a 27-05-18 a Fase de Apuramento da PO13 (Campeonato Nacional de Iniciados Femininos), que se realiza na Maia (Pavilhão Municipal).

PO13 – Campeonato Nacional de Iniciados Femininos

Modelo Competitivo:

Os clubes apurados da 1ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em 3 zonas geográficas (TXT a 2 voltas). O 1º Classificado de cada zona fica apurado para a Fase Final. O 2º Classificado de cada zona disputa uma fase de apuramento com o representante da região Autónoma da Madeira (TXT a 1 volta – regime concentração), sendo que o 1º Classificado fica apurado para disputar a Fase Final (TXT a 1 volta – regime concentração). O 1º Classificado será Campeão Nacional.

Equipas Apuradas para a Fase de Apuramento – Maiastars, CD Feirense A, JAC-Alcanena, e CS Madeira

Calendário  

1.ª Jornada- Dia 25-05-18
Maiastars – JAC-Alcanena (18H00)
CD Feirense A - CS Madeira (20H00)
2.ª Jornada – Dia 26-05-18
JAC-Alcanena – CS Madeira (15H00)
Maiastars – CD Feirense A (17H00)
3.ª Jornada – Dia 27-05-18
CD Feirense A – JAC-Alcanena (10H00)
CS Madeira – Maiastars (12H00)

O Formador

PO11 – 2017 / 2018 – Fase Apuramento


Disputa-se de 25 a 27-05-18 a Fase de Apuramento do (Campeonato Nacional Juniores Femininos), no Pavilhão do Alavarium, prova não fixa, que tal como todas as provas não fixas, teve a sua 1.ª Fase a ser disputada sob a responsabilidade das associações.

PO11 – Campeonato Nacional de Juniores Femininos

Os clubes apurados da 1ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em duas zonas geográficas jogando TXT a 2 voltas, apurando-se o 1º Classificado para a Fase Final. O 2º Classificado de cada zona mais o representante da A.A. Madeira, disputam a Fase de Apuramento (TXT a 1 volta - regime concentração) apurando-se os dois primeiros classificados para a Fase Final (TXT a 1 volta – regime concentração). O 1º classificado será Campeão Nacional.

Equipas Apuradas para a Fase de Apuramento - ARC Alpendorada, Alavarium, e CS Madeira.

Calendário

1.ª Jornada- Dia 25-05-18
ARC Alpendorada – Alavarium (20H00)
2.ª Jornada – Dia 26-05-18
CS Madeira – ARC Alpendorada (16H30)
3.ª Jornada – Dia 27-05-18
Alavarium – CS Madeira (11H00)

O Formador

Nomeações – EHF – 2017 / 2018 – XXXV


A EHF, completou as nomeações para a Qualificação 2 do Euro 2018, Feminino, tendo Portugal as seguintes nomeações, até ao momento.
Árbitros

Marta Sá / Vânia Sá – Foram nomeadas para dirigir o encontro da 6.ª Jornada do Grupo 3 da Qualificação para o Euro 2018 Feminino, que se disputa entre a Suécia e as Ilhas Faroé na Suécia em 02-06-18.

Às nomeadas, desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções

O Regras

quarta-feira, 23 de maio de 2018

EURO 2018 FEMININO – FRANÇA – XVIII


EURO 2018 FEMININO – FRANÇA
(HANDBALLISSIME)
QUALIFICAÇÃO

Portugal está a disputar a Fase de qualificação 2, para apuramento para a Fase Final do Euro 2018 a realizar de 29 de Novembro a 16 de Dezembro de 2018 em França.

Portugal encontra-se enquadrado no Grupo 4, juntamente com a Roménia, mais uma vez a Rússia e a Áustria.
Infelizmente até ao momento, infelizmente, ainda não contabilizamos qualquer ponto nos jogos disputados (4 jogos, 4 derrotas), mas como bons portugueses a esperança e o otimismo, nunca se perde, e esperamos uma possível vitória (difícil) a qualquer momento.

A Selecção Nacional vai agora defrontar a sua congénere da Rússia em Sines (Pavilhão Multiusos de Sines) no próximo dia 31-05-18 (Entrada Livre), para voltar a jogar mas agora na Roménia, passados apenas três dias (03-06-18). Em conferência de imprensa realizada hoje (23-05-19) em Sines, foi divulgado não só a convocatória, como o programa da Selecção, até a realização dos jogos. O Mini Estágio inicia-se a 28-05-18, terminará a 01-06-18, dia em irão para a Roménia onde se manterão até ao dia do encontro com a Selecção da Roménia.

Lista das convocadas – Como usualmente sem comentários, isto porque foram convocadas 16 atletas que serão em princípio, não só as presentes nos estágios como as que disputarão os jogos.
Resultados e Calendário de Portugal

1.ªJornada
Rússia 32 – 25 Portugal
2.ªJornada
Portugal 16 – 32 Roménia
3.ªJornada
Portugal 30 – 32 Áustria
4.ªJornada
Áustria 29 – 24 Portugal
5.ªJornadaDia 31-05-18
Portugal – Rússia (17H00) (Sines)
6.ªJornadaDia 03-06-18
Roménia – Portugal (18H30)

Horas Locais

Infelizmente não existe por parte da FAP, qualquer informação sobre a transmissão de algum destes encontros, inclusive pela Andebol TV.
Informação

Os dois (2) primeiros classificados de cada um dos 7 Grupos, são os apurados diretamente pata a Fase Final, a que se juntará o melhor dos 3.º’s classificados de entre todos os Grupos. Para a elaboração desta classificação não contam os resultados verificados com o 4.º classificado de cada grupo.

O Noticias

Fase Final - PO10 - 2017 / 2018 - XII


Dando continuidade aos textos anteriormente iniciados, voltamos a referir-nos a esta prova, desta vez com a realização dos jogos relativos à 11.ª Jornada (incompleta), e a alguns jogos em atraso. Não querendo deixar passar em claro esta prova do andebol nacional.

PO10 – Campeonato Nacional Seniores Feminino 2.ª Divisão

8.ª Jornada
Dia 16-05-18
Almeida Garrett 23 – 32 ARC Alpendorada
Dia 20-05-18
Ílhavo AC 21 – 22 Passos Manuel
11.ª Jornada - Resultados
Dia 19-05-18
ARC Alpendorada 30 – 24 AD Academia Andebol SPS
Ílhavo AC 23 – 17 Batalha AC
Passos Manuel 33 – 24 S. Félix Marinha
Dia 22-05-18
Almeida Garrett 25 – 23 Juventude Mar

Apuradas para a PO09 em 2018 / 2019 - ARC Alpendorada

Classificação após esta jornada – 1.º ARC Alpendorada (33 pontos), 2.º Passos Manuel (29 pontos), 3.º Almeida Garrett, e Ílhavo (25 pontos), 5.º Juventude Mar (18 pontos), 6.º AD Academia Andebol SPS (17 pontos), 7.º S. Félix Marinha (16 pontos), 8.º Batalha AC (13 pontos).

O Banhadas Andebol

PO03 – Crónica de Fim-de-semana – 09 – 2017 / 2018


Nova e ligeira crónica da PO03, referente á 2.ª Fase desta prova nacional não fixa, que regressou ao normal, com a disputa de uma única jornada, nesta fase é disputada em duas zonas com 8 (oito) equipas cada. Após a disputa de uma 1.ª Fase Regional / Inter-regional.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

Esta prova onde ascendem à Segunda Divisão Nacional, os três primeiros de classificados em cada Zona. Continuando a não existir qualquer informação sobre a participação da equipa representativa dos Açores, por parte da FAP. Não se sabendo se existe final directa ou Fase Final com 3 equipas, pois nos jornais da Região Insular, já se informa que o Marítimo SC, será o representante da Região Autónoma dos Açores, na Fase Final do Nacional, afinal em que ficamos?

Nos termos Regulamentares, o representante dos Açores, não ascenderá à 2.ª Divisão visto o seu Campeonato Regional, ter sido disputado com menos de 6 equipas.

2.ª Fase

Zona 1
11.ª Jornada
Dia 19-05-18
Alavarium 33 – 24 Ílhavo AC
Modicus 36 – 24 Beira Mar
FC Infesta 28 – 33 Gondomar Cultural
CD Feirense 25 – 18 Académico

Subida de Divisão - Modicus

Jornada, que desta vez não revelou o equilíbrio nos jogos que sido uma marca desta zona em alguns dos encontros que se realizaram, com apenas um encontro a confirmar o resultado verificado na jornada homologa na 1.ª volta, pela positiva o facto de mais uma vez, não se trem registado quaisquer ocorrências disciplinares. Zona onde apesar de ainda faltarem 3 jornadas para o fim da mesma, e de se começam a definir-se os principais candidatos aos lugares de subida de divisão, onde o Modicus continua a comandar, contabilizando apenas vitórias, sendo um dos grande favoritos da mesma, juntamente com o CD Feirense e o Ílhavo AC (na nossa opinião), no entanto em termos de contabilização pontual, ainda podem chegar aos 3 primeiros lugares o Alavarium e o Gondomar Cultural, com as restantes equipas a estarem de fora da luta pelos lugares de subida de divisão, que neste momento já têm uma equipa com o lugar assegurado o Modicus, sejam quais forem os resultados verificados nas próximas jornadas.

Classificação ao fim desta jornada – 1.º Modicus (30 pontos), 2.º Ílhavo (26 pontos), 3.º CD Feirense (24 pontos), 4.º Alavarium (20 pontos), 5.º Gondomar Cultural (19 pontos), 6.º Beira Mar (16 pontos), 7.º Académico FC (14 pontos), 8.º FC Infesta (11 pontos)

Zona 2
11.ª Jornada
Dia 19-05-18
Samora Correia 32 – 25 Oriental Lisboa
Lagoa AC 24 – 24 IFC Torrense
NA Rio Maior 29 - 25 3 A – AA Almeirim
Cister SA 21 32 CD Mafra

Subida de Divisão – Lagoa AC

Mais uma jornada, onde foram confirmados dois dos resultados ocorridos na jornada homologa da 1.ª volta, o NA Rio Maior / 3 A – AA Almeirim, e o Cister SA / Mafra, com a equipa de Almeirim a ser a única equipa que até ao momento apenas regista derrotas, no entanto não tivemos jogos com ocorrências disciplinares o que se saúda, o resultado mais surpreendente desta jornada é na nossa opinião a igualdade verificada no Lagoa AC / IFC Torrense, que terminou numa igualdade, e que face à vitória quer do CD Mafra quer do Samora Correia, permite que apenas quatro (4) equipas discutam, os lugares de acesso à 2.ª Divisão Nacional (Lagoa AC, IFC Torrense, CD Mafra, e Samora Correia), apesar de o Cister SA ainda poder matematicamente igualar em termos pontuais o CD Mafra, mas têm em termos de desempate a desvantagem de duas derrotas, todas as outras equipas estão completamente afastadas dos 3 lugares de acesso à subida de divisão. Também nesta zona já uma equipa, o Lagoa AC, têm lugar de subida já garantido.

Classificação ao fim desta jornada – 1.º Lagoa AC (29 pontos), 2.º IFC Torrense (28 pontos), 3.º CD Mafra (27 pontos), 4.º Samora Correia (23 pontos), 5.º Cister SA (21 pontos), 6.º Oriental Lisboa (19 pontos), 7.º NA Rio Maior (18 pontos), 8.º 3A - AA Almeirim (11 pontos).

O Noticias

terça-feira, 22 de maio de 2018

P004 – Fase Final – 2017 /2018 – VII


Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, numa Fase, onde se regista a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo A
7.ª Jornada
Dia 20-05-18
FC Porto 25 – 24 Sporting
São Bernardo 29 – 33 ABC
Benfica 40 – 30 Águas Santas

Jornada totalmente disputada o que se saúda, e onde se apenas, a alteração de um resultado (Benfica / Águas Santas), em relação ao ocorrido na jornada similar da 1.ª volta, e onde o apesar da distância pontual já existente entre algumas equipas, continuam a registar-se jogos de grande equilíbrio, e foi uma jornada que teve a particularidade que deveria ser uma constante, ao não se registar qualquer ocorrências disciplinares. Na nossa opinião o grande favorito da prova, face aos resultados verificados até a jornada anterior tínhamos afirmado que a equipa maiata do Águas Santas, seria a grande favorita à vitória na prova, mas esta jornada, no encontro como o Benfica sofreu a sua primeira derrota, enquanto no lado contrário continuamos a ter o São Bernardo que apenas regista derrotas nesta Fase da prova.

No Pavilhão do Colégio de Carvalhos, disputou-se um dos clássicos da jornada o FC Porto / Sporting, que foi um dos jogos onde foi confirmado o resultado ocorrido na 1.ª volta, e pela mesma diferença (1 golo), foi um encontro de grande equilíbrio, com o FC Porto a vencer ao intervalo por 10-8, para no segundo tempo a equipa do Sporting, ter procurado sempre dar a volta ao marcador o que não conseguiu. Ambos os conjuntos apresentaram os seus principais elementos, com Martin Costa com os seus 7 golos a ser o melhor marcador do FC Porto, por sua vez no Sporting onde 10 jogadores marcaram golos, no entanto o seu melhor marcador não passou dos 4 golos e foi João Guerreiro. Com esta derrota o Sporting, fica desde já a 3 jornadas do fim da prova, completamente arredado da discussão do título na categoria. O FC Porto por sua vez matematicamente ainda pode chegar ao mesmo. No Gimnodesportivo de São Bernardo, realizou-se o São Bernardo / ABC, que tal como na primeira volta terminou com a vitória dos bracarenses, num jogo que foi de algum equilíbrio, embora o ABC, ao intervalo já se encontra-se na frente do marcador por 17-14, e apesar da reacção de garra e determinação do São Bernardo nos segundos 30 minutos, soube preservar a vantagem e ainda aumentá-la. João Saraiva com 9 golos, David Gomes e Tiago Couto, ambos com 6 golos cada foram os melhores marcadores do São Bernardo. No ABC João Peixoto com 9 golos, e Carlos Bandeira com 8 golos, foram os seus melhores marcadores, com esta vitória a equipa do ABC, também ainda pode matematicamente chegar ao título na categoria. Na Luz 2, no Benfica / Águas Santas, com as duas equipas a apresentarem os seus principais elementos, esperava-se um jogo mais equilibrado, entre as duas equipas, que são consideradas (pelo menos por nós) as principais candidatas ao título nacional da categoria, foi de total superioridade da equipa do Benfica que ao intervalo vencia por 18-15, para no segundo tempo fazer toda a diferença, com um parcial cujo diferencial de 7 golos a seu favor diz tudo. Foi um encontro onde o ataque prevaleceu sobre qualquer sistema defensivo, e que terminou com um total de 70 golos, para 60 minutos de jogo. Com este resultado a “luta” pelo vencedor do Campeonato esta cada vez mais acentuada, e (na nossa opinião), estas equipas continuam a ser as principais candidatas. Francisco Pereira com 9 golos, Tiago Figueiredo, e Pedro Santana, ambos com 8 golos cada, foram os melhores marcadores do Benfica. No Águas Santas onde apenas 4 jogadores marcaram golos (estranho), Gonçalo Vieira com 11 golos, Ruben Santos com 9 golos, e Luís Frade com 8 golos, foram os seus melhores marcadores.

Classificação, após a realização destes jogos – 1.º Águas Santas (19 pontos), 2.º Benfica (17 pontos), 3.º ABC, e FC Porto (15 pontos), 5.º Sporting (11 pontos), 6.º São Bernardo (7 pontos). 

O Noticias.

PO07 – 2017/ 2018 – Fase de Apuramento e Fase Final - Sorteio


Realizou-se em (21-05-18) o sorteio da Fase de Apuramento e da Fase Final da PO07, prova não fixa. 

PO07 – Campeonato Nacional de Juvenis Masculinos 2.ª Divisão

Modelo Competitivo:

Os clubes apurados na 1.ª Fase serão agrupados na 2.ª Fase em três (3) zonas, que será disputado no sistema de TXT a 2 voltas. O 1.º Classificado de cada Zona fica apurado para a Fase Final e sobe á 1.ª Divisão.

Informa ainda de que os representantes da Madeira e dos Açores participam na Fase Final, agora programar uma Fase final em concentração com um número equipas ímpar, reafirmamos mais uma vez o nosso total desacordo (5 equipa).

A Fase final é disputada em concentração no sistema de TxT a 1 volta. Disputa-se ainda uma Fase de Apuramento, entre os 2.º’s classificados de cada Zona, em concentração no sistema de TxT a uma volta, para na prática apurar a 4.ª equipa que sobe de divisão. O que significa que nem o representante da Madeira, nem o representante dos Açores têm direito a ascender de Divisão. O que que é mais uma aberração competitiva, pois quem de direito teria de assegurar os custos da descontinuidade do território Nacional.

A Fase Final e a Fase de Apuramento, disputam-se sensivelmente nas mesmas datas, Fase de Apuramento de 01 a 03-06-87, e Fase Final de 31-05-18 a 03-06-18.

Fase Final – Apurados

Zona 1 – CA Póvoa Varzim
Zona 2 – SIR 1.º Maio
Zona 3 – Sporting B
Representante dos Açores – SC Horta
Representante da Madeira – B. Perestrelo

Calendário
1.ª Jornada – Dia 31-05-18
SIR 1.º Maio – CA Povoa Varzim 17H30)
B. Perestrelo – Sporting B (19H30)
2.ª Jornada – Dia 01-06-18
SC Horta – B. Perestrelo (09-H30)
Sporting B – SIR 1.º Maio (11H30)
3.ª Jornada – Dia 01-06-18
CA Povoa Varzim - B. Perestrelo (18H00)
SIR 1.º Maio – SC Horta (20H00)
4.ª Jornada - Dia 02-06-18
B. Perestrelo – SIR 1.º Maio (16H00)
SC Horta – CA Póvoa Varzim (18H00)
5.º Jornada – Dia 03-06-18
Sporting B – SC Horta (10H00)
CA Póvoa Varzim – B. Perestrelo (12H00)

Já apurados para a PO06 (Época 2018 / 2019) – CA Povoa Varzim, SIR 1.º Maio, e Zona Azul (esta equipa nos termos da matéria constante no Titulo 8 Subtítulo 4 do RGFAP)

Nota – No caso de o vencedor ser uma das equipas das Regiões Autónomas, disputará na época seguinte, a Fase de Apuramento da PO06.

A Fase Final será disputada no Pavilhão Municipal na Póvoa do Varzim.

Fase de Apuramento á PO06 – Apurados (Municipal de Pampilhosa, na Vacariça)

2.º Classificado da Zona 1 – CP Natação
2.º Classificado da Zona 2 – CP Vacariça
4.º Classificado da Zona 3 – CDE Camões (De acordo com Titulo 8 Subtítulo 4 do RGFAP)

Calendário
1.ª Jornada – Dia 01-06-18
CP Natação – CP Vacariça (20H00)
2.ª Jornada – Dia 02-06-18
CDE Camões – CP Natação (16H00)
3.ª Jornada – Dia 03-06-18
CP Vacariça – CDE Camões (11H00)

O Formador

Challenge CUP Masculina 2017 / 2018 – Final


AHC POITASSA TURDA
VENCE
 CHALLENGE CUP MASCULINA
Terminou este fim-de-semana a Challenge CUP Masculina, cuja final foi disputada entre o AEK Athens (Grécia) e o AHC Potaissa Turda (Roménia). Esta época infelizmente disputada sem a presença de equipas portuguesas.
Resultados

1.ª Mão
AHC Potaissa Turda 33 – 22 AEK Athens   
2.ª Mão
AEK Athens 27 – 26 AHC Potaissa Turda  

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 21 de maio de 2018

PO05 – 2017 / 2018 – Final – Sorteio


Realizou-se (21-05-18) o sorteio da Final da PO05, prova não fixa. É uma das provas que na sua 1.ª Fase é da responsabilidade Associativa proporcionando a estas entidades (nem todas) a organização, de verdadeiros Campeonatos Regionais e Inter-Regionais. Desempenhando assim a sua verdadeira vocação.

PO05 – Campeonato Nacional de Juniores Masculinos 2.ª Divisão

Modelo Competitivo

Os clubes apurados da 1ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em duas zonas geográficas (TXT a 2 voltas). Os dois primeiros Classificados de cada zona disputam a PO04 na época seguinte. O 1º Classificado de cada zona fica apurado para a Fase Final (TXT a 2 voltas – Desempate de acordo com o Regulamento Geral) onde se apura o Campeão Nacional.

Nota Na prática, este texto significa que haverá uma Final a duas mãos para determinar o Campeão Nacional.

Equipas Apuradas para a Final
Zona 1 – Alavarium
Zona 2 – ADC Benavente 

Calendário
1.º Jogo
Dia 03-06-18
Alavarium – ADC Benavente
2.º Jogo
Dia 10-06-18
ADC Benavente – Alavarium

Desempates - De acordo com o disposto o estabelecido no Regulamento Geral da Federação.

Subidas de Divisão
Zona 1 – Alavarium e Boavista FC
Zona 2 – ADC Benavente e IFC Torrense

O Formador

Crónica de Fim-de-semana – 30 – 2017 / 2018 – II

Regresso às normais cronicas sobre esta prova.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados

Fase Final Nacional - Grupo A
9.ª Jornada
Dia 19-05-18
SC Horta 29 – 29 AD Sanjoanense
CCR Fermentões 27 – 23 CA Póvoa Varzim
Alto Moinho 31 – 26 ADC Benavente SD e sem publico 24/25

Subidas de divisãoSC Horta e CCR Fermentões

A uma jornada do fim da prova, tivemos uma jornada que além de se ter disputada na totalidade, e cujos resultados deram total vitórias ás equipas visitadas, que rectificaram os resultados ocorridos na jornada homóloga da 1.ª volta, mas infelizmente tivemos um encontro como registo de ocorrências disciplinares, felizmente tivemos duplas completas, e até delegados, só não entendemos porque não seguido sempre o mesmo critério. No entanto com os resultados verificados, ficaram já definidas a 1 jornada do fim da disputa deste Grupo, quais as equipas que subiram de divisão, às quais endereçamos desde já os nossos parabéns (SC Horta e CCR Fermentões), registando ainda com agrado a única reportagem se assim se pode chamar feita pela FAP, e relacionada com esta prova, às vezes mais vale tarde do que nunca. Só falta definir o Campeão Nacional.

Um dos resultados mais significativo da jornada ocorreu na Horta onde se realizou o SC Horta / AD Sanjoanense, que foi um encontro que com a vitória do SC Horta, deu origem á subida da equipa visitada à 1.ª Divisão, e afastou em termos definitivos a equipa da AD Sanjoanense da luta por um destes lugares. O encontro foi de grande equilíbrio, com a equipa do continente a chegar ao intervalo na frente do marcador por 14-13, e apenas nos segundos 30 minutos os insulares lograram ascender ao comando do marcador e consolidarem a vitória. Pavel Hernandez com 11 golos, e João Pimentel com 8 golos, foram os melhores marcadores do SC Horta, com Rui Rodrigues marcando 6 golos, e Alexandre Relvas com 5 golos, foram os melhores marcadores da AD Sanjoanense. Em Fermentões realizou-se outro dos encontros que era decisivo, para qualquer das equipas, o CCR Fermentões / CA Póvoa Varzim, (único encontro com ocorrências disciplinares), que terminou com a vitória da equipa local o CCR Fermentões, que assim assegurou desde já o acesso à 1.ª Divisão, em detrimento do seu adversário, que ficou definitivamente afastado. Jogo que foi praticamente todo comandado pelos locais, que chegaram ao intervalo a vencer por 14-11, consolidando a sua vitória no segundo tempo. João Barbosa com 8 golos, e Sérgio Caniço com 7 golos, foram os melhores marcadores do CCR Fermentões, com João Baltazar e Gonçalo Amorim, ambos com 5 golos cada, os melhores marcadores do CA Póvoa Varzim. Tivemos ainda o Alto Moinho / ADC Benavente, que não definia nada, a não ser a forma digna e briosa como ambos os conjuntos se comportaram nesta Fase da Prova, encontro disputado num pavilhão praticamente sem público, e que ao intervalo já registava o resultado de 19-15, a favor do Alto Moinho, que consolidou o resultado no segundo tempo que foi disputado com mais equilíbrio. No Alto Moinho, os seus melhores marcadores todos com 5 golos cada, foram, João Machado, Pedro Padre, e Tiago Ferreira, por sua vez João Raquel com 9 golos, e Ricardo Barrão com 8 golos, foram os melhores marcadores do ADC Benavente. Na próxima disputar-se-á a última jornada, que definirá quem será o Campeão da 2.ª Divisão.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º SC Horta, e CCR Fermentões (22 pontos), 3.º AD Sanjoanense (19 pontos), 4.º CA Póvoa Varzim (18 pontos), 5.º ADC Benavente (14 pontos), 6.º Alto Moinho (13 pontos).

Fase Final Nacional - Grupo B
Zona 1
11.ª Jornada
Dia 18-05-18
FC Gaia 20 – 22 FC Porto B
Dia 19-05-18
Marítimo 31 – 26 São Mamede
SP. Oleiros 25 – 27 CP Natação
Boavista FC 26 – 40 GC Santo Tirso

Disputada que foi a 11.ª Jornada completa, com apenas um dos resultados a ser alterado em relação ao verificado na jornada correspondente da 1.ª volta (FC Gaia / FC Porto), e com um encontro a registar ocorrências disciplinares, (SP. Oleiros / CP Natação), que curiosamente foi um dos encontros onde em nossa opinião se verificou uma surpresa da jornada, com a vitória do CP Natação, o que ode significar a manutenção desta equipa na 2.ª Divisão, que continua a ser disputadíssima, depois da esperada vitória do Marítimo sobre a equipa do São Mamede, e com o GC Santo Tirso a vencer o Boavista FC como visitante, equipa que nas últimas jornadas tem tido uma queda abrupta. Continuamos a ter a opinião de que os principais candidatos à descida de divisão são (SP. Oleiros, CP Natação, Marítimo e São Mamede).

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º GC Santo Tirso (51 pontos), 2.º FC Gaia (46 pontos), 3.º FC Porto B, e Boavista FC (40 pontos), 5.º SP. Oleiros (37 pontos), 6.º CP Natação (35 pontos), 7.º Marítimo (34 pontos), 8.º São Mamede (30 pontos).

Zona 2
10.ª Jornada
Dia 19-05-18
AC Sismaria 22 – 24 Juventude Lis 24/24
CD Marienses 24 – 24 AD Albicastrense CD 24/25
Estarreja AC 31 – 33 SIR 1.º Maio CD 30/31
AC. Coimbra 25 – 34 Benfica B 37/31

Continua a existir a diferença de uma jornada entre esta zona e as outras, e a verdade e que, não se entende bem o porquê desta situação… Nesta jornada, apenas dois resultados foram diferenciados do verificado na jornada equivalente da 1.ª volta (AC Sismaria / Juventude Lis, e CD Marienses / AD Albicastrense), no entanto registaram-se dois encontros com ocorrências disciplinares (CD Marienses / AD Albicastrense, e Estarreja AC / SIR 1.º Maio), e não se registaram na nossa opinião resultados surpresa, embora a vitória do SIR 1.º Maio em Estarreja, não estivesse na previsão de muita gente. De destacar a igualdade verificada no CD Marienses / AD Albicastrense, que pode ser um último folgo dos insulares na fuga aos lugares de despromoção. Zona onde apenas uma equipa já têm a descida como garantida, a AC. Coimbra.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - Benfica B (+ 1 jogo, 48 pontos), 2.º Juventude Lis (45 pontos), 3.º AC Sismaria (44 pontos), 4.º SIR 1.º Maio (+1 jogo, 40 pontos), 5.º AD Albicastrense (37 pontos), 6.º Estarreja AC (34 pontos), 7.º CD Marienses (32 pontos), 8.º AC. Coimbra (24 pontos).

Zona 3
11.ª Jornada
Dia 19-05-18
CCP Serpa 31 – 30 Ginásio Sul
Vela Tavira 23 – 24 CF Sassoeiros
1.º Dezembro 20 – 20 Zona Azul
Vitória FC 24 – 24 CDE Camões

Na Zona que continua em igualdade de jornadas com a Zona 1, disputou-se a 11.ª Jornada completa, felizmente sem registos de ocorrências disciplinares, e onde foram alterados todos os resultados verificados na jornada homóloga da 1.ª volta, sendo de destacar a primeira vitória do CCP Serpa, que se verificou diante o Ginásio Sul, e onde se verificaram duas igualdades (1.º Dezembro / Zona Azul, e Vitória FC / CDE Camões), com os 3 primeiros classificados a confirmarem a sua classificação, sendo ainda de realçar a vitória do CF Sassoeiros em Tavira, num jogo de grande equilíbrio. Com o CCP Serpa apesar da sua vitória nesta jornada, continua a ser a única equipa que já têm o destino traçado (descida de divisão), quando á outra equipa que a acompanhará temos algumas dúvidas, embora o Vela Tavira, seja um dos mais fortes candidatos (na nossa opinião).

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º Vitória FC (45 pontos), 2.º Zona Azul (43 pontos), 3.º CDE Camões (42 pontos), 4.º 1.º Dezembro (41 pontos), 5.º CF Sassoeiros (40 pontos), 6.º Ginásio Sul (39 pontos), 7.º Vela Tavira (35 pontos), 8.º CCP Serpa (24 pontos).

O Banhadas Andebol

PO08 – 2017 / 2018 – Fase de Apuramento I


Disputou-se em regime de concentração de 18-05-18 a 20-05-18, A Zona 1 em Fermentões, e a Zona 2 em Beja.

PO08 – Campeonato Nacional de Iniciados Masculinos

Modelo Competitivo:

Os clubes apurados da 1.ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em 6 zonas geográficas (TXT a 2 voltas). O 1.º Classificado de cada zona fica apurado para a Fase de Apuramento, juntamente com os representantes dos Açores e Madeira (2 grupos – 4 clubes cada - TXT a 1 volta - regime concentração) apurando-se o 1.º e o 2.º Classificados de cada grupo para a Fase Final.

Resultados

Fase de Apuramento

Zona 1

ÁGUAS SANTAS VENCE ZONA 1
1.ª Jornada- Dia 18-05-18
CCR Fermentões 30 – 23 AD Academia Andebol SPS
CD Marienses 12 – 42 Águas Santas
2.ª Jornada – Dia 19-05-18
AD Academia Andebol SPS 25 – 42 Águas Santas
CCR Fermentões 42 – 25 CD Marienses
3.ª Jornada – Dia 20-05-18
CD Marienses 25 – 34 AD Academia Andebol SPS
Águas Santas 29 – 18 CCR Fermentões

Classificação Final1.º Águas Santas (9 pontos), 2.º CCR Fermentões (7 pontos), 3.º AD Academia Andebol SPS (5 pontos), e 4.º CD Marienses (3 pontos).

Zona 2

ZONA AZUL VENCE ZONA 2
1.ª Jornada- Dia 18-05-18
Zona Azul 33 – 30 Sporting A
São Bernardo 29 – 32 Marítimo
2.ª Jornada – Dia 19-05-18
Sporting A 30 – 22 Marítimo
Zona Azul 29 – 28 São Bernardo
3.ª Jornada – Dia 20-05-18
São Bernardo 21 – 44 Sporting A
Marítimo 34 – 45 Zona Azul

Classificação Final1.º Zona Azul (9 pontos), 2.º Sporting A (7 pontos), 3.º Marítimo (5 pontos), e 4.º São Bernardo (4 Pontos)

Apurados para a Fase Final – Águas Santas, CCR Fermentões, Zona Azul, e Sporting A.

Notas FinaisEm ambas as zonas todos os encontros foram disputados sem a existência de ocorrências disciplinares o que se saúda. Na Zona 1 tivemos sempre que a equipa local jogava boas assistências nos outros encontros, alguns registaram um número de espectadores ridículo, na Zona 2 aplica-se igualmente o que foi dito para a Zona 1, com a agravante de termos um Boletim de Jogo, que apenas refere a informação essencial, pois o Boletim de jogo em si não existe (Zona / Sporting A).

Disputa-se em regime de concentração de 08-06-18 a 10-06-18, em local não indicado, nem com horários definidos, pelo menos em termos de informação disponível no Portal da FAP.

O Formador

EHF CUP – Masculina – 2016 / 2017


FÜCHSE BERLIN (ALEMANHA)
VENCE FINAL FOUR
DA
EHF CUP MASCULINA 2017 / 2018
(SUCEDE AO FRISCH AUF GOPPINGEN)

Realizou-se este fim de fim-de-semana a Final Four da EHF CUP Masculina, que se disputa em Magdeburg (Alemanha), nos dias 19 e 20-05-19.

Resultados

1/2 Final
Dia 19-05-18
Saint-Raphael Var Handball (França) 28 – 27 SC Magdeburn (Alemanha)
Frisch Auf Goppingen (Alemanha) 24 – 27 Füchse Berlin (Alemanha)
Dia 20-05-18
3/4 Lugar
SC Magdeburn 35 – 25 Frisch Auf Goppingen
Final
Saint-Raphael Var Handball 25 – 28 Füchse Berlin
Füchse Berlin (Alemanha) que venceu a prova pela 2.ª vez depois a ter vencido em 2015, destronou o Frisch Auf Goppingen (Alemanha), e venceu a Final Four, que esta época voltou a contar com três equipas Alemãs a disputarem a mesma e novamente uma francesa (por sinal a mesma da última época).Com o herói do jogo e da sua equipa a ser o sueco Mattias Zachisson com 9 golos, com o guarda-redes da equipa vencedora Silvio Heinvetter a realizar 17 defesas e a ser um dos heróis do encontro

O Jogo da final foi presenciado por cerca de 6500 espectadores, que não esgotaram a capacidade do pavilhão (7800).

Melhor Marcador – Hans Lindberg (Füchse Berlin) 82 golos
MVP – Marko Bezjak (SC Magdeburg)

O Noticias

domingo, 20 de maio de 2018

PO23 - Taças de Portugal Seniores Femininos - 2017 / 2018 – XI - Final Four


Terminou a Final Four, da Taça de Portugal em Femininos (1/2 Finais e Final), no Pavilhão Municipal de Vila Pouca de Aguiar. Lamenta-se que esta época, ao contrário do que já foi feito e bem em épocas anteriores o sítio da Federação, não tenha disponibilizado as estatísticas dos jogos, em directo. As transmissões pela Andebol TV e pelo Porto Canal foram na nossa opinião um sucesso.

Infelizmente esta época se deu continuidade ao processo de disputa das Finais Four dos dois géneros serem disputadas em simultâneo.

PO 23 – Taça de Portugal Seniores Femininos
 MADEIRA SAD VENCE
TAÇA DE PORTUGAL FEMININA
(18.º Troféu)
(Sucede ao Colégio Gaia)
Realizou-se hoje (20-05-18), o jogo da Final da Taça de Portugal Seniores Femininos, que teve como finalistas o SIR 1.º Maio/CJB e o Madeira SAD, que teve como vencedor o Madeira SAD, que assim junta ao Titulo Nacional, e à Super Taça, l o de vencedora da Taça de Portugal.

Resultados

1/2 Final
Dia 19-05-18
Maiastars 24 – 26 SIR 1.º Maio/CJB
Madeira SAD 23 – 22 Colégio Gaia
Final
Dia 20-05-18
SIR 1.º Maio/CJB 14 – 27 Madeira SAD

Encontro disputado no Pavilhão Municipal de Vila Pouca Aguiar, bem composto de publico, num encontro que terminou como se esperava com a vitória do Madeira SAD, num encontro de um sentido único praticamente durante os 60 minutos, com as grandes figuras do encontro a serem Isabel Góis na baliza e Beatriz Sousa (8 golos), nas jogadores de campo, equipa que se apresentou com uma defesa sólida, que impediu a ligação entre a 1.ª e a 2.ª linha do SIR 1.º Maio/CJB, com um forte bloco central, apesar da tentativa da equipa da Marinha Grande que por diversas vezes optou por jogar com 7 jogadoras de campo, mas que infelizmente não correu como esperado, sofrendo vários golos, sem guarda-redes. A Equipa da Marinha Grande apesar de ter na baliza uma das suas principais atletas, Diana Roque que esteve igualmente muito bem, sendo bem acompanhada por Adriana Lage (4 golos), e Carolina Gomes, apesar de apenas ter concretizado 2 golos. O intervalo chegou com o resultado em 12-6, a favor do Madeira SAD, que com um excelente início de jogo, rapidamente aumentou o diferencial e aos 14 minutos já vencia por 19-9, e estava praticamente definido o vencedor, com Mónica Soares (6 golos), a ser mais uma vez preponderante na sua equipa, bem acompanhada pela experiente Renata Tavares (5 golos), que soube aproveitar e bem as situações, em o SIR 1.º Maio/CJB, não tinha guarda-redes. A partir dos 50 minutos e com o jogo praticamente resolvido (22-11) a favor das madeirenses, ambas as equipas entraram em modo de gestão, com a equipa da Marinha Grandes a demonstrar por sua vez, alguma falta de confiança. Com esta vitória a equipa do Madeira SAD, conquistou todos os troféus da época na categoria de Seniores, estando de parabéns, assim como a sua briosa adversária de hoje. Dirigiu o encontro a dupla de arbitragem de Lisboa, constituída por Pedro Fernandes e João Nunes, que realizaram um bom trabalho, estando sempre criteriosos durante todo o encontro, apenas lhe devemos apontar uma falha (21 minutos), momento em que se enganaram na atleta a excluir, pois quanto à exclusão atribuída à treinadora o Madeira SAD, por indicação da mesa, está correctíssima, pois o cartão de Time OUT, é para entregar em Mão e não para colocar ou atirar para cima da mesa, que foi realmente a sua despedida da função na modalidade, teremos dizer que se perde uma dupla de dialogo, e que ama a modalidade. Pela nossa parte parabéns.

Apuramentos Para as Provas Europeias

Nota – Sobre estas participações faremos um texto dedicado exclusivamente ao tema, em especial no Feminino.

Liga dos Campeões (1) – Madeira SAD
EHF Cup (1) – Colégio Gaia
Challenge CUP (1) - Alavarium
Challenge CUP (2) – SIR 1.º Maio/CJB

Noticias